Hero Motorsports, com Lucas di Grassi, alcança seu primeiro lugar na Stock Car

E. Cortez

Lucas di Grassi despontou como uma das grandes novidades da temporada 2018 da Stock Car. E não deu outra: o campeão da Fórmula-E, piloto com participação nas 24 Horas de Le Mans, vice-campeão da GP2 e com passagem pela Fórmula-1, logo na segunda etapa do campeonato mostrou a que veio: o piloto do carro 11 da Hero Motorsport ficou com a vitória na segunda corrida da prova de Curitiba, neste domingo, comemorando também seu primeiro triunfo na nova série. Ao seu lado, no pódio, o veterano Cacá Bueno, da Cimed Racing, em segundo lugar com o carro 0, e o jovem Gabriel Casagrande, com o 83 da Vogel Motorsport, que fez a festa da torcida paranaense.
Com o grid invertido em relação à primeira prova da rodada dupla, vencida por Felipe Fraga (Cimed Racing), Rafael Suzuki largou na frente. Cesar Ramos assumiu a ponta na primeira curva, após largar em terceiro, mas tomou a ultrapassagem de Marcos Gomes logo na sequência. Mas o gaúcho ficou na frente de forma definitiva na quinta volta: um dos agraciados com um uso extra do botão de ultrapassagem na votação feita pela internet, Ramos passou Gomes com o push to pass – e logo depois o piloto da Cimed Racing abandonou a prova, com uma quebra.
A vitória de Di Grassi foi muito festejada por toda a equipe. Na sua segunda etapa na temporada de estreia, ele fez uma corrida segura e mostrou todo seu talento para conquistar a primeira vitória na categoria. STOCK CAR (1)
Rubens Barrichello chegou em quarto, seguido por Antonio Pizzonia e Rafael Suzuki. Vitor Genz, gaúcho da Eisenbahn Racing, fez uma prova de recuperação e terminou em sétimo, com Ricardo Zonta, Camilo, Serra e Tuka no top-10.
A próxima etapa da Stock Car será no Rio Grande do Sul. No dia 22 de abril, a categoria chega ao Velopark para a primeira de três etapas no Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *