Em primeira votação, Câmara aprova Crédito Adicional

Ao todo, quase R$ 7 milhões serão destinados a continuidade de ações estratégicas e pagamentos de dívidas

181

Conforme anunciado na edição do último domingo (15), o Diário do Rio Claro volta a cobrir semanalmente a Sessão da Câmara de Rio Claro. Na noite de segunda-feira, entre outros assuntos que constavam do Expediente, os vereadores apreciaram onze projetos da Ordem do Dia entre os quais dois de autoria do Prefeito João Teixeira Junior (DEM). Ambos dispõem sobre a abertura de Crédito Adicional Especial, um no valor de R$ 262.885,48, para atender a Ações Estratégicas do PETI, BPC Escola, APREDECNEAS e Acessuas Trabalho, e outro de R$ 6.654.000,00 para pagar a Dívida Pública e amortizar Dívidas Intra. Também de Juninho da Padaria, teve aprovação o PL que altera dispositivos da Lei Municipal 5.104, de 06 de outubro de 2017.

Três Projetos de Lei de autoria de José Claudinei Paiva (DEM) foram aprovado em primeira discussão: o primeiro, dispõe sobre a instalação de biombos ou cabines nos caixas eletrônicos da empresa Tecban, responsável pela Rede Banco 24 horas; o segundo, institui campanha para conscientização da vacinação de cães contra a doença cinomose; e, o terceiro, que disponibiliza álcool em gel antisséptico em estabelecimentos bancários [este em parceria com Hernani Alberto Mônaco Leonhardt (MDB)]. De Dermeval Neveiro Demarchi (DEM), passou em primeira discussão, PL que visa implantar em semáforos o bolsão de proteção a motociclistas.

Outros quatro PLs tiveram pedido de vistas de um dia: o de Nei Paiva que institui o atendimento prioritário a pessoas diagnosticadas com Câncer em Unidades de Saúde. O que define como infração administrativa a prática de condutas ofensivas à dignidade, à tranquilidade e à paz social em vias, logradouros, repartições e em veículos de transporte público; o que libera a entrada de animais de estimação em hospitais públicos para visitas a pacientes internados; e, por fim, o que denomina de ‘Avenida dos Ipês’ a Marginal entre as Avenidas Saburo Akamine e Avenida Castelo Branco [os três de Anderson Adolfo Christofoletti (MDB)].

ALÔ CÂMARA!

MANIFESTAÇÃO POPULAR – Manifestantes ligados a grupos de oposição à atual Administração Pública empunharam cartazes com palavras de ordem chamando a atenção dos legisladores para tratarem do assunto ‘Saúde Pública’. Em alguns momentos, o barulho muito ficou intenso e, por duas vezes, o Presidente da Casa de Leis, André Godoy, teve de pedir aos presentes que fizessem silêncio para que os trabalhos pudessem seguir adiante no Plenário do Poder Legislativo.

QUASE BATE BOCA – A Tribuna Livre foi usada pela psicóloga do Instituto Viver & Conviver, Tamara Tetzner Giordano, que discorreu acerca do trabalho realizado na Casa de Passagem e que teria sido questionado pelo vereador Rogério Guedes. Na ocasião, a ocupante do púlpito convidou o legislador para conhecer as ações realizadas e, de pronto, Guedes pediu a palavra em um ‘a parte’ e colocou sua versão sobre o ocorrido e ambos ficaram em um quase bate boca de opiniões, até que, o Presidente da Casa acalmou os ânimos lembrando que a Tribuna é um local apenas para explanação e que, caso fosse necessário, agendaria reunião no intuito de desfazer o mal-entendido.

AVISO AOS NAVEGANTES – Preocupada em manter a economia, a Câmara de Rio Claro quase deixou o Diário do Rio Claro – que voltou com Força Total a cobrir as atividades dos vereadores na Casa de Leis – sem a versão impressa da Ordem do Dia. É fato que existe a versão digital do documento que, por sua vez, facilita o trabalho da imprensa, entretanto, algumas folhas a mais que teriam a finalidade de informar o cidadão comum não deve onerar o tempo e o orçamento do Terceiro Andar. Felizmente, um colega da comunicação usou da camaradagem e providenciou parte dos encaminhamentos em uma rápida ação junto a fotocopiadora. Semana que vem tem mais Camarária, que todos tenham material de trabalho.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA