Natal, Sabedoria e Paz?…

2

Por Eduardo Sócrates Bergamaschi

Ainda que funcionários públicos em sua boa parte tenham recebido o seu salário, o seu 13º, ainda que Rio Claro, apesar dos pesares conseguiu passar ao largo por essa crise nacional, o clima de festas está sendo vivido sob o signo da crise política, econômica e financeira do nosso país.
Em grande parte dos papos entre pessoas com um mínimo grau de politização, o assunto sempre acaba por desembocar na situação ridícula do impasse político nacional. Administradores que não falam a mesma língua, legislativo que procura de todas as maneiras uma saída contra a Lava Jato e um judiciário em que não se pode confiar plenamente, nos levam a questionar onde está o caminho para sair da crise. Será que 2018 trará melhorias? A julgar pelo estado atual do cenário político, duvidamos que isso possa acontecer.
Bom, seja lá como for, as famílias preparam o Natal e as festas de final de ano. Olhando as ruas, a correria tradicional dessa época se faz presente, com muita gente passeando pelo comércio, principalmente à noite, para as compras de produtos, pelo menos para as ceias. O comércio, que passou por 350 dias de vacas magérrimas espera tirar a barriga da miséria nessas última semanas do ano.
Parentes, filhos distantes estarão chegando para os festejos natalinos, crianças eufóricas a espera de um bom presente que seus tios e suas tias devem trazer. Será?
Enfim, ao passear pelas ruas nessa época do ano, nem parece que durante os último 11 meses e 15 dias tivemos empresário dizendo que “nóis não vai preso”; vimos notícias de milhões e milhões de reais que voaram dos cofres da Petrobras; assistimos centenas de políticos querendo derrubar Sergio Moro e só não conseguindo porque a sociedade está com o juiz paranaense; ex-presidente se livrando de acusações jogando a culpa na mulher, já morta…
Agora só o que interessa é o Espírito Natalino. O Espírito da Paz que o Menino Deus nos desejou, nos soprou. Só o que interessa é o Espírito de Bondade de Maria, mãe de Jesus e nossa, que proclamou o mais importante “Sim” que a humanidade conhece.
Então, aproveitemos esse espírito para pedir ao Aniversariante, que sopre sobre nós novamente, o Seu Espírito e que nos traga sabedoria, para que no próximo ano, esse mesmo Espírito nos ilumine e nos faça escolher melhor os nossos governantes.
No mais, um feliz Natal pra nós, com muita paz e muita sabedoria…

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA