Ano Novo! Será Vida Nova?…

1

Por Eduardo Sócrates Bergamaschi

2017 vai se despedindo, 2018 vem chegando e os novos pedidos vão se acumulando nas cabeças da maioria das pessoas.
Mas, quais pedidos seriam esses? Carro Novo? Regime para emagrecer? Novos governantes com um mínimo de qualidade moral?. Enfim, muitas são as possibilidades de melhoras em nossas vidas que sempre procuramos que venham a nós no ano seguinte. O ano que passou, via de regra, não foi muito bom e o ano que virá pode ser melhor.
Mas, aparentemente vemos que pedimos sempre para que as coisas venham a nós ao invés de irmos ao seu encontro.
Que tal em 2018 fazermos diferente? Vamos agradecer, no lugar de reclamar, por tudo que passamos durante o ano de 2017. Vamos agradecer termos passado por uma crise sem precedentes no país e estarmos aqui, em pé, em pleno final de dezembro, com saúde. Realmente fomos heróis. A crise não foi fácil não.
Vamos ter fé que o que passamos foi o que Deus pode nos dar e acreditar que tudo tem a sua lógica. Acreditemos que nada em nossa história de vida é por acaso. Tudo tem um sentido, tem um desígnio de Deus. E se acreditamos que Ele nos ama, nada foi para o nosso mal, pois quem ama não provoca dor no ser amado.
Vamos acreditar que em 2018, seremos mais perspicaz e buscaremos fazer tudo certo e deixar que Deus decida o que é bom pra mim. Será que um carro novo seria o melhor pra mim? Emprego novo? Conseguir fazer o regime desejado? Então, Deus, na sua imensa Sabedoria tem as nossas “necessidades” na medida certa, sem exageros.
Quando buscamos unicamente nos dar bem na vida, nunca terminaremos um ano feliz, pois nunca atingiremos a plenitude do que é “se dar bem”.
Não podemos direcionar nossas vidas pelo apelo midiático que nos oferece constantes facilidades e nos condiciona a conquistas imediatas e o sucesso a todo custo, muito embora não nos posicione qual é o sentido de nossas vidas. O que estamos fazendo aqui. Ao invés de contestarmos os desígnios de Deus, procuremos só aceita-los.
Este texto foi inspirado em um artigo de Dijanira Silva, missionária da Comunidade Canção Nova e locutora da Rádio América 1410 AM. E um dos trechos deste artigo é:
“Enquanto procurei entender o “porquê” das coisas acontecerem diferente de como eu imaginei, além de não ter paz, não conseguia enxergar a beleza, nem usufruir dos dons que já havia recebido. Somente quando procurei dar mais atenção à minha alma foi que ouvi, lá no fundo, Deus me dizer: -dá uma olhada à tua volta, reconhece o quanto Te amo, centra teu coração no meu Reino e não te deixes levar pelo que é vão. Abre mão dos teus apegos e Eu te darei, mesmo que seja por meios surpreendentes, a liberdade e a paz que teu coração deseja”.
Portanto, aos meus leitores, amigos e inimigos um FELIZ HOMEM NOVO para termos um FELIZ ANO NOVO…

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA