“Vem pra Rua Rio Claro” convoca população para ato a favor da prisão de Lula

“O Movimento Vem pra Rua” convoca manifestações em defesa da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva após condenação do petista em segunda instância na Operação Lava Jato.
Esperam os organizadores que os atos aconteçam em diversas cidades brasileiras, no dia de hoje, 03 de Abril.
A palavra de ordem dessas convocações é “ou você vai ou ele volta”. O convite tem sido trabalhado pelas redes sociais, onde o movimento tem criticado a decisão do plenário da Corte, que concedeu uma liminar para evitar possível prisão do ex-presidente até a análise do habeas corpus, uma vez que a sessão foi adiada.
No último dia 26, o Tribunal Regional Federal da Regia 4 (TRF4) julgou improcedente o recurso do petista em segunda instância, no caso do Triplex, e desde então o ex-presidente é passível de prisão. Esse fato só não aconteceu pela concessão de liminar naquela fatídica sessão do STF (Supremo Tribunal Federal).

Em Rio Claro
O “Vem Pra Rua Rio Claro” também programou para hoje, às 18 horas na Praça Dalva de Oliveira.
Um dos organizadores do movimento em Rio claro, Luiz Carlos L. Jardim, diz que o movimento não tem como prever o número de pessoas que se engajarão no protesto, pois trata-se de um dia de trabalho, mas ele espera que venha o maior número possível.
“O povo está cansado de ver injustiça, de ver condenação só para pobres, e espera que apesar da morosidade da justiça ela venha a se configurar para todos, inclusive aos mais poderosos. Pau que bate em Chico precisa também bater no Francisco”, disse ele.

Outras manifestações
Além do Movimento “Vem pra Rua”, outras manifestações estão programadas para o dia de hoje.
Ontem, um super abaixo-assinado de membros do Ministério Público e da Magistratura de todo o país seria entregue aos 11 ministros da Corte.
O abaixo assinado pede a manutenção da prisão em 2ª instancia aos 11 ministros do Supremo.
Nesse abaixo-assinado, são quase 4 mil procuradores e promotores que pedem ao STF a prisão em segunda instância. Assim como os integrantes do Judiciário, manifestantes favoráveis à presunção da inocência e ao cumprimento da Constituição Federal, quais sejam, juristas, advogados e parlamentares, deverão entregar cópia deste documento subscrito por 300 mil brasileiros aos 11 ministros do Supremo.

Vacinação antirrábica na área rural começa em abril

A campanha de vacinação antirrábica na área rural de Rio Claro está prevista para começar no dia 23 de abril. Equipes do Centro de Controle de Zoonoses vão percorrer propriedades rurais vacinando cães e gatos. Animais de grande porte como equinos e bovinos devem ser vacinados pelos proprietários.
Durante esta semana, agentes de saúde receberam novo treinamento para o uso de equipamentos de contenção e aplicação das doses. Essa capacitação é realizada regularmente pela Secretaria Municipal de Saúde, mesmo para os agentes que já trabalharam nas campanhas anteriores. O objetivo é garantir que a vacinação antirrábica seja feita com toda a segurança necessária. Na campanha rural de 2017 a prefeitura vacinou 3.956 animais, sendo 3.114 cães e 842 gatos.
Terminada a vacinação rural, a Secretaria Municipal de Saúde começa a vacinação urbana. A cidade terá vários pontos de vacinação durante os finais de semana e os proprietários poderão levar seus animais até o local mais próximo de sua residência. Para os que irão levar gatos aos pontos de vacinação, o Centro de Controle de Zoonoses solicita que o animal seja colocado em caixa de transporte para evitar fugas, já que os gatos são de contenção mais difícil.

Juninho assina convênio para pavimentar Estrada Jacutinga

Uma das vias públicas mais movimentadas de Rio Claro ganhará melhoria que atenderá antigo pedido da população. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, assinou na segunda-feira (2) com o governador Geraldo Alckmin convênio para a pavimentação dos cerca de 800 metros da Estrada Jacutinga que até hoje não têm asfalto. “Após anos de espera a Estrada Jacutinga terá pavimentação em toda sua extensão, o que vai melhorar o escoamento da produção agrícola de uma parcela importante dos produtores rurais do município”, comenta Juninho, lembrando que a iniciativa também vai aumentar a segurança dos milhares de motoristas que transitam pela via diariamente.
“É uma obra importante e que estamos esperando há muito tempo. Vai acabar com a poeira e a lama”, afirma Ana de Lourdes Pezzonia, moradora no local há quase 30 anos. Com quatro filhos pequenos e moradora no Jardim Boa Vista, dona Antonia também está satisfeita com a notícia de pavimentação da estrada. “As crianças sofrem com a poeira”, ressalta.
O convênio prevê investimento de aproximadamente R$ 1,1 milhão do governo estadual e cerca de R$ 200 mil como contrapartida da prefeitura, que será a responsável pela licitação para a contratação da obra.
Conforme projeto elaborado pela Secretaria Municipal de Obras com a colaboração do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), o trecho a ser pavimentado se estende do bairro Jardim Boa Vista até a estrada que liga Rio Claro a Araras. O asfaltamento do trecho chegou a ser anunciado pela administração anterior, mas nunca saiu do papel. “Rio Claro hoje é um município com diálogo aberto tanto com o governo estadual quanto com o federal, e esse trânsito tem sido muito benéfico para a população”, comenta o presidente da Câmara Municipal, André Godoy, que acompanhou Juninho na assinatura do convênio. “Assim como a prefeitura, a Câmara de Vereadores continuará buscando parcerias para levar melhorias à comunidade”, acrescenta.JUNINHO ASSINA CONVÊNIO PARA (1)
Além dos agricultores rurais, a pavimentação daquele trecho da Estrada Jacutinga também será importante para os moradores das imediações e para os donos das várias olarias da região. “No ano passado, ampliamos a iluminação pública na Estrada Jacutinga dando maior segurança aos moradores da região do Santa Lúcia”, relembra o prefeito Juninho. “Ao completar a pavimentação da Estrada Jacutinga voltamos a beneficiar essas e centenas de famílias que não vão mais precisar conviver com barro em dias de chuva e poeira nos dias secos”, completa.
Os deputados Aldo Demarchi e Cauê Macris, bem como o vereador Paulo Guedes, também trabalharam para que a pavimentação fosse conseguida. A solenidade de assinatura do convênio também contou com as presenças do Secretário de Estado de Logística e Transportes, Laurence Casagrande Lourenço e do diretor regional do DER de Rio Claro, Danilo Luiz Dezan.

