Fórmula 1: Vettel é pole e Hamilton tenta igualar marca de Senna em Cingapura

De forma surpreendente, a Mercedes não fez a pole position para o Grande Prêmio de Cingapura de 2015, com início às 9 horas. Quem larga na ponta é o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, com o tempo de 1min43s885, cravando sua 46ª pole da carreira, a primeira desde 2013.

273
Lewis Hamilton (GBR) McLaren MP4-27 leads at the start of the race. Formula One World Championship, Rd14, Singapore Grand Prix, Race, Marina Bay Street Circuit, Singapore, Sunday 23 September 2012.

E. Cortez

Ao lado dele larga o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull. Kimi Raikkonen (Ferrari) e Daniil Kvyat (Red Bull) completam a segunda fila. purchase Viagra
Com um desempenho abaixo do esperado durante o fim de semana inteiro, a Mercedes conseguiu colocar seus carros apenas na quinta e sexta colocações. Líder do Mundial, Lewsi Hamilton larga na frente de Nico Rosberg, segundo na tabela de classificação.

Buy Prozac no prescription purchase Nexium

Num circuito onde as ultrapassagens são difíceis, Hamilton sabe que terá trabalho para reforçar a liderança em Cingapura
Num circuito onde as ultrapassagens são difíceis, Hamilton sabe que terá trabalho para reforçar a liderança em Cingapura

treating acne

A pole de Vettel quebra uma sequência de 23 GP’s seguidos que um carro da Mercedes larga na ponta. A equipe alemã ficou a uma corrida de igualar o recorde da Williams, que fez 24 pole positions consecutivas entre 1992 e 1993.
Antes de Vettel, a última pole de um piloto sem ser da Mercedes foi de Felipe Massa, que largou em primeiro no GP da Áustria de 2014. order Colchicine
Hamilton também não conseguiu igualar Ayrton Senna com o recorde de oito poles consecutivas. O britânico, porém, tenta ainda hoje atingir duas marcas do brasileiro: a de número de GP’s disputados (161) e vitórias na Fórmula 1 (41). Assim, nesta corrida que deve trazer grandes surpresas, os holofotes continuarão voltados para o inglês e sua ânsia de se igualar a Senna, que morreu aos 34 anos durante o GP de San Marino, em 1994.
“Pouco importa se for neste fim de semana, ou no seguinte, ou outro, o mais importante é que terei o mesmo número de vitórias de Ayrton”, sentenciou o piloto de 30 anos numa entrevista coletiva.
“Me sinto como Ayrton. Se ele tivesse tido a oportunidade de continuar, teria conseguido mais vitórias e mais campeonatos. Quero continuar o legado de Ayrton, por isso vou vencer mais por nos dois”, acrescentou. cheap Professional Viagra
Já Felipe Massa não fez um bom treino classificatório e sairá da nona posição apenas, duas atrás de seu companheiro de Williams, Valtteri Bottas. O outro brasileiro na Fórmula 1, Felipe Nasr, não conseguiu passar do Q1. Nasr ficou em 16º, logo à frente de seu companheiro de Sauber, o sueco Marcus Ericsson.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA