Pesquisa Ibope aponta empate para o senado

Entre os pré-candidatos, Datena e Suplicy são os nomes que se destacam na disputa pelo Senado em São Paulo

383
Alan Rios, secretário geral do PT respeita todos os concorrentes, mas aponta que Suplicy não é um oportunista de “ultima hora”

A primeira pesquisa para o Senado Federal pelo Estado de São Paulo, feita pelo Ibope, deixa o DEM (Democratas) muito animado. O apresentador da TV Bandeirantes, José Luiz Datena lidera a pesquisa com 33% das intenções de voto. Presidente estadual do DEM em São Paulo, o deputado federal Jorge Tadeu Mudalen afirmou à Agência Brasil ter sido procurado na segunda-feira, 23, por um representante de Datena que colocou o nome do apresentador à disposição do partido. De acordo com Mudalen, a sigla ficaria “muito feliz” com a candidatura.

“Nesta semana esse emissário dele me procurou. Eu falei que ele é bem-vindo. A direção do partido mandou dar todo apoio. Eu dirijo aqui o diretório estadual e nós vamos ficar muito felizes de tê-lo como deputado, senador, como um nome de expressão que vai reforçar as fileiras do partido”, afirmou Mudalen.

Apesar de nunca ter concorrido a um cargo eletivo, Datena já foi filiado ao PT, PP e PRP antes de se integrar ao DEM. Mudalen afirmou que o apresentador está “superprestigiado” no novo partido, mas ponderou que a provável candidatura, apesar de bem encaminhada, é uma decisão de “foro íntimo” de Datena.

 

Pesquisa Ibope para senadores

Na pesquisa eleitoral, realizada apenas no Estado de São Paulo, Datena é acompanhado de perto e está tecnicamente empatado com Eduardo Suplicy. O provável candidato do PT alcançou 32%. Neste ano, os dois candidatos mais votados serão eleitos para o Senado.

A senadora Marta Suplicy (MDB), que se tiver a candidatura confirmada será a única representante de São Paulo que tentará reeleição ao Senado, contabilizou 25% das intenções de voto no levantamento Ibope. Ela é seguida pelo deputado federal Marcos Feliciano (Podemos), com 14%.

Ministro das Relações Exteriores e senador licenciado, Aloysio Nunes (PSDB) ficou na quinta posição na pesquisa Ibope para senadores, com 11%. O tucano, no entanto, não poderá ser candidato à reeleição em outubro. Para isso, ele deveria ter deixado o cargo de ministro dentro do prazo de desincompatibilização, que terminou no dia 7 de abril.

O nome do PSDB mais bem posicionado na pesquisa eleitoral foi o do ex-senador José Anibal, com 6%. O petista Jilmar Tatto, secretário municipal de Transportes na gestão do ex-prefeito Fernando Haddad, registrou 4% das intenções de voto.

Para o levantamento, contratado pela TV Bandeirantes, o Ibope entrevistou 1.008 eleitores do Estado de São Paulo, entre os dias 20 e 23 de abril. A margem de erro é de três pontos porcentuais, para mais ou para menos. A pesquisa eleitoral foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo SP-02654/2018 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00314/2018.

Mais uma vez o índice de votos brancos e nulos, 46%, somados aos indecisos, 11%, ultrapassa a metade dos entrevistados, alcançando 57%.

 

Repercussão em Rio Claro

 

O vice-presidente do MDB de Rio Claro, Sergio Guilherme, considera que por ser a primeira pesquisa para o cargos de senador, ainda não há como acreditar em números definitivos.

“Temos que considerar que a pesquisa Ibope de intenção de votos para o Senado Federal é a primeira, de muitas que virão. O que tem ser levado em consideração é que estamos na fase de pré-candidaturas. Pelo MDB é quase certo que a Senadora Marta Suplicy disputará a reeleição para o Senado. E o resultado desta primeira pesquisa colocando-a em terceiro lugar com 25% das intenções de votos, demonstra que a Senadora vem fazendo um excelente trabalho, principalmente em defesa de questões importantes como a defesa de mulheres vítimas de violência. Tem realizado também um trabalho com os municípios paulistas, destinando emendas para conclusão de obras, investimentos na saúde, educação, cultura, entre outras áreas. Para  Rio Claro a Senadora destinou emenda de 200 mil para UPA e 250 mil para o recapeamento da vicinal Rio Claro-Ajapi. Desta forma, acho que esta primeira pesquisa é muito favorável para a Senadora e  para o MDB”, projeta Sergio Guilherme.

Sergio Guilherme acredita que o resultado dessa primeira pesquisa para o senado federal é muito bom para a senadora Marta Suplicy

Já o secretário geral do PT em Rio Claro, Alan Rios, acredita muito na história política de Eduardo Suplicy.

“Eduardo Suplicy foi a escolha do PT para o Senado. Suplicy tem uma vida política íntegra e uma história de luta importante para os trabalhadores. Ele é o vereador mais votado em SP e lidera as pesquisas para o Senado. Em relação aos adversários políticos, continuamos respeitando todos, agora o Suplicy no Senado não será um oportunista de “última hora”, explica Alan Rios.

O prefeito Juninho da Padaria foi contatado para dar o seu parecer, porém, por se tratar de uma questão partidária, preferiu passar a bola para o presidente da Câmara, André Godoi, presidente do partido em Rio Claro. Até o momento do fechamento dessa matéria, não obtivemos o retorno do presidente do DEM local. Vale lembrar que em 2018 serão eleitos dois senadores por São Paulo, daí a pesquisa mostrar o dobro da porcentagem de apenas uma candidatura. Cada entrevistado indica dois nomes.

 

Índices de intenção de voto do Ibope para senadores:

José Luiz Datena (DEM):               33%

Eduardo Suplicy (PT):                    32%

Marta Suplicy (MDB):                     25%

Marco Feliciano (PSC):                  14%

Aloysio Nunes (PSDB):                  11%

José Aníbal (PSDB):                        6%

Jilmar Tatto (PT):                             4%

Brancos e nulos                             46%

Citou apenas um candidato            17%

Não sabem ou não responderam: 11%

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA