Coleta de lixo será normal na 5ª-feira, 6ª-feira e sábado em RC

O feriado nacional do Dia da Independência altera o funcionamento dos serviços públicos municipais de Rio Claro nesta semana. A maioria das repartições públicas municipais não terá expediente na quinta (7) e sexta-feira. Nesses dias e no final de semana os serviços emergenciais manterão atendimento à comunidade.
– Coleta de lixo
A coleta de lixo domiciliar será normal no feriado dessa quinta-feira e também na sexta-feira e sábado. Os moradores dos bairros onde há coleta de lixo domiciliar nesses dias podem colocar o material para ser recolhido como de costume.
– Ecopontos
Os ecopontos de Rio Claro ficarão abertos em horário especial na quinta-feira-feira (7), das 8 às 17 horas. Na sexta-feira e no sábado o atendimento será em horário normal, das 8 às 20 horas. Aos domingos os ecopontos não abrem.
– Coleta Seletiva
No feriado dessa quinta-feira não haverá serviço de coleta seletiva em Rio Claro. Na sexta-feira a coleta seletiva será normal. Aos sábados e domingos a coleta seletiva não é realizada.
Para saber o dia da coleta seletiva em cada bairro basta acessar o site da prefeitura no endereço www. rioclaro.sp.gov.br.
A prefeitura reforça a orientação para que a comunidade não coloque material reciclável na calçada nos dias em que não há serviço de coleta seletiva.
– Cata-bagulho
No feriado de quinta-feira (15) não haverá serviço cata-bagulho no município. Na sexta-feira o serviço será realizado normalmente. Aos sábados e domingos o cata bagulho não é realizado. O calendário completo pode ser consultado no site da prefeitura de Rio Claro www. rioclaro. sp.gov.br.
– Saúde
Quem precisar de cuidados médicos em Rio Claro da quinta-feira ao domingo tem como opções os plantões 24 horas da Fundação Municipal de Saúde. Um funciona na Unidade de Pronto Atendimento do Cervezão (rua M-9, 66, telefone 3533-7272) e o outro está na Unidade de Pronto Atendimento do Bairro do Estádio (Avenida 29, entre ruas 12 e 13, telefone 3522-1818). Emergências psiquiátricas são atendidas 24 horas no Centro de Atendimento Psicossocial (Caps III), localizado na Rua M-9, nº 50 (vizinho à UPA do Cervezão), telefones 3525-4940 e 3525-4941.
O Samu também atende emergências 24 horas durante todo o feriado prolongado, pela linha 192.
– Feira Corujão
A Feira Corujão, realizada duas vezes por semana na Central do Agronegócio, antigo Espaço Livre da Vila Martins, será realizada normalmente na sexta-feira (8). A Feira do Produtor Rural é referência para consumidores que procuram produtos de qualidade, agroecológicos, com preços acessíveis, e tem edições às terças e sextas-feiras das 17h30 às 20h30.
Os produtores comercializam frutas, verduras, legumes e ovos, além de pó de café, colhido, selecionado, torrado e moído pelo próprio produtor, bem como mel puro, cachaças, licores artesanais e vários outros itens.
– Daae
Devido ao feriado prolongado o atendimento presencial no Daae acontece até a quarta-feira (6) em horário normal, das 9 às 15 horas, e será retomado na segunda-feira (11) a partir das 9 horas. No feriado de quinta-feira e na sexta-feira, além do sábado e domingo, haverá atendimento telefônico das 7 às 19 horas pela linha 0800 505-5200.
– Segurança
Dois plantões do município serão realizados na área de segurança no feriado prolongado. A Guarda Civil Municipal pode ser acionada 24 horas pela linha 0800 771-1532 ou 153. Já a Defesa Civil de Rio Claro atende, também 24 horas, pela linha 199.
– Lago Azul
O Lago Azul de Rio Claro ficará aberto normalmente no feriado prolongado e fim de semana. Referência em lazer saudável e gratuito, o Lago Azul abre de segunda a segunda, inclusive sábados, domingos e feriados, sempre das 7 às 19 horas.

Defesa Civil e Bombeiros controlam fogo em área perto do Novo Wenzel

Área de aproximadamente três mil metros quadrados na região oeste de Rio Claro exigiu grande esforço da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros para controlar as chamas que se alastravam pelo local na tarde de segunda-feira (4).
Localizado entre a rodovia Washington Luís e o bairro Jardim Novo Wenzel, o terreno fica próximo a uma Área de Proteção Permanente (APP). “A fumaça densa incomodou muito moradores daquela região e atrapalhou motoristas que transitavam naquele trecho da rodovia”, comenta o diretor da Defesa Civil de Rio Claro, Wagner Martins Araújo. A contenção do fogo levou aproximadamente três horas.DEFESA CIVIL E BOMBEIROS - FOGO NO HORTO (1)
O trabalho integra as ações do município na operação De Olho na Queimada, realizada pela prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana. Áreas de risco estão sendo monitoradas durante o tempo seco e ações de combate ao fogo estão sendo realizadas em várias regiões de Rio Claro.
A Defesa Civil reforça a orientação à comunidade para que colabore e não ateie fogo em terrenos, não solte balões, não jogue pontas de cigarro nas vias públicas, canteiros centrais, áreas verdes e rotatórias e chame o Corpo de Bombeiros (193) ou a Defesa Civil (199) sempre que observar qualquer indício de incêndio.

Saúde Mental descentraliza atendimento e zera fila de espera

Antes, só com o atendimento prestado pelo CESM (Centro de Especialidades em Saúde Mental), havia uma fila de pacientes de oito meses a um ano de tempo de espera para ser atendido. Hoje, com a descentralização do atendimento e a criação dos Grupos Comunitários de Saúde Mental essa fila zerou. A informação é da psiquiatra Ana Carolina Oda Nevoeiro, responsável pela Rede de Atenção Psicossocial da Fundação Municipal de Saúde de Rio Claro.
Havia também um índice de 30% de desligamento de pacientes do programa por faltas. Hoje, com a demanda espontânea e aberta nos grupos a fila zerou, segundo Ana Carolina.
Esse trabalho descentralizado, por orientação do Ministério da Saúde, vem sendo realizado desde 14 de agosto. Com o fim do antigo CESM foram criados os Grupos Comunitários de Saúde Mental, que hoje atuam diretamente nas unidades de saúde do município.
Muito mais do que o simples atendimento psicológico, os grupos tem sido espaços dedicados ao cuidado com a saúde mental e com o amadurecimento pessoal. Por meio de reuniões, o grupo propõe um exercício continuado de atenção e reflexão sobre a vida cotidiana, partilhando experiências e buscando aprender com elas.
“Hoje há um contato maior da pessoa com ela mesma e há uma ampliação do acolhimento. Antes o paciente tinha de vir até a gente, hoje nossos psicólogos é que vão até eles. E essa proximidade junto com a estrutura de atendimento das unidades de saúde possibilita resultados mais eficazes”, explica a psiquiatra.
Aberto a todos, os grupos tem uma dinâmica de trabalho que incluem discussão dos casos com a rede de atenção básica de saúde em Rio Claro e a participação dos familiares nos grupos. “É um trabalho ampliado com o envolvimento de vários profissionais no atendimento ao paciente, com excelentes resultados”, acrescenta Ana Carolina.
O que antes era apenas um atendimento ambulatorial e feito apenas com encaminhamento, no CESM, hoje é mais amplo e tem maior alcance nas unidades de saúde.
Além dos grupos, que faz o atendimento com psicólogos no território próximo às residências dos pacientes, há ainda o encaminhamento à psiquiatria. Antes o encaminhamento de um paciente para a rede de saúde mental do município, para atendimento de psiquiatria, por exemplo, era feito exclusivamente pelo Caps III (Centro de Atenção Psicossocial) para o CESM. Hoje os encaminhamentos à psiquiatria são feitos a partir dos médicos que atendem nas unidades de saúde do município e o atendimento é feito no Cead (Centro de Especialidades e Apoio Diagnóstico), incluindo a assistência exclusiva de pacientes oncológicos e também avaliação psicológica para a cirurgia bariátrica. Os casos de maior complexidade são encaminhados para o Caps III.

Prefeitura remove rotatória no Bairro do Estádio

A prefeitura de Rio Claro removeu rotatória localizada no cruzamento da Rua 15 com a Avenida 23 no Bairro do Estádio. A medida foi tomada porque o dispositivo não cumpria mais função no trânsito depois que a prefeitura alterou a mão de direção da Rua 15 que passou a ter mão única em maio deste ano.
A remoção foi feita por equipe da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana. “A mudança visa dar mais segurança para motoristas e pedestres e organizar o trânsito”, explica titular da pasta, Marco Antonio Bellagamba.
Adilson Marques, diretor municipal de Mobilidade Urbana, observa que toda mudança demanda tempo para adaptação, por isso motoristas e pedestres devem ter cuidado redobrado ao circular pelo local.PREFEITURA REMOVE ROTATÓRIA NO BAIRRO DO ESTÁDIO (1)
Desde o início do ano a prefeitura vem fazendo várias intervenções no trânsito da cidade com o objetivo de melhorar o tráfego e aumentar a segurança. Várias vias tornaram-se mão única de direção, como a Rua 26 no Jardim Mirassol, a Rua M-13 entre as avenidas M-21 e M-19 no Cervezão, as avenidas 50-A e 52-A, no bairro Vila Nova e a Rua 23 no bairro Jardim São Paulo.
A prefeitura também instalou semáforo de contagem regressiva na rotatória da Rua 14 com a Avenida Visconde do Rio Claro; tornou a Avenida 15 preferencial com a instalação de semáforos nos cruzamentos das ruas 6, 8 e 9; providenciou novos equipamentos na Avenida Tancredo Neves com a Rua 5, no Jardim Inocoop; instalou oito semáforos para pedestres no cruzamento da Rua 8 com a Avenida 29, na região sul; além de ‘Direita livre’ na Avenida 7 no Jardim das Palmeiras e na Rua 3-A com a avenida 80-A, no Distrito Industrial.

Cemitério volta a ter serviços administrativos em prédio próprio

Os serviços administrativos do cemitério municipal São João Batista, em Rio Claro, voltaram a ser desenvolvidos no prédio localizado na entrada do cemitério. Todo o atendimento à população referente a informações sobre sepultamentos, exumações e outros assuntos afins já estão sendo realizados novamente na secretaria do cemitério, que fica na Rua 16, 101, Bairro do Estádio. O telefone é 3532-4080.
“Os atendimentos e serviços administrativos do cemitério vinham sendo feitos há alguns anos na secretaria do velório municipal, mas após fazermos melhorias no espaço próprio do cemitério, esse trabalho voltou a ser realizado em local adequado”, explica o diretor municipal de Administração, Sérgio Christofoletti.CEMITÉRIO VOLTA A TER SERVIÇOS (1)
A secretaria do cemitério ganhou nova pintura. As telhas danificadas foram substituídas e o espaço recebeu novo forro, instalação de blindex, limpeza dos mármores e nova iluminação, com lâmpadas de LED na entrada e marquise, ampliando a segurança.
Já a parte administrativa do velório municipal, assim como o atendimento ao público, continua sendo realizado nas próprias instalações do velório, que fica na Rua 16 entre a Avenida 23 e a Via da Saudade. O telefone é 3533-2144.

Banco do Povo de Rio Claro tem dinheiro disponível para empréstimos

Os pequenos e microempreendedores de Rio Claro que pretendem iniciar ou ampliar seus negócios têm à disposição linhas de créditos baratas oferecidas pelo Banco do Povo Paulista (BPP), programa de microcrédito do governo estadual. A agência do BPP em Rio Claro tem limite disponível para empréstimo a pessoas físicas e jurídicas.
“O Banco do Povo é uma opção para iniciar ou ampliar um empreendimento com crédito fácil”, afirma o secretário municipal de Governo e Desenvolvimento Econômico, Gilberto Brina. A taxa de juros é atrativa, apenas 0,35% ao mês. “Esse percentual é um dos menores praticados no mercado”, comenta a agente de crédito Sirléia dos Santos Lima.
Para conseguir o empréstimo é preciso atender aos critérios do programa. As linhas de crédito variam de R$ 200,00 a R$ 5 mil para pessoas físicas e de R$ 200,00 a R$ 20 mil para jurídicas. Léia explica que no primeiro empréstimo o limite é de R$ 3 mil para pessoas físicas e de R$ 7,5 mil para jurídicas. O parcelamento pode ser feito em até 24 vezes para credores físicos e em até 36 vezes para jurídicos, tudo com taxa de 0,35% ao mês.
Se uma pessoa jurídica pegar R$ 7,5 mil emprestados vai poder pagar em 36 parcelas de R$ 222,10, totalizando R$ 7.995,60. O credor físico que emprestar R$ 3 mil poderá pagar em 24 prestações de R$ 130,54 somando R$ 3.132,96. “A concessão do valor solicitado está sujeita à análise da capacidade de pagamento do solicitante e a destinação dos recursos deverá se enquadrar nas normas do programa”, explica Léia.
Para muitos empreendedores, o crédito concedido pelo Banco do Povo é fundamental para impulsionar seus negócios. É o caso da rio-clarense Rosemara Aparecida Barbosa que assinou no final de agosto seu terceiro contrato de empréstimo. Dona de um comércio de autopeças, Rosemara conta que o Banco do Povo foi crucial para iniciar seu negócio após ficar desempregada.
Com o primeiro crédito de R$ 7,5 mil ela comprou mercadorias e montou a loja que já tem cinco anos. “Tudo é fruto de muito trabalho, mas sem o Banco do Povo nada seria possível”, afirma Rosemara. Feliz com suas conquistas, Rosemara recomenda a agência de crédito para quem pensa abrir ou expandir seu negócio. “Os juros são muito baixos, menor que em qualquer lugar, e vale muito a pena”, conclui.
Para solicitar o financiamento, o interessado deve ir até a agência do Banco do Povo para verificar se atende os requisitos necessários. O BPP de Rio Claro fica na Avenida 3, 536, entre as Ruas 6 e 7, Centro. O telefone é (19) 3523-8684.

Rio Claro ganha mais R$ 100 mil para a Saúde

O município de Rio Claro, via Fundação de Saúde, foi contemplado com verba de R$ 100 mil para investimento no setor. O dinheiro foi destinado por meio de emenda parlamentar de autoria do deputado federal Miguel Lombardi (PR), a partir de articulação do vereador Luciano Bonsucesso (PR).
A emenda foi paga ao Fundo Municipal de Saúde no dia 29 de agosto e repassada para custeio de atendimento de média e alta complexidade do SUS (Sistema Único de Saúde) na Santa Casa de Misericórdia de Rio Claro.
“O custeio da Saúde é um dos maiores desafios de uma gestão, toda verba para esse fim é bem-vinda e tem consequências imediatas na melhoria do atendimento à população. Por isso recebemos a notícia do pagamento de mais essa emenda com alegria”, afirmou Djair Claudio Francisco, presidente da Fundação Municipal de Saúde.

DIA DA AMAZÔNIA

No dia 5 de Setembro é comemorado o Dia da Amazônia. Esta floresta tropical (localizada entre os Trópicos de Câncer e Capricórnio) e equatorial (localizada próxima a linha do Equador), apresenta cinco milhões e meio de quilômetros, abrangendo em dimensão territorial de nove países (Brasil, Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia, Equador, Suriname, Guiana e Guiana Francesa), e sendo considerada um importante patrimônio natural do planeta, com uma vasta cobertura vegetal, e uma rica biodiversidade (fauna e flora). Esta data comemorativa, foi escolhida para referenciar e saldar a criação da Província do Amazonas pelo Imperador Dom Pedro II em 1850, e sensibilizar a população quanto a preservação e conservação do bioma Amazônico.
Nos últimos anos, a Floresta Amazônica têm sofrido inúmeros impactos ambientais, como aumento dos índices de desmatamentos em decorrência de atividades como, o cultivo de soja, pecuária, extração ilegal de madeira, mineração e construção de barragens para hidrelétricas, comprometendo e degradando grande parte deste bioma. Diante disso faz-se necessário evidenciar que a os impactos ambientais a Floresta Amazônica podem provocar desequilíbrios ambientais em escala global, visto que esta contribui para o controle do clima, temperatura, e precipitações em diferentes países.
Nos últimos anos diferentes organizações, tem desenvolvidos projetos que auxiliem na conscientização da população em relação a proteção deste bioma, a fim de que a urbanização, a expansão agrícola, agropecuária, dentre outras atividades humanas, estejam alinhadas com mecanismos que mesmo com o crescimento econômico, haja sustentabilidade e consciência ambiental coletiva, evitando-se futuros impactos neste habitat natural de grande relevância. Assim, faz-se um apelo nesta data, para a preservação e conservação desta, e que mais importante que anseios econômicos e políticos, esta região é essencial para a garantia de sobrevivência humana, animal e vegetal.

Criação de Gado na Amazônia - atividade  que contribui para a degradação ambiental
Criação de Gado na Amazônia – atividade que contribui para a degradação ambiental
Desmatamento na Amazônia - Imagem do Greenpeace
Desmatamento na Amazônia – Imagem do Greenpeace
Vitória Régia sobre as águas da Floresta Amazônica - Imagem do portal terceiro setor
Vitória Régia sobre as águas da Floresta Amazônica – Imagem do portal terceiro setor
Ararajubas -cores verde e amarela -  Aves símbolos da Amazônia - Imagem do Portal eletrônico Tudo Rocha.
Ararajubas -cores verde e amarela –  Aves símbolos da Amazônia – Imagem do Portal eletrônico Tudo Rocha.
Cobertura Vegetal da Amazônia - Imagem do Portal Amazônia Real
Cobertura Vegetal da Amazônia – Imagem do Portal Amazônia Real
Queimadas na Amazônia - Imagem do Portal Amazônia Real
Queimadas na Amazônia – Imagem do Portal Amazônia Real
Desmatamento na Amazônia - Imagem do Portal eletrônico Xapuri Socioambiental
Desmatamento na Amazônia – Imagem do Portal eletrônico Xapuri Socioambiental
Floresta Amazônica em contraste de vegetação e águas - Imagemd o Portal Planeta Cativante
Floresta Amazônica em contraste de vegetação e águas – Imagemd o Portal Planeta Cativante

Professor da Fatec Rio Preto cria jogo virtual educativo de RPG para smartphone

Um cenário de fantasia medieval onde os estudantes são os heróise só eles podem salvar o mundo de criaturas malignas, utilizando como arma o conhecimento adquirido nas aulas. Esse é o enredo do jogo Heroes of Learning, um aplicativo para smartphone desenvolvido pelo professor Henrique Dezani, da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) São José do Rio Preto. Qualquer educador pode baixar a ferramenta gratuitamente, montar suas próprias atividades e utilizar com os alunos.
O app foi inspirado na linguagem dos jogos RPG, sigla que significa Role-Playing Game, em português: jogo de interpretação de personagens. Trata-se de uma modalidade bastante popular entre os jovens, em que os jogadores precisam encarar os desafios propostos. “E o mais interessante, neste caso, é que o mestre do mundo virtual é o próprio mestre da vida real: o professor”, explica Dezani.
O autor do jogo é professor de linguagem de programação para internet e dispositivos móveis. Ele conta que o projeto foi elaborado com o intuito de difundir a utilização de novas tecnologias na educação, por meio do conceito de gamificação, que é a aplicação dos games em áreas que tragam benefícios além do entretenimento.
Após trabalhar sete meses no desenvolvimento do projeto, Dezani começou a utilizar o aplicativo na sala de aula em agosto, com os alunos dos cursos superiores tecnológicos de Informática para Negócios e Análise e Desenvolvimento de Sistemas. “O resultado tem sido excelente. Além de transmitir o conteúdo das aulas de maneira descontraída, o jogo permite a adoção de metodologias ativas de aprendizagem em conjunto”, afirma.
Uma das metodologias a que ele se refere é a Flipped Classroom, conhecida como sala de aula invertida. O conteúdo da matéria é apresentado aos alunos antes das atividades presenciais, com a finalidade de prepará-los para realizar a prática em sala de aula.

Batalha virtual
Ao baixar o aplicativo, o professor cria uma batalha em formato dequiz, com uma pergunta e alternativas de respostas. Cada desafio é compartilhado com os alunos, que recebem uma notificação para responder o teste. Os acertos somam pontos e permitem avançar para outras fases. O sistema elabora um ranking de pontuação entre os jogadores, estimulando a interação e a competitividade. O app também permite compartilhar vídeos, áudios e textos, que são os materiais de apoio para resolver os problemas.
O estudante Ricardo Garutti é um dos “heróis” entusiasmados, tentando “salvar o mundo” com a nova ferramenta. “O jogo é muito interessante, com gráficos bem produzidos e uso simplificado. É uma forma de manter os alunos antenados com as matérias ensinadas, unindo diversão e aprendizado”, ressalta.
O jovem também destaca a facilidade de acesso ao conteúdo teórico. “O fato de precisar estudar o material postado no aplicativo para conseguir acertar nas batalhas ajuda bastante a nos preparar para as aulas”, completa.
O jogo Heroes of Learning pode ser utilizado por qualquer professor em qualquer área do conhecimento e está disponível gratuitamente para Android e iOS.

Estados Unidos – curiosidade: Conheça a história da “Casa das Bruxas” em Massachusetts

E. Cortez

Muita gente conhece ou já ouviu falar da história das bruxas de Salem, e do referido episódio em que diversas mulheres foram queimadas vivas ou enforcadas por serem suspeitas de praticar magia entre os anos de 1692 e 1693. De tão popular, esse acontecimento acabou virando inclusive tema de filme em 1996, sob o título The Crucible (As Bruxas de Salém), dirigido por Nicholas Hytner e que traz no elenco Daniel Day-Lewis, Winona Ryder, Joan Allen e Paul Scofield.
As pessoas de Massachusetts, onde tudo ocorreu, continuaram suas vidas mesmo depois da tragédia em Salem, cidade bem próxima de Boston. Ainda assim, certamente não esqueceram as raízes de sua comunidade. É por isso que elas ainda mantêm a Casa Jonathan Corwin. Também conhecida como a Casa das Bruxas, este é o último edifício restante que possui ligações diretas com os Julgamentos das Bruxas de Salem… e tudo sobre o local é assustadoramente fascinante.
Depois de a casa ser construída em algum momento entre 1620 e 1642, foi comprada pelo juiz Jonathan Corwin, de 35 anos de idade, em 1675. Ele morou na residência por mais de 40 anos. Ao morrer, foi enterrado nas proximidades do Cemitério Broad Street, onde o corpo dele se encontra até os dias de hoje. ESTADOS UN IDOS (2) ESTADOS UN IDOS (3)
Até o século XIX, a casa havia sido passada de geração em geração da família Corwin. No entanto, Jonathan Corwin provavelmente sempre será o seu residente mais infame, por ter sido um líder cívico e um magistrado local que foi responsável por investigar o suposto aumento da feitiçaria.
Dezenove mulheres foram enforcadas quando Corwin servia no Tribunal de Oyer e Terminer. Todas negaram serem bruxas, e insistiram que eram completamente inocentes – mas isso não parou Corwin. Os Julgamentos das Bruxas de Salém é considerado um capítulo particularmente vergonhoso na história americana por esse motivo.
Nos dias de hoje, estudiosos e historiadores concordam que as supostas “bruxas” foram mortas por causa do sexismo desenfreado da sociedade puritana, da histeria em massa e da cultura da desconfiança – e não porque estavam envolvidas com feitiçaria. Apesar do fato de que nenhum julgamento ou interrogatório terem comprovadamente ocorrido lá, a Casa das Bruxas foi um lembrete do horror desnecessário que aconteceu na cidade.
Também não havia documentação de que qualquer bruxa tenha sido julgada dentro da casa de Corwin. Teria sido bastante incomum que procedimentos legais fossem realizados na casa de um juiz. Ainda assim, alguns rumores sugeriram que grande parte do drama em torno dos julgamentos tenha ocorrido sob este teto.
Enquanto os interrogatórios foram provavelmente conduzidos na Taverna de Ingersall ou na Old Meetinghouse em Salém, o juiz Corwin desempenhou um papel extremamente importante nos procedimentos. Muitas mulheres inocentes morreram por causa de suas decisões, afinal. Curiosamente, na década de 1940, a casa foi movida 10 metros para acomodar a largura de uma rua adjacente. Mesmo assim, a maioria do imóvel permaneceu intacta, e o que pode ser visto hoje é notavelmente semelhante ao que parecia no século XVII. Isso porque durante a década de 1940, a casa foi restaurada de tal forma que se assemelharia mais a sua construção original do século XVII.
Atualmente, ela pode ser visita, já que se transformou em um museu, sendo grande atração turística da cidade. Então… se estiver passando por Massachusetts, não deixe de visitar o local!

Coluna Edmar Ferreira

Parece que foi ontem, mas hoje estou completando 300 colunas escritas aqui no Diário. Obrigado a você leitor que me acompanha de terça a sábado. Minha coluna é bastante lida pelos frequentadores do shopping. Valeu pelo carinho. Vamos em frente que no esporte sempre tem notícia.
Felipe Melo teve ontem o seu primeiro encontro público com Cuca desde a reintegração. O jogador foi até o treinador para uma conversa rápida. Ninguém sorriu. O pitbull ainda está fazendo treinos físicos para se aproximar do condicionamento do restante do elenco. O jogador está trabalhando com o preparador físico Thiago Maldonado.
Curioso o que aconteceu com Cuca ontem. No treinamento na Academia de Futebol, o treinador lesionou a panturrilha e precisou passar por um tratamento no Departamento Médico do clube. Cuca sempre participou dos rachões. Ele está sob os cuidados do doutor Gilberto Cunha.
Sinal de alerta está ligado no Corinthians após as derrotas para Vitória e Atlético/GO no Itaquerão. Domingo, às 16h, tem o Santos, na Vila Belmiro, pela 23ª rodada do Brasileirão. O objetivo é voltar a se distanciar do vice-líder Grêmio, que no sábado passado reduziu a diferença de 10 para 7 pontos (50 a 43).
Corinthians terá uma sequência de cinco jogos com datas próximas e intervalos menores. Depois do Santos, na Vila Belmiro, Timão vai encarar o Racing, dia 13, no Itaquerão, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Em seguida pega o Vasco, também na arena, dia 17, o Racing, na Argentina, no dia 20 e o São Paulo, no Morumbi, dia 24.
Contra o Santos, o técnico Fábio Carille espera contar com Guilherme Arana. O lateral-esquerdo se recuperou rapidamente de uma lesão muscular na coxa direita. Já o Santos não terá o zagueiro David Braz, que está suspenso. Em seu lugar, Levir Culpi deve utilizar Gustavo Henrique, que retornou recentemente a equipe após uma grave lesão no joelho.
Em comemoração aos 107 anos, o Corinthians vai estrear uma nova camisa no clássico contra o Santos, domingo às 16h, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão. Timão usará pela primeira vez o seu terceiro uniforme. A camisa tem um tom cinza escuro, com detalhes em laranja.
Corinthians, enfim, conseguiu se livrar de um dos seus problemas. O Grêmio confirmou a contratação de Cristian. O volante ficará até o fim do ano e vem para o lugar de Maicon, que se lesionou e está fora do Brasileirão. O último jogo oficial que jogador participou foi em dezembro de 2016. Cristian esteve na Arena do Grêmio no sábado e acompanhou, de camarote, a goleada sobre o Sport por 5 a 0.
Ministério Público do Rio de Janeiro apresentou uma denúncia contra Francisco José de Godoy Antunes Ferreira, empresário de jogadores de futebol, por falsificação de documentos e e-mails na transferência do jogador Victor Ramos. A pena de prevista para o crime é um a cinco anos de reclusão, além do pagamento de multa.
Nova Zelândia conquistou as Eliminatórias da Oceania para a Copa do Mundo de 2018 ao empatar com a Ilhas Salomão, fora de casa, por 2 a 2. No jogo de ida, em Auckland, goleou por 6 a 1. Agora, os neozelandeses disputarão a repescagem contra o quinto colocado do torneio classificatório da América do Sul. Em jogo uma vaga na Rússia.
Até o fechamento da coluna, seleções já classificadas para a Copa do Mundo da Rússia: Rússia, Brasil, Irã, Japão, México, Bélgica, Coreia do Sul e Arábia Saudita.
Na estreia do técnico Marcelo Cabo e do atacante Paulinho, ex-Flamengo e Santos, o Guarani voltou a tropeçar na Série B. Na abertura da 23.ª rodada, empatou sem gols diante do Vila Nova, no Brinco de Ouro da Princesa. A rodada segue hoje com: Goiás x Paraná Clube (19h30) e Náutico x Brasil/RS (21h45).
Polícia Federal realizou a operação Unfair Play, que investiga um possível esquema de corrupção de compra de votos da eleição do Rio de Janeiro como sede da Olimpíada de 2016. A ação, que envolveu 70 policiais, cumpriu dois mandados de prisão e 11 de apreensão.
Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro e presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, é um dos acusados de envolvimento no esquema. Além dos cerca de R$ 480 mil em cinco moedas diferentes encontrados na casa de Nuzman, seus três carros foram bloqueados pela Justiça.
Em novembro de 2016, a queda do avião que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia chocou o País. Uma das vítimas foi o atacante Thiaguinho, ex-Rio Claro FC, que uma semana antes do acidente, descobriu que seria pai. Dez meses após a tragédia, o programa Gugu de hoje à noite, exibe com exclusividade, o nascimento do filho do atleta, Tiago, fruto da união com Graziele.
Em entrevista à repórter Thatiana Brasil, Graziele fala sobre como foi levar adiante a gravidez depois de ver seus planos de vida mudarem com a morte de Thiaguinho. A viúva do atleta da Chapecoense, feliz com o nascimento da criança, já começa a pensar no futuro do bebê. O programa começa logo após o Jornal da Record.
Técnico Marquinhos Xavier convocou hoje 23 jogadores para a Seleção Brasileira de Futsal. A principal novidade é o retorno de Falcão. Nos dias 22 e 24 de setembro, o Brasil realizará amistosos contra o Uruguai, ambos em Uberaba. Em seguida, a equipe nacional disputará a Liga Sul-Americana, na Colômbia.
Seleção Brasileira Feminina de Vôlei estreou com vitória na Copa dos Campeões, torneio que venceu em 2005 e em 2013. Ontem em Tóquio, a equipe comandada por José Roberto Guimarães derrotou a Rússia por 3 sets a 1, parciais de 25/17, 23/25, 25/23 e 25/12.
Curiosidade do dia: Palmeiras foi o primeiro clube brasileiro a ter um preparador de goleiros. Foi Valdir Joaquim de Moraes, ex-goleiro do clube. Hoje todos os clubes tem.

Flagrante de Furto Qualificado

Ao vistoriarem o local, que serve como depósito do solicitante, depararam com G.F.O. ao lado de algumas peças de um veículo que pernoitava ali, assim como de objetos utilizados para consumo de entorpecente. Questionado sobre sua identidade não informou, dizendo apenas que dormia no local. Como havia sido visto pelo sistema de câmeras.

Coleta de lixo será normal na 5ª-feira, 6ª-feira e sábado em RC

O feriado nacional do Dia da Independência altera o funcionamento dos serviços públicos municipais de Rio Claro nesta semana. A maioria das repartições públicas municipais não terá expediente na quinta (7) e sexta-feira. Nesses dias e no final de semana os serviços emergenciais manterão atendimento à comunidade.
– Coleta de lixo
A coleta de lixo domiciliar será normal no feriado dessa quinta-feira e também na sexta-feira e sábado. Os moradores dos bairros onde há coleta de lixo domiciliar nesses dias podem colocar o material para ser recolhido como de costume.
– Ecopontos
Os ecopontos de Rio Claro ficarão abertos em horário especial na quinta-feira-feira (7), das 8 às 17 horas. Na sexta-feira e no sábado o atendimento será em horário normal, das 8 às 20 horas. Aos domingos os ecopontos não abrem.
– Coleta Seletiva
No feriado dessa quinta-feira não haverá serviço de coleta seletiva em Rio Claro. Na sexta-feira a coleta seletiva será normal. Aos sábados e domingos a coleta seletiva não é realizada.
Para saber o dia da coleta seletiva em cada bairro basta acessar o site da prefeitura no endereço www. rioclaro.sp.gov.br.
A prefeitura reforça a orientação para que a comunidade não coloque material reciclável na calçada nos dias em que não há serviço de coleta seletiva.
– Cata-bagulho
No feriado de quinta-feira (15) não haverá serviço cata-bagulho no município. Na sexta-feira o serviço será realizado normalmente. Aos sábados e domingos o cata bagulho não é realizado. O calendário completo pode ser consultado no site da prefeitura de Rio Claro www. rioclaro. sp.gov.br.
– Saúde
Quem precisar de cuidados médicos em Rio Claro da quinta-feira ao domingo tem como opções os plantões 24 horas da Fundação Municipal de Saúde. Um funciona na Unidade de Pronto Atendimento do Cervezão (rua M-9, 66, telefone 3533-7272) e o outro está na Unidade de Pronto Atendimento do Bairro do Estádio (Avenida 29, entre ruas 12 e 13, telefone 3522-1818). Emergências psiquiátricas são atendidas 24 horas no Centro de Atendimento Psicossocial (Caps III), localizado na Rua M-9, nº 50 (vizinho à UPA do Cervezão), telefones 3525-4940 e 3525-4941.
O Samu também atende emergências 24 horas durante todo o feriado prolongado, pela linha 192.
– Feira Corujão
A Feira Corujão, realizada duas vezes por semana na Central do Agronegócio, antigo Espaço Livre da Vila Martins, será realizada normalmente na sexta-feira (8). A Feira do Produtor Rural é referência para consumidores que procuram produtos de qualidade, agroecológicos, com preços acessíveis, e tem edições às terças e sextas-feiras das 17h30 às 20h30.
Os produtores comercializam frutas, verduras, legumes e ovos, além de pó de café, colhido, selecionado, torrado e moído pelo próprio produtor, bem como mel puro, cachaças, licores artesanais e vários outros itens.
– Daae
Devido ao feriado prolongado o atendimento presencial no Daae acontece até a quarta-feira (6) em horário normal, das 9 às 15 horas, e será retomado na segunda-feira (11) a partir das 9 horas. No feriado de quinta-feira e na sexta-feira, além do sábado e domingo, haverá atendimento telefônico das 7 às 19 horas pela linha 0800 505-5200.
– Segurança
Dois plantões do município serão realizados na área de segurança no feriado prolongado. A Guarda Civil Municipal pode ser acionada 24 horas pela linha 0800 771-1532 ou 153. Já a Defesa Civil de Rio Claro atende, também 24 horas, pela linha 199.
– Lago Azul
O Lago Azul de Rio Claro ficará aberto normalmente no feriado prolongado e fim de semana. Referência em lazer saudável e gratuito, o Lago Azul abre de segunda a segunda, inclusive sábados, domingos e feriados, sempre das 7 às 19 horas.

SEGUNDA FEIRA DE ONTEM E DE HOJE.

JUAREZ ALVARENGA

Nossa morada é de variados compartimentos. Dentro dela sentimos modalidades diferenciadas de comportamentos.

Lembro que no passado minhas segundas feiras eram estáticas e sem brilhos e meus sonhos não saiam do porto. Enquanto o restante da população ostentava seus objetivos reais, em direção a alto mar, a distancia ficava só na contemplação. E era bom que fosse assim. Sem instrumentalizar a vida,
todos os sonhos descem sempre sem paraquedas.

Hoje, sobre um batalhão de atiradores de elite meus voos mesmo assim atingem alturas quase inatingíveis. Aprendi a dar sentidos e ritmos as asas e meus sonhos, como bussola, atinge o alvo da realidade.

Desvendei que é na segunda feira em que impulsionamos a realidade, para concretização. Para locomover devemos fazer como os bravos pássaros,que resolvem atravessar o mar sem medir a distancia. Ou chegamos heroicamente no alvo traçado, ou caímos das alturas para as profundezas
oceânicas.

Levar as utopias no bico é ter a certeza que o peso é confortavelmente suportável. Aterrissar com os sonhos, nas extremidades, é semear na compacta terra garantidora de que nossa vocação sonhadora vale a pena.

Hoje minhas segundas feiras, não são inícios de sonhos, mas sua continuidade. Não são estáticas como as múmias, possuem a leveza e a elegância dos voos das águias.

Das segundas feiras antigas só resta à lembrança de apreciar os barcos alheios com sua robustez tomando velocidade em alto mar distanciando de meu olhar retraídos.

Hoje, solto meus papagaios no espaço infinito, mesmo porque, Deus nos dá em grande quantidade, cabendo a nós, a vontade e a destreza de manusear os papagaios a alturas imensuráveis, porque a firmezas das mãos garantirá o sucesso do voo, independentemente, da velocidade dos ventos.

E MAIL: juarezalvarengacru@gmail.com

O julgamento pelo STF da lei paulista sobre o amianto e o futuro

Em recente decisão, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou constitucional a lei do Estado de São Paulo que proíbe a comercialização do amianto em seu território. Assim, apesar da lei federal sobre o assunto autorizar a comercialização do amianto branco, a maioria dos ministros do STF estimou que uma lei estadual poderia contrariar a norma federal e vedar tal mineral nocivo à saúde pública.
Tal decisão destoa da jurisprudência tradicional do STF. Desde o caso da lei gaúcha sobre o uso dos agrotóxicos do início dos anos oitenta, o STF decidia reiteradamente que a lei federal devia prevalecer sobre a lei estadual, em nome da preservação da harmonia e da unidade da federação brasileira. Assim, leis estaduais mais avançadas em matéria de saúde pública eram consideradas inconstitucionais, sob o fundamento da preservação da homogeneidade da legislação em todo o território nacional.
O julgamento do amianto representou, assim, um verdadeiro ponto de inflexão na Federação brasileira. Os Estados foram autorizados a editar leis sobre saúde pública mais protetivas que a legislação federal, corrigindo as falhas e insuficiências dessa última. As preocupações humanistas com a integridade física e psíquica das pessoas preponderam sobre a busca da uniformidade legislativa.
Esse caso do STF é, portanto, um convite para que os Estados aperfeiçoem e melhorem as leis federais sanitárias, editando leis mais ousadas e consentâneas com o direito fundamental à saúde. Aliás, antes mesmo da conclusão do julgamento sobre o amianto, os Estados já foram sensíveis a esse convite, ao estabelecerem, antes que as leis federais o fizessem, regras mais rígidas contra o tabagismo.
Leis estaduais mais efetivas em saúde pública podem ter impactos muito além dos Estados que as adotam. Com efeito, tais leis criam um precedente e engendram um efeito em cadeia, induzindo outros Estados e até mesmo o legislador federal a seguir os mesmos passos. Nesse sentido, convém sublinhar: o julgamento do STF sobre a lei paulista do amianto não é apenas benéfico para a população do Estado de São Paulo, mas para o conjunto da população brasileira. Em um momento em que as políticas sociais brasileiras estão sendo postas em xeque, o avanço representado por esta decisão não deve ser menosprezado. Cabe aos Estados, agora, fazer valer esse poder que lhe foi assegurado pelo STF e trazer substanciais inovações às políticas sanitárias brasileiras.

Daniel Damasio Borges é doutor em direito pela Universidade Paris I (Panthéon-Sorbonne), livre-docente em direito internacional público pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) e professor da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da UNESP – câmpus de Franca.

Deus nos acuda…

Por Eduardo Sócrates Bergamaschi

A cada novo ato que vem à tona envolvendo a JBS mais nos assemelhamos aos áureos tempos da Camorra italiana. Afinal, quem é que governava estes país ou quem é que governa? Pelo que temos visto, lido e ouvido, parece que nós éramos governados pela J&F e não pelo executivo nacional.
O dinheiro que estes senhores da J&F angariaram em tão pouco tempo, levaram-lhes a dominar o legislativo e o executivo nacional e quiçá o judiciário.
Mas diz um velho e sábio ditado que quando as pessoas de má índole tomam muita corda, acabam morrendo enforcados.
E parece que deram a Rodrigo Janot, Procurador Geral da República, a oportunidade de consertar a lambança feita ao dar imunidade total a estes senhores em acordo de delação premiada.
Nessa segunda-feira (4), o procurador geral da República anunciou em coletiva que determinou a abertura de investigação para apurar indícios de omissão de informações de práticas de crimes no acordo de delação premiada dos executivos do grupo J&F, controlador do frigorífico JBS.
Segundo o procurador geral, dependendo do resultado da investigação, os benefícios oferecidos no acordo de colaboração de Joesley Batista e de outros dois delatores poderão ser cancelados.
No pronunciamento feito na Procuradoria Geral da República (PGR), Janot anunciou que investigadores obtiveram na última quinta-feira (31) áudios, com conteúdo que ele classificou de “gravíssimo”, nos quais um dos donos da empresa, Joesley Batista, conversa com Ricardo Saud, diretor institucional da J&F e um dos delatores da Lava Jato.
Estaria aí a salvação do Presidente Michel Temer? Porque senão vejamos, se houver motivo para cancelar os direitos concedidos aos “delatores premiados”, será que bons advogados (e isso o presidente deve ter), não descaracterizariam as provas obtidas através daquela tal gravação? Poderia alegar flagrante armado, por exemplo. Será?
Em 19 de maio, o jornalista Reinaldo Azevedo escreveu um texto, de onde tirei o seguinte trecho: “Se surgir uma evidência de que os contatos de Joesley com o MPF e com PF antecederam a gravação, estaremos diante da nulidade da operação. É simples assim. Mais: autoridades teriam participado de uma conspiração — esse é o nome — para gravar o presidente de forma ilegal. Edson Fachin, no entanto, não quis nem saber: homologou tudo”.
Pois é! Será? Nós brasileiros estaríamos diante de mais uma enorme pizza? O presidente conseguirá “provar” que era inocente?!
Como a decisão de tudo, nos finalmente, estará nas mãos do Supremo… Tudo, mas tudo mesmo, é possível.
E a nós, pobres mortais que vemos nossos impostos, na sua grande parte sumir nos ralos das maracutaias políticas, só nos resta gritar: DEUS NOS ACUDA…