Novo Caps AD será inaugurado na sexta-feira

O prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, e o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco, inauguram as novas instalações do Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (Caps AD) na sexta-feira, dia 6. O novo prédio do Caps AD, que se chama “Luzan Yara Pereira”, fica na Avenida 4, esquina com a Rua 13, número 1171. O evento está marcado para as 9 horas. “Melhorar os espaços físicos da rede é um dos trabalhos em que estamos empenhados para ampliar a qualidade do atendimento em saúde”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.
O Caps AD integra a rede pública de saúde mental e já está atendendo no novo endereço. O espaço é mais amplo e adequado para o acolhimento aos pacientes e desenvolvimento das atividades. A média é de 200 atendimentos por mês.
Com uma equipe de psiquiatria e psicologia, o Caps AD, que é mantido pela prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Saúde, abre de segunda a sexta-feira das 8 às 18 horas e atende demanda espontânea. É um serviço específico para o cuidado e atenção integral e continuada às pessoas com necessidades em decorrência do uso de álcool e outras drogas, como o crack.
No local é oferecido acompanhamento clínico e feito trabalho pela reinserção social dos usuários, com ênfase no fortalecimento dos laços familiares e comunitários e à importância do trabalho, lazer e exercício dos direitos civis.
O Caps AD conta com equipe multiprofissional composta por médico psiquiatra, clínico geral e psicólogos. Mais informações sobre o serviço podem ser obtidas pelo telefone 3522-2600 ou 3525-7204. Vale lembrar que na rede pública de saúde mental as emergências psiquiátricas são atendidas no Caps III, que funciona 24 horas e fica na Rua M-9, número 50, vizinho à Unidade de Pronto Atendimento do Cervezão.

Novo provedor na Santa Casa de Rio Claro

Por 21 anos à frente da Santa Casa de Rio Claro, Professor José Carlos Cardoso deixa o cargo de provedor. Nova provedoria, foi empossada no último sábado, 31 de março. O novo Provedor para o triênio 2018/2021 é o ex-executivo da Owens Corning e membro da Irmandade, Danusio Antonio Diniz. Lembrando que a Provedoria é constituída pelo Provedor, Vice Provedor, Tesoureiro, Secretário e Mordomos e é o órgão executivo, sendo o Provedor seu dirigente maior. Todo esse quadro da Administração Superior é voluntário, não recebendo qualquer valor monetário ou vantagem pessoal pelo cargo. “Trata-se de um compromisso com a sociedade, que eu hoje assumo e pretendo exercer com respeito e seriedade, retribuindo a confiança que em mim foi depositada e também retribuir a atenção que recebi desta cidade desde que aqui cheguei em 1976”, comenta Diniz.

Para o professor Cardoso, esse é melhor momento para encerrar o ciclo de trabalho da sua gestão e iniciar um novo processo, dando sequência aos avanços já conquistados ao longo dos anos. “A Santa Casa passou por profundas transformações desde que assumimos após a intervenção. Quando entramos aqui, o que encontramos foi uma Santa Casa repleta de dívidas trabalhistas e problemas de estrutura nos prédios e atendimento. Foram 10 anos de trabalho árduo para colocar tudo em ordem, mas, valeu a pena, o caos trouxe crescimento e preparo da equipe”, comenta Cardoso.

Segundo análise geral do professor José Carlos Cardoso, a Santa Casa de Rio Claro passou por três fases nas últimas duas décadas: a primeira foi de reorganizar o hospital e pagar as dívidas herdadas pela intervenção. A segunda fase foi o início do crescimento, com investimento em profissionalização da equipe e mudanças internas. A terceira foi o crescimento como entidade completa.

E os resultados apareceram. Em 2017, a Santa Casa de Rio Claro conquistou um dos prêmios mais significativos do mercado, o GPTW – Great Place to Work, e ficou entre os dez melhores hospitais do Brasil para trabalhar. Segundo professor Cardoso, a conquista é reflexo do investimento em mão de obra qualificada e humanização. O resultado é um atendimento de excelência em todos os setores do hospital. “Decidimos que se queríamos um hospital com qualidade tínhamos que investir em educação profissional. Todas as pessoas que ocupavam cargos de chefia foram fazer cursos de especialização na área”, explica.

Sobre o Plano de Saúde, criado a partir da intervenção, o ex-Provedor explica que foi fundamental para garantir a entrada de novos recursos que pudessem sanar os déficits da tabela SUS. “Hoje, o que recebemos do Governo Federal não paga nem 50% dos custos do hospital. E os novos recursos oriundos do Plano foram corretamente utilizados para tornar esse hospital uma referência nacional. Não temos nenhuma dívida e isso não tem nada a ver com o poder público”, garante.

O hospital cresceu e hoje atende cerca de 80% de filantropia. O quadro de funcionários passou de 240 para 800 colaboradores, o quadro clínico também foi ampliado e hoje é um dos melhores da região. Foram feitos investimentos nos prédios, reforma da Clínica São Lucas onde são atendidos os pacientes SUS, criação do ambulatório, criação do setor de oncologia, troca de televisores em todos os quartos, reconhecimento para todos os setores, certificação de qualidade para o Banco de Sangue e Banco de Leite, além dos altos índices nas avaliações da ANVISA. “Os funcionários levaram a sério, foram valorizados pela chefia. Não fizemos nada para ficar mais bonito, fizemos isso para termos um hospital melhor para os pacientes”, afirma.

Dentre as lembranças e agradecimentos, o ex-Provedor chama a atenção para os profissionais que o auxiliaram ao longo da trajetória à frente da Santa Casa de Rio Claro. “Agradeço à diretoria que me acompanhou, Dr. Padulla que deu início ao trabalho pós-intervenção, a companhia constante do professor Eros, Raya Junior, José Luiz Duarte, Alcino Scaglia, Jeferson Fernandes, Albino Beozzo, todo o corpo clínico, em especial o Dr. André Luiz Pinto da Fonseca, Dr. Marco Aurélio Mestrinel, Dr. Cássio Ferreira Fontes, Dr. Sidney Portílio do Nascimento, Dr. Mauro Terra Branco, Dr. Vitor de Carvalho Romera (Gold imagem), Dr. José Luiz Gambarini (laboratório de Patologia Gambarini), todo o pessoal da chefia e administrativo, Alfredo Joaquim de Lima Junior, Francisco Carlos Sterzo Jr, Andreza Pancheri, Luzia Naitzki, todo o corpo médico e de colaboradores do hospital”.

A partir de agora, professor José Carlos Cardoso assume como mesário da nova diretoria, além de ser o representante da Santa Casa na FEHOSP – Federação dos Hospitais do Estado de São Paulo. Sobre o sucesso da sua gestão, ele faz questão de ressaltar: “Não fiz nada sozinho, tudo o que conquistamos foi feito pela equipe e deu certo porque estávamos e estamos todos empenhados em fazer bem feito”, finaliza.

Segundo o novo provedor, Danusio Antonio Diniz: “O desafio ao assumir a Santa Casa é dar continuidade a boa administração que vem sendo feita, há 21 anos com a liderança do professor Cardoso. Deixando para este novo provedor uma situação muito bem controlada os custos estão sob controle não há dividas e as metas; ou seja a gente vai dar continuidade a algumas coisas que já estavam sendo implementadas pelo provedor, como ampliação do Hospital São Rafael e outras melhorias. Nós temos como desafio no triênio construir um prédio ampliar os leitos de UTI para o SUS, essa é uma prioridade nossa e pretendemos implementar nesses 3 anos o projeto já está sendo elaborado e assim que tivermos o projeto concluído nós iremos nos empenhar em encontrar recursos financeiros seja do BNDS ou seja do governo Estadual e ou Federal iremos captar esses recursos para aumentarmos a capacidade dos leitos da UTIs Adulto e Neo-natal aqui na Santa Casa. Disse Diniz.

Novo Provedor
Danusio Antonio Diniz

Engenheiro Químico pleno pela escola de Engenharia da Universidade Federal do Ceará, Engenheiro de Segurança do Trabalho pela Escola Municipal de Engenharia de Piracicaba, Especialista em Gestão Ambiental pela USP, fez carreira na empresa norte-americana Owens Corning, produtora de fibras de vidro, iniciando em 1973 como Supervisor de Controle de Qualidade e concluindo em final de 2016 na função de Gerente de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente.

Atuou por 15 anos como responsável pela área de meio ambiente e segurança do trabalho, sendo o coordenador de implantação do Sistema de Gestão Ambiental da Owens Corning conforme a norma ISO 14001 e do Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional pela norma OHSAS 18001.
Por seis anos, atuou na área de logística desenvolvendo atividades de planejamento (macro) de produção, administração logística de importação e exportação de produtos acabados, negociando fretes e transportes para todo o mercado da América Latina.
Nas funções de Gerente de Planejamento de Produção e Gerente de Fabricação, adquiriu sólida experiência no planejamento das operações referentes à produção da empresa, bem como às relacionadas à utilização eficaz dos equipamentos, materiais e pessoal.
Na função de Gerente de Produto teve como principais atribuições: gerenciar os processos de laminação, provendo ajuda técnica e mercadológica aos segmentos de mercados.
Como Supervisor de Controle de Qualidade foi responsável pelo controle de qualidade das embalagens, matérias-primas de vidro, dos materiais em processo de fabricação e dos produtos acabados.
Como Engenheiro de Segurança do Trabalho ajudou na implantação do Dep. de Segurança, tendo elaborado o Programa de Gestão de Saúde Ocupacional (PPRA integrado ao PCMSO) e implantado os métodos de controle de higiene industrial.
Participou durante 10 anos da Comissão de Higiene e Segurança da Industria Vidreira, tendo sido o Coordenador desta da Comissão em 1979. Fui Presidente da CIPA da Owens Corning por dois anos. Além disso, participou em diversos seminários de meio ambiente e segurança do trabalho no Brasil e nos Estados Unidos.
Santa casa 16
Alfredo Joaquim de Lima Junior, (diretor administrativo) professor José Carlos Cardoso (ex-provedor) Danusio Antonio Diniz, (provedor 2018/2021) e Francisco Carlos Sterzo Jr (diretor operacional

As belezas do envelhecer

Envelhecer pode ser sinônimo de uma vida bem aproveitada, de aprendizagem, de crescimento pessoal, de maturidade, de felicidade e de coleção de amores, amigos e recompensas. Envelhecer pode ser uma dádiva, desde que você saiba aproveitar o que a vida lhe oferece. Se você encarar o processo de envelhecimento como uma coisa natural, você nem precisa se preocupar com ele, a vida vai fazer isso por você, a cada dia ao acordar você terá um dia a mais, mas também terá mais histórias para contar e uma mente muito melhor do que a do dia anterior.
Pode ser que ao longo deste processo seu corpo não funcione da mesma forma, sua aparência não seja mais a mesma refletida no espelho. Mas até o lado físico pode ser um presente. Vá até o espelho mais próximo e se encare. Essas ruguinhas e marcas de expressão são reflexos de tudo que você viveu, se elas estiverem próximas da boca por exemplo, pode ser a marca que as gargalhadas mais gostosas deixaram em você. Uma cicatriz pode indicar alguma cirurgia que teve que passar e venceu ou até mesmo o levar de volta para o dia mágico em que se tornou mãe. Não encare nada disso como defeito ou algo que tira sua beleza, tenha certeza que são as marcas que ajudam a contar a sua história.
A resistência, a força e a disposição também podem ser muito controladas, se ao longo da sua vida você se preocupar em cuidar de si mesmo. Alimentação saudável, exercícios físicos, leitura e se manter em constante ritmo de aprendizado e de atividade colaboram para que os anos cheguem de forma branda. Cuide de você e da sua vida da forma que merecem, afinal é tudo que você tem. Evite os excessos sempre que possível e saiba ser feliz, busque a paz e a harmonia em todos seus relacionamentos. Não guarde mágoas e engula o mínimo de sapos que puder ao longo dos dias. Lá na frente, quando você perceber que está envelhecendo, tudo será mais fácil.
Faça tudo que estiver ao seu alcance para ter a certeza de tudo que quero passar para você através deste texto é que envelhecer pode ser uma dádiva, concedida só àqueles que ousaram viver verdadeiramente e com toda a entrega possível!
(fonte – Clínica de Repouso Cantinho do Bem Estar)

Rinite alérgica: como controlar?

Estudos recentes sugerem que, em 2025, metade da população mundial irá sofrer de qualquer tipo de manifestação alérgica.
Atualmente, cerca de 1/4 da população europeia apresenta sintomas de alergia respiratória. Sabe-se que 70% dos doentes alérgicos apresentam limitações na vida quotidiana decorrentes da doença. Por outro lado, 80% dos doentes recebem algum tipo de tratamento para a alergia, mas, mais de um terço não está plenamente satisfeito com a terapêutica, quer pelos resultados insuficientes, quer pelos efeitos adversos por esta provocados.

O que são alergias?
As alergias são reações que ocorrem apenas em certas pessoas, nas quais partes do seu organismo reagem com demasiada intensidade a certas substâncias com que contactam habitualmente e contra as quais não era suposto reagirem. Ou seja: a maioria das pessoas contatam com animais, com pólens, com pó, etc., e essas substâncias não lhes causam danos. Mas se um indivíduo for alérgico a uma ou mais dessas substâncias, sempre que contatar com ela sofrerá um conjunto de reações diversas, a que globalmente se chama alergia.
As substâncias a que um indivíduo é alérgico chamam-se alergénios. A razão pela qual algumas substâncias desencadeiam alergias em certas pessoas e não em todas não está completamente explicado. No entanto, vários especialistas apontam os fatores genéticos e ambientais como os mais importantes na proliferação dos alergénios e das respostas alérgicas.
Estas reações alérgicas podem ocorrer em muitos locais do organismo, mas fazem-se sentir preferencialmente: no nariz, dando origem a rinite alérgica; nos olhos, dando origem a conjuntivite alérgica; nos brônquios, originando asma; na pele, caso da urticária e do eczema ou da alergia a picadas de insetos; e no intestino, no caso de se tratar de alergias a alimentos. Existem outras formas de reações alérgicas, porém menos habituais.

Nariz hipersensível
Não se deve confundir rinite alérgica com as ainda mais banais rinites virais – vulgarmente designadas de constipações. Estas últimas são infecciosas e não alérgicas.
Na rinite alérgica, o organismo é hipersensível a determinadas substâncias naturais que existem no ar que respiramos; e a primeira zona de contato do organismo com esses alergénios é a mucosa nasal.
A alergia mais frequente é ao pólen das plantas. Seguem-se, em frequência, as alergias ao pó da casa – mais concretamente, a um dos seus componentes, que são os ácaros que nele vivem – e aos pelos e outros constituintes de animais domésticos. No caso das crianças, o contacto com animais de estimação e com bonecos de peluche pode gerar alergia pelos dois mecanismos: alergia aos pelos dos animais ou, então, aos ácaros que se escondem entre os pelos dos animais, verdadeiros ou artificiais.
A rinite é a doença alérgica mais comum em todo o mundo, afetando um quarto da população mundial. Só em Portugal, atinge quase um milhão de indivíduos, o que representa cerca de 10 por cento da população.

Diagnóstico
O diagnóstico de rinite alérgica é feito, sobretudo, através das queixas do doente e, secundariamente, pela observação médica. Por vezes, o médico poderá precisar de alguns exames complementares de diagnóstico, para determinar se o indivíduo tem alergias e a que substâncias. Os mais importantes desses exames são: as provas cutâneas – “prick test” –, que consistem numa pequena injeção na pele de substâncias existentes no meio ambiente (pó, fungos, pelos de animais e vários tipos de pólen), para ver quais as que provocam reação; análises de sangue, para determinar a quantidade total das imunoglobulinas E; e análise de secreções nasais (sendo este exame mais raro). (fonte – Saúde e Bem Estar)

STF julga nesta quarta-feira habeas corpus preventivo de Lula

Felipe Pontes – (Agência Brasil)

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar na quarta-feira (4) o habeas corpus preventivo com o qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer evitar sua prisão após condenação pela segunda instância da Justiça Federal no caso do tríplex do Guarujá (SP).
Os 11 ministros que compõem a Corte devem agora entrar no mérito do pedido de liberdade de Lula, que não foi abordado no julgamento iniciado em 22 de março, quando o ex-presidente ainda tinha um recurso pendente de julgamento no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre.
As cinco horas da sessão plenária daquele primeiro dia de julgamento foram dedicadas somente à discussão sobre o cabimento ou não do habeas corpus de Lula, que acabou sendo aceito por sete votos a quatro. Na ocasião, foi concedida, por seis votos a cinco, uma liminar ao ex-presidente para garantir sua liberdade até a análise final do habeas corpus, no dia 4 de abril.

Discussão
de mérito

Ao entrar no mérito, a questão de fundo a ser discutida pelo plenário do Supremo será a possibilidade de execução provisória de pena por condenado em segunda instância, mesmo que ainda existam recursos contra a condenação pendentes de análise em tribunais superiores, como o Superior Tribunal de Justiça (STJ) ou o próprio STF.
As expectativas estarão voltadas em grande medida para a ministra Rosa Weber, que é contra a execução provisória de pena, mas que por outro lado tem respeitado, ao longo dos últimos dois anos, o entendimento que prevalece até o momento no STF, de permitir a prisão de condenados mesmo que ainda caibam recursos a instâncias superiores.
O voto de Rosa Weber pode ser decisivo diante do impasse que o tema vive hoje na Corte. Cinco ministros defendem e aplicam monocraticamente a tese de que condenados em segunda instância só devem começar a cumprir pena após o trânsito em julgado, quando se encerram todos os recursos possíveis. São eles Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli, Marco Aurélio Mello, Gilmar Mendes e o decano, Celso de Mello.
Os outros cinco ministros – Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Cármen Lúcia, Alexandre de Moraes e Luiz Fux – têm até agora se posicionado a favor de que o condenado possa ser preso quando se esgotam as apelações em segunda instância. A expectativa é de que mantenham a posição e votem contra o habeas corpus preventivo de Lula. Também pode ser decisiva para Lula a presença ou não de Gilmar Mendes no julgamento. O ministro votou favoravelmente ao ex-presidente na aceitação do habeas corpus, no dia 22, mas por uma questão de agenda pode não estar presente na apreciação do mérito do pedido de liberdade.
Após receber o salvo-conduto do STF, Lula teve seu último recurso na segunda instância, um embargo de declaração, negado pelo TRF4. Com isso, o julgamento do habeas corpus no STF tornou-se a última chance para que o ex-presidente consiga garantir o direito de continuar recorrendo em liberdade às instâncias superiores contra sua condenação por corrupção e lavagem de dinheiro, determinada em junho do ano passado pelo juiz Sérgio Moro e confirmada em janeiro deste ano pelo TRF4. Na semana passada, a defesa do ex-presidente disse que pretende protocolar mais um embargo de declaração no TRF4, contra a rejeição do primeiro embargo de declaração – tipo de recurso que prevê esclarecimentos de uma decisão, mas não mudança de sentença judicial. O TRF4 tem negado rapidamente esse tipo de recurso sucessivo, por ser considerado protelatório. A possibilidade de expedição de mandado de prisão por Moro dependeria, então, do encerramento do trâmite do processo no TRF4 e de negativa do STF ao pedido de habeas corpus preventivo no julgamento desta quarta (4).

Velo faz o dever de casa e agora decide em Capivari

O Velo Clube saiu na frente do Capivariano em busca de uma vaga nas semifinais do Campeonato Paulista da Série A3. Jogando no sábado, à noite, no Benitão, o Rubro Verde bateu o adversário por 2 x 1. O placar poderia ter sido mais elástico se a equipe rio-clarense não desperdiçasse as oportunidades criadas. O time velista começou o jogo pressionando o adversário e conquistando oportunidades, mas os atacantes erraram nas finalizações e o primeiro tempo não saiu do 0 x 0. No início do segundo tempo, a partida “pegou fogo”. O Rubro Verde foi fazendo 1 x 0 com Rodney com pouco mais de um minuto. Na saída de bola o artilheiro do campeonato, Bill, empatou para o Capivariano. O que prometia ser uma disputa acirrada, esfriou. O Velo até que criou algumas chances mas o gol da vitória só veio aos 40 minutos da segunda etapa com Makanaki, que começou a partida no banco de reservas.
No próximo sábado, na Arena Capivari, as duas equipes voltam a se enfrentar. O jogo tem início previsto para à 17 horas e o Velo Clube joga pelo empate. O Capivariano se classifica com a vitória. Mesmo sabendo das dificuldades que encontrará no campo adversário, a boa apresentação no Benitão dá ânimo para o elenco comandado pelo treinador Cléber Gaúcho. No sábado o público pagante foi de 1.118 torcedores. Existe a expectativa de que torcedores do Rubro Verde se organizem para acompanharem a partida no próximo final de semana em Capivari.
O Velo Clube foi à campo com Felipe Rocha; Romano, Lucas Oliveira, Gláuber e Marcos Romão; Niander, Higor Meritão, Luiz Henrique (Makanaki) e Rodney (Léo Cruz); Chuck e Ruster (Marcus Vinícius). Treinador, Cléber Gaúcho. O Capivariano atuou com Christofer Alves; Welder (Pedro), Gutierrez, Rodrigo Sabiá e Lucas Praxedes; Rambo, Matheus (Arthur), Ademir e Bruno Sabiá; Vinícius e Bill. Técnico, Roberval Davino.
Ainda no final de semana ocorreram mais três partidas pelo Paulista da A3. O Barretos, em casa, fez valer o fator mando de campo para superar o Desportivo Brasil em 2 x 1. No jogo de volta também atua pelo empate. A Portuguesa Santista, dona da melhor campanha na fase de classificação jogou em São Carlos e teve muito trabalho para segurar o 2 x 2. O time do São Carlos esteve duas vezes a frente do marcador mas não segurou a equipe comandado por Sérgio Guedes. Novo empate, em Santos, e a Lusinha se classifica. Na outra partida da rodada, Atibaia e Noroeste não foram além do 0 x 0, em Bauru. Melhor para o Atibaia, que no jogo de volta, em casa, poderá jogar por novo empate.
Série A2

Já o Campeonato Paulista da Série A2 conhece o primeiro finalista nesta terça-feira, dia 3 de abril. São Bernardo e Oeste jogam a partir das 20h30 e o time de Itápolis precisa de apenas um empate para chegar à decisão. Na sexta-feira o Oeste venceu o Bernô por 2 x 1. Ao São Bernado resta vencer por dois gols de diferença e garantir a vaga. Vitória por um gol e a decisão será nos pênaltis. Na outra semifinal, quarta-feira, em Campinas, quem vencer entre Guarani e XV de Piracicaba vai à final. No jogo de sábado, em Piracicaba, ninguém marcou e ficou no 0 x 0. Com mais de 11 mil pagantes foi registrado o maior público da temporada na A2. O jogo foi quente dentro e fora das quatro linhas. Em campo, muitas entradas duras, e fora, uma chuva de pedras na torcida do Bugre.

Na primeira rodada do Amador 2018 foram cinco empates e uma goleada

Aconteceu no último domingo de Páscoa, a abertura do Campeonato Amador 2018, Série Ouro, de Rio Claro, que este ano conta com 22 agremiações divididas em dois grupos de 11. Nesta primeira fase as equipes do Grupo A enfrentam a do B em 11 rodadas, com os oito primeiros colocados seguindo para a fase seguinte. A novidade fica pelo encontro entre as duas representações com pior desempenho, que irão para um mata a mata para saber quem disputa a Série Prata em 2019. Na primeira rodada, o atual campeão, o Boa Vista, ficou no empate em 2 x 2 com o Pisos Nice em encontro realizado no distrital do Jardim Panorama. No jogo de fundo o Panorama/Bellmare bateu o Jardim Novo por 2 x 1.
Na rodada de domingo foram registrados 11 jogos, sendo que destes, ocorreram cinco empates e apenas uma goleada. O Inter Mãe Preta marcou 4 x 0 em cima do Minativa. Já o Vasco da Gama, vice campeão de 2017 ficou no empate com o Juventus em duelo realizado no distrital do Moleque Travesso: 0 x 0. No Distrital do Santana, outro empate, desta vez em 1 x 1 entre o Furacão e o Santa Maria. O Juventude estreou com o pé direito, jogando em seu estádio e marcando 3 x 0 em cima do Ribeirão Claro. Na Lagoa Seca, rodada dupla. O Família CVZ marcou 3 x 1 em cima do Cidade Nova, um dos clubes mais tradicionais da cidade. No segundo encontro 2 x 2 para América e UPU. Outro distrital que registrou rodada dupla foi o do Paulistão. No primeiro encontro o Ajapi marcou 2 x 1 em cima do Novo Wenzel, enquando na partida de fundo o Tricolor da Vila Paulista bateu o São Paulinho por 2 x 1.

Ao lado de familiares, Jurandir Zacharias foi homenageado no domingo de Páscoa.
Ao lado de familiares, Jurandir Zacharias foi homenageado no domingo de Páscoa.

Fechando a rodada, mais uma jornada dupla, agora no distrital do IX de Julho. Enquanto o Inter marcou 4 x 0 em cima do Minativa, IX de Julho e Unidos, fizeram um dos clássicos da rodada e não foram além do 1 x 1. A partida ficou marcada pela homenagem ao ex-atleta Jurandir Zacharias, que marcou presença com seus familiares. Jurandir foi um dos destaques do próprio Amador de Rio Claro, onde atuou como atleta e treinador. Também foi um dos maiores zagueiros do futebol profissional, com brilhante passagem pelo Paulista de Jundiaí. Jurandir Zacharias ainda se destacou defendendo as cores do Rio Claro FC. Como homenagem, a Série Ouro em 2018 leva seu nome. O secretário de Esportes e Turismo de Rio Claro, Ronald Penteado, esteve prestigiando a homenagem e a largada do torneio. Jurandir esteve presente ao lado da filha Andréa e dos netos Vinícius e Kauã para o pontapé inicial.
O Secretário municipal de Esportes e Turismo (Setur), Ronald Penteado, enfatizou a importância da homenagem. “Ex-jogador profissional, atuou também como atleta e técnico no Amador por mais de 20 anos, patriarca de família exemplar”, disse o secretário ao retratar a justa homenagem definida pela Liga Municipal de Futebol (LMF) e Setur. “Estamos diante de um exemplo de cidadão que dentro das quatro linhas sempre priorizou o jogo limpo e fora delas multiplicou amigos por onde passou”, acrescentou.

Grande o resultado conquistado pelo Velo Clube no último sábado no Benitão sobre o Capivariano.

Foram 90 minutos e muitas chances de gol criadas pelo Galo Vermelho, e que se traduziram em dois nos pés de Rodney e Makanaki. Os gols foram marcados logo a um minuto do segundo tempo e aos 40 da mesma etapa.

E o menino Rodney foi o grande destaque da partida. Além do gol, a assistência no outro tento e a correria armada para cima da defesa do Capivariano foram fundamentais para o êxito Rubro Verde. Uma pena que ele pegou dois jogos de suspensão e estará fora do próximo jogo. É torcer pela classificação para que retorne na próxima fase.

Para o jogo do próximo sábado, todo o cuidado é pouco e o técnico Cléber Gaúcho trabalhará durante a semana apenas no período da tarde com seus jogadores, intercalando um necessário período de descanso. O foco será a parte tática e técnica.

E lamentável o que um torcedor fez com o auxiliar na partida do último sábado, cuspindo contra ele. Graças à boçalidade deste ser, o árbitro não poupou na súmula e o Velo corre o risco de perder mando de campo na fase decisiva, além de receber uma multa pesada. Uma pessoa dessas não deveria perder seu tempo indo ao estádio, achando que vai resolver na base da opinião e atitudes próprias.

Novidades começam a ser cogitadas pelos lados do Rio Claro FC. A principal delas é a provável disputa da Copa Paulista neste ano, que deve começar em agosto, além claro, de atividades em todos os departamentos das categorias de base (sub-20, sub-17, sub-15, sub-13 e sub-11).

Segundo apurei ao longo dos últimos dias, existe um desejo da diretoria rioclarista de contratar o bom técnico Betão Alcântara, que atualmente dirige o Atibaia na série A3 do Campeonato Paulista.

Betão é um nome experiente, que sabe montar elencos e também possui um vasto conhecimento técnico e tático. O acordo depende de conversa e caso não haja negócio, o atual técnico do sub-20 e preparador de goleiros do profissional, Adílson Francisco, seria efetivado no cargo.

Adílson tem agradado muito a cúpula diretiva do Galo Azul, quando comandou uma reação inacreditável da equipe no Paulista sub-20 do ano passado, onde saiu de penúltimo na virada do turno, quando assumiu, para uma quase classificação, além de vencer os dois jogos que comandou a equipe como interino na A2 deste ano, contra Portuguesa e Inter de Limeira.

Outra novidade fica por conta das conversas sobre renovação de contrato. Hudson, Luanderson, Acácio, Acleisson, Franco, Kadu Barone, Gustavo Sapeka e Victor Sapo estariam em vias de acertar suas permanências e formar a espinha dorsal da equipe para a Copa Paulista.

Além disso, jogadores oriundos de uma parceira chinesa chegariam para reforçar o elenco, que também seria completado por vários atletas que eram do sub-20 mas que estouraram a idade e ainda estão sob contrato, caso do lateral-direito Orlando, do zagueiro Wesley e do meia Luiz Antônio.

O Campeonato Amador série Ouro teve seu início neste final de semana, e pelo equilíbrio demonstrado nos resultados, a promessa é de que a competição não aponte um grande favorito ao título.

Vamos aos resultados: no distrital do Jd. América, onde foi realizada a abertura oficial com presença do secretário de esportes Ronald Penteado e do homenageado Jurandir Zacharias, IX de Julho e Unidos empataram por 1 a 1 e o Inter Mãe Preta goleou o Minativa por 4 a 0.

No distrital do Jardim Panorama, o atual campeão Boa Vista fez o clássico da rodada diante do Pisos Nice. Torcedores presentes acompanharam partida de alto nível que terminou empatada em 2 a 2. No mesmo campo, o Panorama, diante da sua torcida, derrotou o Jardim Novo por 2 a 1.

No distrital do Jd. Das Palmeiras, o Juventus empatou com o atual vice-campeão, Vasco da Gama, por 0 a 0. Já no distrital do Santana, o Santana recebeu o Santa Maria e empatou por 1 a 1.

Na rodada dupla realizada no distrital da Vila Paulista, dois resultados iguais por 2 a 1, onde o CSA Ajapi derrotou o Novo Wenzel enquanto o Paulistão superou a equipe do São Paulinho.

No distrital do Jd. Wenzel, teve vitória dos donos da casa, o Juventude, por 3 a 0 sobre o Ribeirão Claro. Já na rodada dupla na Lagoa Seca, no Cervezão, o Família CVZ derrotou o Cidade Nova por 3 a 1, enquanto América e UPU empataram por 2 a 2.

Embalado pela vitória no jogo de ida da final do Campeonato Paulista, o Palmeiras volta a campo nesta noite pela Libertadores para enfrentar o Alianza Lima, do Peru, no Allianz Parque. Uma vitória esta noite deixará o Verdão em uma posição muito confortável na tabela, podendo atuar com tranquilidade contra o Boca Juniors nos dois confrontos seguintes.

Basquete: sub 19 volta à quadra nesta terça-feira

Depois de as três equipes da Secretaria de Esportes e Turismo [Setur] iniciarem nas disputas pelo título de campeão do Campeonato Paulista de Basketball e do Campeonato Regional da ARB, os valentes esquadrões seguem com os preparativos para retornarem à quadra para a sequência dos embates promovidos pela Federação Paulista de Basketball [FPB] e Associação Regional de Basquetebol [ARB], respectivamente.
No fim do mês passado, os garotos do sub 16 do Rio Claro Basquete estrearam no Paulista contra o FR/Alba, de Lençóis Paulista, porém os visitantes ficaram com a melhor no Ginásio de Esportes Felipe Karam e fecharam o placar em 61X57; na sequência, os rio-clarenses encaram o EC Pinheiros, no Ginásio Azul, em São Paulo, e, mais uma vez, não obtiveram êxito: 94X31 para o Time da Casa! Agora, o elenco volta a competir no dia 8, às 17 horas, quando pega o Instituto Brazolin/São Bernardo, no Ginásio Ubaldo Lago, em São Bernardo do Campo.SUB 19 sub19b
Da mesma forma, o sub 19 enfrentou o Sesi/Basquete, de Franca, também no Felipão e pelo certame da FPB, contudo perdeu no primeiro confronto por 90X64; no segundo, igualmente, o RCB não alcançou triunfo sobre o EC Pinheiros, no Ginásio Azul, em Sampa, final: 94X31. O próximo jogo acontece nesta terça-feira (3), às 19 horas, no Ginásio Presidente Castelo Branco, em Araraquara, contra o ABA/Araraquara.
Além das competições da FPB, o sub 17 estreou pela ARB contra o XI de Agosto/AABT, de Tatuí, também na Rua 9, e venceu o oponente por expressivos 72X42! O próximo compromisso da categoria está marcado para o dia 10, às 20 horas, contra o Rota Basquete Sorocaba, na Terra de Ulysses Guimarães. Cabe destacar que os garotos são treinados pelo competente técnico Gustavo Montanha e que, devido a um esforço da Setur, o trabalho vem sendo bem realizado desde o ano passado no intuito de que das categorias de base surjam atletas que possam, em um futuro próximo, representar o município no Basquete Profission

Verdão encara peruanos e quer esquecer a decisão do Paulista

O Palmeiras volta à campo nesta terça-feira, às 21h30, pela segunda rodada da Taça Libertadores. Pelo Grupo 8, o Verdão encara no Allianz Parque a representação do Alianza Lima, do Peru. O time brasileiro estreou fora de casa marcando 3 x 0 no Junior Barranquilla, enquanto os peruanos não foram além do 0 x 0, contra o Boca Juniors, em partida realizada em Lima. Na quarta-feira, em Buenos Aires, o Boca recebe o Junior. No próximo dia 11 acontece o tão aguardado encontro entre Palmeiras e Boca em São Paulo.
Para a partida desta terça-feira, o treinador Roger Machado por ter mudanças em relação ao quadro que superou o Corinthians, no sábado, por 1 x 0, no primeiro encontro da final do Paulistão. Victor Luiz deve ficar de fora por contusão. Assim Diogo Barbosa deve ganhar a primeira grande oportunidade.
Mas podem surgir outras novidades na equipe devido ao desgaste contra o Corinthians. Bruno Henrique e Dudu são dúvidas, mas devem ficar a disposição. Quem tem presença garantida é Felipe Mello, que foi expulso e não joga a partida de volta do Paulistão, mas nesta terça-feira vai estar defendendo as cores do Palmeiras.
Em relação ao jogo do final de semana, existe uma preocupação em relação ao clima que toma conta dos jogadores e torcedores. Na Arena Corinthians a marca foi o grande número de faltas e entrada duras. No Allianz Parque, o Palmeiras tem a vantagem de atuar ao lado de sua torcida e jogar pelo empate. Ao Corinthians resta apenas a vitória. E a rivalidade só aumenta.

Prefeitura dialoga com uberistas para esclarecimentos

A prefeitura de Rio Claro realizou na segunda-feira (2) reunião com uberistas para orientar e esclarecer questões relacionadas ao funcionamento do transporte individual de passageiros realizado a partir de aplicativos no município.
Procuradoria Geral do Município e Secretaria de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana estiveram representadas na reunião, realizada a pedido do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. Os motoristas participaram da reunião acompanhados dos vereadores Carol Gomes e Yves Carbinatti.
A pauta de assuntos abordados incluiu a lei federal e a fiscalização realizada no município. “A partir da sanção da lei federal a lei municipal deve ter readequações”, observou Rodrigo Ragghiante, procurador geral do município.
As mudanças incluem permissão de uso de veículos com placas de outros municípios e a utilização do seguro do aplicativo, sem que haja necessidade de contratação de novo seguro para veículo, motoristas e passageiros.  O projeto de lei com as duas emendas já foi encaminhado à Câmara Municipal.PREFEITURA DIALOGA COM (1)
Para garantir o direito de trabalho dos interessados e a segurança das pessoas que utilizam esse tipo de transporte a fiscalização continua sendo realizada normalmente no município. “Motoristas que estiverem trabalhando em situação irregular estão sujeitos às penalidades previstas em lei”, reforçou Luiz Alberto Irikura, diretor de Segurança.

Gravidez Psicológica, o que fazer?

A gravidez psicológica pode ocorrer entre 6 até 14 semanas após o término do cio (período fértil), e tem duração média de 2 semanas. O distúrbio ocorre com muita frequência. Aproximadamente 50% a 70% das cadelas podem apresentar essa síndrome.

A gravidez psicológica não escolhe faixas etárias, raças ou tamanho da fêmea. O diagnóstico da pseudogestação baseia-se na história relatada pelo proprietário, nos sinais clínicos e na fase do ciclo estral em que essa fêmea se encontra.

Porém, deve-se atentar que esses sintomas podem estar ocorrendo por outras doenças. Por isso, para um diagnóstico correto de pseudociese, consulte sempre um medico veterinário.

Os principais sintomas clínicos são:

– Comportamento de “ninho”: a fêmea passa mais tempo na caminha, se abriga em toalhas e cobertores, como se estivesse próxima ao parto;
– Adoção de objetos ou de filhotes de outras fêmeas, com excessivo carinho e proteção;
– Agressividade;
– Distensão da glândula mamária (produção de leite);
– Perda do apetite.

A pseudociese pode ser evitada e tratada apenas com a castração da fêmea. A cirurgia de retirada de todo o aparelho reprodutor interrompe a produção dos hormônios responsáveis pela manutenção da gestação, tanto real quanto psicológica.

A castração é um ato responsável, que traz benefícios para seu animal de estimação. Busque sempre a orientação de um médico veterinário.

PET GARDEN RIO CLARO
M.V. Me. Marcella Gallegos/ CRMV-SP 29.863
(19) 3597-1869 / (19) 99937-3300
Rua 19, 279 (Avs.27 e 29)
Bairro do Estádio – Rio Claro
Facebook.com/petgardenrioclaro
Contato.petgarden@gmail.com

BRASIL: O PAÍS DA INFLAÇÃO

Por Alessio Canonice – alessio.canonice@bol.com.br

A inflação oficial do Brasil, através do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo IBGE, ficou em 2,95% em 2.017, o menor nível desde 1.998 (1,65%). Em primeiro momento, pode parecer uma boa notícia, já que o índice caiu após anos de altas significativas (acima de 4,5% desde 2.009).
É claro que o governo comemora bastante feliz e faz disso perspectivas futuras de que a inflação continue a merecer a confiança do Poder Central e dos que acreditam nessa hipótese, mas que não vem ao encontro do desejo da maioria absoluta dos brasileiros, que ainda padece na vivência do dia a dia.
É certo que a inflação em baixa não é sinônimo de preços, muito ao contrário, o que se verifica é um verdadeiro abuso contra o bolso do consumidor, cujos valores de produtos de um modo geral vêm se comportando de uma forma pouco recomendada, sem que haja uma disciplina por parte do governo, porque não consegue deter as rédeas da oscilação de preços. Faltam pulso e atitudes enérgicas para combate às majorações atuantes neste sentido.
Para que esses produtos se tornem acessíveis, o Brasil precisaria adotar algumas medidas rápidas de deflação ou ganhos reais nos salários dos trabalhadores para recomposição do poder aquisitivo da população.
Entretanto, isso não vem acontecendo, razão pela qual quem ganha um salário mínimo iniciado em 2.018, sem conseguir compensar a alta nos preços do ano anterior, o reajuste que teve é abaixo da inflação de preços, acrescentando a esse aspecto que o salário de 954,00 foi menor que a inflação do ano passado.
Sintetizando esse cenário, observa-se que a queda do poder de compra e que vem assombrando os assalariados de uma forma geral, ainda continua no mesmo patamar, observa o economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócioeconômicos (Dieese) Patrício Lino Costa.
Quem conseguiu manter dinheiro na poupança, a taxa da inflação foi favorável e, de acordo com o Banco Central, o rendimento nominal da aplicação no acumulado no ano passado foi de 6,8%, porém, o ganho real da poupança, descontada a inflação do período, ficou em 3,09%, conforme cálculos da Confederação Nacional do Comércio.
Se para os poupadores o desempenho da inflação foi favorável, parece que a realidade é outra, porque os ganhos auferidos líquidos não passaram e não passam de 0,3 a 0,4% ao mês, enquanto que a inflação superou consideralvelmente a renda neste tipo de aplicação. Assim, de ilusão em ilusão os brasileiros vão vivendo, sem perspectiva que lhes garanta melhor estabilidade, tanto no salário como no poder de compra.
As altas de preços continuam assustando, destacando-se em primeiro plano o botijão de gás, com elevação de 16% em 2.017, planos de saúde com aumento de 13,53%, além do consumo de energia elétrica com uma oscilação de 10,35%, sem contar com os abusos desenfreados da gasolina, que sofreram um incremento de 10,32%.
Para muitos, os itens que mais pesaram no orçamento no ano passado foram os gastos com combustíveis e gás. O pior é que a renda não acompanha as altas. Esses muitos, que são milhões, afirmam que a percepção da inflação depende do tipo de consumo e da renda da cada pessoa.
Analistas afirmam que a percepção da inflação está relacionada com o tipo de produtos e serviços que a pessoa consome, observa o coordenador do curso de economia do IBMC/MG, Márcio Salvato. Ele explica que o IPCA abrange famílias entre um e mais que 10 salários mínimos. Logo, a percepção entre essas famílias é diferente.
Esse, afinal, é o cenário em que se encontra o país, com esperança de que renasça uma política que seja benéfica a todos, estando neste contexto as famílias de baixa renda.

Hoje será medido o nível de indignação no Brasil

Por Eduardo Sócrates Bergamaschi

Várias manifestações foram preparadas para pedir a prisão do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.
O povo mostra-se cansado e indignado com o nível de impunidade vivido no país, principalmente quando se trata de crime praticado por políticos poderosos e que parecem comandar a justiça no país. A prisão do ex-presidente, já condenado em segunda instância, seria, talvez, um alento para o povo brasileiro que não está mais suportando a desfaçatez desses senhores do colarinho branco.
Esta indignação é vista pelas redes sociais, em entrevistas nas ruas do país, mas agora está na hora de mostrar a indignação em protestos que estão sendo programados por esse Brasil afora.
Estamos em busca de um Brasil melhor, de um Brasil onde a justiça sirva para o pobre, para o rico, para o político e para o eleitor, para o médico e para o paciente, enfim, para todos.
Revogar a prisão em segunda instância, que é o que o Supremo parece querer fazer, é assinar um atestado de desonestidade com todo o país. E é isso que o povo não pode deixar acontecer.
Em Rio Claro, por exemplo, acontece uma manifestação do Movimento Vem Pra Rua, às 18h de hoje, na Praça Dalva de Oliveira.
É preciso que todos que estejam indignados, se esforcem e compareçam para mostrar que a cidade também quer um Brasil melhor. Mostre que queremos mudar O Brasil e não mudar DO Brasil.
Além de manifestações como essa, ontem estaria sendo entregue aos 11 juízes do Supremo um abaixo assinado com quase 4 mil assinaturas solicitando a manutenção da prisão em segunda instância, mais um esforço do povo brasileiro para se fazer justiça.
Portanto, essa será a semana onde o povo brasileiro deverá fazer valer a sua força de união e que essa força seja suficiente para curar esse câncer social que assola o país que é a IMPUNIDADE…

PASCOELA

Ana Lucia Missaglia Guarnieri
“Você pode comprar um livro, mas não o conhecimento. Você pode comprar pessoas, mas não amigos. Você pode comprar um relógio, mas não o tempo. Você pode comprar uma casa, mas não um lar. Você pode comprar uma cama, mas não o sono. Você pode comprar remédios, mas não a saúde. Você pode comprar comida, mas não o apetite. Você pode comprar coisas na vida. Mas Vida quem tem para dar, é só Jesus. Ele pagou o preço” .CRESCERCOMCRISTO.WORDPRESS. COM


“A ciência sem a religião é paralítica(LAHM) a religião sem a ciência é cega(BLIND).””O homem erudito é um descobridor de fatos que já existem, mas o homem bom é um criador de valores, que não existiam, e que ele faz existir”. ALBERT EINSTEIN


A SIC internacional nos mostrou reportagens das celebrações da Páscoa pelo mundo, com destaques para o príncipe Charles (Inglaterra) que afirma não haver conflitos entre Muçulmanos, Católicos e Judeus, nessas comemorações; para um entrevistado da Tailândia que, de bom ânimo, disse ao repórter: “Não se trata de tirar um retrato nas comemorações e ficar bem na fita, mas se trata da espiritualidade”, além de vários depoimentos que tratam com seriedade do que, agora, se confere com a Pascoela ou os oito dias, que se seguem após a Páscoa.
Durante as significativas celebrações da Vigília Pascal (31/03/2018) o branco como cor da comunicação do Cristo glorioso, leituras bíblicas próprias ao referido contexto, a Bênção da água batismal e a renovação das promessas do Batismo, realizadas pelos Sacerdotes e correspondidas pelos fiéis, são verdadeiras ações de graças para a salvação individual e coletiva.
Foi durante as comemorações da Páscoa de 2017 que Antonio Carlos Santini, responsável pela Comunidade Católica Nova Aliança, registrou seu desapontamento ao deparar-se com uma freira, fazendo careta, que dizia:“Nós devemos obedecer é a Deus”.“Como se fosse possível obedecer a Deus a quem não se vê sem obedecer à Igreja – diz Santini – integrando o tempo de rebeldia em que vivemos”. De fato, ele toca no ponto delicado proposto por são João :”Aquele que diz amar a Deus e odeia seu irmão é mentiroso”, pois se as digitais são únicas, não se repetem, é bem pelo motivo de que a história individual não se repete, sendo cada um uma novidade espiritual para o outro.
Entretanto essa decepção do membro da Comunidade Católica Nova Aliança não pára por aí.
No ano de 1983, Rose Marie Muraro e mais 4 colaboradores, Manuel Barros da Motta, Ana Rowe, Leda Niemayer e Vida Kamgachi lançaram o livro de 501 páginas, Sexualidade da Mulher Brasileira, Corpo e Classe Social no Brasil, onde foram realizadas extensas pesquisas de campo no Rio de Janeiro (burguesia – classe média), Pernambuco (campesinato) e São Paulo (operariado) com a participação de homens e mulheres, dando depoimentos de relação entre o sexual e o econômico.
“A espécie humana levou 2 milhões de anos para atingir o primeiro bilhão de habitantes (metade do século XIX). De 1850 para 1980, este número foi para 4 bilhões, tornando-se causa de problemas de muita gravidade, seja para a sobrevivência, por motivos políticos, ideológicos e econômicos, com um sistema sócio econômico capitalista baseado na exploração de alguns seres humanos sobre outros”-pág. 107. ( – Se, em 130 anos, quadriplicou o número de habitantes, que se prevê, para hoje – de 1980 a 2018 , ou em 38 anos, em que se chega a quase 8 bilhões de habitantes, aumentando rapidamente a população?)
Preocupante é que na abordagem do tema, Rose Marie Muraro não registrou, em todas as pesquisas feitas, um só fator religioso como algo essencial sobre o nascimento das crianças (desejadas ou não? Concebidas por Deus, cuja ordem é CRESCEI e multiplicai-vos; não ao contrário?) Apenas aparece “o óbvio”, conjugado ao mundo civil ,sem muitas perspectivas de acordos para uma qualidade de vida melhor, encabeçado, numa de suas páginas, pelo registro de que “as crianças de hoje sabem muito mais do que suas avós”.
–Os fios de nossos cabelos, que estão contados por Deus, na expressão da riqueza amorosa do Cristo, deixaram de existir na ‘SEXUALIDADE DA MULHER BRASILEIRA? E seu ensinamento de que “todo reino dividido contra si mesmo perece” e de que “ninguém pode servir a dois Senhores” não tem sido mais do que suficiente para mostrar os tristes resultados de hoje, mendigos aumentando pelas ruas, pelas cidades, pelos países, refletindo a miséria moral dos injustos, citados no Magnificat de Maria? O mundo precisa de Compaixão; não da compaixão que olha de cima para baixo para sobrepor-se à situação inferior do outro. Como na sentença do Senhor Jesus ao ladrão arrependido, precisamos da Sua Misericórdia: ‘HOJE MESMO ESTARÁS COMIGO NO PARAÍSO”.
PASCOELA. Há ondas de rádio passando por nós a cada momento. Sintonizar as ondas dos bons espíritos que o Senhor Ressuscitado nos dá como exemplos de seus fiéis seguidores, em todos os lugares e tempos, é acreditar na Vida, é saber que Ele, como desprezado, se tornou a pedra angular para o mundo inteiro.