Cruzamento da Av. Tancredo Neves com Rua 18 terá intervenção viária no início de 2018

A região do cruzamento da Avenida Tancredo Neves com a Rua 18, no bairro Jardim Claret em Rio Claro, receberá intervenção viária no início de 2018. A prefeitura finaliza projeto para instalação de semáforo, câmera de monitoramento, playground e novo paisagismo no local.
Um semáforo será instalado no cruzamento da Rua 18 com a Avenida Tancredo Neves. A medida visa aumentar a segurança no trânsito e diminuir o risco de acidentes, já que o local registra um grande fluxo diário de veículos. “Esse cruzamento já registrou acidentes e o semáforo dará maior fluidez ao trânsito diminuindo o risco de novos acidentes”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.
“Estudos comprovam a necessidade de intervenção viária nesse ponto”, afirma o vice-prefeito e secretário de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário, Marco Antonio Bellagamba, acrescentando que as mudanças vão melhorar o tráfego no local. “Hoje quem trafega pela Rua 18 tem que esperar um longo tempo para atravessar a Avenida Tancredo e o semáforo irá organizar essa situação”, observa.
Além do semáforo, as obras também incluem recapeamento asfáltico da avenida e das ruas do entorno, novo paisagismo nos canteiros centrais, serviços de pintura, entre outras melhorias. A Praça 21 Irmãos Amigos, onde está instalada a Central de Segurança Integrada (CSI), ganhará reforço na iluminação e playground para as crianças.
Essas melhorias são resultado de parceria entre a prefeitura e a Construtora Caprem que, atendendo a legislação municipal, está investindo na região como compensação ao impacto de vizinhança conseqüente da construção do Residencial Bellas Artes, condomínio vertical com duas torres que está sendo construído pela empresa.

Corpo de Cabeleireiro é encontrado morto e parcialmente queimado Rio Claro-SP

Um cabeleireiro de 27 anos foi encontrado morto na manhã dessa terça-feira (26) perto de um ecoponto, em Rio Claro (SP), segundo a Guarda Civil Municipal. O corpo estava com sinais de facadas e estava parcialmente queimado. Amigos suspeitam de homofobia.
De acordo com a GCM, o corpo de Henrique Camargo, que era homossexual, foi encontrado no Jardim São Paulo por uma pessoa que passava pelo local. O suspeito do crime ainda não foi identificado.

Suspeita de homofobia
Ainda não há informações sobre a motivação do crime, mas parentes, amigos e o Movimento LGBT da cidade suspeitam de homofobia, o que ainda não foi confirmado pela Polícia Civil.
“É necessário aguardar as investigações da polícia, mas a caracterização do crime, com facadas e corpo incendiado, demonstra grande ódio, por isso nós achamos que pode ser sim homofobia”, disse Leonardo Alves, integrante do Movimento LGBT de Rio Claro.
“Vamos inclusive solicitar que a comissão de diversidade da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Rio Claro acompanhe o andamento das investigações”, afirmou Alves.
O corpo de Camargo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) onde após foi transferido para Piracicaba para realizar o procedimento de embalsamamento, O corpo segundo informações de amigos da vítima será velado nesta quarta-feira (27) no Velório Municipal e o sepultamento acontecerá ás 17h no Cemitério São João Batista

Comoção de amigos
A morte do cabeleireiro comoveu dezenas de amigos, que postaram no Facebook homenagens e mensagens de indignação pela morte violenta.
“Alguém fazer isso com um ser humano é um monstro. O que peço é mais amor por favor, e que Deus conforte a família”, postou um rapaz.
Em outra postagem, uma amiga também desabafou. “Por ignorância perdi alguém que era de extrema importância para mim, pôr as pessoas não saberem o significado da palavra amor e, por puro preconceito, perdi uma das pessoas que me viu crescer e que me deu apoio para ser o que sou hoje”.
“Tiraram você de nós, mas tenha certeza que sua essência sempre vai estar presente e que a nossa luta por um mundo sem homofobia não vai parar”, completou.(fonte EPTV/São Carlos)

Itirapina ganha unidade do Detran.SP em novo padrão nessa quinta-feira

A cidade de Itirapina passa a contar nessa quinta-feira, 28 de dezembro, com uma nova unidade de atendimento do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP).
Localizado na avenida Três, 220, Centro, o novo posto tem infraestrutura moderna, novos equipamentos e mobiliário, comunicação visual facilitadora, condições de acessibilidade, pagamento de taxas com cartão de débito, entre outros benefícios.
A nova unidade vai atender de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e oferecerá todos os serviços de trânsito relacionados a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a veículos, inclusive o emplacamento.
Entre as melhorias, vale destacar a prova teórica eletrônica para os candidatos à primeira habilitação. Os exames teóricos serão realizados em computadores, com a divulgação do resultado na hora.
Por meio do portal www.detran.sp.gov.br ou pelo aplicativo para celulares e tablets, disponível para Android e iOS, o candidato pode treinar para a prova teórica com um simulado que contém perguntas reais do banco de questões utilizado para o exame.
ATENÇÃO: para possibilitar a mudança, o antigo posto da avenida Dois, 51, Centro, não terá atendimento nesta quarta (27), quando será desativado.

Doutorando do IGCE recebe menção honrosa da CAPES

Os trabalhos selecionados foram premiados em cerimônia em Brasília.
Sob orientação de Ole Skovsmose, o trabalho destacado foi na área de Ensino com o título: Equidade no acesso e permanência no ensino superior: o papel da educação matemática frente às políticas de ações afirmativas para grupos subrepresentados, que pertence ao Programa de Educação Matemática – Unesp/IB/Rio Claro
Sobre Guilherme Henrique Gomes da Silva: Doutor em Educação Matemática pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), Rio Claro-SP, Mestre em Educação Matemática e Especialista em Matemática Universitária pela mesma instituição. Realizou estágio de doutoramento na Rutgers, the State University of New Jersey, em Newark, Estados Unidos. Professor Adjunto do Instituto de Ciências Exatas da Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG) e docente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) desta mesma instituição. Em 2017, recebeu Menção Honrosa, outorgada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) no Prêmio CAPES de Teses – 2017, na área de Ensino. Desenvolve pesquisa sobre as possibilidades de engajamento da educação matemática em questões sociais, utilizando, para tanto, a perspectiva da Educação Matemática Crítica. (FONTE – Emely Gomes)

Projeto Water Smile: Equipe Thunderbóticos Do Sesi-Rio Claro-SP

Refletindo sobre alternativas que minimizem o impacto do descarte inadequado das águas residuais de garrafinhas e similares, a equipe de robótica do SESI – Rio Claro, denominada Thunderbóticos, criou o projeto Water Smile, um compartimento prático e econômico, que armazena, purifica e torna reutilizável para destinação em outras práticas que consomem muita água, como limpeza de áreas externas e irrigação de jardins.
A ideia da criação vem de encontro com um diagnóstico levantado, onde se observou que diariamente centenas de pessoas utilizam garrafas ou compartimentos para o armazenamento da água, com a finalidade de consumo da mesma. Porém nem toda a água que está contida na garrafa é aproveitada e, passado certo tempo não é mais considerada fresca, sendo imprópria para consumo. Assim, seu único destino é o descarte e consequentemente, o esgoto. Ou seja, ocorre desperdício de um produto que ainda poderia ser utilizado para outra finalidade.
Outro ponto é que a ingestão desta água que se encontra com a temperatura aquecida acima de 30ºC (trinta graus Celsius), segundo análises microbiológicas, de artigos, livros e conversas com profissionais da área feitas pela equipe, não seria a melhor das soluções, pois devido a seu material (plástico, alumínio, vidro e etc.), as “garrafinhas” liberam substancias químicas prejudiciais à saúde, como Bisfenol – A (substancia com propriedades cancerígenas), alumínio e dioxina, além da proliferação bacteriana.
Diante destes fatores que podem ocasionar problemas tanto ao meio ambiente, como também a saúde humana, a equipe Thunderbóticos teve a ideia de projetar o Water Smile, com o objetivo de proporcionar, armazenamento adequado, tratamento simples e reutilização prática da água não consumida em garrafinhas e similares pelo ser humano. Os materiais utilizados pelos alunos em trabalho técnico, a fim de estruturar o Water Smile, estão: Barril, tambor ou tonel plástico, torneira simples, pedaço de tela de nylon de pescar (tamanho 26,5 cm X 27,5cm), Tampa de plástico ou acrílico, abraçadeira plástica e pastilhas de cloro. E sua implementação está acontecendo nas escolas: SESI, Joaquim Salles e Academia SESI.
A equipe responsável pela criação do projeto Water Smile, é constituída pelos integrantes: Bruna Krol e Livia Mendes (7° Ano), Felipe Bataglini e Thainá Cardoso (8° Ano), Renan Torresin e Vanessa Moreno (9° Ano) e direcionada pelo Mentor Wilian Tessari e o Técnico Leonardo Santolim.
Diante disso a equipe SESI Thunderbóticos participou do Torneio Regional das Escolas SESI SP dos dias 22 a 24 de Novembro de 2017 e conquistou o 2°Lugar geral (Champions Award), garantindo uma vaga para a Etapa Nacional em Curitiba, nos dias 16, 17 e 18 de Março de 2018. A equipe técnica de alunos, já iniciará o ano de 2018, com reuniões, a fim de aprimorar cada vez mais este projeto inovador, e garantir o título nacional.
Portanto projetos como este, representam avanços para a sociedade no que diz respeito à sustentabilidade e qualidade ambiental.

Conversa com a profissional do laboratório da UNESP Rio Claro sobre a analise microbiologica da água das garrafinhas
Conversa com a profissional do laboratório da UNESP Rio Claro sobre a analise microbiologica da água das garrafinhas
Foto 03- Alunos na entrada da Universidade
Foto 03- Alunos na entrada da Universidade
Alunos da Equipe Thunderbóticos e as profissionais da UNESP- Rio Claro
Alunos da Equipe Thunderbóticos e as profissionais da UNESP- Rio Claro
Alunos manuseando o compartimento criado.
Alunos manuseando o compartimento criado.
 Compartimento criado pela Equipe Thunderbóticos para armazenamento purificação e reutilização da água.
Compartimento criado pela Equipe Thunderbóticos para armazenamento purificação e reutilização da água.
 Equipe Thunderbóticos criadores do Projeto Water Smile em momento de competição
Equipe Thunderbóticos criadores do Projeto Water Smile em momento de competição

Aprovada Política Estadual de Agroecologia

O Projeto de Lei  236/2017, de autoria do deputado Aldo Demarchi e da deputada Ana do Carmo, que cria a Política Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica (PEAPO), foi aprovado nesta quinta-feira (21), pelo plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo. “Quero destacar que talvez a maior importância dessa proposta originária da Frente Parlamentar lançada em novembro de 2012 e instalada em março de 2013 seja a sua construção suprapartidária e, principalmente, o fato de ter sido elaborado a partir das experiências de quem produz e as dificuldades que encontram pelo caminho. Foi decisiva também a participação daqueles que acompanham esses produtores, fornecendo-lhes assessoria técnica”, comemora o deputado.

Segundo ele, ficou evidente ao longo de reuniões, debates e audiências públicas que a interferência do Estado deve ser sempre no sentido de alavancar essa produção e não criar mais burocracia. “Como sabemos, hoje os produtos orgânicos e naturais são mais caros que os convencionais. Dessa maneira, só o aumento da oferta pode torná-los mais acessíveis a um maior número de consumidores”, avalia Aldo Demarchi.

Por conta disso, o deputado acredita que toda política pública de incentivo deve ser inclusiva, não deixando de fora nenhum segmento que queria produzir, sejam pequenos e médios produtores, assentados e também grandes produtores. “O desafio é convencê-los a deixar a produção convencional para adotar a orgânica como ocorre nos Estados Unidos, Japão e muitos países da Europa”, avalia.

Aldo Demarchi entende que, para chegarmos perto desse patamar também é fundamental que o Estado faça convênios e parcerias com entidades públicas e privadas fundações e quem mais estiver disposto a colaborar. “Na constituição de uma política pública da produção orgânica é imprescindível, por exemplo, a participação de entidades como a Fundação Mokiti Okada e a Associação de Agricultura Natural, onde a doutora Ondalva Serrano e a Márcio Stanziani travam uma batalha constante em defesa da alimentação saudável”, constata o deputado.

“Da mesma forma, não podem ficar de fora da discussão de uma política de produção sustentável as, universidades que desenvolvem importantes trabalhos nessa área e muitas vezes, não têm oportunidade de aplicar as técnicas adquiridas depois de anos de pesquisas e investimentos”, acentua o parlamentar.

O Campeonato Paulista começará no dia 17 de janeiro e até agora os times grandes de São Paulo se reforçaram pouco.

Para variar, o Corinthians é quem menos mexeu no elenco, enquanto seu rival Palmeiras é quem fez mais mudanças.
No Corinthians deixaram o elenco Pablo (sem acerto financeiro), Guilherme Arana (Sevilla), Jô (Nagoya Grampus, do Japão) e Marciel (Ponte Preta). Chegaram Júnior Dutra (Avaí) e Renê Júnior (Bahia). O lateral Juninho Capixaba, do Bahia, está próximo de um acerto.
O Corinthians acertou a venda do atacante Jô para o Nagoya Grampus, do Japão, por 11 milhões de euros (R$ 43 milhões). Em busca de um substituto para a disputa da Libertadores, o Timão tem dois nomes na mira: Leandro Damião, do Internacional, e Henrique Dourado, do Fluminense.
No Palmeiras foram nove alterações. O técnico Roger Machado, principal delas, contará com o goleiro Weverton (Atlético/PR), o zagueiro Emerson Santos (Botafogo), o lateral-esquerdo Diogo Barbosa (Cruzeiro) e o meia Lucas Lima (Santos).
Por outro lado, o Palmeiras emprestou o goleiro Vinicius Silvestre para a Ponte Preta. O lateral-esquerdo Egídio acertou com o Cruzeiro. O volante Arouca e o atacante Erik foram para o Atlético-MG por empréstimo.
No São Paulo, o lateral-esquerdo Reinaldo retorna da Chapecoense. O goleiro Jean, destaques do Bahia, foi contratado. Deixaram o clube o atacante Léo Natel, emprestado para o Fortaleza de Rogério Ceni, Denis, Lugano, Denilson e Marcinho que foram liberados.
Renan Ribeiro negocia uma possível transferência para o Estoril, de Portugal. O goleiro está sem espaço no time de Dorival Junior, que contratou Jean. O reserva imediato é Sidão.
Já o Santos está de comando novo. Jair Ventura foi confirmado como técnico após acordo verbal. Falta o Peixe pagar os R$ 800 mil da multa contratual. O único reforço é o lateral Romário, do Ceará. Deixaram a Vila Belmiro os atacantes Ricardo Oliveira (Atlético-MG), Nilmar e Thiago Ribeiro, além dos meias Lucas Lima (Palmeiras) e Lucas Crispim, que disputará o Paulista pelo São Bento.
Atacante Fred, de 34 anos, surpreendeu ao rescindir de forma amigável com o Atlético Mineiro e acertar seu retorno ao Cruzeiro. O vínculo será de três temporadas. Pelas redes sociais o goleador comemorou e disse estar realizando um desejo do seu coração. Foram 56 gols em 71 partidas pela Raposa. Foi o artilheiro da Copa do Brasil de 2005 com 14 gols e do Campeonato Mineiro do mesmo ano com 13 gols.
O Real Madrid fechou 2017 como líder do ranking de clubes da Uefa. A entidade leva em conta os resultados dos últimos cinco anos. Nesse período, o time espanhol conquistou três vezes a Liga dos Campeões da Europa.
O Real soma 148 mil pontos, enquanto o vice-líder Barcelona tem 126 mil. O Bayern de Munique é o terceiro com 125 mil. O Atlético de Madrid figura na quarta posição, com 122 mil pontos. A Juventus de Turim fecha o Top 5 com 122 mil. O PSG, de Neymar, ocupa a sexta colocação com 109 mil pontos.
A Liga Ouro de Basquete, relativa a Segunda Divisão do NBB, terá um recorde de participantes em 2018. Infelizmente, Rio Claro não conseguiu um patrocinador a tempo para disputar, mesmo realizando sua pré-inscrição. Mais uma vez o amante da bola laranja ficou frustrado e decepcionado.
A quinta edição da Liga Ouro terá início no dia 26 de fevereiro e seu término acontecerá em meados de junho. O campeão terá o direito de disputar o NBB de 2018/2019. As nove equipes inscritas são: Blumenau/SC, Brusque/SC, Brasília, Cerrado/DF, Londrina/PR, Macaé/RJ, Sport Club Corinthians Paulista, São José e Unifacisa/PB.
O grande destaque entre os participantes fica por conta do Sport Club Corinthians Paulista, que retoma a equipe de basquete profissional depois de 22 anos. A equipe será a primeira da capital paulista a disputar a Divisão de Acesso ao NBB. Seu técnico será Bruno Savignani.
Com o aumento no número de participantes, a fórmula de disputa da Liga Ouro teve algumas alterações. Os nove times se enfrentarão em turno e returno simples. Os seis primeiros colocados avançam aos playoffs.
No último ano, o campeão foi o Botafogo/RJ, que garantiu seu lugar no NBB. Vice-campeão, o Joinville também entrou na elite do basquete nacional por conta da saída do UniCEUB/Brasília. Em quatro edições disputadas, a Liga Ouro já contou com a participação de 13 equipes diferentes, oriundas de sete Estados distintos mais o Distrito Federal.
Em um confronto habitual no Natal, o Golden State Warriors venceu o Cleveland Cavaliers por 99 x 92, na Oracle Arena, em Oakland. É a primeira vez que o atual campeão e o vice da NBA se enfrentam na atual temporada. Foi uma grande noite de Kevin Durant.
Curiosidade do dia: Em 1918 foi obrigatório o uso pelos árbitros do Rio de Janeiro do uniforme com calção, meias, chuteiras e paletó, pois antes usavam terno, gravata e chapéu.

Cartórios divulgam os nomes mais registrados no Brasil em 2017

Miguel foi disparado o nome mais escolhido pelos pais dos recém-nascidos no Brasil no ano de 2017. O nome de origem hebraica está no topo da lista dos mais registrados no País, dando nome a 25.710 recém-nascidos em levantamento inédito junto a todos os 5.570 mil Cartórios de 16 Estados brasileiros. Na sequencia aparecem Arthur, com 21.161 registros de nascimentos, e Alice, o primeiro nome feminino da lista, com 18.508 registros.

Um novo ranking, mais completo e detalhado, desenvolvido pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen/Brasil) com base nas informações prestadas por todos os Cartórios dos Estados do RS, SC, PR, SP, ES, MG, MS, GO, DF, RO, AC, AP, RR, CE, PE e AL à Central Nacional de Informações do Registro Civil (CRC Nacional) mapeou um estudo completo sobre os nomes mais registrados no Brasil em 2017. Os demais Estados ainda adequam o sistema de seus cartórios para a CRC.

A nova metodologia permitiu a segura identificação de nomes simples e compostos e a comparação efetiva para se chegar aos nomes mais escolhidos dentre os 1.475.278 milhão de nascimentos registrados nestes Estados do País até o dia 10 de dezembro deste ano. Ao todo, a população brasileira escolheu um total de 47.404 nomes diferentes, alguns deles com ampla variação de grafia, além dos tradicionais nomes diferentes escolhidos pelos pais.

Em 2017, além dos três primeiros colocados, a lista nacional dos “10 Mais” conta com Davi (15.372 registros), Heitor (13.718 registros), Valentina (13.193 registros), Gabriel (12.636 registros), Helena (12.615 registros), Laura (12.594 registros) e Bernardo (12.529 registros).

No ranking separado por sexo, os 10 nomes masculinos mais escolhidos foram Miguel (25.710), Arthur (21.161), Davi (15.372), Heitor (13.718), Gabriel (12.636), Bernardo (12.529), Lorenzo (11.098), Enzo Gabriel (10.195), Pedro Henrique (9.237) e Pedro (8.830).

Já entre as mulheres, o ranking dos 10 nomes mais registrados foram Alice (18.508), Valentina (13.193), Helena (12.615), Laura (12.594), Sophia (12.449), Maria Eduarda (9.922), Lorena (9.202), Júlia (9.122), Heloísa (8.639) e Lívia (8.019).

Nomes tradicionais, da moda e variações

O estudo possibilitou identificar ainda um ranking nacional considerando-se apenas o primeiro nome, as variações dos nomes mais comuns, além dos nomes menos comuns ou que caíram em desuso nos últimos anos. Considerando-se apenas o primeiro nome dos registros, o ranking muda completamente de patamar.

Nesta situação Maria passa a ser o nome mais registrado, com 80.192 registros de nascimento, seguido por João (44.450), Ana (41.500), Davi (36.723), Arthur (34.831), Alice (24.420), Pedro (28.327), Enzo (24.923), Sophia (19.775) e Heitor (18.483).

Interessante observar que nomes tradicionais, como Maria, possuem 885 variações de registros, sendo Maria Eduarda o mais comum, com 9.922 registros. Na sequencia estão Maria Clara (7.768), Maria Luiza (6.183) e Maria Julia (5.655). Dos 80.192 registros de nomes com Maria, 73.775 são nomes compostos. Já Ana, possui 270 variações de nomes registrados, com destaque para Ana Julia (6.551), Ana Clara (5.885) e Ana Luíza (3.641). Dos 41.500 registros com o nome Ana, 38.653 dão origem a nomes compostos.

Entre os homens João, possui 154 variações de nomes registrados, com destaque para João Miguel (10.343), João Pedro (6.303) e João Lucas (4.830). Das 44.450 crianças registradas com o primeiro nome João, 40.896 ficaram com nomes compostos. Já Pedro possui 232 variações de nomes, com destaque para Pedro Henrique (9.237), Pedro Miguel (1.741) e Pedro Lucas (1.585). Dos 28.327 Pedros registrados, 19.433 ficaram com nomes compostos.

Nomes considerados “da moda”, também aparecem na lista, sendo Enzo uma das situações mais curiosas, já que duas formas quase empatadas dominam o registro de crianças com este nome: Enzo Gabriel (10.195 registros) e Enzo (8.196). Em número maior registram-se as variações de Davi, sendo David Lucas o mais comum, com 4.485 registros, seguido por Davi Lucca, David, David Miguel e Davi Henrique.

Por fim, os registros de nomes que chegaram a ser comuns em outras épocas e que cada vez mais caem em desuso, como Liliana, Sonia, Regis, Vicente, Raquel, Otacílio, Vicente, Émerson e Regis. A lista traz ainda nomes “bem” diferentes, como Riquelmi, Moa, Darcksson, Ambar, Iasã, Zeonilde, Dã, Steice e até um Donald, mas sem Trump.

RANKING NACIONAL DE NOMES MAIS REGISTRADOS

10 MAIS NOMES MAIS FREQUENTES – GERAL
MIGUEL 25.710 ARTHUR 21.161 ALICE 18.508 DAVI 15.372 HEITOR 13.718 VALENTINA 13.193 GABRIEL 12.636 HELENA 12.615 LAURA 12.594 BERNARDO 12.529
10 MAIS FREQUENTES MASCULINO NOMES MIGUEL 25710 ARTHUR 21161 DAVI 15372 HEITOR 13718 GABRIEL 12636 BERNARDO 12529 LORENZO 11098 ENZO GABRIEL 10195 PEDRO HENRIQUE 9237 PEDRO 8830 10 MAIS FREQUENTES FEMININO NOMES ALICE 18508 VALENTINA 13193 HELENA 12615 LAURA 12594 SOPHIA 12449 MARIA EDUARDA 9922 LORENA 9202 JULIA 9122 HELOISA 8639 LIVIA 8019
Fonte: Arpen/BR – Central Nacional de Informações do Registro Civil

Tigre abre nova turma para curso gratuito de qualificação em hidráulica e elétrica em RC

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas por meio do Whatsapp (19) 98173-4596, ou pelo e-mail jose.duarte@tigre.com. Os interessados precisam ter idade mínima de 15 anos e devem informar número de CPF, telefone e e-mail do celular.

O principal objetivo do curso é capacitar homens e mulheres para que possam ingressar no mercado de trabalho. Toda a estrutura (linguagem, ilustrações, metodologia e problemas abordados) foi desenvolvida pensando nas principais patologias relacionadas à instalação e manutenção hidráulica e elétrica.

Os treinamentos acontecerão no horário vespertino (das 14h15 às 17h:15) ou noturno (das 19h às 22h). Entre os tópicos abordados na capacitação hidráulica estão: ofício do instalador; segurança no trabalho; educação ambiental; produtividade e desperdício na construção civil; dimensionamento de tubulações; ferramentas e instrumentos; noções básicas de matemática e geometria; normatização e drenagem.

Já para instalação elétrica, serão discutidos temas como eletricidade básica; normas de instalação; dimensionamento de cabos; esquemas de instalações elétricas; leitura de projetos; ligações simples, paralela e intermediária; quadro de distribuição entre outros.

Os dois cursos contam com aulas práticas e, ao final, os alunos receberão um certificado de formação.CURSO TIGRE_366

Agenda de Cursos Rio Claro
Hidráulica e Elétrica
Dia 15 de janeiro até 15 de março de 2018
Horários: das 14h15 às 17h:15 ou das 19h às 22h.
Local: Centro de Treinamento Rudolf R.Huffen
Endereço: Av. Brasil, 4233. Distrito Industrial, 13505-600. Rio Claro. SP
Inscrições: (19) 98173-4596 (WhatsApp) ou pelo e-mail jose.duarte@tigre.com

ECOS NATALINOS E ANO NOVO

Ana Lucia Missaglia Guarnieri
“O ladrão comum te rouba dinheiro, carro, celular, relógio… O político te rouba felicidade, saúde, educação, segurança, transporte, emprego… Você é escolhido pelo primeiro ladrão, mas é você que elege o segundo”. Guto Jimenez
**********************************
“Todos os dispositivos sofisticados e WIFI do mundo não vão fazer diferença se não tivermos grandes professores na sala de aula”. Barack Obama
**********************************
“Não podemos perder o foco do que vivemos hoje no Brasil, que não é o auge da sujeira, mas o começo da limpeza”. Mario Sérgio Cortella “Os homens do futuro são os HOMENS DO SONHO”. Arrigo Barnabé
***********************************
Percorremos com a equipe da RAI (através de imagens da TV) cenas muito festivas e alegres do Natal de 2017 pelas ruas de Londres (Inglaterra), Paris (França), New York (Estados Unidos), Roma (Itália), enquanto recebíamos do Pastor Eric Célérier (internacionalmente conhecido) a informação de que, na França, “a pessoa de Jesus e sua mensagem aparecem muito pouco na esfera pública. Poucos jornais, menos ainda a TV e o rádio falam dele”, havendo o esforço de alguns profissionais, editores de ‘JESUS!MAGAZINE”, revista vendida nas bancas, para despertar um publico de seguidores.
No Brasil, a TV Cultura exibiu o filme do Evangelho Segundo São Mateus, produzido pelo cineasta ateu, Pier Paolo Pasolini, estreado no festival de Veneza/1964, e retomado, hoje, por Arrigo Barnabé que faz a leitura oral do texto natalino, aprovado pela Santa Sé e dedicado ao Papa João XXIII.
E o interessante é que, na leitura da árvore genealógica de Jesus, só contam os homens, como se Maria SS. não contasse! José, avisado em sonho que ela não era mulher adúltera, resolve não a abandonar, assumindo o papel de pai adotivo do Menino-Jesus. Ela, a Mãe do eterno Belo Amor; ela, a sede da sabedoria, que, em Efésios 3, 18, ganharia de Paulo o elogio da “cheia de graças”, desafiando-nos a conhecer “A LARGURA, LONGITUDE, ALTURA E PROFUNDIDADE DO AMOR DE CRISTO”, seu Filho, que precede a Abraão (Gn. 15; Rm. 4); é mais que Salomão !!!!(Lc., 11, 29-31).
Então não se admira quando BLOGS postam fotos do homem tatuado com um jacaré no braço e a legenda: “homem fraco é que faz tatuagem da namorada no braço”. (- A mulher perdendo para o reino animal?) O apóstolo Paulo escreveu que “dava vergonha ao VER o que faziam, às escondidas, com o corpo”. – Falta de noção(??) de que pornografia e imundície nada têm a ver com o Amor de Deus?
Na Missa de Natal (24/12/2017- Vaticano/RAI) lá estava Papa Francisco, insistindo em que a força do medo deve ser vencida pela força da caridade, já que “bravo não é quem não sente medo, mas quem vence esse medo’. Já se disse que reconhecendo nossos defeitos é que podemos embelezar a mesa de alguém, tornar preciosa nossa noite, feliz diante de Deus.
Como acontece a pessoas bem sucedidas, que esperam pelo Ano Novo, como Maria e José aguardavam o Senhor, Príncipe da Paz. Fazem desta viagem de 365 dias e 6 horas da Terra em torno do Sol (um ano) mais uma oportunidade para mudar a mentalidade, renovar o que é bom e abandonar o ruim.
Conforme pesquisas recentes, são bem sucedidos:1) os que continuam aprendendo coisas novas; 2) assumem responsabilidade pelos seus atos; 3) sabem perdoar e esquecer possíveis ofensas; 4) torcem pelo sucesso. Já os mal sucedidos 1) acreditam que já sabem o suficiente; 2) colocam os erros em outras pessoas; 3) guardam rancor, viram as costas (como o cartaz da porta de um estabelecimento:” Que a mão de quem colocou fogo na faixa que estava aqui apodreça com o pior câncer do mundo. Em nome de Jesus. Amém.”) 4) torcer pela queda dos outros(continuar matando os peixes dos rios com o excesso do lixo que lhes impossibilita a vida…)…
As citações de Guto Jimenez, do ex-presidente Barack Obama, de Mário Sérgio Cortella e de Arrigo Barnabé (filósofos brasileiros), expressas acima, são reflexões para o Ano Novo de 2018, que se inicia, daqui a pouco, outra vez…A elas, acrescentamos um pensamento de ajuda, numa época em que a inversão de valores toma conta do mundo: “CETICISMO é a dúvida saudável diante da falta de evidências. NEGAÇÃO é a dúvida intencional diante da esmagadora quantidade de evidências confiáveis”.
Que a nossa fé aumente e o nosso amor não diminua, fazendo a nossa parte, preparando a Terra do futuro, que será um lugar maravilhoso para se habitar, como no alegre testemunho daquela peregrina ao Santuário de Fátima ( 23/12/2017) ao encontro de Maria, assunta ao céu pelo Senhor: “AQUI PARECE QUE NOS CONHECEMOS DESDE O DIA EM QUE NASCEMOS”. Para isso é que Deus amou tanto o mundo no Natal perene de Jesus. Em todo lugar e tempo… Em todo ano, até que “o manda quem pode e o desobedece quem tem juízes’ sejam convertidos em viver no Tempo da Graça de Deus.

Que 2018 nos traga esperanças…

Por Eduardo Sócrates Bergamaschi

Fenômeno político brasileiro, o “lulismo” parece (pelas pesquisas eleitorais) que continua ainda muito forte no país.
Desde quando chegou ao poder, Luiz Inácio Lula da Silva só teve uma aceitação bastante forte no seu primeiro mandato. Daí em diante, depois de várias besteiras e muitas acusações de corrupção, seu prestígio caiu bastante, alcançando um nível de rejeição jamais sentido.
Em 2002, com a chegada de Lula ao poder, a sociedade mostrou que queria novidades e por isso elegeu um candidato de um partido de esquerda.
Afinal, esses senhores eram símbolos da luta contra a ditadura militar e prometiam um governo mais voltado ao povo, do que aos empresários.
Mas, por incrível que possa parecer o partido começou a perder espaço quando a polarização “esquerda” e “direita” foi perdendo sentido, por culpa do próprio PT e do próprio “Lula”, quando abriram espaço para diversas reflexões que os transformaram em um partido estritamente capitalista (totalmente avesso ao discurso que o levou ao poder).
Historicamente, o “lulismo” chegou ao poder ao criticar efetivamente o funcionamento do sistema capitalista e oferecer outras propostas que tivessem, ao menos, o desejo de buscar uma transformação mais profunda.
O desastre com o aparecimento de diversos pontos de corrupção como a CPI dos Correios, Mensalão e ultimamente o Petrolão (Lava Jato) mostrou que o partido não tinha nenhuma diferença com os outros e era tão corrupto quanto os que passaram pelo governo anteriormente.
Do partido, que parecia até então que tomaria conta do poder por muito tempo, parece que ficou resumido a apenas um nome Luiz Inácio Lula da Silva, isso ainda pelo carisma que, bem ou mal, ele tem com o povo brasileiro, principalmente no norte e nordeste do país.
O eleitor do Lula, ainda pensa como aqueles antigos eleitores. “O Lula me deu o Bolsa Família”. “O Lula aumentou o meu salário de aposentado”. E quando alertado sobre as inúmeras acusações de corrupção, ele responde: “O Lula rouba mas faz”.
E esse “lulismo” pode nos levar novamente a ser governado por esse senhor, a não ser que a justiça impeça a sua candidatura, caso contrário as chances são muito grande, mesmo que o índice de rejeição a ele tenha crescido bastante.
Hoje, as sugestões de votos para a presidência não nos parece muito alvissareiras, mas como o final de ano vem aí, vamos pedir para que em 2018, algum nome mais confiável chegue a nós e possamos ter opções para tentar um futuro menos sombrio…

DESIGUALDADE SOCIAL

Por Alessio Canonice – alessio.canonice@bol.com.br

A desigualdade social, muitas vezes chamada de desigualdade econômica, é um problema social presente em todos os países do mundo. Decorre da má distribuição de renda e, ademais, da falta de investimento na área social.
No geral, a desigualdade social ocorre nos países subdesenvolvidos ou não desenvolvidos. Surge da falta de uma educação e qualidade de melhores oportunidades no mercado de trabalho, além da dificuldade de acesso aos bens culturais e históricos pela maior parte da população.
Em outras palavras, a maioria fica a mercê de uma minoria que detém os recursos geradores de desigualdades, um problema de difícil solução, porque vem se arrastando ao longo de muitos anos e que permanece até os dias atuais.
Estudos afirmam que a desigualdade social surgiu com o capitalismo, com os detendores do poder econômico, que é o sistema neste sentido, que passa a perpetrar a ideia de acumulação de capital da propriedade privada.
Mesmo que o Brasil nos últimos anos tenha apresentado uma diminuição da probreza, o nível de desigualdade social ainda é muito notório e sofrível, citando como exemplo os andarilhos de rua cada vez mais se intensificando, sem que o poder público dê respaldo necessário, para que haja alguma alternativa de redução em todos os quadrantes da Pátrica.
Importante salientar, até com exclusividade, o fato de que a desigualdade social existe nos diferentes continentes, países, regiões, estados e cidades. Há lugares em que os problemas são mais evidentes, por exemplo, nos países africanos, os quais estão entre os mais desiguais do mundo.
Várias são as situações que contribuem para que a desigualdade tome dimensão, dentre elas, má distribuição de renda, má administração de recursos, falta de investimento nas áreas sociais, culturais, saúde e educação, além da falta de oportunidade de trabalho, porém, é claro, que o candidato ao se apresentar como aspirante a esse ou aquele cargo, precisa reunir o mínimo de condições, o que é absolutamente natural e normal essa exigência do empregador.
Outros problemas que estão vinculados à desigualdade são a pobreza, miséria e favelização, fome, desnutrição e mortalidade infantil. Aumento da taxa de desemprego, um fato que não se constitui em novidade para todos que acompanham através da mídia esta triste realidade, estando neste contexto a marginalização de parte da sociedade.
Aumento dos índices de violência e criminalidade, outro fato que está intimamente ligado à desigualdade e, por mais que as autoridades se empenhem no combate a esse aspecto, não surte os efeitos desejados, porque a população cresce a cada dia que se sucede, além das mães que estão à espera do nacimento do filho, milhares delas sem condições de acesso à formação e educação deles, que passam a habitar o mundo, mormente o Brasil.
Outro tipo de desigualdade, que não podemos deixar de fazer alusão dentro deste contexto é a racial entre raças: negro, branco, amarelo e pardo, além da desigualdade econômica entre distribuição de renda, fazendo parte dessa observação o caso de sexo (homens e mulheres). Às vezes, dependendo da circunstância, o sexo feminimo acaba tomando espaço do sexo masculino.
Segundo a ONU, o Brasil é o oitavo país com o maior índice de desigualdade social e econômica do mundo.
Na união européia, o país que apresenta maior desigualdade social é Portugal, ao contrário de outros, que apresentam menor desigualdade e que se constituem na Noruega, Japão e Suécia, países com outra estrutura de desenvolvimento e que desde há muitos e muitos anos vêm mantendo esta tradição, que corresponde à própria economia deles.
Em termos de Brasil, dificilmente sairá dessa situação incômoda, porque as possibilidades de reverter este quatro são mínimas e remotas, até que surjam novos tempos em que a desigualdade tome novos rumos de progresso sólido e efetivo de redução desse aspecto.