Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo

Governo contratará 200 auxiliares de papiloscopista e 400 agentes policiais

311

Com esta publicação todos os editais previstos para a Polícia Civil foram lançados com 2.750 vagas

As inscrições paras os concursos que vão selecionar 400 agentes policiais e 200 auxiliares de papiloscopista policial começam às 10 horas do dia 10 de maio deste ano. O edital foi publicado nesta quinta-feira (3) no Diário Oficial do Estado.

 

As inscrições serão realizadas exclusivamente pelo site da Vunesp (www.vunesp.com.br). A taxa é de R$ 56,54 e o período de cadastro termina às 23h59 do dia 8 de junho de 2018 (horário de Brasília).

 

A remuneração inicial para as carreiras é de R$ 3.596,98, incluindo o salário-base e os adicionais de Regime Especial de Trabalho Policial (RETP) e de insalubridade.

 

Os aprovados em todas as etapas do concurso ingressarão em curso na Academia de Polícia (Acadepol) Dr. Coriolano Nogueira Cobra e, após os estudos, serão distribuídos para o Estado.

 

Pré-requisitos

 

Entre os pré-requisitos para concorrer aos cargos estão:

 

  • Ser brasileiro nato, naturalizado ou, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre os países;

 

  • Ter, na data da posse, idade igual ou superior a 18 anos de idade;

 

  • Ter certificado de conclusão de ensino médio expedido por escola oficial ou reconhecida e devidamente registrado;

 

  • Possuir a última declaração de Imposto de Renda entregue à Secretaria da Receita Federal ou declaração pública de bens;

 

  • O candidato não pode ter antecedentes criminais e precisa estar em dia com as obrigações eleitorais e militares;

 

  • Além de possuir carteira de habilitação para conduzir automóveis, na categoria “B”, no mínimo, para o cargo de auxiliar de papiloscopista policial e na categoria “D”, no mínimo, para agente policial.

 

Outros Concursos

 

Há ainda concursos abertos para contratar:

300 agentes de telecomunicações e 200 papiloscopistas;

800 escrivães e 600 investigadores;

250 delegados

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA