Fórum de Rio Claro poderá ganhar Anexo de Violência contra Mulher

Rio Claro poderá ter um Anexo de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher funcionando no Fórum. O pedido de instalação da unidade foi formalizado ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo nessa terça-feira (19) por comitiva de Rio Claro. O protocolo de intenção foi entregue ao presidente do tribunal, desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.
“Foi uma reunião muito positiva e nosso pleito foi bem acolhido pelo presidente do tribunal. Estamos confiantes em um resultado positivo”, afirma Juninho destacando que o anexo viria somar com o trabalho realizado pela Delegacia da Mulher melhorando o atendimento às vítimas de violência.
Se aprovado, o anexo de Rio Claro irá funcionar no prédio do Fórum onde antes funcionava a Defensoria Pública. A criação do anexo dará maior celeridade à tramitação dos processos de violência doméstica abertos pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).
“Na inauguração da DDM fizemos o pedido ao Fórum para instalação do anexo no município”, informa a advogada Ionita de Oliveira Krugner, membro da diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Rio Claro. O diretor do Fórum, juiz Cláudio Luís Pavão, verificou as exigências do Tribunal de Justiça para atender a solicitação. Tudo foi providenciado.FORUM DE RIO CLARO PODERÁ GANHAR (1)
O juiz observa que a criação desse serviço especializado é uma forma da prefeitura e poder judiciário devolverem à população que paga impostos um serviço de qualidade. “A ideia é oferecer um serviço além do jurídico com apoio de assistente social e psicólogo para as vítimas e também realizar um trabalho com os agressores para que eles possam refletir sobre seus atos”, declara Pavão.
O processo de Rio Claro está em estágio avançado. O anexo já tem local de instalação, parceria com a prefeitura e a Câmara Municipal e a concordância dos juízes das três varas criminais para onde serão encaminhados os processos instaurados pela DDM. O último anexo inaugurado pelo TJSP foi em abril deste ano na cidade de Andradina, que se tornou a quarta comarca do Estado de São Paulo a contar com o serviço.
A presidente do Fundo Social de Solidariedade, Paula Silveira Costa, que também esteve em São Paulo, ressalta que a implantação do anexo em Rio Claro seria um grande reforço ao trabalho de apoio e acolhimento às mulheres vítimas de violência doméstica.
Também participaram da reunião no Tribunal de Justiça, o procurador geral de Rio Claro, Rodrigo Ragghiante; o deputado estadual Aldo Demarchi; o vice-presidente da OAB-SP, Fábio Romeu Canton Filho; Juliana Amaral Gobbo, presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB de Rio Claro; o vereador Val Demarchi; a desembargadora Angélica de Maria Mello de Almeida, da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário (Comesp); entre outras autoridades.

Gestores de mais de 600 municípios discutem meio ambiente em Rio Claro

Rio Claro se prepara para receber nesta sexta-feira (22) gestores de mais de 600 municípios paulistas que estarão na cidade para discutir questões relativas ao meio ambiente. O evento corresponde à segunda etapa de certificação no Programa Município Verde Azul (PMVA), iniciativa do governo estadual que premia os municípios pelos investimentos feitos no meio ambiente. A atividade será realizada no Floridiana Tênis Clube e irá contar com a presença do secretário estadual de Meio Ambiente, Maurício Brusadin, entre outras autoridades.
“A escolha de Rio Claro para sediar esse encontro estadual é um reconhecimento aos investimentos feitos pelo município na área ambiental”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, ressaltando que está sendo feito um esforço conjunto para conseguir a certificação de Rio Claro no programa.
Esse será o segundo encontro estadual de pré-certificação do programa. O primeiro foi realizado em junho na cidade de Mogi das Cruzes. O terceiro e último encontro será realizado em dezembro em São Paulo quando será feito o anúncio final do Ranking Ambiental Paulista 2017, com a divulgação das cidades que conquistaram o Selo Município Verde Azul. A posse do selo é um dos critérios de avaliação para a liberação de recursos do Fundo Estadual de Controle da Poluição (Fecop).
“O acesso a tais recursos permite que o município amplie os investimentos no setor ambiental melhorando a qualidade de vida da população”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente, Antônio Penteado. De acordo com ele, o selo Verde Azul, além de certificar a qualidade das ações promovidas pelo município, os primeiros colocados no ranking terão vantagens na hora de obter empréstimos e outros investimentos. Neste ano, o governo irá destinar R$ 15 milhões ao PMVA que serão rateados entre os municípios certificados.
O vereador Júlio Lopes, que tem acompanhado de perto as atividades de certificação do PMVA, tem expectativa de que as ações positivas que o governo municipal vem desenvolvendo na área ambiental irão possibilitar que Rio Claro seja incluída no ranking ambiental do estado.
Também na sexta-feira será entregue as obras de restauração da ponte sobre o Ribeirão Claro que dá acesso à Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade (Feena). A ponte estava interditada para a passagem de veículos desde o ano passado para recuperação. “Uma ação importante para o trabalho que estamos realizando de ampliar e incentivar a utilização da floresta pela comunidade”, observa o secretário municipal de Esportes e Turismo, Ronald Penteado.
As atividades do PMVA estão sendo organizadas pela Secretaria de Meio Ambiente com o apoio das demais secretarias municipais. O evento de sexta-feira conta com organização conjunta das secretarias de Meio Ambiente e Esportes e Turismo e Arquivo Público e Histórico.

Juninho reitera pedido de passagem inferior na SP-127 em reunião na Artesp

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, esteve na segunda-feira (18) na Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), acompanhado do vereador Paulo Guedes (PSDB), reiterando pedido da construção de uma passagem inferior de acesso na divisa dos bairros Jardim Novo I e Jardim Novo II, na Rodovia Fausto Santomauro (SP-127), em Rio Claro.
A reunião foi realizada com o diretor de investimentos da Artesp, Pedro da Silva Brito Junior, do engenheiro de operações, Misael Tavares Junior, do engenheiro de investimentos, Fabiano Cruz e do deputado federal Vanderlei Macris.
“Em razão da região estar em desenvolvimento e o fluxo de veículos ser grande, há necessidade de se criar esta passagem inferior para auxiliar o trânsito do local e encurtar o trajeto para acessar a rodovia, favorecendo também outros bairros”, disse Juninho, informando que o município está à disposição da Artesp para eventuais benfeitorias.
Já o vereador Paulo Guedes reforçou o pedido da execução da obra no trecho, anunciada em março de 2016. “Esta obra vai garantir a segurança de mais de 20 mil pessoas, especialmente dos motoristas que colocam a vida em risco”, afirmou. Guedes reforçou também solicitação de melhorias no retorno ao bairro Jardim Guanabara. O deputado federal Vanderlei Macris confirmou o seu apoio ao prefeito Juninho e ao vereador Paulo Guedes em prol da antiga reivindicação na Artesp.JUNINHO REITERA PEDIDO DE PASSAGEM (2)
O diretor de investimentos da Artesp, Pedro da Silva Brito Junior, se prontificou a resgatar o projeto e analisar com os demais engenheiros e elaborar um novo estudo o mais breve possível sobre a possibilidade da obra ser executada.

Fundo Social firma parceria com governo do estado para novos cursos de qualificação

Rio Claro e o governo do estado de São Paulo firmaram parceria para novas etapas de cursos para qualificação profissional no município. Com o convênio, outras turmas serão abertas para aulas gratuitas de Construção Civil e outros cursos. “Nesse momento de crise, vamos ampliar as oportunidades para aqueles que batalham por alternativa de emprego e renda”, comenta Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade do município. A solenidade de assinatura foi realizada em Limeira, com presença de Lu Alckmin, presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo e representantes de mais de 200 municípios da região.
O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, participou do evento e reitera a importância da qualificação profissional para quem quer melhorar a renda familiar. “Cursos como esses também são essenciais para aqueles que querem entrar ou voltar ao mercado de trabalho”, pontua. Presente à cerimônia, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Rio Claro, lembra que o município vem desenvolvendo desde o início deste ano um amplo trabalho na área de qualificação profissional. “Essa nova iniciativa abre novas frentes de oportunidades à população e tem todo o apoio da Câmara de Vereadores”, assinala.
Rio Claro e o governo do estado têm outras parcerias no setor de qualificação profissional. Por meio da Secretaria Municipal de Governo e Desenvolvimento Econômico, 90 vagas gratuitas foram abertas para cursos nas áreas administrativa, e departamento de pessoal e vendas. As aulas devem começar na próxima semana. Já o Fundo Social de Solidariedade do município mantém o Centro de Qualificação Profissional, Inclusão Digital e Produtiva, com uma série de cursos também gratuitos e que inicia nos próximos dias aulas para novas turmas na área de preparo de alimentos, como canapés quentes e frios, sanduíches quentes e frios e docinhos para festas.
O Centro de Qualificação Profissional, Inclusão Digital e Produtiva fica na Avenida Visconde do Rio Claro, 150, entre avenidas 28 e 30. Entre os cursos com vagas disponíveis estão o de pedreiro, assentador de pisos e azulejos, de canapés e decoração de bolos. O telefone para contatos é 3524-4897.

Oficina para Cuidador de Idosos

Oficina tem uma carga horária de 40 horas e acontecem as terças -feiras das 14h às 16h. Publico Alvo: Esta oficina destina-se a pessoas que queiram ou necessitem cuidar e/ou apoiar idosos.
Inicio: 03/10 a 28/08/2018 – (férias 12/12/17 a 16/01/18)
Informações sobre o curso:
Mercado de trabalho:
A população idosa está aumentando progressivamente no Estado de São Paulo, isso fez que aumente a necessidade de mão de obra qualificada para atuar na área. Segundo a OMS (Organização Mundial da saúde) o número de brasileiro com mais de 60 anos vai dobrar nas próximas décadas.
O Cuidador atuará na relação entre o idosos, seus familiares e integrantes da equipe multiprofissional de saúde, podendo trabalhar em residências, instituições de longa permanência, hospitais, clubes, hotéis entre outros.
Programa:
1. Quem é idoso?
2. Direitos humanos dos idosos
3. Lei 10.741/2003 – Estatuto do Idoso
4. Código de ética do Cuidador de Idoso
5. Guia prático do cuidador
6. Estágio supervisionado para a prática de vivencia e técnicas de cuidados

Matriculas abertas: Local: Instituto Nossa Senhora da Assunção – Rua 11, av. 9 nº702. Telefone: 3524-3754. E-mail: insa.rioclaro@gmail.com. Investimento: 10 parcelas de 30,00 este valor é destinado ao material do curso do aluno. Total de Vagas: 20. A oficina será ministrada por docentes: Enfermeira.

A França e o Novo é a próxima mostra do Cine SESI-SP no mundo

O público poderá ver ou rever atuações marcantes de Jeanne Moreau, Brigitte Bardot, Gene Kelly, Catherine  Deneuve, Jack Palance e outros. As sessões acontecem no SESI Rio Claro, até 28 de setembro, com entrada gratuita
Na 11ª edição do Cine SESI-SP no Mundo, realizada de 10 de agosto a 11 de outubro no SESI Rio Claro, oito filmes propõem uma viagem à Europa Ocidental até o berço do cinema: a França. Com reflexões sobre técnica, temática e estilo, a mostra A França e o Novo traz obras que mostram a originalidade nas composições francesas, que influenciam até hoje o cinema mundial.
O evento é realizado em parceria com a Embaixada da França no Brasil e tem apoio do Institut Français. Todas as sessões são gratuitas e os ingressos podem ser reservados antecipadamente pelo Meu SESI (www.sesisp.org.br/meu-sesi). A França foi o primeiro país a exibir imagem em movimento, por meio dos irmãos Lumière, considerados os pais do cinema. Foi pioneira em efeitos especiais com o filme Viagem à Lua (1902), de George Méliès, e sediou o movimento Nouvelle Vague, que criou técnicas que romperam com as utilizadas, até então, no cinema comercial. Sua vanguarda cinematográfica influenciou inúmeros diretores dos anos de 1970, como o norte-americano Steven Spielberg.
Com curadoria do SESI-SP, os filmes escolhidos ressaltam, por meio de conexões, as técnicas que nasceram no cinema francês e permanecem evidentes nas produções contemporâneas de todo o mundo. A mostra traça um panorama composto em pares e exibe tanto os longas que inauguram estéticas e temáticas, como os que revelam a evolução desses elementos ao longo dos anos. Na mostra destacam-se produções de diretores consagrados, como Jean-Luc Godard e Jacques Tati, e, principalmente, a icônica performance em Ascensor para o Cadafalso, de Jeanne Moreau, falecida no mês passado.
A programação completa irá percorrer 39 unidades do SESI-SP em todo Estado, além do Centro Cultural Fiesp. As datas e horários das exibições podem ser conferidas em https://rioclaro.sesisp.org.br/agenda.

Rio Claro realiza seminário “Valorização da Vida e Prevenção ao Suicídio”

Para marcar o “Setembro Amarelo” em Rio Claro, mês de prevenção do suicídio, uma programação especial está marcada para o dia 28 de setembro, quinta-feira da próxima semana. Nesse dia será realizada a primeira edição do seminário “Valorização da Vida e Prevenção ao Suicídio”, a partir das 13h30, no auditório do Núcleo Administrativo Municipal (NAM).
O assunto será tema de palestras ministradas pelas psicólogas da rede de saúde mental da Secretaria Municipal de Saúde, Juliana Cristina da Silva e Karen Batista, e pelo voluntário José Esteves, do CVV (Centro de Valorização da Vida).
O evento está sendo organizado pelo Núcleo de Educação em Saúde, Treinamento e Desenvolvimento (Nestd), com apoio da Prefeitura de Rio Claro, Câmara Municipal e CVV que atende pelo telefone 141.
O seminário em Rio Claro irá discutir o suicídio, um problema de saúde pública com crescente número de vítimas. No Brasil são 32 brasileiros mortos por dia, taxa superior às vítimas da aids e da maioria dos tipos de câncer.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nove em cada 10 casos de suicídio poderiam ser prevenidos. Para isso, é necessário que a pessoa procure ajuda e receba atenção de quem está à sua volta.

Coluna Edmar Ferreira

A diretoria do Corinthians tinha que punir Rodriguinho. O meia ficou 1 minuto e 54 segundos em campo até cometer aquela entrada cavalar e ser expulso no segundo tempo contra o Racing. Ele prejudicou demais o Timão. Se já era difícil marcar no time argentino com 11 em campo, com 10 ficou impossível.
Aliás, que festival de pancadas e cotoveladas na quarta-feira. Jogo violento entre Racing e Corinthians e jogo violento entre Santos e Barcelona. Cada baita carrinho. Entradas desleais. Provocações. Peitadas. Teve de tudo. Sobraram cartões vermelhos. Times entraram pilhados demais em campo.
Racing, de Lizandro Lopes, ex-Internacional/RS, avança e agora enfrenta o Libertad do Paraguai. Nos últimos 12 jogos no El Cilindro, Racing venceu 10 e empatou dois. Como diria o saudoso Xixo da Cidade Nova, “lá a cuíca ronca”. Já o Corinthians terá apenas o Brasileirão para se preocupar.
Bruno Henrique também deveria ser punido pela diretoria do Santos. Cuspir na cara de uma pessoa é bem pior que dar um soco. Isso não se faz. E o tal Jonathan Alvez do Barcelona hein? Que espetáculo de atacante. Marcou cinco gols nesta Libertadores, quatro deles em times brasileiros. Porém foi expulso e não enfrenta o Grêmio.
Bruno Henrique se desculpou ontem nas redes sociais pela cusparada no meia Damián Díaz, do Barcelona de Guayaquil. O jogador disse que cometeu um grande erro e mostrou arrependimento. O atacante pode pegar até seis jogos de suspensão e desfalcaria o Santos em toda a primeira fase da Libertadores caso o clube se classifique para a competição no ano que vem.
Lucas Barrios não prestava no Palmeiras e hoje é o “cara do Grêmio”. Que coisa. Paraguaio foi decisivo na vitória sobre o Botafogo por 1 a 0, no Sul. Torci muito para o Fogão, mas Jair Ventura faz milagre com aquele time limitado. Foi longe demais.
Às vezes sou contra poupar titulares. Jogadores ganham fábulas. A maior prova disso é o Santos. Se tivesse jogado com os titulares, fatalmente venceria o Botafogo, sábado passado no Rio. Como perdeu, voltou a ficar distante do líder Corinthians. Agora só resta o Brasileirão ao Peixe. Sábado às 21h, força máxima contra o Atlético/PR. Porém, ainda sem Lucas Lima.
No Palmeiras, Cuca traçou uma meta: quer seis vitórias seguidas para brigar com o Corinthians pelo título do Brasileirão. O primeiro passo foi bater o Coritiba por 1 a 0, no Pacaembu. O segundo, será derrotar o Fluminense, domingo no Maracanã. Em seguida o Verdão terá Santos, Bahia, Atlético-GO e Ponte Preta. A última vez que isso aconteceu foi em 2015, com Oswaldo de Oliveira no comando.
Nos bastidores, crescem os rumores que Lucas Lima defenderá o Palmeiras em 2018. O meia, que ganhará o passe livre no fim do ano, receberia R$ 6 milhões de luvas e um salário de R$ 600 mil. Outro jogador que pode reforçar o Verdão é o goleiro Weverthon, do Atlético/PR. Mas a primeira opção é o paraguaio Gatito Fernandez, desde que o Botafogo/RJ aceite ficar com o lateral Victor Luís.
Quando o Corinthians jogou no Mineirão, Jô disse que não comemoraria se marcasse um gol no Atlético/MG por respeito. E realmente cumpriu. Agora, está processando o time mineiro e quer receber R$ 872 mil do tempo que jogou pelo Galo.
A partir de 2019, os times que disputarão o Campeonato Brasileiro não poderão mais treinar em seus estádios, apenas no CT. Objetivo é preservar os gramados.
Faturamento da TV Globo com o futebol em 2018, ano da Copa do Mundo da Rússia, está praticamente fechado: R$ 3 bilhões, bem superior ao valor de 2014, quando o Mundial foi no Brasil.
Freddy Rincón, ex-Corinthians e Palmeiras, reprovou a série Narcos e disse: “A Colômbia é mais do que isso”.
Meia palmeirense Vitinho está ganhando cada vez mais espaço no Barcelona. Titular do time B, para onde foi contratado em julho, o garoto de 19 anos treinou pela primeira vez com o time principal. O jogador até posou para foto ao lado de Paulinho.
A cada jogo, novos números. João Vallim segue fazendo história. Na vitória sobre o Rio Branco por 3 a 0, domingo no Limeirão, pela última rodada da fase de classificação da Copa Paulista, o treinador tornou-se o sexto em número de jogos pela Inter de Limeira com 48, igualando a Claudemir Peixoto.
O retrospecto de Vallim é de 28 vitórias, 9 empates, 11 derrotas, 76 gols marcados e 45 sofridos. Dos 144 pontos que disputou, conquistou 93, ou seja, 64,5% de aproveitamento. Na partida contra o Água Santa, dia 27 (quarta-feira) às 20h, no Limeirão, João Vallim se tornará o quinto em número de jogos, com 50, igualando a Carlos Gainete. E contra a Ferroviária, dia 7 de outubro, às 17h, também no Major Levy, o atual comandante será o quarto em jogos com 52, igualando a Lelo.
Com dores no tendão de Aquiles, Thomaz Bellucci desistiu de participar do do ATP 250 de Shenzhen, da China. A lesão o prejudicou na derrota para o Japão pela repescagem da Copa Davis. O brasileiro é o atual 76º do ranking mundial.
Só para constar, um torcedor gritou: “vai Corinthians!” antes de Rafael Nadal sacar no matchpoint na final do US Open. Até lá?
Curiosidade do dia: O primeiro gol no Estádio do Mineirão aconteceu no dia 5 de setembro de 1965, quando a Seleção Mineira venceu o River Plate da Argentina por 1 a 0, gol de Buglê, que jogava pelo Atlético/MG.

Daae faz inspeção na rede de água em Ferraz

Na manhã de quinta-feira (21), o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, esteve com o superintendente do Daae, Francesco Rotolo, no distrito de Ferraz para acompanhar os trabalhos de inspeção da rede de abastecimento de água do local.
“A prefeitura e o Daae estão atentos em procurar sanar eventuais problemas de abastecimento”, afirmou Juninho.
Esse trabalho de inspeção tem como objetivo, verificar a pressão e vazão do sistema de distribuição de água e encontrar eventuais vazamentos e eventuais ligações clandestinas através de medições setorizadas.
“O abastecimento atual é feito através de poço artesiano, cuja vazão é mais que suficiente para atender a demanda dessa região”, salienta Rotolo.DAAE FAZ INSPEÇÃO (2)

PM prende criminoso pela pratica de receptação

Durante patrulhamento no Jardim Guanabara os policiais da equipe da ROCAM, avistaram um veículo Citroen/C3 Air Cross, estacionado na via pública, e por terem informações de que um automóvel com as mesmas características estava envolvido em alguns furtos e roubos em Rio Claro e região, pesquisaram o emplacamento, verificando que havia divergências nos dados do automóvel, constatando que se tratava de produto de furto em uma residência de Rio Claro.
Posteriormente realizaram diligências nas imediações, encontrando no interior de uma residência localizada nas proximidades, um segundo veículo furtado, GM/Ônix, produto de furto em uma residência em Araras, e após obterem informações sobre a localização do proprietário do imóvel, obtiveram sucesso em localizá-lo, e ao realizarem vistoria no local encontraram 525 objetos produtos de ilícitos tais como notebooks, TV, relógios, joias, dentre outros, sendo ainda informados pelo infrator da localização de um terceiro veículo, Fiat/Uno, produto de furto em um residência em Rio Claro, o qual localizado no bairro Terra Nova.POLICIA MILITAR PRENDE CRIMINOSOS (1)
Na sequência o criminoso juntamente com os veículos e objetos foram encaminhados ao Plantão Policial, onde foi realizado o registro da ocorrência, permanecendo o infrator a disposição da justiça.


 

Flagrante de furto

Nesta tarde, após denúncia de Furto em andamento, o Centro de Comunicação da Guarda Civil Municipal direcionou as Viaturas 487- GCMs Barros e Reginaldo, e 486- GCMs SI Sepúlveda e Geraldo para o atendimento

Ao chegarem no nº 1415 da Avenida 13, Bairro Saúde, abordaram três indivíduos que saíam da residência invadida. Durante a averiguação, pesquisados antecedentes pelo Infoseg onde um deles constava como procurado pela justiça. Em seguida, verificado que havia material separado para posterior retirada e que os veículos dos indivíduos, sendo uma Fiorino de cor Preta, Placas GMI 0345, e uma motocicleta Honda CBX 250 Twister, DYT 7297, também encontravam-se próximos do local. Pesquisado a documentação constatou-se estarem sem o devido licenciamento. Tanto o material separado, quanto os indivíduos foram conduzidos à presença da Autoridade de Plantão, que determinou a confecção do BOPC nº 9169/2017 sob o tipo Penal Furto/Flagrante. Ato contínuo, a autoridade determinou que fossem registrados e devolvidos os pertences que seriam subtraídos, ao seu dono, assim como a recolha dos veículos citados. RO GCM nº 1778/2017.


 

Apoio da GCM à polícia civil – tráfico de entorpecentes – flagrante

Policia Civil com apoio da GCM aprenderam drogas, e o acusado de realizar tráfico nas imediações do Jardim Nova Rio Claro

A Equipe Canil da GCM Rio Claro, em ocorrência de apoio à Polícia Civil pelo Jardim Nova Rio Claro, ao chegarem em um terreno baldio na Rua 21 do referido bairro, perceberam que um adulto masculino, identificado como R. S. P., evadiu-se escondendo em uma residência da Rua 20. Ato contínuo foi abordado dentro da residência, juntamente com o morador do local. Os agentes policiais, ao vistoriarem o recinto, encontraram uma motocicleta Yamaha YBR dourada e sem placas, produto de Roubo. No terreno e com varredura pelo cão farejador Athila, encontraram, na parede, 15 pedras de crack, 09 pinos de cocaína e em um monte de entulho 10 trouxas de maconha. Indivíduos e entorpecentes encaminhados para apreciação da autoridade policial de plantão que ratificou voz de prisão em flagrante sendo, Tráfico de Entorpecentes para RSP – recolhido à carceragem – e Receptação para o morador da residência – Fiança de R$1000,00.
BO PC nº 274/2017 e RO GCM nº1759/2017.

No terreno e com varredura pelo cão farejador Athila, encontraram, na parede, 15 pedras de crack, 09 pinos de cocaína e em um monte de entulho 10 trouxas de maconha. Traficante foi preso
No terreno e com varredura pelo cão farejador Athila, encontraram, na parede, 15 pedras de crack, 09 pinos de cocaína e em um monte de entulho 10 trouxas de maconha. Traficante foi preso

Tecnologias educacionais são tema de curso online oferecido pela UFSCar 

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está com as inscrições abertas para a terceira turma do curso “Tecnologias Educacionais: Aplicações e Possibilidades”, oferecido inteiramente a distância, sob a coordenação do Departamento de Ciências da Natureza, Matemática e Educação (DCNME-Ar) do Campus Araras da Instituição.
“No mundo contemporâneo é fundamental desenvolvermos métodos e técnicas que estimulem o interesse dos alunos durante os processos de ensino-aprendizagem”, defende Estéfano Vizconde Veraszto, professor do DCNME-Ar e responsável pelo curso. Para o pesquisador, os jovens têm acesso a diversas tecnologias fora da sala de aula, “enquanto isso, a escola ainda apresenta uma estrutura do século XX pouco atrativa para os estudantes”, afirma ele.
Nesse cenário, o curso foi desenvolvido para contextualizar o uso de recursos tecnológicos em diversos espaços educacionais, buscando transformar o ensinar e o aprender em momentos mais significativos às crianças e aos jovens. As disciplinas tratam dos fundamentos da tecnologia educacional e apresentam os recursos disponíveis atualmente, como aprendizagem em ambiente mobile, assistentes virtuais e o papel das redes sociais na educação. “Vamos entender como utilizá-los no aprendizado e na formação cidadã”, detalha o docente.
Alunos das turmas anteriores do curso aprovam a proposta. Para o supervisor educacional, Geraldo Sant’Anna, o curso amplia o horizonte da sala de aula. “O antes suficiente ‘aula expositiva, lousa e giz’ já não possibilita ao aluno receber a informação; essa capacitação nos permite ir além”, garante ele. Silvana Camolesi, professora de Matemática, destaca a qualidade do material didático: “Gostei do material, os vídeos me ajudaram a aperfeiçoar os conteúdos que trabalho em sala”.
As aulas, que serão apenas pela Internet, começam no dia 25 de setembro. A carga horária total é de 220 horas e as vagas são limitadas. Os interessados em participar devem fazer suas inscrições pelo site https://teceducacionais-3.faiufscar.com/.

Ministério Público recomenda adiar votação do Plano Diretor por 60 dias

A votação do projeto de lei que dispõe sobre o plano diretor de Rio Claro poderá ser adiada por mais de 60 dias. Em reunião nessa terça-feira (12) no paço municipal, o Ministério Público recomendou o adiamento da votação que poderá ser acatada pela Câmara Municipal por meio de pedido de vistas aprovado pelos vereadores. Se a recomendação for aceita, a previsão é de que a proposta seja votada em novembro após apresentação de parecer técnico elaborado pelo MP.
“Esse parecer técnico irá sobrepor as várias restrições do município a mineração”, explica o promotor de Justiça Ivan Carneiro Castanheiro, do Grupo de Atuação de Defesa do Meio Ambiente (Gaema) de Piracicaba. De acordo com ele, o parecer levará em consideração as cavas já existentes em funcionamento, o passivo ambiental gerado por cavas abandonadas e as cavas que aguardam autorização do município, da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) e do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) para entrar em operação.
Além disso, também serão consideradas as restrições impostas pelas três áreas de preservação ambiental (APA): a Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade (Feena), APA Corumbataí, Botucatu e Tejupá e APA Piracicaba e Juqueri Mirim. “O estudo técnico vai dar respaldo técnico para a prefeitura definir para onde poderá expandir ou restringir a mineração”, afirma Castanheiro.
Para o promotor, o adiamento da votação do plano diretor se justifica diante da importância da atividade minerária para a economia de Rio Claro e do impacto da mineração na qualidade do ar, nos recursos hídricos e na vida da população. “O objetivo é prevenir os riscos conhecidos e precaver os riscos desconhecidos para não comprometer o desenvolvimento econômico do município”, conclui.
Para Gilberto Porto Camargo, promotor de Meio Ambiente de Rio Claro, o adiamento da votação também dará mais tempo para que os novos vereadores estudem o projeto de lei e possam votá-lo com consciência e conhecimento de causa. “Vamos contribuir mostrando as normas das leis ambientais estaduais e federais que devem ser observadas”, destaca.
“A recomendação do Ministério Público contribui para que o que o plano diretor seja votado diminuindo ao máximo a possibilidade de erros”, avalia o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, ressaltando que paralelamente ao plano diretor também serão discutidas as leis complementares.
O presidente da Câmara Municipal, deverá enviar ao Ministério Público as emendas apresentadas pelos vereadores. “Nenhuma emenda foi descartada. Aquelas apresentadas por ex-vereadores, modificadas ou não, serão reapresentadas com assinatura dos parlamentares da atual legislatura”, esclarece o presidente da Câmara, reafirmando que o objetivo é votar o projeto ainda neste ano.
Da reunião também participaram o secretário de Meio Ambiente, Antônio Penteado; a superintendente do Arquivo Público, Mônica Frandi Ferreira; Michel Silva, técnico do Ministério Público; Marcos Gaspar da ONG Miraterra; e os vereadores Geraldo Voluntário, Irander Augusto, José Pereira, Júlio Lopes e Maria do Carmo Guilherme.

Darcy Ribeiro Compreendendo o Brasil O processo civilizatório

Ao ponderarmos a obra de Darcy Ribeiro verificamos que a história civilizatória, em especial no processo que se deu a colonização no Brasil, está no tempo passado como pressuposto essencial de compreender o presente e projetar o futuro.
Compreender as matrizes culturais, todas as suas contradições e o seu desmantelamento, torna-se fundamental para traçarmos nossas perspectivas.
A partir da revolução tecnológica que impulsionou as Grandes Navegações estruturou-se a edificação de novos impérios, dentre os quais, o português obtive grande êxito.
A premissa de um império salvacionista criou um cenário atípico da experiência árabe – uma das raízes da formação portuguesa-, que visava apenas conquistar áreas, e não converter religiosamente ninguém.
O processo messiânico estabeleceu os parâmetros de suas colônias em uma nova formação socioeconômica das terras “conquistadas”, e soma-se a isso, ainda, as premissas do capitalismo e do acúmulo excedente.
Dentre a geopolítica europeia, na rivalidade entre Portugal e Espanha, as alianças pontuais foram inevitáveis. A luta pela hegemonia entre os múltiplos conflitos econômicos, sociais e religiosos levaram a Inglaterra a uma espécie de colonização mais homogênea na América do Norte; não sob o mantra messiânico, mas sob a rege e a influência da reforma protestante iniciada na Alemanha.
Nosso processo civilizatório teve como precursora a síntese do massacre, do “gastar-se” gente,e na imposição de uma classe dirigente infiel, inclusive ao seu povo.
O estabelecimento do Senhorismo, que se sucede através dos séculos, em não admitir reconhecer os direitos, a não ser na multiplicação de mão de obra escrava ao apartheid social, na cultura do assimilacionismo.
O forçoso projeto de europeizar o Brasil provou-se um retumbante fracasso colonizador. Despojados de suas terras, encarcerados em seus corpos, resumidos em mercadorias para uso de seus senhores, o adestramento da obediência foi um dos maiores êxitos em nosso processo civilizatório.
Felizmente, a birrenta resistência de nossa natureza resistiu a esse ímpeto.
A ordem social era sagrada, e seu papel como mero servil desta ordem era prescrito por “deus” já que nossas elites de senhores eram aparadas pelo Estado que tinha a benção dos céus.
A quebra étnica dos índios e negros, e até mesmo dos europeus, de dominação transfigurada em filial lusitana, impediu a formação de uma classe dominante nativa, abrindo caminho para uma classe dominante e patriarcal.
No Brasil de índios e negros, a principal obra dos colonizadores não foi o ouro, não foram as mercadorias produzidas e exportadas, e nem mesmo as incontáveis riquezas aqui pertencentes, a grande herança deixada foi a forçada mestiçagem que se multiplica a espera do seu destino.

Henrique Matthiesen

Rede Social x Políticos…

Por Eduardo Sócrates Bergamaschi

A administração municipal que deixou o comando em Dezembro de 2016, sofreu muito com as redes sociais.
Agora é a atual administração que está no olho do furacão. Navegando em uma dessas redes sociais consegui ver muitas acusações, umas podem ser parcialmente contestadas de imediato, como é o caso dessa: “Nossa Câmara Municipal também conhecida como a casa do povo aluga computadores a preço de ouro e ainda de uma empresa é de um funcionário da prefeitura e o endereço não existe …nosso dinheiro sendo jogado no lixo. Com a palavra algum vereador com coragem para explicar porque vereador inútil tem um monte”, o texto está copiado do jeitinho que foi postado.
No que diz respeito ao valor ele é de R$ 78,7 mil por ano, o que dá R$ 6,6 mil por mês. A princípio o valor parece ser realmente abusivo, mas quando você vê a descrição do serviço vê que este valor refere-se a locação de 80 equipamento, o que dá um pouco mais de R$ 80 mensais por equipamento, o que não nos parece um custo tão absurdo assim.
Agora, o que se poderia colocar em cheque seria: Para que 80 equipamentos? Onde serão usados? São realmente necessários?
Mas, as acusações de que o endereço dado pela empresa não existe e que ela pertence a um funcionário da prefeitura, parecem-nos extremamente graves. O acusador, deveria pegar todas as provas (sim, porque, é preciso ter provas) e colocar nas mãos do Ministério Público
Outras acusações, porém, nos parecem muito graves, como é o caso da compra de cadeiras, supostamente superfaturadas, também pela Câmara Municipal de Rio Claro.
Neste caso a acusação veio de um jornal eletrônico onde são postados os valores pagos pela Câmara Municipal e os valores pesquisados por aquele órgão de comunicação, com um distanciamento enorme entre eles.
Para esta acusação, o presidente da Câmara, também pelas Redes Sociais, alega “interesses contrariados” e posta duas propostas de serviços apresentadas por aquele órgão de comunicação e que não foram aceitas pela Câmara.
Ou seja, documentos comprobatórios de acusação e defesa ninguém apresentou. Mais uma vez concluímos que se os fatos forem comprovados documentalmente devem ser apresentados ao Ministério Público, local apropriado para este tipo de discussão.
Agora, enquanto ficarem nas redes sociais se digladiando e vociferando impropérios, nada será resolvido e nenhum esclarecimento será levado à população.
E nós vamos ficar de olho, nos dois lados…

A FELICIDADE NÃO É PADRONIZADA.

JUAREZ ALVARENGA

Ser feliz é a grande meta humana, porém não existe felicidade
padronizada.
Cada um tem a tua a sua ao seu modo e a sua época.
Quando criança, a inocência e a gratuidade, nos levava a felicidade. Nosso mundo infantil e imaginário fabrica alegria espontaneamente. Não existem limites dentro da nossa mente. Por isso, a
maioria absoluta das crianças são feliz.
Na adolescência aparece a vida e a sociedade. Se não bem trabalhada são barreiras, quase intransponíveis, de serem ultrapassadas.
Os horizontes longos nos desorganizam, pois é nessa época que estamos iniciando a caminhada real e queremos, num passe de magica os objetivos imaginários realizados nos outros extremos dos horizontes
distantes.
Vem então a maturidade. A felicidade está mais nos passos do que nas metas. A lentidão e o perfeccionismo do que caminhamos exteriormente é no compasso em que imaginamos em nossas mentes.
Nosso mundo interior, na maturidade, é construído de barreiras de ferro, capazes de suportarem tempestades grandiosas sem transformar em devaneios assustadores .
Nossa mente é uma enciclopédia. Entende qualquer palavreado desta faceira vida.
A felicidade é um ato de disposição mental e não matéria prima, que buscamos no decorrer de nossa existência. Ela é uma conquista da mente e não patrimônio acumulado no confronto do homem com a realidade.
A felicidade, para ser verdadeira é mais dadiva da generosa existência do que empoderamento ou posição social.
Não é padronizada. Seus caminhos são vários e o andar na sua procura que determina a sua vitória.
O nomadismo, de novos objetivos, não pode fazer mudar de metas de acordo com os obstáculos encontrados. O enfrentamento de barreiras deve ser adicionado à felicidade final. O impulso para transpor obstáculos é um dos fatores mais significativos na construção de uma felicidade consistente.
Felicidade não é grandeza é simplicidade dos fluxos das aguas cristalinas correndo o leito psicológico, sem barreiras imaginarias ou verdadeiras.
É a sede da alma alimentando de aguas profundas de um oceano mental.
E MAIL: juarezalvarengacru@gmail.com

DESPERDIÇANDO O TEMPO

Você se recorda da frase de Albert Einstein que diz “O tempo é relativo”, eu posso lhe afirmar que o tempo não volta mais.. O tempo é preciosíssimo., não deve ser desperdiçado. Se pensar em fazer algo, faça-o logo, não perca mais tempo.
Conheço muita gente que deixou de realizar um sonho somente porque achou que era impossível, ficou adiando e adiando e depois de muito tempo acabou realizando e percebendo que era mais fácil do que ele tinha imaginado.
Quando fiz minha especialização em RNO com o Dr. Pedro Planas em Barcelona Espanha, em uma conversa com um amigo numa reunião informal ele dizia que seu sonho era conhecer Barcelona. Quando lhe perguntei o motivo de não ter ido, ele me disse que era muito caro. E eu contestei. “Perguntei se ele já foi a uma agência de viagem para saber o valor e ele respondeu que não:” – Ah! Eu sei que é muito caro! “
Comece a pensar que o tempo é uma variável que não se estica e vai lhe cobrar um dia quando você menos esperar. É quase uma profecia.
Saber dizer não também é uma arte, não uma ciência. As pessoas que não sabem dizer não, ou que se sentem culpados por dizê-lo, dificilmente atingirão seus objetivos, pode ser que jamais alcancem o céu de sua realização compensadora. Aprenda a dizer não para os outros e para você mesmo.
Saber dizer não é respeitar o tempo que o Criador lhe deu, seja amoroso e sincero com as pessoas e implacável com o tempo. Caso contrário terá estresse e sofrerá ansiedade que é o principal vampiro sugador de bons resultados.
No passado Alex Mackenzie já aconselhou algo como: “Jamais diga: O tempo passa. Pense diferente: Quem passa sou eu, o tempo sempre fica”. E você pode estar se perguntando: “Então o que eu faço com o tempo?”
Precisamos entender que quem ultrapassa a si mesmo no tempo é competente. É preciso saber dizer não para conseguir pular o muro dos desperdiçadores do tempo. Jamais diga “o tempo voa”. O tempo já foi planejado pelo Criador. O que você precisa é planejar a si mesmo no tempo comprometido.
Você tem o tempo do próprio tempo. Ele é implacável com todo mundo. É o mesmo para o pobre e para o rico, sempre 24 horas.
Então, deixe de esbravejar “não tenho tempo”. E em vez disso pode-se dizer “Isso não está em minhas prioridades”. Comece a se conscientizar de que não está desperdiçando o tempo. Isso é impossível. Ninguém desperdiça o tempo. Desperdiça é a si mesmo no tempo. E a melhor maneira de desperdiçar o tempo é dizer sim com vontade de dizer não.
O tempo não se recupera. O que você faz é começar tudo de novo, do zero, num novo tempo. Com novas idéias e entendimentos novos. Renovado e ao mesmo tempo com mais sabedoria e fé.E assim, um dia, poderá dizer que vocês são grandes cúmplices nesta enigmática viagem chamada vida. Pense nisso!
Dr. José Roberto Teixeira Leite é Cirurgião Dentista e Coach em PNL
Email: pnljoseli@gmail.com