JPEG é muito mais do que um formato de arquivo

O JPEG completa 25 anos neste ano, uma conquista notável quando você pensa em como o smartphone mais recente se torna monótono em questão de meses. Mas para celebrar o aniversário do JPEG, poderíamos finalmente estar vendo algo melhor.

Isso porque o Joint Photographic Experts Group (grupo criador do formato JPEG) começou a trabalhar em um sucessor, chamado JPEG XL, que no mínimo deveria cortar o tamanho dos arquivos de foto em 60%.

O formato mais eficiente gera uma grande vantagem: ao reduzir pela metade o tamanho das fotos, ele permite que você ajuste mais do que o dobro de fotos no telefone, reduz os gastos em serviços de armazenamento em nuvem e facilita o uso de dados ao navegar na Web ou compartilhar instantâneos com seus amigos.

Mas não se alegrem ainda, porque outros contendores de formato de foto da próxima geração também estão em desenvolvimento – e eles têm patrocinadores de grande nome. Isso poderia significar que o longo reinado de JPEG poderia terminar com herdeiros brigando para reivindicar o trono, ao invés de uma sucessão suave.

Um formato, agora chamado de AVIF (AV1 Image Format), está em desenvolvimento pela Mozilla, Google, Netflix e outros. Outro, o MIAF (Multi-Image Application Format), é uma versão simplificada de um formato chamado HEIF (High Efficiency Image Format) que a Apple e a Microsoft já estão entusiasmadas. Funcionários da Apple estiveram envolvidos no MIAF no grupo de padrões que produziu o HEVC, um padrão de compressão de vídeo.

Independentemente do que aconteça, é claro que a indústria de tecnologia quer construir algo melhor. Isso não significa que o JPEG irá desaparecer completamente. As mesmas câmeras, navegadores, telefones e aplicativos de edição de fotos que exibem e salvam JPEGs hoje poderão fazê-lo amanhã. Mas abraçar um sucessor de JPEG poderia modernizar a fotografia de maneiras que são importantes – não apenas cortando tamanhos de arquivo, mas também abrindo as portas para fotos ao vivo, efeitos de edição em 3D e outras melhorias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *