Conta Gotas 12/05/2018

184

Tragédia anunciada…
Infelizmente o aumento dos moradores de rua em Rio Claro já vem causando preocupação na população há algum tempo. A tragédia do último sábado, quando um desses indivíduos foi morto a facadas, portanto, já era anunciada. Todos já esperavam que algo assim pudesse a acontecer, já que essa população, não tem senso de respeito e acabam sempre importunando quem aparece à sua frente. Além do que a inércia das administrações municipais quanto à uma solução para o problema é recorrente. E, tenham certeza, as tragédias não pararam por aí…
Surpresa!…
Então… Quando a gente acredita que já viu de tudo no legislativo de Rio Claro, algum legislador faz questão de nos surpreender. O vereador Rogerio Guedes, colocará em votação na próxima segunda-feira, projeto de lei que objetiva multar os usuários de drogas que se drogarem em público. É preciso saber que o uso de drogas ou a “drogadição” é doença. Portanto o consumo de drogas é um problema de saúde pública e não de segurança pública. Seguindo essa premissa aberta pelo vereador, o hipertenso que tiver uma crise cardíaca em público, correrá o risco de em breve ser multado por isso (desculpem o exagero, mas é para mostrar a falta de nexo de um projeto de lei desses). Legisladores precisam ter um mínimo de conhecimento quando for elaborar uma lei, que, inclusive, mexerá com muitas famílias que lutam desesperadamente com esse problema. Pensem gente. Não façam nada no arroubo político…
Nada se cria, tudo se copia…
E viva o Velho Guerreiro Chacrinha, que dizia a frase do título desse tópico. Vejam o que diz o artigo 1º do projeto de lei citado no tópico acima: “É proibido o consumo de drogas ilícitas, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar, em vias públicas, calçadas, praças, parques, jardins, unidades de ensino, hospital e postos de saúde, e demais espaços e logradouros públicos, localizados no Município de VALINHOS”. Pois é, então…
Sentou no rabo…
Eu sempre repito em minhas colunas, um ditado muito antigo e que minha avó sempre repetia para a gente quando criticávamos alguém: “o macaco senta sobre o rabo e dá risada do rabo dos outros”. E esse ditado se encaixe perfeitamente no meio dessa política que nos apresentam. Vejam que uma base para viaturas da Guarda Civil Municipal (GCM) foi construída pela população do bairro no Jardim Mirassol. A população não construiu aleatoriamente. Houve um consenso com a administração municipal para que o local fosse utilizado como base da GCM. Porém o tempo foi passando, e um certo vereador, combatia ferozmente a administração que estava no poder por não utilizar aquele local de acordo com o combinado. Pois bem, hoje no poder, o ex-vereador não olha a situação com o mesmo rigor, ou seja, sentou no rabo. Hoje o local só serve como Lava Rápido de viaturas. Moral da história: “Antes de criticar, vê se será possível esconder o rabo completamente…”.
Fugindo do debate…
É impressionante como alguns dos atuais vereadores fogem, como o diabo foge da cruz, quando é convidado ao debate. Difícil saber se fogem por que tem medo! Ou porque não conhecem o assunto que deveriam conhecer! Ou não tem interesse! Ou se são incompetentes assumidos. Ou ainda as quatro opções anteriores. Quando dizíamos que 19 era DEMAIS…
Irônico e Desconexo…
Ironia: figura por meio da qual se diz o contrário do que se quer dar a entender; uso de palavra ou frase de sentido diverso ou oposto ao que deveria ser empregado, para definir ou denominar algo.
Desconexo: que apresenta desarticulação; incoerente.
Nada mais irônico e desconexo do que Suzane Von Richthofen (que mandou matar sua MÃE e seu pai) ser agraciada com a saidinha do “Dia das Mães”…
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA