TOX CULTURAL: ANIVERSÁRIO DE RIO CLARO

SHOWS – Neste domingo acontece (24) a tão aguardada festa aviatória com a Esquadrilha da Fumaça. As manobras terão início às 15h30, com concentração na Avenida Marginal Anhanguera, atrás do aeroclube. Na mesma data haverá uma programação especial no aeroclube, organizada pelos dirigentes da instituição. Exposição de fuscas antigos, de carros tuning (veículos modificados), exposição de aeromodelismo e encontro de Food Trucks, poderão ser visitados a partir das 9 horas. A partir das 14 horas terão início as apresentações musicais na Avenida Marginal Anhanguera. Quem faz o aquecimento do público é o grupo Tem Fuzuê. Já às 18 horas quem sobe ao palco é o cantor Péricles, ex-Exaltasamba, com repertório que reúne grandes sucessos do músico.

ORQUÍDEAS – Outra atividade tradicional no aniversário de Rio Claro é a Exposição Nacional de Orquídeas que reunirá cerca de 3.000 plantas floridas em sua 74ª edição. A abertura do evento será no dia 29 de junho, às 19h30. A visitação prossegue no dia 30 (sábado), das 8 às 22 horas, e 1º de julho (domingo), das 8 às 17 horas, no Claretiano Colégio na Avenida Santo Antonio Maria Claret, 1.724, Cidade Claret. Durante a exposição também será realizado o 1º Encontro de Colecionadores de Micro-orquídeas, com visitas no sábado (30) e domingo (1º) e entrada gratuita.

ANTIGOS – Os apaixonados por veículos não podem perder a 28ª edição do Encontro de Veículos Antigos que será realizada neste domingo (22), das 8 às 17 horas, no Claretiano Colégio. Também no dia 22 de julho haverá a Corrida Fest 20 Milhas, com largada às 8 horas. A atividade terá corrida de revezamento e caminhada na Floresta Estadual “Edmundo Navarro de Andrade”.

BIG BAND – A programação em comemoração aos 191 anos de Rio Claro terá no domingo (24), dia do aniversário da cidade, apresentação musical com a Big Band, que reúne alunos do Projeto Guri de polos da regional de São Carlos.  Com entrada gratuita, o evento será às 10 horas no Grupo Ginástico (Rua 2, 941, Centro).

EVENTOS

EXPOSIÇÃO MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA – Após atingir a marca de mais de 15 mil visitantes em Tatuí e Santos, a exposição itinerante “Estação da Língua Portuguesa”, que leva na bagagem acervos do Museu da Língua Portuguesa (atualmente em reconstrução), permanece em cartaz até 23 de junho, na Filarmônica Rio-Clarense (Rua 5, 914, Centro). A exposição é gratuita e pode ser vista às segundas, quartas, sextas e sábados, das 8h às 17h; e às terças e quintas-feiras, com horário estendido, das 8h às 21h.

CASARÃO DA CULTURA – As mais de 30 obras expostas na 36ª edição do Salão de Artes Plásticas de Rio Claro podem ser vistas até dia 31 de julho no Casarão da Cultura. A visitação ao Salão é gratuita e pode ser feita de terça a sexta-feira das 8 às 16h30, e aos sábados e domingos das 9 às 13 horas, no Casarão da Cultura, na Avenida 3 com a Rua 7. O Salão de Artes deste ano teve 321 obras inscritas, de 127 artistas, divididas entre as categorias Acadêmica, Contemporânea e Novos Olhares, incorporada neste ano ao Salão.

MATRIZ – Grande quermesse do Padroeiro acontece de sexta a domingo até o dia 30 de junho após a missa das 19h. Somente na sexta-feira que a quermesse acontece mais tarde, às 20h. Música ao vivo todas as noites. Rua 6 entre as avenidas 3 e 5, no Centro de Rio Claro.

TEATRO -Nesta quinta-feira (21) acontece apresentação da peça O Passe e o Gol na Casa da Criança e no dia 27 no Lar Espiridião Prado.

ROTARY – Neste sábado (23), a partir das 18 horas Arraiá Junino do Rotary. adesão R$ 5. Crianças de até 7 anos não pagam. Evento acontece na quadra da Samuca, que fica na Avenida 9, 1200.

SANTA FEIJOADA – Consagrada há anos como uma das melhores festas do interior a Santa Feijoada 2018 que acontece neste sábado (23), promete ser ainda melhor! A Fazenda Santa Gertrudes mais uma vez será o cenário da sunset mais charmosa de São Paulo.

MISS E MISTER – Concurso Miss e Mister Fitness Luxus e Miss Plus Size acontece nesta sexta-feira (22), às 20 horas. Entrada é 1 litro de leite ou um pacote de bolacha. No Line Up Dj Bába.

REGIÃO

LANÇAMENTO – Nesta sexta-feira (22), às 10h30, no Centro Cultural Isidoro Demarchi em Santa Gertrudes, acontece o lançamento do livro “Vermelho Poeira de Wagner Tonin.

KAIWAS MC – Nesta sexta-feira (22), sábado (23) e domingo (24) aocntece o 11º aniversário do Kaiowas Moto Clube.  Serão 17 Bandas de Rock, 2 Palcos, Praça de Alimentação, Área de Camping Coberta, Macarronada 0800 (sábado),  Churrasco 0800 (domingo), Café da Manhã (sábado e domingo), Expositores, Troféu para MC e MG. A entrada é R$ 10 (coletados) e R$ 15 (visitantes). * Recinto de Exposições (antiga FAPIL). Evento acontece na Avenida José Antunes de Lisboa, 450 – Jd. do Bosque – Leme.

FAT HOUSE PARTY – Neste sábado (23), a partir das 14 horas, acontece a Fat House Party, em Santa Gertrudes.

MÚSICA

POSTO ESTRELA – Nesta sexta-feira (22), a partir das 22 horas, sertanejo universitário com Robson Moura e Rafael. O posto fica na Rua 12, esquina com a Avenida Rio Claro.

CASARÃO – Neste sábado (23), Márcio Lugó sobe ao palco do Casarão da Cultura, às 20h, acompanhado por Bruno Marques (bateria e efeitos), Allen Alencar (guitarra e voz) e Diego Aquino (baixo). Além de apresentar na íntegra o repertório de seu novo álbum, Márcio Lugó interpreta também algumas das canções de seus dois discos anteriores, “Liberdade Aparente” e “Desacelera”.

CHOPP & CIA – Show com Bando de 3 (pop), a partir das 21h30. No sábado (23), a dupla The Loopers evoca os clássicos do rock. No dia 29 é a vez do Trio SóNata e no dia 30 LPk7, ambas tocam rock nacional.

ARENA BOTEQUIM – Nesta quinta-feira, a partir das 21 horas pop rock nacional e internacional com Bruno Biscaro. No mesmo dia, às 20 horas,  Stand-up com Diguinho Coruja, do programa The Noite. Já no domingo acontece o Arena Comedy, com o premiado imitador Rogério Morgado, a partir das 20h30.

SAMBA – Nesta quinta-feira (21), a partir das 19h30, o grupo de samba Bicho a Toa toca no Casarão da Cultura.

CIA PAULISTA – Nesta sexta-feira (22), às 21 horas, Tio Mais é a atração da sextainPub.Sábado (23) a banda Rocks aobe no palco a partir das 23 horas.

TORTUGAS – Na sexta-feira (22) Arraiá do Rock com a banda As Véia-Loka (rock-tributo), a partir das 22 horas. No sábado (23), clássicos do rock com a os meninos do The old Boys, a partir das 22 horas. E no domingo (24), a partir das 19 horas, muito samba com Amigos do Pagode e Pagode do Tia Dora.

SUJINHO’S – Nesta quinta-feira (21), The Loopers (classic rock), a partir das 21 horas. Na sexta-feira (22), a banda Bulldogue anima a galera com classic rock, a partir das 21 horas. No sábado Trio Gameleira, a partir das 21 horas.

SHOPPING RIO CLARO

ARRAIÁ – Nesta quinta-feira (21), show com a banda Maria da Lua, das 19h30 às 22 horas; Na sexta-feira (22) Trio RNA sobre no palco das 20 às 22 horas. No sábado (23), o grupo de violerias As Piracicabas anima a festa a partir das 19h30. Já no domingo é a vez da dupla Fabrício e Gabriel, das 17h30 às 20 horas.

FIGURINHAS – Apaixonados por futebol e colecionadores de figurinhas não podem perder os encontros para troca de figurinhas do álbum oficial da Copa do Mundo Fifa 2018 que acontecem de quinta a domingo próximo à Ri Happy do Shopping Rio Claro. Os encontros acontecem às quintas e sextas-feiras a partir das 19h, e aos sábados e domingos, a partir das 14h. E se você é um desses loucos por figurinhas, saiba que a Livraria Lumos está com uma promoção imperdível: quem comprar o álbum na livraria, concorre ao sorteio de uma bola oficial da Copa 2018.

CLUBES

GRÊMIO CIA PAULISTA – Arraiá do Grêmio acontece no sábado (23), a partir das 19h30.

FLORIDIANA – Nesta sexta-feira (22), a partir das 19h30, no Bar do Casarão, pop rock com o duo Igor e Irio.

 

JPEG é muito mais do que um formato de arquivo

O JPEG completa 25 anos neste ano, uma conquista notável quando você pensa em como o smartphone mais recente se torna monótono em questão de meses. Mas para celebrar o aniversário do JPEG, poderíamos finalmente estar vendo algo melhor.

Isso porque o Joint Photographic Experts Group (grupo criador do formato JPEG) começou a trabalhar em um sucessor, chamado JPEG XL, que no mínimo deveria cortar o tamanho dos arquivos de foto em 60%.

O formato mais eficiente gera uma grande vantagem: ao reduzir pela metade o tamanho das fotos, ele permite que você ajuste mais do que o dobro de fotos no telefone, reduz os gastos em serviços de armazenamento em nuvem e facilita o uso de dados ao navegar na Web ou compartilhar instantâneos com seus amigos.

Mas não se alegrem ainda, porque outros contendores de formato de foto da próxima geração também estão em desenvolvimento – e eles têm patrocinadores de grande nome. Isso poderia significar que o longo reinado de JPEG poderia terminar com herdeiros brigando para reivindicar o trono, ao invés de uma sucessão suave.

Um formato, agora chamado de AVIF (AV1 Image Format), está em desenvolvimento pela Mozilla, Google, Netflix e outros. Outro, o MIAF (Multi-Image Application Format), é uma versão simplificada de um formato chamado HEIF (High Efficiency Image Format) que a Apple e a Microsoft já estão entusiasmadas. Funcionários da Apple estiveram envolvidos no MIAF no grupo de padrões que produziu o HEVC, um padrão de compressão de vídeo.

Independentemente do que aconteça, é claro que a indústria de tecnologia quer construir algo melhor. Isso não significa que o JPEG irá desaparecer completamente. As mesmas câmeras, navegadores, telefones e aplicativos de edição de fotos que exibem e salvam JPEGs hoje poderão fazê-lo amanhã. Mas abraçar um sucessor de JPEG poderia modernizar a fotografia de maneiras que são importantes – não apenas cortando tamanhos de arquivo, mas também abrindo as portas para fotos ao vivo, efeitos de edição em 3D e outras melhorias.

Ipeúna discute inconstitucionalidade em aumento desproporcional do IPTU

No início de 2018, quando os cidadãos ipeunenses começaram a receber seus carnês de Iptu, levaram um tremendo susto.

Impostos chegaram a subir até 300%. Em um caso confirmado pelo Diário, em que o imposto em 2017 estava no valor de R$ 463,17, em 2018 aumentou para R$ 1.663,49, apresentando um aumento de 250% de um ano para o outro, o que pegou a população totalmente desprevenida.

Inconformado, o vereador Adilson Rodrigues da Silva (PDT), comprou a briga e buscou ajuda no Ministério Público, denunciando, aquilo que ele considera abuso tributário praticado pela Prefeitura Municipal de Ipeuna.

“A Prefeitura mandou e a Câmara Municipal aprovou por maioria de votos a Lei Municipal nº 1321/2017 que fixa a planta genérica de valores. Ocorre que referida lei de natureza tributária altera o artigo 170 e 182 da Lei Complementar nº 669/05, que fixa o cálculo do valor venal”, explica o vereador em ofício enviado ao Ministério Público.

Segundo ainda o vereador, essa lei “é claramente inconstitucional, porque foi proposta e aprovada como lei ordinária, enquanto o Código Tributário Municipal é uma lei Complementar por exigência do artigo 50 da Lei Orgânica Municipal”.

“Embora a inconstitucionalidade esteja clara, nem o jurídico da prefeitura e nem o jurídico da Câmara Municipal apontaram qualquer falha na legislação, permitindo sua aprovação de forma inconstitucional” complementa o vereador.

O vereador alega ainda em seu ofício ao Ministério Público que a nova legislação tributária criou um redutor de valores para as grandes áreas, o que não é previsto no Código Tributário Municipal, beneficiando assim os grandes proprietários de terras de Ipeuna.

Para Adilsonr, criaram uma formula tão confusa para o cálculo do valor venal, que em nenhum lugar existe a explicação de como se chegou a esse número, ficando os cidadãos de Ipeuna sem saber o que estão pagando.

“As pessoas que fizeram o requerimento para a vistoria in loco, no sentido de questionar medidas e padrões, até agora não tiveram respostas”, desabafa.

Prefeitura Municipal de Ipeúna

O Diário solicitou à prefeitura de Ipeuna esclarecimentos sobre a situação e explicações para o aumento tão significante do imposto.

Em resposta, esclarecem que em função de distorções existentes, geradas por um forte crescimento imobiliário na última década, com o surgimento de novos loteamentos e a valorização das áreas já urbanizadas, fazendo com que houvesse cada vez mais um distanciamento entre o valor real da propriedade e o valor tributado sobre ela.

Em alguns casos as taxas pagas por serviços municipais, como recolhimento de lixo e limpeza dos logradouros, estariam acima ao valor do próprio imposto.

Sendo assim , para corrigir essas defasagens, foi instituidano ano de 2017 a Lei da Planta Genérica de Valores – PGV.

Lei essa que entrou em vigor em 2018, de forma a implantar e padronizar a base de cálculo dos valores venais, evitando as distorções e arbitrariedades que existiam nos lançamentos anteriores. Para tanto, foram estudados os valores atuais dos imóveis em situação normal de venda para a definição do valor venal atribuído pela Prefeitura Municipal de Ipeúna. E essa lei, vem corrigir grandes e pequenas distorções para os imóveis de todos os loteamentos do município de Ipeúna.

“Cabe o adendo, de que não foi realizado um aumento do IPTU, mas sim uma adequação no valor venal do imóvel e, consequentemente, uma adequação do valor do IPTU, tendo em vista que tiveram imóveis que o valor do IPTU abaixou, outros que o valor do IPTU ficou praticamente igual e outros que o valor do IPTU foi ajustado para cima, muitos neste último caso que realizaram aumentos em suas edificações e não a regularizaram na Prefeitura Municipal.

O munícipe que tiver qualquer dúvida sobre as atribuições dos parâmetros do seu imóvel, pode comparecer no Setor de Arrecadação da Prefeitura Municipal com o número do cadastro municipal do seu imóvel e solicitar de forma gratuita a Ficha Cadastral do referido imóvel.

Por fim, foi aberta uma representação por um vereador do município de Ipeúna na 5º Promotoria de Justiça de Rio Claro/SP, no entanto, a mesma foi encaminhada para a Procuradoria Geral da Justiça em São Paulo para análise e eventuais providencias”, dizia a nota de esclarecimento

Caminhoneiros sentem dificuldades em aplicar tabela da ANTT

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) se manifestou contrário à criação de uma tabela com os valores mínimos a serem cobrados pelo frete do transporte rodoviário de cargas.

Em matéria publicada na edição do dia 19 de junho, o Cade também dizia haver um risco real de que a tabela pudesse gerar um risco para os próprios caminhoneiros, seja ampliando o risco dos clientes optarem por assumir eles mesmos o transporte de cargas, seja por um grande número de caminhoneiros decidir não seguir a tabela, criando distorções dentro da própria categoria, com os cumpridores da norma perdendo em competitividade.

O Diário buscou informações do meio dos caminhoneiros, através de Marcos Vicente, mais conhecido como Kinho, caminhoneiro e ex vereador em Rio Claro.

Kinho, que foi um dos organizadores em alguns pontos de manifestações de caminhoneiros na região de Rio Claro, está meio descrente na implantação da tabela de frete mínimo.

“Eu acho que isso não vai dar em nada. Caminhoneiros, por exemplo, que pegam um frete de São Paulo para o Ceará ou outro estado qualquer, na volta acaba se vendo obrigado a aceitar um frete por qualquer preço, abaixo do tabelado. Caso contrário volta vazio, acabando com o lucro que teve na ida. Aí, o que acontece, os motoristas do Ceará, ficam sem frete”, explicou Marcos Vicente.

“Os caminhoneiros, assim, estão eles mesmos quebrando um acordo que reivindicaram quando paramos o Brasil. Por esse motivo é que eu digo que não vai dar em nada”, reforçou Kinho.

“As grandes empresas de transporte, estão colocando cláusulas em contratos, onde o caminhoneiro aceita a negociação, para não ficar sem frete. Infelizmente não vem funcionando como nós esperávamos”, finalizou Marcos Vicente, o Kinho.

Kinho enviou à redação uma cópia de contrato entre uma grande empresa de transportes e um caminhoneiro, onde se lê na cláusula 7: “Acordam as partes, que em decorrência da fidelidade no transporte, o valor do frete é ajustado de comum acordo, motivo pelo qual as partes convencionam que não seguirão a tabela da ANTT”, o que livra a empresa de um possível processo.

Feita às pressas, tabela tem disparates

Segundo matéria da Folha de São Paulo, a tabela feita às pressas não leva em consideração uma porção de variáveis que aumentam ou diminuem os custos.

Não é certo, segundo a matéria, elaborar uma tabela para todo o Brasil, sem levar em consideração a qualidade das estradas e outros parâmetros técnicos.

“Não é transparente como foi calculado. Usam parâmetros operacionais, como se todo o mundo que transportasse granel tivesse a mesma velocidade, mesmo tempo de descarregamento, mesmo rendimento de combustível”, diz Thiago Guilherme Péra, coordenador técnico do EsalqLog (Grupo de Pesquisa e Extensão em Logística).

A tabela, na visão desses técnicos, mostra preços que dobraram em relação ao que se pratica no mercado, sendo que em outros casos ficou abaixo do que se pratica. Sem nenhuma lógica.

Lei seca completa 10 anos

Mesmo com lei mais severa, é normal verificar pessoas em barzinhos, bebendo e sem receio nenhum pegar o volante para voltar para casa. Somente nas capitais brasileiras 7% dos brasileiros admitem dirigir após o consumo de bebida alcoólica. O comportamento já tirou a vida de milhares de pessoas que morreram após acidentes de trânsito cometidos por motoristas embriagados. Segundo a Organização Mundial de Saúde dirigir alcoolizado é a segunda maior causa de morte no trânsito.

A uniformização de dados no Brasil caminha devagar, mas segundo números da Polícia Rodoviária Federal a causa provável de 66.541 colisões no trânsito foi por consequência do álcool, 16.657 pessoas feridas gravemente e mais de 4 mil mortes decorrentes da combinação bebida e volante.

Somente em 2017, mais de 70 mil motoristas foram flagrados dirigindo alcoolizados. Nas rodovias federais mais de 400 mortes registradas e 5.431 acidentes.

“Em Rio Claro, os números referentes à infrações de trânsito relativo à Lei Seca, ficam sob a responsabilidade do DETRAN, uma vez que não são infrações municipais e são lavradas pela Polícia Militar. Particularmente verifico, por parte de uma parcela de motoristas, uma preocupação maior quanto a essa conduta, beber e não dirigir, apesar de estarmos muito longe do ideal”, declara o secretário de segurança pública de Rio Claro Marco Antonio Bellagamba.

O secretário acrescenta o que poderia contribuir. “Creio que somente com o aumento das operações inibirá essa conduta perigosa, sendo certo que um estudo recente da Escola Nacional de Seguros afirma que, desde 19 de junho de 2008, quando a Lei Federal 11.705, conhecida como Lei Seca, entrou em vigor, 40 mil vidas foram poupadas pela proibição de beber e dirigir. Outras 235 mil pessoas deixaram de permanecer inválidas em razão dos acidentes. Uma pena que o montante dos índices não seja tão otimista”, completa Bellagamba.

Novas regras

No dia 19 de abril entraram em vigor novas regras para punir o motorista bêbado que provocar acidente de trânsito com morte, ou lesão corporal grave ou gravíssima.

A pena antes para o condutor que cometesse homicídio culposo no trânsito estando alcoolizado, variava de 2 a 5 anos de prisão. Com a mudança, aumentou e ficou entre 5 e 8 anos, a lei também proíbe o motorista de obter permissão ou habilitação para dirigir veículo novamente. Já no caso de lesão corporal grave ou gravíssima, a pena de prisão, que variava de seis meses a 2 anos, agora foi ampliada para prisão de 2 a 5 anos, incluindo também a possibilidade de suspensão ou perda do direito de dirigir.

Para o Presidente da Comissão de Segurança e Mobilidade Urbana da OAB de Rio Claro a Lei Seca é um importante mecanismo, mas deve ser acompanhado de outras ações. “O brasileiro, culturalmente é mal educado no trânsito e medidas que pesam no bolso e restritivas de liberdade, representam punição imediata, mas penso que a legislação deveria criar medidas alternativas, por exemplo, nos casos em que não há vítima, ter a possibilidade do indivíduo prestar serviços ao trânsito em substituição a multa pecuniária (em valores)”, diz.

O advogado acredita ser difícil mudar a cultura, mas é preciso buscar medidas eficazes para mudanças do comportamento do condutor, de maneira pedagógica. “A educação das crianças e adolescentes na escolas é um importante trabalho de base que resultará na formação no motorista de amanhã. A educação do trânsito deveria ser matéria de Lei municipal para que todos os estabelecimentos de ensino abordassem o tema com o referido público. Campanhas educativas em massa, também são importantes no sentido de estimular a utilização de transportes alternativos como vans, táxi e Uber”, acrescenta Marchi.

Campanha Detran

O Departamento Nacional de Trânsito lançou uma campanha na rede social divulgando as desculpas dadas por motoristas quando flagrados dirigindo embriagados. Os absurdos vão desde decepções amorosas à respostas científicas.

As desculpas nada convincentes constam em recursos feitos às Juntas Administrativas de Recursos de Infrações (Jaris) de Alcoolemia e que foram recusados.

As Jaris são responsáveis por julgar os recursos da Lei Seca. Dos 37 mil recursos apresentados e avaliados pelas juntas, 97,7% foram indeferidos.

Lar Bethel atende 53 idosos e necessita da comunidade para obras prioritárias

O Lar Bethel funciona em Rio Claro desde o dia 7 de junho de 1959, quando um grupo de abnegados da sociedade local se mobilizou em prol da comunidade local. Na década de 60, conquistou junto à prefeitura, o terreno onde foi construído o prédio que abriga hoje, 53 idosos. Atuando na Avenida 25, entre as ruas 13 e 14, no Bairro do Estádio), a entidade é considerada de utilidade pública, nos âmbitos municipal, estadual e federal, prestando um serviço de apoio à terceira idade que prima pela qualidade.

Os 53 idosos, hoje internados na casa, contam com enfermeiros 24 horas, com supervisão e direcionamento de um profissional responsável, fisioterapia com atendimento individual e em grupo, avaliação nutricional individualizada, farmacêutico no fracionamento e manipulação dos medicamentos.

Além desses, ainda existe o atendimento individualizado de psicologia, além de atendimento direcionado às famílias e ao idoso na área social.

“Nós trabalhamos hoje, com recursos próprios que vêm de doações, eventos realizados, aluguel do local de eventos e alguns idosos que pagam suas mensalidades. Temos também recurso vinculado à Prefeitura Municipal, através da Ação Social, equivalente à 20 vagas sociais. Apesar disso, as receitas estão sempre muito perto das despesas, o que impossibilita os projetos que temos para melhorar o atendimento aos nossos internos”, explica Ane Cristine Gobato, gerente do Lar Bethel e enfermeira.

Projetos

“Já temos um projeto para a construção do alojamento masculino, que hoje ocupa a sala de fisioterapia.

Também temos a necessidade de um novo refeitório, já que hoje o que temos não consegue abrigar todos os internos, o que faz alguns se alimentarem no refeitório e outros no saguão coberto”, conta Ane.

Além desses projetos, a entidade busca construir uma nova lavanderia, já que conseguiram adquirir uma máquina de lavar industrial (até agora trabalham com máquinas domésticas que não suportam a quantidade de roupas a serem lavadas) e também uma secadora industrial.

“A não ser que alguém ou alguma empresa se predisponha a patrocinar as obras ou uma delas, vamos precisar e muito da ajuda da comunidade para conseguir realizar”, finalizou Ane.

Necessidades

Com um grande consumo de leite e fraldas geriátrica, a entidade trabalha bastante no direcionamento das doações desses bens de consumo. Esse tipo de doação, possibilita à entidade economizar bastante em suas compras.

Para outras doações e telemarketing

  • Dados bancários:

Banco: itau

Agência: 8046

Conta: 19173-3

  • 019 3533 – 1701 (seg a sex: 08h às 12h)
  • CNPJ: 56.402.316/0001-64

Casa de passagem dobra atendimento durante inverno

Quinta-feira, 14 de junho de 2016, por volta das 11 horas da manhã lá estava o Francisco Pereira da Silva aguardando o almoço que seria servido na Casa de passagem, conhecida por muito tempo por Casa Transitória. Nascido no Piauí, está no estado de São Paulo há 35 anos, com família distante ele nem imaginava um dia se encontrar na situação de rua. Segundo ele desde dezembro perdeu o emprego e não teve outra saída, foi morar na rua.

A terça-feira era de expectativa, ele aguardava a resposta de um possível emprego de encanador ou ajudante geral. Os planos é alugar um lugar para viver. Se a vaga não der certo não sabe o que irá fazer. “É muito difícil, nunca passei por isso, mas a gente nunca tá livre. Estou esperançoso, mas as coisas estão complicadas”, disse emocionado sem querer contar muitas lembranças. “Eu me emociono, prefiro nem falar, quero minha dignidade de volta”, finalizou.

Ele estava de passagem pelo segundo dia na Casa, salientou o serviço que recebe como café da manhã, almoço, jantar, banho, pijama e quarto para dormir.

Durante o inverno o atendimento no local chega a dobrar, são em média 400 pessoas atendidas. “O número da estadia da mesma pessoa depende da triagem e da necessidade, ou seja um migrante estava pela cidade tem a primeira passagem garantida, num segundo momento se ele retorna tem que ser avaliado, cada caso é diferente”, esclarece a psicóloga Tamara Tetzner Giordano.

“A pessoa tem direito de ficar 24 horas, mas não é moradia. É um local de passagem e vamos ajudar de acordo com a necessidade de cada um. Cada um é avaliado pela equipe técnica, uns precisam de documentos, outros de passagem para retornar para suas cidades e outros querem internação em clínicas”, explica a assistente social Milena Torres Siqueira.

Eles chegam no local por vontade própria ou são levados pela equipe do Serviço Especializado em Abordagem Social – (SEAS), que fica na rodoviária e percorre os pontos de Rio Claro verificando a necessidade e fazendo a abordagem das pessoas que vivem na rua. “A gente tem todo um processo de abordagem, oferecemos o serviço, depois da avaliação, vê o que é melhor e oferece, uns aceitam outros não”, diz a coordenadora do SEAS Eliana Vaz.

Segundo ela atualmente a maior reclamação atualmente é do comércio. “Nós fazemos as buscas, ou as pessoas também podem denunciar e nos acionar, mas não podemos traze-los à força”. O que atrapalha de não conseguir acolher é o comportamento da população que se incomoda mas acaba sustentando essas pessoas em situação de rua” completa.

Segundo Eliana a maioria que vive na rua está com vínculo familiar rompido ou fragilizado por conta de álcool e outras drogas. A equipe esclarece ainda que os populares podem ajudar de outras formas. “Se eles são trazidos para cá, temos oportunidade de avaliar e trabalhar com a pessoa, tentar aproximação com a família ou até se possível encaminhar para internação”, relata Eliana.

Dificuldade

Entre os obstáculos está a dificuldade de se conseguir encaminhamentos médicos para pacientes que aceitam tratamento. “A equipe consegue uma internação, uma vaga social, porém não conseguimos cumprir todo o protocolo exigido pela falta de encaminhamento que deve ser fornecido pelo setor de saúde, com isso a clínica não pode aceitar”, conta as profissionais.

Funcionamento

A Casa Transitória Verdade e Luz, em atividade desde de 1934, fica na avenida 5, 1415, Consolação e atende em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social do Município. Sobrevive com recurso repassado pela prefeitura e de doações. A equipe solicita contribuição. “No momento precisamos de doação de cobertores e agasalhos, mas tudo é bem-vindo”, afirma a assistente social.

 Prefeitura

A Secretaria do Desenvolvimento Social mantém parceria com o Instituto Viver e Conviver (IVC) para trabalho realizado no atendimento aos moradores de rua. Equipe do Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas), a partir de rondas feitas pela cidade, realiza as abordagens diariamente, de segunda a sexta-feira. Em maio teve início a Operação Inverno, quando o trabalho é estendido também para o período noturno, com abordagens no período das 18 às 22 horas. Durante a abordagem é oferecido ao morador de rua acolhimento na Casa de Passagem, incluindo banho, alimentação e pernoite. Esse serviço também fornece a migrantes, a partir de critérios sociais, passagem para o destino desejado ou cidade de origem. A equipe do Seas tem cadastrados cerca de 130 pessoas em situação de rua.

Grupo Mais Vida realiza trabalho voluntário há 10 anos em Rio Claro

Você já parou para pensar como pode ajudar ao próximo? Há 10 anos voluntárias resolveram transformar a vida de muitas pessoas, daquelas que recebem e das que doam. Assim surgiu o Grupo Mais Vida. Os trabalhos iniciais foram em parceria com o Rotary de Rio Claro. Tudo começou com 10 pessoas, hoje são 24 se dedicam diretamente ao projeto, sem contar as pessoas que ajudam indiretamente. São voluntários que se dedicam horas e dias para levar um pouco de felicidades para quem passa por tratamentos de saúde.

As ações acontecem durante o ano todo. A primeira iniciativa foi a Campanha de Doação de Sangue que conta com edições em vários meses em prol do Hospital Amaral de Carvalho de Jaú – SP. A trajetória do grupo soma 46 campanhas de doção de sangue e 32 para cadastro de Medula Óssea. No total 3.978 bolsas de sangue foram encaminhadas para Jaú e 3.910 cadastros de medula óssea.

“Começamos com a doação de sangue porque as pessoas em tratamento oncológico sobrevivem as quimioterapias e radioterapias porque recebem as plaquetas até se curarem. E infelizmente o estoque é sempre abaixo do ideal. E também pela falta de conscientização das pessoas em serem doadores, por isso nos mobilizamos”, esclarece a voluntária Luciana Sartori.

Todo o trabalho realizado é voluntário, o grupo não tem fins lucrativos. Ao longo dos anos outras iniciativas foram surgindo. Em 2015 a equipe deu início à confecção de perucas de cabelo natural.

“Começamos com três peruqueiras que foram treinadas e em seguida foram multiplicando, ensinando outras voluntárias, hoje dentro do grupo são sete aptas para fazer as perucas”, conta a voluntária Luciana Sartori.

O trabalho se estendeu e além de ajudar os pacientes em tratamento passou a ter a função também de ressocialização. Segundo Luciana, o reforço vem de reeducandas do CR de Rio Claro. Seis mulheres forma treinadas lá dentro, multiplicaram o aprendizado e hoje são 15 reeducandas que se dedicam para tecer as faixas de cabelo. Em seguida são entregues para o grupo para a confecção das perucas. “De março até maio as peruqueiras do grupo conseguiram fazer seis perucas com os cabelos tecidos pelas reeducandas. E um número muito positivo”, afirma Luciana.

No total o grupo já conseguiu confeccionar 32 perucas que foram entregues à Rede Rioclarense de Combate ao Câncer “Carmem Prudente”.

O grupo recebe doação dos cabelos. “A gente aceita tudo, mas o ideal são 20 centímetros de cabelo que precisa estar lavado, seco e amarrado”, acrescenta a voluntária. As faixas de cabelo são tecidas em seguida finaliza a peruca. Os doadores podem fazer a entrega na Cortez Imóveis, GAAC, Rede de Combate ao Câncer e Faculdades Asser.

Uma das ações mais recentes, é a confecção de próteses de mamas de alpiste. O grupo já fez 50 unidades que foram destinadas para mulheres que perderam a mama decorrente de um câncer. Uma opção par mulheres que fizeram a mastectomia e não têm a reconstrução de mama.

Para atender crianças que estão em tratamento do câncer surgiu mais uma mobilização. A confecção de touquinhas infantis têm apresentado resultados positivos e levado alegria para muitos pacientes. Com doações de lãs e voluntários indiretos espalhados pela cidade 588 touquinhas já foram feitas e entregues ao Gaac – Grupo de Apoio à Criança com Câncer e podem ser retiradas na sede. Foram utilizados em média 1470 novelos de lãs.

“Para ser um voluntário em qualquer situação é preciso se colocar no lugar do outro, enxergar o que você pode fazer para o próximo se sentir melhor. É transformar a dor em amor”, saliente Luciana Sartori.

Prefeito Adnan Ortolan, fala sobre Cordeirópolis que completou 70 anos

A povoação de Cordeiro, que pertenceu a Limeira, foi passada para Rio Claro e depois devolvida para Limeira, conseguiu em 1948, a sua emancipação política, tornando-se o município de Cordeirópolis.

Nessa semana em que município completa 70 anos de sua emancipação política, quem está no comando da cidade é o prefeito Adinan Ortolan.

Assim, nada mais justo, no dia de hoje, trazermos a palavra do prefeito, que vocês lerão na íntegra na entrevista abaixo:

Diário – O prefeito, quando foi eleito, esperava encontrar uma crise tão grande quanto essa?

Adinan Ortolan – A gente esperava sim uma situação complicada. Sabíamos que a situação da prefeitura era uma situação muito difícil, que somente o gasto com pessoal estava em patamar de 57%. Porém, eu imaginava que a estrutura da prefeitura fosse melhor. E acreditava que fossemos atravessar essa crise econômica nacional mais rapidamente. E essa situação tem comprometido alguns investimentos. Mas estamos usando de tranquilidade, conseguindo alguns recursos com o governo federal e estadual, e estamos conseguindo tocar nossos projetos, não na velocidade que gostaríamos, mas estamos conseguindo tocar os nossos projetos.

Diário- Como tem enfrentado a crise, quando as receitas despencaram e as despesas continuam aumentando?

Adinan Ortolan – Na verdade o que a gente fez foi reduzir as despesas, conseguimos reduzir o gasto com pessoal de 57% para um pouco mais de 52%, estamos agora até um pouco abaixo de 52%. Cortamos contratos, reduzimos outros contratos, aluguéis e, com isso, conseguimos reduzir o déficit orçamentário de 2016, de 3%, conseguindo um superávit orçamentário em 2017 de 2%.

Diário – A cidade é relativamente nova, são 70 anos. Portanto, gostaríamos de uma colocação do prefeito, quanto às conquistas do município nesse tempo. Nas áreas da:

  • Educação: Quanto se conquistou e quanto ainda há para conquistar?

Adinan Ortolan – Tivemos uma evolução muito grande, como o Brasil teve também. Cordeirópolis hoje está em uma situação privilegiada em termos educacionais, nós temos todas as crianças na escola, encontramos um déficit na área de creches, mas zeramos, hoje conseguimos atender todas as crianças que esperam creche, reativamos o projeto da Faculdade Municipal, e hoje temos 600 alunos estudando de forma subsidiada pela prefeitura. Com isso a gente consegue atender na área educacional da creche até o ensino superior. Em termos de qualidade de ensino, essa parceria que fizemos com o Google for Education está trazendo a tecnologia para dentro da sala de aula.

Diário –

  • Saúde – A cidade tem conseguido manter uma saúde de qualidade para a sua população?

Adinan Ortolan – Existe uma avaliação que mede o índice de satisfação da região do Conglomerado Urbano de Piracicaba e somos a única cidade com alto grau de satisfação na saúde. Isto acontece porque a gente complementa o SUS através do Consorcio da Região Metropolitana de Campinas em que a gente compra serviços que pelo sistema SUS demoraria meses e meses para conseguir. Com isso a gente conseguiu praticamente zerar a fila de espera de cirurgias, conseguimos atender até mais rapidamente que a rede privada, ou rede conveniada, exames e consultas médicas. Somente com as situações bem mais complexas que depende da rede conveniada do SUS é que é mais difícil, mas em termos de saúde no atendimento primário e secundário conseguimos atender muito bem Cordeirópolis e com qualidade.

Diário –

  • Segurança – Os índices de criminalidade da cidade tem condições de melhorias?

Adinan Ortolan – Tem sim. Os índices vem caindo. O que tem acontecido muito em Cordeirópolis é que pode sim ter casos de violência mas são rapidamente solucionados. Isso por conta do nosso sistema de monitoramento e do apoio que temos dado à Policia Civil. Dos nove funcionários da Policia Civil, sete são da prefeitura. E temos tido um apoio muito grande da Polícia Civil e da Policia Militar. Hoje a Delegacia de Polícia de Cordeirópolis é a primeira do estado em índice de resolutividade de casos.

Diário –

  • Meio Ambiente – O que o município perdeu e o que conquistou nessa área em sua existência?

Adinan Ortolan – Cordeirópolis tem um problema até relativamente sério de meio ambiente, que é a indústria cerâmica que, principalmente no transporte e na secagem de argila, gera uma poluição muito grande no ar. Já fomos a segunda cidade mais poluída do estado de São Paulo e hoje estamos em sétimo. A qualidade do ar melhorou, mas temos que melhorar ainda mais. A questão do meio ambiente estamos finalizando a estação de tratamento de esgoto, recuperando todos os mananciais de água. E também fazendo uma política de reflorestamento, de plantio de árvores. Serão 100 mil árvores plantadas em nosso município.

Diário –

  • Esporte e Lazer – Como propiciar esporte e lazer aos munícipes, com a crise que vivemos?

Adinan Ortolan – Cordeirópolis é privilegiada em termos de estrutura de esporte e lazer. São quatro campos de futebol da prefeitura e três centros de lazer com ginásios de esportes que estavam abandonados, praticamente abandonados. O que está acontecendo é que estamos recuperando todos eles, todos. Demos prioridades aos ginásios de esporte e centro de lazer. Para esses, já temos recursos disponíveis. A próxima etapa é recuperar os campos de futebol.

 

Banda Burning Symphony avalia participação em festival de harpa

A banda rio-clarense Burning Symphony se apresentou nos dias 2 e 3 deste mês no XIII RioHarp Festival, que acontece anualmente no Rio de janeiro. O evento que já é consolidado na agenda carioca, tem como objetivo apresentar ao público nomes consagrados da harpa promovendo, como o próprio festival define, a volta ao mundo em torno do som que é um dos mais antigos do mundo: o som da harpa.

Vale ressaltar que além do Rio de Janeiro, o festival se expandiu-se para São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Nordeste e chegou a Portugal e Espanha, o que alavanca a sua importância no cenário mundial do instrumento.

Em entrevista ao Diário do Rio Claro, o harpista Jonathan Faganello conta que a banda participa do festival desde 2012. “Nas edições de 2010 e 2011 a participação foi apenas com harpa solo”, relata.

Mesmo sem caráter competitivo, já que o objetivo é promover a divulgação do instrumento em seus mais variados tipos (harpa sinfônica, céltica, elétrica, paraguaia, indiana, entre outros) o músico frisa a importância do evento na carreira da banda. “Esse evento é muito importante para banda, nos possibilita um feedback com um público bem crítico (a cidade do Rio tem inúmeros concertos, shows e eventos abertos ao público, isso os torna muito criteriosos aos artistas). Nos possibilita entrevistas em tvs locais, rádios, jornais e a venda de muitos cds”, diz ao lembrar que são convidados os harpistas mais influentes do mundo.

Outro fator que o músico aponta é a guarida que o evento oferece aos participantes. “O festival custeia todas as despesas dos músicos (translado, hospedagem e alimentação) sempre com muita atenção”, revela.

QUEIMANDO

A Burning Symphony começou em meados de maio de 2009 por amigos que treinavam artes marciais em uma academia de Rio Claro. O projeto que pretendia se apresentar no Rock Station, evento realizado pela secretaria de turismo daquele ano, cresceu e se transformou numa das principais bandas de rock pesado em versões realizadas com harpa, violoncelo, flauta e bateria.

Entre os músicos que passaram pela formação do grupo estão Ian Lopes, Samuel Cigagna. Gustavo Henrique, Danilo Vargas e Edson Tamiazo. Atualmente é formada por Pedro Bortolin, no violoncelo, celso Lazzarini, na flaura, Ian Kukubun, na bateria, além de Jonathan Faganello incendiando a harpa.

DISCO NOVO

Entre as apresentações do grupo se destacam no Sesi Amoreiras em Campinas, Sesi Rio Claro, Programa do Jô, além do Sujinhos Bar, considerado a “casa” da Burning. Com dois discos na bagagem, a banda lança no dia 23 deste mês no centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de São Paulo no III SPHarpFestival  o álbum The Ride of the Four Horseman.

“Esse CD tem o apoio do Sujinhos bar que sempre acreditou na potencialidade da banda, a Fast Pneus e a fábrica francesa de harpas Camac que patrocinou a nova turnê com cordas novas para a harpa”, destacou Faganello.

Produzido pelo estúdio Kub de Campinas pelo baterista da banda Ian Kokubum, o músico garante muitas novidades. “Esse CD com certeza será muito diferente dos anteriores. Repleto de arranjos bem elaborados e músicas que vão do virtuoso Power Metal aos clássicos do rock como Pink Floyd. Com certeza surpreenderá”, reforça ao lembrar que as vendas serão realizadas no site www.bsoficial.com.br.

“A banda está totalmente focada e com energia máxima no novo projeto. Sabemos que nossa formação instrumental e o estilo rock/heavy metal causam certa dúvida quanto a potencialidade da banda. Mas basta ir a um show da Burning para se emocionar e vibrar com o rock ‘n’ roll que só ela sabe fazer”, frisa.

A Burning toca no dia 13 de julho na Taberna de Asgard, primeiro show em Rio Claro com o novo disco; e no dia 17 de agosto no Sujinhos.

 

TOX CULTURAL: O que rola por aí

EVENTOS

EXPOSIÇÃO MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA – Após atingir a marca de mais de 15 mil visitantes em Tatuí e Santos, a exposição itinerante “Estação da Língua Portuguesa”, que leva na bagagem acervos do Museu da Língua Portuguesa (atualmente em reconstrução), permanece em cartaz até 23 de junho, na Filarmônica Rio-Clarense (Rua 5, 914, Centro). A exposição é gratuita e pode ser vista às segundas, quartas, sextas e sábados, das 8h às 17h; e às terças e quintas-feiras, com horário estendido, das 8h às 21h.

FESTA DE SANTO ANTÔNIO – A tradicional Festa de Santo Antônio continua no sábado (16), com show ao vivo de Luizinho Produções todas as noites.

MATRIZ – Grande quermesse do Padroeiro acontece neste sábado e domingo após a missa das 19h. Música ao vivo todas as noites. Rua 6 entre as avenidas 3 e 5, no Centro de Rio Claro.

FEIJOADA SOLIDÁRIA – O Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro realiza no domingo (17) mais uma edição da Feijoada Solidária. O evento será realizado a partir das 12 horas no Espaço Sobradão Eventos. As adesões custam R$ 35,00 por pessoa, sendo que crianças até dez anos não pagam. Os ingressos podem ser adquiridos no Fundo Social que fica no paço municipal, na Rua 3, entre as avenidas 3 e 5, Centro. A renda será revertida para o trabalho social desenvolvido pelo órgão. Como o evento será realizado no mesmo dia de estreia da seleção brasileira masculina de futebol na Copa do Mundo, os organizadores vão disponibilizar telão para que os torcedores possam aproveitar a feijoada e também assistir à partida contra a Suíça, com início marcado para as 15 horas.

SALÃO DE ARTES PLÁSTICAS – Como parte das comemorações dos 191 anos de Rio Claro, a Secretaria Municipal da Cultura abre no sábado (16) às 20 horas a 36ª edição do Salão de Artes Plásticas do município. Mais de 30 obras de 28 artistas estarão expostas no Casarão da Cultura.  A entrada é gratuita e, além da exposição, o público irá acompanhar apresentação musical com Trio de Jazz.

SECHIISLAND – Neste domingo (17), das 16 às 22 horas, Sechiisland – Casa Aberta – Publicações Alternativas, obras de arte e artesanato. o local fica na Avenida M-29, nº2183, Jardim São João.

TOMBA LATAS – Neste sábado (16), das 9 às 14 horas, acontece o Brechó Tomba Latas na igreja Católica Santa Luzia, na Avenida 22A, esquina com a Rua 13B, no Bela Vista.

EDUQ – Neste sábado (16), das 15 às 22 horas, será realizado o Arraiá 2018 da Eduq. Ingressos podem ser adquiridos na secretaria da escola.

SESI – Neste sábado (16), das 10 às 15 horas, acontece a festa junina do Sesi. A entrada é gratuita. Na ocasião será realizada a campanha do agasalho.

REGIÃO

CORDEIRÓPOLIS – Com novidades na grade de shows a festa de aniversário de Cordeirópolis continua neste sábado (16), quando acontece show com o grupo Biquíni Cavadão, trazendo muito rock. E, para fechar as apresentações, a população poderá curtir no domingo (17) o grupo Anjos de Resgate, trazendo o melhor da música gospel e o seu novo álbum “GRP – Anjos de Resgate, Ao Vivo”.

MÚSICA

PAGODE – Neste sábado (16), a partir das 16 horas, muito pagode e samba com o Grupo dos Amigos, na Conveniência do posto da Avenida Visconde do Rio Claro com a Rua 12.

CIA PAULISTA – No sábado (16), especial anos 90 e 2000 com a banda Movin Up, a partir das 23 horas. No domingo (17), acontece o Copa no Cia com a banda Balaio de Gato e DK Kid, a partir das 14 horas.

TABERNA DE ASGARD – Neste sábado (16), show com a banda Armada, a partir das 22 horas. No domingo (17), Brasil versus Suíça, a partir das 13h30.

MADALENA – Neste sábado (16), sertanejo e pop com Beat Funk e Kaduká, a partir das 23 horas.

ARENA BOTEQUIM – No sábado (16), sertanejo universitário com Leandro e Romani, a partir das 21 horas.

CHOPP & CIA – Neste sábado (16), clássicos do pop rock dos anos 70 a atuais em versões acústicas com Los Corleones, a partir das 21h30. No dia 20, sertanejo com Gilson Freitas, a partir das 20h30.

VETERANOS – No próximo domingo (17), às 15 horas, acontece a Tarde Dançante com a banda Musica Ideal, de Limeira. Informações: 3524-2424.

CENTRO CULTURAL – No sábado (16), o Centro Cultural recebe Stand Up com Renato Albani – O Melhor Trabalho do Mundo (2ª Temporada), às 21 horas. Ingresso: Inteira R$60,00 e Meia R$30,00. Vendas: ingressodigital.com e Óticas Diniz (19) 3597-2301.

SHOPPING RIO CLARO

FIGURINHAS – Apaixonados por futebol e colecionadores de figurinhas não podem perder os encontros para troca de figurinhas do álbum oficial da Copa do Mundo Fifa 2018 que acontecem de quinta a domingo próximo à Ri Happy do Shopping Rio Claro. Os encontros acontecem às quintas e sextas-feiras a partir das 19h, e aos sábados e domingos, a partir das 14h. E se você é um desses loucos por figurinhas, saiba que a Livraria Lumos está com uma promoção imperdível: quem comprar o álbum na livraria, concorre ao sorteio de uma bola oficial da Copa 2018.

FESTA JUNINA – Pelo terceiro ano consecutivo, o Shopping Rio Claro realiza o Arraiá do Shopping Rio Claro, que neste ano será realizado de 20 a 24 de junho. As apresentações musicais acontecem na Praça de Alimentação. Dia 20: Banda Maria Fulô, das 20 às 22 horas; Dia 21: Banda Maria da Lua, das 19h30 às 22 horas; Dia 22: Trio RNA, das 20 às 22 horas; Dia 23: As Piracicabanas (grupo de violeiras), das 19h30 às 22 horas, Dia 24: dupla Fabrício e Zé Gabriel, das 17h30 às 20 horas.

COPA – O Shopping Rio Claro estará recebendo os torcedores para acompanhar os jogos do Brasil, e também todos os outros, claro, com um telão de LED instalado na Praça de Alimentação. Os horários de funcionamento serão: 1° Jogo neste domingo (17) às 15h – Brasil x Suíça – Horário das lojas será das 11 às 14 horas, e das 17 às 19 horas. A Praça de Alimentação funcionará normalmente até às 22h; 2° Jogo, no dia 22,  às 9 horas – Brasil x Costa Rica – Horário das lojas será das 11 às 22 horas; 3°Jogo, dia 27,  às 15 horas – Brasil x Sérvia – Horário das lojas será das 10 às 14 horas e das 17 às 22 horas.

CAMPANHA – Comprando no centro de compras, você tem a chance de levar um Fiat Argo Drive Zero Km para casa. Isso mesmo. O Shopping Rio Claro está com a campanha “2 Vezes mais Amor”, do Dia das Mães e do Dia dos Namorados, desde 26 de abril, e prossegue até 17 de junho. O sorteio do carro acontece no dia 20 de junho, e não dá para perder esta oportunidade de ganhar um carro novinho.

CLUBES

CLUBE DE CAMPO – Neste sábado (16), tem a aguardada Festa Junina do Clube de Campo, a partir das 20 horas, com barracas das entidades, com brincadeiras e comidas típicas, além de espaço kids. Música com Junior Hartung, Banda Santa Maria e com a dupla Vitor e Vinicius.

TAMOYO – Neste sábado (16), tem Casa Aberta no Tamoyo com o evento “Com-viver pelos tambores”, a partir das 15 horas. Com exibição de documentário, apresentações de congada, tambu, roda de conversa e muito mais. Endereço: Avenida 23, nº11, Bairro do Estádio.

GRÊMIO CIA PAULISTA – No dia 23 de junho, acontece o Arraiá do Grêmio, a partir das 19h30, barracas e comida típica.

GRUPO GINÁSTICO – Neste sábado (16) tem Los Lokassos no Mezanino do GG, a partir das 22 horas.

ESCOLAS DE SAMBA

SAMUCA – Neste sábado (16), tem 1º Samuca Motorcycle a partir das 16 horas, com som de OS Néd’s RC, na quadra da Escola de Samba Samuca.

CASAMBA – Neste sábado (16), tem Festa Junina da Escola de Samba A Casamba, a partir das 20 horas. A entrada é um prato doce ou salgado por pessoa, com venda de quentão, vinho quente, refrigerante e cerveja. O evento acontece na quadra da Escola de Samba A Casamba.

Saiba como pedir aposentadoria por idade

A partir desta segunda-feira (21), aposentadorias por idade e salário-maternidade urbanos poderão ser concedidos automaticamente pela internet, no site Meu INSS, ou pelo telefone 135. A expectativa do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é que de 15% a 20% dos pedidos possam ser atendidos imediatamente por esses canais, sem a necessidade de comparecer presencialmente às agências.

Como fazer

O pedido poderá ser concedido automaticamente, no caso da aposentadoria por idade, caso os solicitantes tenham completado pelo menos 15 anos de contribuição e tenham a idade mínima de 60 anos, se forem mulheres, e 65, homens. Além disso, o segurado não pode estar aposentado.

Já o salário-maternidade poderá ser concedido automaticamente para as mães após o nascimento dos filhos. O sistema checará a certidão de nascimento da criança e o vínculo empregatício da mãe. Os benefícios solicitados antes do parto não serão atendidos imediatamente; serão encaminhados pelo próprio sistema para a análise.

Caso se enquadrem nos requisitos, os processos serão concluídos em até 30 minutos, após a análise do próprio sistema, que consultará automaticamente os bancos de dados disponíveis para verificar as informações.

O atendimento por telefone funciona de segunda a sábado, de 7h às 22h. No início da manhã e fim do dia ou início da noite, segundo o INSS, a demanda é menor e os horários podem ser aproveitados pelos segurados. A ligação é gratuita de telefone fixo ou público e tem o preço de ligação local pelo celular.

Pela internet, basta acessar o Meu INSS, pelo computador ou pelo celular. Segundo o INSS, o canal tem mais de 7 milhões de usuários cadastrados.

Mais comodidade

A orientação do INSS é que todos os pedidos de aposentadoria e salário-maternidade urbanos sejam feitos prioritariamente pela internet ou por telefone. Aqueles pedidos que precisarem de uma análise adicional serão encaminhados pelo próprio sistema a servidores do INSS. O segurado será acionado posteriormente e poderá ter o pedido atendido, ainda sem a necessidade de comparecer a uma unidade do INSS,  ou precisar ir presencialmente entregar os documentos que faltarem.

Os sistemas do INSS já especificarão quais documentos o segurado deverá levar e em qual agência deverá comparecer. Será indicada a agência mais próxima da casa do contribuinte. Ele terá até 30 dias para ir até o local.

“Essas medidas tendem a reduzir o número de atendimentos nas agências e oferecer mais comodidade ao cidadão”, diz o chefe substituto da Divisão de Atendimento da Superintendência Regional Norte e Centro-Oeste do INSS, Jair Guerra.

Antes, o contribuinte precisava fazer o agendamento prévio para, então, comparecer presencialmente à uma agência do INSS e entrar com o pedido do benefício. Para se ter ideia, apenas no Distrito Federal, o tempo de agendamento para aposentadoria é de 26 dias, em média, e para o salário-maternidade, 16 dias.

Quem não tem telefone e internet

Em último caso, se não puder usar nem o telefone, nem a internet, o segurado ainda poderá ir presencialmente a agência para solicitar os dois serviços. Não haverá mais, no entanto, o agendamento.

Plantão de atendimento

A partir desta segunda-feira, equipes da Diretoria de Atendimento do INSS estarão de plantão nas centrais telefônicas do 135 e nas principais agências do país para acompanhar a entrada em operação do requerimento de benefícios sem agendamento.

Pensões

De acordo com Guerra, nos próximos meses, a concessão automática do benefício será ampliada para outros tipos de aposentadoria e pensões.

“Isso vai refletir nos demais serviços do INSS, uma vez que o servidor não terá a necessidade de analisar esses processos. O tempo deles poderá ser usado para analisar outros benefícios. Pesa como um todo no serviço, reduz o tempo de atendimento do cidadão e evita deslocamento”, diz.

Banda Biquíni Cavadão toca em Cordeirópolis

16 de junho será um dia de muita festa com rock em Cordeirópolis. Para celebrar junto com os moradores e visitantes, a banda Biquíni Cavadão marcará presença no 70º aniversário da cidade. Esta será mais uma festa promovida pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cultura, feita especialmente para as famílias cordeiropolenses.

O secretário de Cultura, Leonel Arruda, comenta que além das atividades culturais, a programação de aniversário da cidade contará com campeonatos esportivos, concursos de bandas e desfile cívico. Arruda destaca também que a escolha de atrações tão variadas, que vão do erudito, clássico, música teen e em especial o rock nacional, tem a expectativa de poder agradar todo o público presente. “Cordeirópolis tem uma tradição no rock e estamos trazendo uma das bandas mais importantes da história do rock nacional, será uma grande homenagem as pessoas que gostam deste estilo na cidade”.

BIQUÍNI 30 ANOS

O mundo mudou, o país também. A forma de se comunicar com o público e o próprio show business apresentaram novas vertentes: artistas a rodo, estilos musicais variados, além de novas formas de distribuição de músicas. Pensando nisso, após lançar em 2015 um CD e DVD para celebrar os 30 anos de carreira, a banda passou a correr por todo país fazendo shows, cantando sucessos e apresentando novas músicas. Com um novo trabalho, denominado “As voltas que o mundo dá”, apresenta um Biquíni Cavadão renovado, com 12 composições inéditas e letras que retratam suas vivências, conquistas e derrotas no âmbito pessoal e profissional.

 

Aspacer vê com bons olhos as alterações no Código de Mineração

Na última segunda-feira, o presidente Michel Temer assinou, os decretos que atualizam o Código de Mineração e trazem novas regras para a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem).

Os decretos modernizam o atual Código de Mineração, de 1967, com exigências ambientais mais rígidas e regras para melhorar o ambiente de negócios do setor, além de destinar recursos de compensação a municípios que são impactados pela atividade mineradora, embora não sejam produtores.

 Aspacer vê com bons olhos as mudanças

O Departamento Técnico da Aspacer vê com bons olhos as alterações no Código de Mineração.

“As alterações estabelecidas pelo Novo Regulamento do Código de Mineração publicado do Diário Oficial da União em 13/06/2018 – Decreto n 9.406 de 12 de Junho de 2018, são de um modo geral benéficos para o setor mineral, pois  trarão maior agilidade na análise dos processos, através da  implantação de algumas reformas e atualização  do Código de Mineração, substituindo assim  o atual regulamento  em vigor há cerca de 50 anos. Inúmeras alterações haviam sido feitas nos últimos anos, mas o Regulamento não tinha sido atualizado. Parte das mudanças a serem implantadas, constava na Medida Provisória nº 790 de 2017, que vigorou por pouco mais de 120 dias, mas perdeu sua eficácia por não ter sido votada pelo Congresso Nacional a tempo. Inúmeras resoluções ainda terão que ser editadas para disciplinar as mudanças propostas”, diz o parecer da Aspacer

“O Regulamento dá margem à incorporação de conceitos internacionalmente consagrados, como o de recursos e reservas minerais, além de abordar questões atuais do setor, como o (re)aproveitamento de rejeitos, estéreis e resíduos industriais.

Outro ponto relevante diz respeito à sistemática de disponibilidade de áreas, ou seja, a organização de procedimentos competitivos para que sejam ofertadas a interessados as áreas vinculadas a direitos minerários que, por alguma razão, expiraram, foram indeferidos ou foram objeto de caducidade.  Passa a ser expressamente admitido, exclusivamente para essas áreas, o leilão eletrônico (precedido ou não de oferta pública), em substituição às propostas de natureza técnica que vinham sendo apresentadas até então e que davam margem à apreciação subjetiva. Desta forma, será eliminada a famosa “fila”, existente no caso de autorizações de pesquisa cujo prazo de vigência expirava quando da ausência de apresentação de relatório final de pesquisa, e onde vários interessados disputavam esta mesma área.

Outro fato importante, é que as maiores alterações não entrarão em vigor de imediato. Só entrarão em vigor após a publicação  do Decreto   que  instalará e regulamentará a Agência Nacional de Mineração- ANM, criada pela Lei 13.575 de 26/12/2017 e que extinguiu o Departamento Nacional de Produção  Mineral- DNPM.

O Novo Decreto, quando entrar em vigor, definirá em portaria a ser publicada em até 180 dias, os prazos para tramitação dos processos minerários, onde espera-se  que sejam  criados mecanismos para a redução  do tempo de tramitação destes junto a ANM”,completa.

Compensação financeira

Em relação à Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem), a mudança fará com que os municípios não produtores, mas que são impactados pelo transporte, embarque e presença de instalações industriais em seu território, passem a receber 15% da Cfem. A Cfem é uma participação monetária paga pelas mineradoras para compensar os efeitos das atividades de mineração, os chamados royalties.

O percentual de 15% a ser pago aos municípios não produtores foi obtido a partir da redução nos valores que serão pagos aos outros entes federativos. Os municípios recebiam 65% e passarão a receber 60%; para os estados, a alteração é de 23% para 15%; para a União, a mudança é de 12% para 10%. Em 2017, o setor mineral pagou cerca de R$ 1,8 bilhão de compensação.

 

SASSARICANDO

EVENTOS

EXPOSIÇÃO MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA – Após atingir a marca de mais de 15 mil visitantes em Tatuí e Santos, a exposição itinerante “Estação da Língua Portuguesa”, que leva na bagagem acervos do Museu da Língua Portuguesa (atualmente em reconstrução), permanece em cartaz até 23 de junho, na Filarmônica Rio-Clarense (Rua 5, 914, Centro). A exposição é gratuita e pode ser vista às segundas, quartas, sextas e sábados, das 8h às 17h; e às terças e quintas-feiras, com horário estendido, das 8h às 21h.

FESTA DE SANTO ANTÔNIO – A tradicional Festa de Santo Antônio continua no sábado (16), com show ao vivo de Luizinho Produções todas as noites.

MATRIZ – Grande quermesse do Padroeiro acontece de sexta a domingo após a missa das 19h. Somente na sexta-feira que a quermesse acontece mais tarde, às 20h. Música ao vivo todas as noites. Rua 6 entre as avenidas 3 e 5, no Centro de Rio Claro.

FEIJOADA SOLIDÁRIA – O Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro realiza no domingo (17) mais uma edição da Feijoada Solidária. O evento será realizado a partir das 12 horas no Espaço Sobradão Eventos. As adesões custam R$ 35,00 por pessoa, sendo que crianças até dez anos não pagam. Os ingressos podem ser adquiridos no Fundo Social que fica no paço municipal, na Rua 3, entre as avenidas 3 e 5, Centro. A renda será revertida para o trabalho social desenvolvido pelo órgão. Como o evento será realizado no mesmo dia de estreia da seleção brasileira masculina de futebol na Copa do Mundo, os organizadores vão disponibilizar telão para que os torcedores possam aproveitar a feijoada e também assistir à partida contra a Suíça, com início marcado para as 15 horas.

SALÃO DE ARTES PLÁSTICAS – Como parte das comemorações dos 191 anos de Rio Claro, a Secretaria Municipal da Cultura abre no sábado (16) às 20 horas a 36ª edição do Salão de Artes Plásticas do município. Mais de 30 obras de 28 artistas estarão expostas no Casarão da Cultura.  A entrada é gratuita e, além da exposição, o público irá acompanhar apresentação musical com Trio de Jazz.

SECHIISLAND – Neste domingo (17), das 16 às 22 horas, Sechiisland – Casa Aberta – Publicações Alternativas, obras de arte e artesanato. o local fica na Avenida M-29, nº2183, Jardim São João.

REGIÃO

CORDEIRÓPOLIS – Com novidades na grade de shows a festa de aniversário de Cordeirópolis continua na sexta-feira (15), quando a atração musical ficará por conta da Orquestra Sinfônica de Cordeirópolis, que promete emocionar o público com um repertório bem eclético, do clássico ao rock. No sábado (16), a festa receberá o grupo Biquíni Cavadão, trazendo muito rock. E, para fechar as apresentações, a população poderá curtir no domingo (17) o grupo Anjos de Resgate, trazendo o melhor da música gospel e o seu novo álbum “GRP – Anjos de Resgate, Ao Vivo”.

MÚSICA

PAGODE – Neste sábado (16), a partir das 16 horas, muito pagode e samba com o Grupo dos Amigos, na Conveniência do posto da Avenida Visconde do Rio Claro com a Rua 12.

CIA PAULISTA – Nesta sexta-feira (15), show com a banda Holofotes, a partir das 23 horas. Já no sábado (16), especial anos 90 e 200 com a banda Movin Up, a partir das 23 horas. No domingo (17), acontece o Copa no Cia com a banda Balaio de Gato e DK Kid, a partir das 14 horas.

TABERNA DE ASGARD – Neste sábado (16), show com a banda Armada, a partir das 22 horas. No domingo (17), Brasil versus Suíça, a partir das 13h30.

MADALENA – Neste sábado (16), sertanejo e pop com Beat Funk e Kaduká, a partir das 23 horas.

ARENA BOTEQUIM – Pop rock com a banda V3 nesta sexta-feira (15) a partir das 21 horas. No sábado (16), sertanejo universitário com Leandro e Romani, a partir das 21 horas.

CHOPP & CIA – Nesta sexta-feira (15) o show fica por conta de 1980 Rock, a partir das 21h30. Neste sábado (16), pop rock com Los Corleones, a partir das 21h30. No dia 20, sertanejo com Gilson Freitas, a partir das 20h30.

VETERANOS – No próximo domingo (17), às 15 horas, acontece a Tarde Dançante com a banda Musica Ideal, de Limeira. Informações: 3524-2424.

SINFÔNICA – Concerto em homenagem aos 191 anos de Rio Claro será realizado na quinta-feira (14) pela Orquestra Sinfônica de Rio Claro. Com o apoio da Secretaria da Cultura, a atividade será às 20 horas no Centro Cultural “Roberto Palmari”. A entrada é um quilo de alimento não perecível.

CENTRO CULTURAL – Nesta sexta-feira (15), tem Show Cover Beatles – Banda Rubber Soul, a partir das 20h30, no Centro Cultural Roberto Palmari. Ingressos: Inteira R$40; Meia R$20; Solidário R$20 + 1 quilo de alimento não perecível. Vendas: Livraria Lumos no Shopping; Outras Histórias Sebo e Gibiteria; Bistrô Sabor e Arte. No sábado (16), o Centro Cultural recebe Stand Up com Renato Albani – O Melhor Trabalho do Mundo (2ª Temporada), às 21 horas. Ingresso: Inteira R$60,00 e Meia R$30,00. Vendas: ingressodigital.com e Óticas Diniz (19) 3597-2301.

SHOPPING RIO CLARO

FIGURINHAS – Apaixonados por futebol e colecionadores de figurinhas não podem perder os encontros para troca de figurinhas do álbum oficial da Copa do Mundo Fifa 2018 que acontecem de quinta a domingo próximo à Ri Happy do Shopping Rio Claro. Os encontros acontecem às quintas e sextas-feiras a partir das 19h, e aos sábados e domingos, a partir das 14h. E se você é um desses loucos por figurinhas, saiba que a Livraria Lumos está com uma promoção imperdível: quem comprar o álbum na livraria, concorre ao sorteio de uma bola oficial da Copa 2018.

COPA – O Shopping Rio Claro estará recebendo os torcedores para acompanhar os jogos do Brasil, e também todos os outros, claro, com um telão de LED instalado na Praça de Alimentação. Os horários de funcionamento serão: 1° Jogo neste domingo (17) às 15h – Brasil x Suíça – Horário das lojas será das 11 às 14 horas, e das 17 às 19 horas. A Praça de Alimentação funcionará normalmente até às 22h; 2° Jogo, no dia 22,  às 9 horas – Brasil x Costa Rica – Horário das lojas será das 11 às 22 horas; 3°Jogo, dia 27,  às 15 horas – Brasil x Sérvia – Horário das lojas será das 10 às 14 horas e das 17 às 22 horas.

CAMPANHA – Comprando no centro de compras, você tem a chance de levar um Fiat Argo Drive Zero Km para casa. Isso mesmo. O Shopping Rio Claro está com a campanha “2 Vezes mais Amor”, do Dia das Mães e do Dia dos Namorados, desde 26 de abril, e prossegue até 17 de junho. O sorteio do carro acontece no dia 20 de junho, e não dá para perder esta oportunidade de ganhar um carro novinho.

CLUBES

CLUBE DE CAMPO – Neste sábado (16), tem a aguardada Festa Junina do Clube de Campo, a partir das 20 horas, com barracas das entidades, com brincadeiras e comidas típicas, além de espaço kids. Música com Junior Hartung, Banda Santa Maria e com a dupla Vitor e Vinicius.

TAMOYO – Neste sábado (16), tem Casa Aberta no Tamoyo com o evento “Com-viver pelos tambores”, a partir das 15 horas. Com exibição de documentário, apresentações de congada, tambu, roda de conversa e muito mais. Endereço: Avenida 23, nº11, Bairro do Estádio.

GRÊMIO CIA PAULISTA – No dia 23 de junho, acontece o Arraiá do Grêmio, a partir das 19h30, barracas e comida típica.

GRUPO GINÁSTICO – Neste sábado (16) tem Los Lokassos no Mezanino do GG, a partir das 22 horas.

FLORIDIANA TÊNIS CLUBE – Nesta sexta-feira tem Sexta Show com Pop Rock com o duo Igor e Irio, a partir das 19h30. No sábado tem Aulão de Localizada.

ESCOLAS DE SAMBA

SAMUCA – Neste sábado (16), tem 1º Samuca Motorcycle a partir das 16 horas, com som de OS Néd’s RC, na quadra da Escola de Samba Samuca.

CASAMBA – Neste sábado (16), tem Festa Junina da Escola de Samba A Casamba, a partir das 20 horas. A entrada é um prato doce ou salgado por pessoa, com venda de quentão, vinho quente, refrigerante e cerveja. O evento acontece na quadra da Escola de Samba A Casamba.

 

 

Analândia recupera região de cabeceira da microbacia

Analândia é conhecida pelo seu enorme potencial turístico, enriquecido principalmente pelo grande potencial de nascentes que abastecem a bacia hidrográfica do rio Corumbataí.

Assim, por iniciativa da Agência das Bacias PCJ e Comitês PCJ em parceria com a Prefeitura Municipal de Analândia, o município foi agraciado com o “Projeto Nascentes Analândia”.

O Projeto consiste na recuperação e adequação Ambiental da Micro-Bacia Hidrográfica do “Córrego Cavalheiro” e ao seu entorno, um dos grandes afluentes do Rio Corumbataí em Analândia, com um total de 15 Propriedades Rurais e área de 1.650,7 hectares.

O projeto teve início lá em 26 de agosto de 2017. Durante esse tempo foi contratado uma empresa para a execução da primeira etapa, que são os Diagnósticos Ambientais das Propriedades.

No último dia 07 de junho, em reunião da Unidade Gestora do Projeto Nascentes Analândia, que tem como secretário o vereador Leandro Santarpio, foi apresentado o Projeto Executivo de Diagnósticos de 15 propriedades rurais que serão restauradas, em uma área de 1700 hectares. Os gastos que estarão na ordem R$ 6.883.000,00, para conservação de solo, cercas, plantio de árvores, saneamento e manutenção durante 3 anos, serão pagos pela Agência das Bacias PCJ.

O próximo passo, após todos os PIPs com os Diagnósticos Ambientais das Propriedades prontos, serão executados os serviços de adequação Ambiental (reflorestamentos, cercamentos, contenções de erosões, etc), previstos para iniciar no próximo período das chuvas.

“Este é um projeto que se reveste de enorme importância, pois, apesar de ser local, o seu impacto será regional, visto que o Município de Analândia abriga inúmeras Nascentes e Córregos que são afluentes do Rio Corumbataí, um dos principais sistemas de abastecimento público das Cidades de Rio Claro e Piracicaba”, orgulha-se o vereador Leandro Santarpio, secretário da Unidade de Gestão do Projeto – UGP-Analândia

Mandado de segurança garante funcionamento do Uber em Rio Claro

Já há algum tempo prefeitura e uberistas vêm travando uma disputa para ver quem é que está com a razão. Nas redes sociais, a população se mostrou indignada com o posicionamento da Guarda Civil Municipal em algumas situações, onde até apreensão do veículo foi consumada.

Em um dos últimos atos dessa contenda, em mandado de segurança impetrado por Ferruccio Susin Valeri, o juiz André Antonio da Silveira Alcântara, da Vara da Fazenda Pública do Foro de Rio Claro, em sua sentença declara que “autoriza-se ao impetrante, bem como àqueles que se encontram nesta mesma situação (idêntica), a extração de cópia deste pronunciamento, podendo ser exibida quando da abordagem de guardas civis municipais ou policiais militares, que estarão impedidos na aplicação de multa e/ou apreensão do veículo, nos exatos termos do que ficou aqui decidido.

Por um lado, a Prefeitura, através de sua Assessoria de Imprensa, informa que “a prefeitura esclarece que um motorista de Uber entrou com ação alegando que o município não poderia regulamentar a atividade de transporte de passageiros por aplicativo. A ação foi movida antes da lei federal que regulamenta a atividade e determina que o município deve fazer a regulamentação. A Justiça não se atentou para essa nova regra e concedeu decisão contrária à legislação federal. A prefeitura apresentará recurso de apelação com pedido de efeito suspensivo”.

Do outro lado, a defesa dos uberistas indica que não é verdadeiro que a ação tenha sido movida antes da lei federal.

“Nos parece que a Prefeitura está induzindo a sociedade ao um erro de avaliação, isto porque a multa foi aplicada após a lei federal”, comenta Dra Marcela Marques Vitzel, da Vitzel Advogados.

“Tanto isso é verdade que entramos com uma petição contra a aplicação da multa e o juiz já concedeu o efeito suspensivo da mesma, o que comprova o que estamos dizendo”, complementa.

“O município não pode inovar, criando novas exigências para o Uber. O Uber tem uma legislação a nível nacional. O uber é uber aqui em Rio Claro, em São Paulo ou em qualquer outra cidade do Brasil”, explica Dra Isabelle Peixoto, também advogada da Vitzel Advogados que defende os uberistas.

Lei municipal pode ser inconstitucional

Dra Marcela, diz que o juiz “em sua sentença indica a possibilidade de inconstitucionalidade da lei municipal quando quer disciplinar a atividade de motorista”.

“Cabe à prefeitura apenas fiscalizar se o motorista está funcionando dentro da lei federal e das normas do aplicativo. Fazer cadastro municipal de Uber é inconstitucional”, explica Dra Marcela.

“Em sua apelação a prefeitura alega que estamos tentando equiparar o Uber aos taxistas. Na verdade, a nossa alusão aos taxistas é no sentido de que a municipalidade está querendo restringir o número de uberistas ao de taxista”, completa Dra Isabelle.

Aliás, recurso impetrado pela prefeitura, na visão das duas advogadas é meramente protelatório, pois mantem a mesma linha de defesa anteriormente apresentada.

Baile na quarta-feira comemora aniversário de Rio Claro

Rio Claro completa neste mês 191 anos e para comemorar a data, toda a comunidade está convidada a participar na próxima quarta-feira (20) do tradicional Baile de Aniversário. Com direito a Parabéns pra você, show musical e muita dança, o evento será realizado às 14 horas no Grupo Ginástico Rioclarense. A entrada é gratuita.

“Nada melhor do que comemorar o aniversário da cidade com quem nos ajuda a torná-la melhor, que é a comunidade, em especial os idosos, que tanto contribuíram e continuam contribuindo para que tenhamos um lugar cada vez mais agradável para se viver”, destaca Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade.

Tradicionalmente este é um dos eventos mais animados do calendário de aniversário e neste ano não deve ser diferente. A animação musical do baile ficará a cargo de Amauri e Banda, interpretando sucessos para colocar a plateia para dançar. A participação dos grupos da terceira idade é outro ponto forte do baile, que no ano passado reuniu centenas de pessoas.