A LUZ E AS LEIS

Carlos Brickmann                                                                

Nenhum cidadão pode alegar que desconhece a lei. Para que a lei esteja ao alcance de todos, consta em livros, na Internet, nos Diários Oficiais. Mas de que adianta conhecer as leis se não é possível entendê-las? O caso Lula foi dramático: com a mesma lei, o Supremo, que reúne juristas de porte e seus assessores, interpretou de maneiras opostas a prisão dos condenados em segunda instância. Houve ministro que mudou de opinião, houve ministro que tinha opinião e votou de acordo com a posição oposta.

A regra tem de ser clara, não é mesmo, Arnaldo? Quem defende e quem acusa podem divergir; mas juiz pode mudar de opinião no meio do jogo?

Está mais do que na hora de dar uma ajustada na Constituição de 1988. Trinta anos depois de promulgada, a maior parte das leis complementares não foi elaborada. O princípio está na Constituição, mas como aplicá-lo? E há coisas que não deram certo, como o foro privilegiado, que atravancam o Supremo e jogam qualquer julgamento para muitos, muitos anos à frente.

E se os magistrados do Excelso Pretório, vênia concessa, inobstante vezo consolidado, tentarem transformar seu jargão em algo inteligível, para que as sessões televisionadas nos ensinem, além da diferença de caimento entre as togas nacionais e as feitas sob medida, em Paris? Algo que não nos obrigue a ouvir intermináveis discursos e correr aos comentaristas para saber se o voto foi contra ou a favor – e se a sentença será ou não aplicada.

Urgente

É preciso, em suma, reavaliar e consolidar o ordenamento jurídico, para que as entrecruzadas teias se desenrolem de maneira mais lógica. Ou isso ou continuaremos sob o império da Lei, mas da lei que não temos como entender; e, em casos como o de Lula, transformando a análise em torcida.

O peso dos fatos

Muita discussão em torno da prisão de Lula, como se fosse o único caso. Não é: Lula enfrenta ainda o processo do sítio que não é dele em Atibaia, a acusação de receber R$ 12,5 milhões em propinas da Odebrecht, o caso de tráfico de influência para favorecer a Odebrecht em Angola (Taiguara, seu sobrinho, é também réu). É acusado de corrupção passiva na venda de Medidas Provisórias; e de tráfico de influência na compra, em que há suspeita de superfaturamento, de 36 caças suecos Grippen. Caso condenado em todos os casos, as penas somadas estão próximas de cem anos de prisão.

Jogo de cena

Não se impressione com a defesa do PT, que pediu “medida cautelar” ao Comitê de Direitos Humanos da ONU, para que o Governo brasileiro impeça a prisão de Lula até que todos os recursos tenham sido esgotados. A ONU não pode alterar resoluções judiciais de países-membros.

Dia dos ex

Lula, dia 6, passou a foragido da Justiça; mas não é o único a ter problemas. No mesmo dia 6, a Coréia do Sul prendeu, por corrupção e abuso de poder, a primeira mulher a assumir a Presidência, Park Geun-hye. Ainda no dia 6, Jacob Zuma, que renunciou diante das acusações de corrupção na compra de armas, foi ao tribunal para o início do processo.

A vez dos tucanos

Enquanto Lula decidia o que fazer diante do início da pena, a Polícia Federal prendeu em São Paulo um ex-diretor da Dersa, estatal de rodovias, Paulo Vieira de Souza, ou Paulo Preto. Paulo Vieira de Souza é acusado de desviar recursos que teria encaminhado aos tucanos durante os governos de Alckmin, José Serra e Alberto Goldman; é acusado também de abastecer com recursos ilegais o atual ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira. De acordo com executivos da Odebrecht, OAS, Queiroz Galvão e Andrade Gutiérrez, e o doleiro Adir Assad, Vieira de Souza cobrava 0,75% de propina em todas as obras no Rodoanel.

Nesse caso, a investigação começou com uma denúncia internacional: o Ministério Público da Suíça informou que ele tinha o equivalente a R$ 113 milhões em contas internacionais.

Segundo a defesa de Vieira de Souza, sua prisão nada tem a ver com a Operação Lava Jato. O PSDB garante que jamais teve qualquer vínculo com o ex-diretor de Engenharia da Dersa nas administrações Alckmin e Serra e apoia integralmente as investigações que estão sendo realizadas.

Brasil brasileiro

O excelente repórter Paulo Renato, colaborador desta coluna no Mato Grosso do Sul, chama a atenção para uma peculiaridade do Estado: nestas eleições, quem está em primeiro lugar nas pesquisas é quem mandava prender, o juiz Odilon de Oliveira, do PDT. Em segundo, vem quem já foi preso, o ex-governador André Puccinelli, do PMDB; em terceiro, quem é investigado por denúncia de corrupção, em delação da JBS, o atual governador Reinaldo Azambuja. O caçador lidera a corrida e a caça perde.

COMENTEcarlos@brickmann.com.br

Twitter@CarlosBrickmann

Honda anuncia mudança na estrutura de produção de automóveis no Brasil

A unidade de Sumaré se consolida como centro de produção de motores e componentes, desenvolvimento de automóveis, estratégia e gestão dos negócios do grupo Honda.
Apesar de o mercado local apresentar uma recente recuperação, as perspectivas de crescimento permanecem abaixo do volume projetado anteriormente. Com base no cenário atual, será preciso fortalecer a estrutura de produção de automóveis para garantir a sustentabilidade do negócio para o futuro.
Por meio dessa restruturação, a Honda Automóveis passará a produzir todos os modelos locais na planta de Itirapina (SP), equipada com tecnologia mais atualizada.
A nova unidade é o resultado de um projeto mais moderno e, consequentemente, mais eficiente do ponto de vista de produtividade, com melhor flexibilidade para atender às demandas tecnológicas para atualizações em nossa linha de automóveis.
A unidade também apresenta ganhos em sustentabilidade. Um exemplo é o processo de pintura a base d’água que, aliado ao uso de menor quantidade de tinta, é menos poluente, garantindo a mesma qualidade no acabamento.
Com capacidade produtiva nominal de 120 mil unidades por ano, em dois turnos, a fábrica iniciará as atividades com a produção do modelo Fit e contará com a experiência de colaboradores da planta de Sumaré, que serão transferidos para Itirapina.Honda Itirapina

Em Sumaré permanecerão atividades que receberam investimentos recentes:  produção do conjunto motor, incluindo Fundição e Usinagem; Injeção Plástica; Ferramentaria; Engenharia da Qualidade; Planejamento Industrial e Logística. A unidade também mantém a sede administrativa da Honda South America, o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Automóveis, a Divisão de Peças e o Centro de Treinamento Técnico para concessionárias.
Há 46 anos no Brasil, 20 deles como fabricante de automóveis, a Honda reafirma seu compromisso com o País e o mercado brasileiro. A empresa reforça que as mudanças fazem parte de sua constante evolução, com o objetivo de entregar produtos e serviços da mais alta qualidade para seus clientes e garantir a sustentabilidade de seus negócios.

Saúde Pública

Sindicância investiga os infelizes acontecimentos no último mês nas Unidades de Pronto Atendimento de Rio Claro

Rio Claro sofreu nas últimas semanas algumas situações constrangedoras no atendimento médico em suas unidades de pronto atendimento (UPA).
Três mortes de crianças e um AVC foram noticiados e apontados como negligência médica.
Através das redes sociais existe uma pressão enorme sobre o cargo de secretário da saúde do município.
Para esclarecer esse momento na saúde pública, procuramos o secretário, Dr Djair, que nos atendeu com presteza e expôs como estão as investigações.

Diário: Como estão as investigações sobre os acontecimentos na UPA da 29, com a morte das três crianças e o acontecimento mais recente na UPA do Cervezão, sobre o caso do AVC?”.
Dr Djair: Tudo está sendo apurado com o devido rigor, conforme determina a legislação. Abrimos sindicância com o fim de averiguar as causas em que se deram as mortes e estamos no aguardo do desdobramento desses trabalhos.
Quanto ao caso em que o paciente, tendo sido atendido na UPA do Cervezão e que teria sido acometido por um AVC, os procedimentos na ocasião foram os de protocolo, respeitando a vontade do paciente que solicitou a alta antes da efetiva prestação de serviço médico.

Diário: Como a secretaria da saúde vê esses fatos isolados e quantos atendimentos e procedimentos são efetuados nas duas UPAs?
Dr. Djair: A Secretaria de Saúde enxerga exatamente assim, como fatos isolados, lamentando que tenham ocorrido, sendo certo que os nossos maiores propósitos são o de prestar à população serviços de qualidade.

Diário: Foi noticiado que seria trocada grande parte da equipe da UPA da 29, isso procede? Já foi feito?
Dr Djair: A UPA da Avenida 29 está sob nova gerência e outras mudanças funcionais e também estruturais estão sendo implementadas.

Diário: O fato do Sr. ser um advogado dirigindo a área da saúde, tem gerado muita pressão popular sobre o seu cargo. Como você vê esse fato?
Dr. Djair: A Saúde Pública em geral é o setor que mais desafios impõem ao Poder Público. E entre esses desafios o maior deles é a gestão. O bom gestor tem que ter formação técnica, responsabilidade, senso empreendedor, honestidade, tudo isso combinado com princípios voltados ao acolhimento e humanização. Sou formado em Direito, com pós-graduação em Gestão Pública e Políticas Públicas. E os trabalhos desenvolvidos ao longo de 2017 provam que estamos, juntamente com uma excelente equipe, no caminho certo.

Nova empresa de plantão médico assume UPAs na 2ª-f

A Secretaria Municipal de Saúde de Rio Claro contará com o serviço da empresa Medicar – Serviços de Emergência, para o fornecimento de médicos plantonistas para as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) do Cervezão e da Avenida 29. A nova empresa que assume a partir desta segunda-feira (09) era a segunda colocada no processo licitatório aberto no ano passado, no qual a vencedora foi a NSM, que teve seu contrato rompido pela secretaria de saúde.
Os serviços da Medicar também poderão ser usados para cobrir faltas nos plantões do Pronto Socorro Municipal Integrado (PSMI) e, em caso de necessidade, em unidades básicas de saúde e unidades de saúde da família.
“Nosso propósito é sempre melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços na saúde pública”, explica o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco.
Atualmente a UPA da 29 conta com 88 servidores concursados. Desses, 13 são médicos plantonistas. A UPA do Cervezão conta com o trabalho de 101 servidores, sendo 15 médicos. O PSMI, do total de 79 servidores, tem 16 médicos.

Prefeitura retira lixo e entulho em  terrenos no Cervezão

No Cervezão está um dos seis ecopontos de Rio Claro e, mesmo assim, a falta de educação de uma minoria prejudica moradores do bairro com o descarte incorreto de materiais. Na segunda (2) e terça-feira, nova ação de limpeza da prefeitura resultou em muito lixo e entulho recolhidos em dois terrenos. “Limpamos periodicamente o local, e mesmo assim, é impressionante a quantidade de sujeira acumulada entre uma limpeza e outra”, comenta o subprefeito Adenilson Feliciano da Silva.
Uma das áreas fica ao lado da escola Victorino Machado e a outra ao longo de trecho da Estrada do Sobrado entre o residencial Quirino e o final da Rua M-7.
Além dos ecopontos, o Cervezão conta com todos os outros serviços oferecidos pela prefeitura para o descarte correto de materiais. A coleta de lixo domiciliar é feita três vezes por semana, o bairro é atendido com o serviço mensal de cata bagulho, no qual caminhão da prefeitura recolhe porta a porta móveis velhos e itens inservíveis, e recebe coleta seletiva. “A colaboração da comunidade é essencial para que o bairro fique em ordem, não adianta a prefeitura limpar e logo em seguida jogarem lixo e sujeira de novo”, ressalta o secretário municipal de Obras, Paulo Roberto de Lima. O trabalho nesta semana também contou com a colaboração de equipes da Secretaria de Obras e do projeto Nova Vida, gerenciado pela Secretaria do Desenvolvimento Social e no qual a prefeitura oferece formação profissional e oportunidade de inserção no mercado de trabalho para pessoas em situação de risco social.

Com mais material e equipe ampliada, prefeitura vai intensificar tapa-buracos

O material para ampliação dos serviços de tapa-buracos em Rio Claro começa a chegar nos próximos dias. Com a entrega das primeiras 30 toneladas da emulsão asfáltica comprada recentemente pela prefeitura, a Secretaria Municipal de Obras já terá condições de intensificar o trabalho em algumas regiões do município. “Há anos a manutenção do asfalto deixa a desejar e, neste ano, o primeiro em que trabalhamos com nosso orçamento, vamos dar maior agilidade e mais qualidade a esse serviço”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.
Além da emulsão asfáltica, a prefeitura também está adquirindo massa para aplicação a quente, que será utilizada no recapeamento dos trechos em que as condições das vias são mais precárias. Como grande parte da pavimentação asfáltica de Rio Claro é muito antiga, são muitos os pontos propensos ao aparecimento de buracos.
De acordo com o secretário municipal de Obras, Paulo Roberto de Lima, a prefeitura também está finalizando a contratação de empresa para ampliar as equipes de manutenção do asfalto. “Hoje temos quatro equipes e é pouco, pelo tamanho da cidade e condições do asfalto”. A previsão é de que a empresa vencedora da concorrência pública seja divulgada nos próximos dias.

Em discurso político, Lula diz que vai provar sua inocência

Ao falar pela primeira vez publicamente após a decisão do juiz Sérgio Moro que expediu sua ordem de prisão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse no sábado, (7) que irá cumprir a medida judicial, mas fez duras críticas à Justiça, ao Ministério Público e à imprensa. “Eu sou o único ser humano processado por um apartamento que não é meu, e eles sabem que a Lava Jato mentiu que era meu, o MP mentiu que era meu, e eu pensei que o Moro ia resolver e também mentiu que era meu, e me condenou”, disse em discurso que durou 55 minutos.
“Esse pescoço aqui não baixa eu vou de cabeça erguida e vou sair de peito estufado de lá”. Durante o discurso, Lula disse que “vou cumprir o mandado deles” e “quero fazer a transferência de responsabilidade para eles”. Em seguida, acrescentou que: “Eu tenho 72 anos. Mas eu não os perdoo por ter mentido que sou ladrão”. Lula fez o discurso para militantes concentrados em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos no ABC, em São Bernardo do Campo (SP), após missa em memória de Marisa Letícia, que completaria 68 anos hoje.
Lula afirmou que ministro da Suprema Corte não deve dar declaração de como vai votar. “Quem quiser votar com base na opinião pública largue a toga e vá ser candidato. Escolha um partido político e vá ser candidato”. Em referência a Sérgio Moro, Lula afirmou que: “O juiz tem que ter a cabeça mais fria, mais responsabilidade de fazer acusação ou de condenar”.
O ex-presidente decidiu se entregar à Polícia Federal no sábado, após a missa que foi realizada pela manhã em São Bernardo do Campo (SP) em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia. O petista se reuniu no fim da noite de sexta-feira com aliados e advogados para acertar os detalhes da apresentação. Depois do discurso, Lula voltou ao prédio do sindicato. Para o ex-presidente, haverá continuidade após a prisão. “Minhas ideias estão pairando no ar, não há como prendê-las. Quando eu parar de sonhar, eu sonharei pela cabeça de vocês. Não adianta achar que tudo vai parar quando o Lula enfartar, o meu coração baterá pelo coração de vocês. Por milhões de corações. Não adianta acharem que vão fazer com que eu pare, eu não pararei porque não sou mais um ser humano. Eu sou uma ideia”, disse.
Depois de muitos elogios nos últimos dias, o Juiz Sérgio Moro acabou recebendo algumas críticas nas últimas horas. Existiu uma cobrança por ação mais enérgica em relação a prisão de Lula. Moro chegou a declarar, na noite de sexta-feira, que não existia porque exigir a prisão, após ter vencido o prazo das 17 horas para que o petista se apresentasse à Polícia Federal.

Lula disse que iria se entregar e provar sua inocência. Foi a primeira vez que ele falou desde sua ordem de prisão, expedida na quinta-feira.
Lula disse que iria se entregar e provar sua inocência. Foi a primeira vez que ele falou desde sua ordem de prisão, expedida na quinta-feira.
A expectativa em relação à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aumenta na sede da Polícia Federal em Curitiba. (Marcello Casal Jr/Agencia Brasil)
A expectativa em relação à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aumenta na sede da Polícia Federal em Curitiba. (Marcello Casal Jr/Agencia Brasil)
O ex-presidente Luiz Inacio Lula da Silva a ex-presidenta Dilma Rousseff durante missa em frente ao sindicato dos metalurgicos no ABC (Foto Paulo Pinto)
O ex-presidente Luiz Inacio Lula da Silva a ex-presidenta Dilma Rousseff durante missa em frente ao sindicato dos metalurgicos no ABC (Foto Paulo Pinto)

Fachin

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, negou no sábado o recurso apresentado na sexta-feira pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para suspender a decisão do juiz federal Sérgio Moro que determinou a execução provisória da pena de 12 anos e um mês de prisão na ação penal do triplex do Guarujá (SP). No recurso, a defesa de Lula sustentava que Moro não poderia ter executado a pena de prisão porque não houve esgotamento dos recursos no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), segunda instância da Justiça Federal. Para os advogados, a decisão do STF que autorizou, em 2016, as prisões após condenação em segunda instância, deve ser aplicada somente após o trânsito em julgado no TRF4.
Ao negar o pedido, Fachin citou que a jurisprudência atual do Supremo Tribunal Federal (STF) que permite a prisão em segunda instância e lembrou a decisão do plenário que na última quarta-feira (4) negou o habeas corpus preventivo do ex-presidente Lula. “Como se vê, o cerne do pronunciamento do Plenário reside na compatibilidade constitucional da execução de pena assentada em segundo grau de jurisdição, salvo atribuição expressa de efeito suspensivo ao recurso cabível. Segundo compreendeu o Tribunal Pleno, portanto, o cumprimento da pena, em tais circunstâncias, constitui regra geral, somente inadmitido na hipótese de excepcional concessão de efeito suspensivo quanto aos efeitos do édito condenatório”, disse Fachin. Com a decisão, fica mantida a ordem de prisão decretada na última quinta (5) pelo juiz Sergio Moro, a ser cumprida pela Polícia Federal.

Curitiba

Manifestantes favoráveis ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começam a chegar ao prédio da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba já na manhã do sábado. Cerca de 30 pessoas se concentram em frente ao local onde Lula deve ficar preso. Com palavras de ordem, os manifestantes formam um cordão humano em frente ao portão do prédio e afirmam que vão ficar no espaço em vigília e em apoio ao petista. Segundo Nelson Silva de Souza, da Força Sindical no Paraná, a prisão de Lula é injusta. “Nós vamos ficar aqui. O processo na Justiça não terminou. Em seis meses julgaram todo o processo do Lula e de outros, não. Então é uma perseguição política. Deixa o Lula ir para as urnas.”

Projetos em votação na Câmara vão de reciclagem a combate à violência sexual

A Câmara Municipal de Rio Claro vota na segunda-feira (09) 13 projetos. Entre eles o projeto de lei de nº 227/2017 em segunda discussão de autoria do vereador e presidente da Casa André Godoy (DEM) que institui a “Semana Municipal de Combate e Enfrentamento a Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes” para ser realizado nas escolas municipais de Rio Claro. Outros 12 projetos também serão votados em plenário na sessão ordinária que tem início às 17 horas.

Em segunda discussão também será votado o projeto de nº 050/2018 de autoria do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que autoriza o Executivo conceder uma gleba de terras a Associação de Catadores de Reciclagem “Novo Tempo”.

Ainda em segunda discussão, serão votados mais cinco projetos. Três de autoria da vereadora Maria do Carmo Guilherme (MDB), o de nº 232/2017 institui no município o dia 29 de setembro como o “Dia Mundial da Retina”. O projeto de nº 233/2017 institui o dia 10 de outubro como o “Dia Mundial da Saúde Mental”. O terceiro projeto de nº 239/2017 institui a “Semana Municipal de Controle e Combate à Leishmaniose”.

Do vereador Luciano Bonsucesso (PR), o de nº 231/2017 que institui no Calendário Oficial do Município de Rio Claro a “Semana da Internet Segura”. E o do vereador Thiago Yamamoto (PSB) de nº 241/2017, que altera e acrescentam dispositivos na Lei Municipal Nº 3130, que trata sobre o “Dia Municipal da Cultura e da Paz”.

Em primeira discussão serão votados cinco projetos, dois quais três são de autoria do prefeito. O primeiro projeto de lei nº 073/2016 dispõe sobre a constituição do Fórum Permanente de Educação, o segundo de nº 028/2018 dispõe sobre a abertura de Crédito Adicional Especial. O último projeto de nº 069/2018 altera dispositivos da Lei Municipal nº 5.104 que trata sobre o transporte privado individual de passageiros.

O projeto de lei nº207/2017 do vereador Ney Paiva (DEM) trata sobre a instalação de biombos ou cabines nos caixas eletrônicos da Empresa Tecban. Do vereador Irander Augusto (PRB) o projeto de nº 209/2017 trata sobre a instalação de redes de proteção em janelas e sacadas de edifícios residências novos no município de Rio Claro.

Haverá discussão e votação única do projeto de resolução nº 019/2017 da mesa diretora, que dispõe sobre a regulamentação do acesso a informação prevista na Lei Federal nº 12.527.

Também será feita discussão e votação única do projeto nº 05/2017 de autoria do vereador Paulo Guedes (PSDB) que acrescenta o inciso IV (Quando houver mais de um líder para fazer uso da palavra na sessão, a palavra será concedida ao vereador líder mais votado, sendo que, nas sessões seguintes, será feito um rodízio, passando o primeiro da sessão anterior a ser o último da sessão seguinte, sucessivamente, respeitando a ordem da sequência) no Artigo 84 da Resolução nº 244, de 16 de novembro de 2006.

Prefeitura conclui Implantação de galerias no Jardim Novo I

A prefeitura de Rio Claro concluiu obra para implantação de galerias de águas pluviais na Rua 13 com a Avenida 3 no bairro Jardim Novo I. Tubos de 1,20 metro de diâmetro foram instalados em trecho de 50 metros. Os serviços foram executados pelos funcionários da Secretaria Municipal de Obras, o que ajuda a diminuir os custos.
“A construção da nova rede aumentará a capacidade de captação de água da chuva nesse trecho, reduzindo o risco de alagamentos e de erosões”, explica o secretário de Obras, Paulo Roberto de Lima.
Para o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, a obra é uma grande conquista para a comunidade que há anos espera pela melhoria. “Os moradores do bairro finalmente tiveram a reivindicação atendida ganhando a melhoria necessária e mais segurança”, destaca Juninho.PREFEITURA CONCLUI IMPLANTAÇÃO (2)
Morador do bairro, Ricardo da Silva aprovou a obra realizada pela prefeitura. “Antes, o buraco estava enorme e sempre surgiam pessoas dizendo que iam resolver o problema, tiravam foto e nunca mais apareciam. Agora, com o serviço pronto, não teremos mais preocupação com erosão e enxurradas”, comenta.

Shopping Rio Claro expõe obras em cimento

Com diferentes formações profissionais, os artistas de Araras Renato de Pinho e Eduardo Trova se conheceram em Campinas em 1999 e decidiram inovar: começaram a trabalhar com esculturas e, a partir de 2001, escolheram o cimento como material para sua arte, e viraram um sucesso. Eles usam uma técnica que envolve escavação, modelagem e escultura para criar suas peças, que são baseadas principalmente em imagens sacras e animais, como gatos e cachorros, e pintadas com esmalte à base de água.
Este trabalho pode ser conhecido na exposição “O Cimento Bento”, que o Shopping Rio Claro promove a partir de 7 de abril e que está aberta à visitação ao lado da Crefisa.
Atualmente, Renato e Eduardo possuem um ateliê em Araras que faz parte do roteiro turístico da cidade e as pessoas ficam encantadas com a imagem de São Francisco de Assis com 4,60 metros de altura que os artistas produziram.
“Os artistas já expuseram feiras de arte e artesanato na Europa, em países como Portugal, Espanha e França, e agora os rio-clarenses têm a oportunidade de conhecer esse bonito e inusitado trabalho de Renato e Eduardo com a exposição ‘O Cimento Bento’, que está ao lado da Crefisa do Shopping Rio Claro. A arte deles é inspiradora, tanto pelas cores como pelas formas”, destaca Sibelly Paganotti, Supervisora de Marketing.
Renato de Pinho é artista gráfico formado pelo Senai Rio de Janeiro, e Eduardo Trova é artista plástico pela Escola Panamericana de Artes de São Paulo. Eles afirmam que o projeto “O Cimento Bento” tem o objetivo de “despertar a criança que existe em cada um de nós”.SHOPPING RC Cimento bento (4) SHOPPING RC Cimento bento (2) SHOPPING RC Cimento bento (3)

Solo cede e causa rachaduras em residência no Cidade Jardim

Arnaldo Dias, tem um imóvel na Rua 5, nº 260 no bairro Cidade Jardim. Voltando de viagem no carnaval notou que o solo estava cedendo e provocando rachaduras em sua casa e comprometendo a estrutura na entrada do imóvel.
“O DAAE esteve fazendo um reparo na rede de água, bem aqui em frente à minha casa. Porém o serviço foi muito mal executado que provocou o solapamento e consequente desnivelamento do solo, o que provocou rachaduras em minha casa. Além disso, entortou o portão que não abria”, explica o Arnaldo.
“Solicitamos a presença deles novamente, mexeram no local, mas a situação não melhorou”, reforça o Dias.
O solapamento e consequente desnível do solo, comprometeu a estrutura, obrigando a execução de uma grande reforma, fazendo uma nova sapata para fortalecer a estrutura.

O desnivelamento do solo provocou estragos nas estruturas o que obrigou reforço de nova sapata
O desnivelamento do solo provocou estragos nas estruturas o que obrigou reforço de nova sapata

DAAE
O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (DAAE) em resposta ao questionamento da reportagem explica: “Até o momento não há registro no Daae de solicitação de vistoria de imóvel nesse endereço. A orientação é que o morador compareça até a Central de Atendimento na sede do Daae, na Avenida 8-A, 360, bairro Cidade Nova. O atendimento é feito de segunda à sexta-feira, das 9 às 15 horas”.
O DAAE também esclarece que naquela região a rede de água é bastante antiga, o que gera rompimentos mais frequentes.

Grupo teatral apresenta “Coração dos Teatros Rodantes”

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cultura, com o apoio do Grupo Andaime de Teatro Unimep apresentará, no dia 15 de abril o espetáculo “Coração dos Teatros Rodantes”, a partir das 15h30, em frente ao Ginásio de Esportes “Governador Orestes Quércia”, localizado na Rua Carlos Gomes, 777 – Centro. A apresentação é gratuita, aberta à comunidade e integra as ações que ocorrerão durante o Food Truck Lions Clube, no mesmo local, proporcionando ao público, momentos de lazer e cultura.
O secretário de Cultura, Nivaldo Menezes, explica que nesse dia a população poderá contar com uma variedade entre culinária, teatro e música. Sendo assim, a partir da sexta-feira (13) terá o Food Truck Lions, música ao vivo, no sábado (14) também e no domingo (15) encerramento com a apresentação do Grupo Andaime que promete agradar ao público presente.
Apresentação: A peça foi desenvolvida a partir de estudo do livro/texto “Kafka e a Boneca Viajante”, de Jordi Fabra i Sierra, com Dramaturgia do mestre Ilo Krugli e busca desvelar a profundidade do mesmo revelada de maneira simples, na experiência de uma criança e um brinquedo. GRUPO TEATRAL APRESENTA (1)

Tirullipa em Rio Claro neste domingo (8)

O humorista Everson de Brito Silva, conhecida como Tirullipa, nasceu no dia 16 de novembro de 1984, na cidade de Fortaleza. Filho do grande humorista cearense, Tiririca. Com talento de sobra para fazer rir, ele consegue – sem menor esfoço – arrancar gargalhadas daqueles que cruzam seu caminho. A veia cômica herdada do pai foi descoberta ainda quando criança, mais precisamente nos seus 10 anos de idade. Nessa idade, Tirullipa imitava o seu pai com o personagem “Tiririca Júnior”, onde fez várias apresentações na TV Globo. Agora, Tirulipa viaja por todo o Brasil com o espetáculo “Não sou O CARA, mas sou filho dele” trazendo alegria e risadas por onde passa.

Stock Car: Barrichello é pole e Lucas Di Grassi, da Hero, larga em sexto em Curitiba

E. Cortez
Rubens Barrichello larga na frente nesta segunda etapa da Stock Car 2018,em Curitiba, e leva o troféu Hero Pole Position. O campeão de 2014 marcou 1min18s029 e não foi superado por mais ninguém. Daniel Serra foi o segundo colocado, com Marcos Gomes em terceiro, Max Wilson em quarto, Felipe Fraga em quinto e Lucas di Grassi em sexto – os seis primeiros lugares ocupados por cinco campeões da Stock Car.
Aliás, o atual grid é um dos mais fortes da história da Stock Car. Só de pilotos que possuem experiência na Fórmula 1, são oito: Rubens Barrichello, o recordista de largadas, Antonio Pizzonia, Ricardo Zonta, Tarso Marques e os estreantes Lucas di Grassi e Nelsinho Piquet, que passaram pela categoria máxima do automobilismo como titulares; além de Max Wilson, que foi piloto de testes da Williams no final dos anos 90, e César Ramos, que já testou pela Ferrari como prêmio pelo título conquistado na Fórmula 3 Italiana em 2010.
Pilotos da Cimed confiantes – Esta etapa, para uma equipe, é bastante especial: a Cimed Racing. O time de Petrópolis, bicampeão da categoria em 2015 e 2016, possui quatro pilotos que conquistaram vitórias no circuito paranaense: Cacá Bueno e Marcos Gomes (Cimed Racing) e Felipe Fraga e Lucas Foresti (Cimed Racing Team).
Equipe Hero Motorsport – Pela equipe Hero Motorsport, os pilotos Lucas Di Grassi e Bruno Baptista também buscam bons resultados hoje em Curitiba.
As corridas 1 e 2 da Stock Car acontecem às 11h e às 12h05, respectivamente. A prova 2 da Stock Light acontece às 13h25. No Campeonato Brasileiro de Marcas, a segunda prova começa às 14h30.eua 646 stock car eua 646 4 stock car hero stockcar1 stockcar

Palmeiras x Corinthians jogam derbi onde só um vai comemorar

O domingo esportivo no Brasil é marcado por várias decisões de estaduais espalhados por todo o território nacional. Pelo menos 20 torneios conhecerão seus campeões na rodada do final de semana. O grande destaque fica por conta do duelo entre Palmeiras e Corinthians, às 16 horas, no Allianz Parque, em São Paulo. O Verdão tem a vantagem de atuar pelo empate, depois de vencer o adversário, na Arena Corinthians, por 1 x 0, no último final de semana. Na sexta-feira, em seu estário, o Timão recebeu o apoio dos torcedores em uma grande festa, que culminou com a invasão do gramado e muita festa para os atletas e comissão técnica. No sábado, pela manhã, foi a vez do torcedor do Palmeiras acompanhar os treinos no Allianz. Novamente festa para os jogadores, que retribuíram seu apoio aos torcedores com camisas, bolas e outros objetos do clube.
Em relação ao jogo, os dois treinadores ja definiram suas equipes mas seguem mantendo as dúvidas quando o trato é o que se chama de “time oficial” ou definido. O Palmeiras, que tem a vantagem do empate, promete atacar o adversário e pressionar desde os primeiros minutos. O Corinthians, com o reforço de alguns valores, promete jogar no erro do rival. Neste confronto vai sair vencedor o torcedor, seja presente, seja via TV.
Pelos lados do Verdão, Roger Machado deve mandar à campo Jailson, Marcos Rocha, Antonio Carlos, Thiago Martins e Victor Luz; Bruno Henrique, Moisés (Tiago Santos) e Lucas Lilma; Dudu, Borja e Willian. Em busca da vitória, o treinador Fábio Carrille escalou o Timão, com Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf, Maycon, Rodriguinho e Jadson; Romero e Mateus Vital (Emerson).
No Palmeiras, Roger Machado aposta na boa fase do artilheiro Borja, que tem recebido o apoio da torcida e segue na ponta entre os goleadores do Paulistão. Dudu e Lucas Lima, como “garçons” têm mostrado competência e Bruno Henrique cresce na reta final. Pelos lados do Corinthians, o retorno de Jadson e Romero, entre os titulares é a aposta. Rodriguinho, que ficou apagado em sua última apresentação, é a retaguarda e aposta de Carrille. Todos os ingressos do jogo foram vendidos e a previsão fica por conta da grande festa ao final da partida. Só falta saber qual a cor vai predominar.

Fórmula 2: Brasileiro Sette Câmara começa bem a temporada no Bahrein

E. Cortez
O representante brasileiro na Fórmula 2, Sérgio Sette Câmara – que é também nossa principal esperança para um retorno do país à Fórmula 1 – fez bonito ontem no Bahrein, ao subir no pódio, num honroso segundo lugar, depois de largar em sexto na corrida que abriu a primeira rodada dupla da temporada, ontem de manhã (7 h pelo horário de Brasília). As oito primeiras posições da corrida 1 de ontem são invertidas para determinar o grid da corrida 2 deste domingo, com largada às 8h15.
Lando Norris, o jovem piloto reserva da McLaren na F1, não teve problemas para fechar em primeiro. Depois de conquistar a pole position, o britânico defendeu a vitória no Circuito de Sakhir com sucesso. Norris manteve a liderança constantemente durante a prova e ao final da corrida, o piloto da Carlin já havia construído uma vantagem de 7,6 segundos à frente de Sette Câmara.
O brasileiro, no entanto, foi o responsável por garantir a dobradinha da equipe Carlin no pódio. Sette resistiu à pressão de Artem Markelov nas voltas finais, o russo fez várias tentativas para recuperar o atraso, mas o brasileiro aguentou firme. Markelov teve que se contentar com seu terceiro lugar.
A segunda corrida da F2 no Bahrein acontece neste Domingo (8), das 08:15 às 09:05 (horário de Brasília).eua 646 formula 2

Fórmula 1: Hamilton busca recuperação no Bahrein

E. Cortez
Olá amigos! Depois de ver Sebastian Vettel e Ferrari roubarem a vitória e o protagonismo no Grande Prêmio da Austrália, Lewis Hamilton e Mercedes buscam recuperação neste domingo, no GP do Bahrein, para comprovar o favoritismo na temporada de 2018 da Fórmula 1. A corrida começa às 12h10.

Os atuais campeões querem lembrar quem é que manda no circuito. “Podemos vencer esta corrida”, sentenciou Hamilton, apesar de Vettel ter conquistado o GP do Bahrein no ano passado. “Contamos sempre com um carro fantástico, somos os atuais campeões do mundo. Com uns ajustes podemos vencer”, disse ele.

“Sabíamos que seria difícil este ano. Vamos ter altos e baixos”, analisou o piloto de 33 anos que sonha, assim como Vettel, com o quinto título mundial. Quem vencer vai se igualar ao argentino Juan Manuel Fangio. “Ferrari foi muito rápida na reta de Melbourne e vai voltar a ser, permita-me que o diga”, prevê.
Mesmo estando à frente de Hamilton, alemão Sebastian Vettel, por sua vez, não se diz convencido sobre sucesso no Oriente Médio. “Esperamos estar sempre mais perto da Mercedes. Mas acho que temos que esperar”, disse ele.

Vento e areia -Costuma-se dizer que nãoi se pode extrair conclusões demais do primeiro GP da temporada.

Por isso, é preciso esperar para verificar os reais progressos dos aspirantes a tirar o trono da Mercedes. Ferrari, Red Bull, Haas, McLaren e Sauber, assim como o passo atrás dado por Force India e Williams, ou o nível do motor Honda que equipa os carros da Toro Rosso.

O GP do Bahrein, um dos três disputados em horário noturno, promete ainda mais emoção do que a Austrália.

As equipes deverão lidar com temperaturas que podem superar os 30ºC, unidas ao vento do deserto que sempre carrega areia. Os elementos podem aumentar o desgaste de pneus, motores e freios.

Fora das pistas, os proprietários da categoria, Liberty Media, e a Federação Internacional Automobilística (FIA) devem apresentar aos times uma versão mais detalhada do projeto de regulamento para o motor a partir de 2021.

Apesar do grande desempenho, Vettel minimiza superioridade da Ferrari
Apesar do grande desempenho, Vettel minimiza superioridade da Ferrari

Antes da decisão, muita festa por parte da torcida

Antes mesmo da decisão deste domingo, no Campeonato Paulista, torcedores do Corinthians e Palmeiras, fizeram muita festa para seus clubes do Coração. Na sexta-feira, na Arena Corinthians, cerca de 37 mil pessoas acompanharam o último treinamento da equipe de Fábio Carrille. Foi o penúltimo treino, já que no sábado os atletas voltaram ao gramado. O Timão anunciou que houve uma troca dos ingressos por alimentos não-perecíveis, que foram doados para a ONG For Life Foundation. A festa dos torcedores começou cedo, desde a chegada da delegação do clube. Os jogadores desceram do veículo em uma das avenidas que circundam o estádio e caminharam por cerca de um quilômetro até a entrada, recebendo o incentivo dos torcedores.
No sábado, agora na Arena Palmeiras, a festa foi da torcida do Verdão. Cerca de 31,5 mil torcedores acompanharam o treino de Roger Machado. Mas não foi o suficiente para o treinador confirma o time oficial. Além da festa da torcida, houve um treino rápido, com a formação de dois quadros. Roger aproveitou para realizar um aquecimento com bolas paradas, com destaque para a utilização de Lucas Lima e Dudu. Terminou com um recreativo onde os jogadores não guardaram posicionamento. No final, uma distribuição de bolas e camisas encerrou a festa palmeirense.torcidas1