Ação Social do CRECI de Rio Claro

Corretores de imóveis de Rio Claro distribuem 162 Sacolas para alunos do Projeto ADRA Central – Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais Central Brasileira, o mesmo foi constituído no município de Rio Claro desde 1995, nos fundos da igreja Adventista do Sétimo Dia do Cervezon, o projeto foi criado pela iniciativa de mulheres voluntárias oferecendo as crianças aulas de artesanatos, reforço escolar, aulas de flauta. Com a criação do PROJETO PAI em fevereiro de 1999 o ADRA se fundiu com o mesmo aumentando o alcance do projeto. O projeto atende crianças de 06 a 14 anos no contra turno escolar, onde desenvolvem atividades diversas como informática, música, atividades culturais, lúdicas, esportivas e recreativas, participam de grupos psicossociais, recebem uma alimentação nutritiva. Atualmente desenvolve o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Familiares e Comunitários a 162 crianças e adolescentes nos bairros Bom Sucesso, Jardim Novo Wenzel e Bom Retiro em conjunto com a Prefeitura Municipal de Rio Claro, Câmara e Secretarias Municipais, SMAS, CMAS, CMDCA, empresários e comunidade em geral.
Através da Parceria com o CRESCI – SP, todos os anos o espírito de solidariedade alegra as famílias.
Na última terça (5), foi realizado uma belíssima festa com brinquedos, alimentos, sorvetes e o tão esperado “Saco Vermelho”, que já se tornou uma tradição para as crianças e adolescentes atendidos no projeto.
O Saco Vermelho foi preparado pelas orientadoras do projeto e pelas crianças onde elas colocaram a foto da criança e todas as informações como número do calçado, tamanho da roupa e uma sugestão de brinquedo.
Com essas informações as voluntárias do CRECI distribuíram os “Sacos Vermelhos”. E cada corretor adotou uma criança e montou o kit com roupas, sapatos, brinquedos, kit de higiene e tudo mais. Esse kit para muitas crianças são o único presente de Natal que elas irão ganhar portanto é possível mensurar o tamanho da alegria o recebe-los.

 

Shopping Rio Claro tem novidades e horário especial para as compras de Natal

O Shopping Rio Claro está recheado de novidades para os clientes fazerem suas compras de Natal, e com um leque muito maior de produtos e serviços com as novas operações Espaço Laser, Montana Grill, Apreciatti Sorvetes, Imaginarium, Samsung, Quem Disse Berenice, Polishop, Sapashow e The Face, sem falar nas reinaugurações da Le Postiche e Coliseu Joalheiros, que modernizaram seus espaços e o atendimento.
E a partir deste domingo, 10 de dezembro, se inicia o horário especial de Natal, permitindo que os consumidores façam suas compras com mais tranquilidade. Neste domingo, as lojas abrem até às 22h e a partir da segunda-feira, 11 de dezembro, o horário se estenderá até 23h.
Segundo o Gerente Geral do Shopping Rio Claro, Everton Rondini, “buscamos oferecer o que há de melhor em marcas do varejo para que os consumidores de Rio Claro e região encontrem no Shopping Rio Claro tudo o que precisam para as confraternizações de fim de ano, e com um horário prolongado para sua comodidade, pois nesta época do ano todas as famílias têm muitos compromissos e o tempo acaba se tornando escasso. Além dos novos produtos e serviços, a Campanha de Natal deste ano está sorteando um dos carros mais vendidos em sua categoria, o Nissan Kicks, um atrativo ainda maior para quem fizer suas compras de Natal no nosso Shopping”.SHOPPING RIO CLARO TEM NOVIDADE

Confira o horário especial de fim de ano do Shopping Rio Claro
– Domingos 10 e 17
Lojas: das 13 às 22h
Praça de Alimentação: das 12h às 22h

– De 11 a 16 e de 18 a 23 de dezembro
Lojas: das 10h às 23h
Praça de Alimentação: das 11h às 23h

– Dia 24 de dezembro
Lojas e Praça de Alimentação: das 10h às 18h

– Dia 25 de dezembro: fechado

– Dia 26 de dezembro
Lojas: das 12h às 22h
Praça de Alimentação: das 11h às 22h

– De 27 a 30 de dezembro
Lojas: das 10h às 22h
Praça de Alimentação: das 11h às 22h

– Dia 31 de dezembro
Lojas e Praça de Alimentação: das 13h às 17h

Dia 1º de janeiro: fechado
-Dia 2 de janeiro
Lojas: das 12h às 22h
Praça de Alimentação: das 11h às 22h

Muro de escola será reconstruído após dez anos de espera

Após uma década de espera, a escola municipal Luiz Martins Rodrigues Filho terá novo muro em substituição ao que foi danificado pelas chuvas. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, visitou a unidade de ensino na sexta-feira (7) e confirmou que a prefeitura está tomando as providências para que a obra seja realizada. “Foi um descaso muito grande em relação a esse problema durante vários anos”, comenta Juninho. “Agora, vamos resolver essa situação que é danosa para alunos, professores e funcionários da escola”, acrescenta, destacando o apoio da base do governo na Câmara Municipal.
O secretário municipal da Educação, Adriano Moreira, acompanhou o prefeito na visita e destaca que a obra vai levar mais tranquilidade a professores, pais e funcionários. “A escola ficará mais segura, o que também é importante para o ambiente escolar”, comenta.
Desde que parte do muro caiu após forte ventania e chuva em março de 2008, o que era apenas uma solução temporária acabou permanecendo ao longo do tempo. O tapume colocado àquela época no local não oferece segurança e o isolamento necessário para as atividades escolares. “Agora serão trocados cerca de 50 metros do muro, entre a parte danificada pelas chuvas daquela ocasião e outra que está com a estrutura comprometida”, explica a diretora Flávia Piovesan. A escola Luís Martins fica no bairro Novo Wenzel e atende 500 crianças de Educação Infantil e Ensino Fundamental.
A vice-diretora, Gicélia Bortolin, comemora a iniciativa da prefeitura e enfatiza a importância da obra. “Temos crianças pequenas estudando aqui e, além do perigo à segurança da escola, também há preocupação redobrada com o risco de alunos brincarem próximos às brechas do muro danificado”, comenta.
Situação semelhante viveu a escola Sueli Marin, no Jardim São João, que no início deste semestre teve muro de arrimo reconstruído pela prefeitura após cinco anos de espera. A prefeitura também está construindomuro no entorno das escolas Caic e Isolina Cassavia, no Jardim Brasília. Nesse caso o muro era esperado desde que o Caic foi inaugurado, há 20 anos, e de lá para cá muitos transtornos foram registrados nessas duas unidades de ensino em relação à segurança. “São demandas antigas que, aos poucos, estamos atendendo”, finaliza o prefeito Juninho.

Rio Claro lança campanha por uma sociedade inclusiva

Campanha #porumasociedadeinclusiva foi lançada este mês em Rio Claro. A campanha consiste na divulgação de vídeos com depoimentos de pessoas com diferentes deficiências, destacando suas potencialidades no que diz respeito a estudo, trabalho e vida social. O trabalho é resultado de parceria entre TV Claret, Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Assessoria dos Direitos da Pessoa com Deficiência.
O assunto foi um dos temas abordados em reunião realizada na quarta-feira (6) entre membros do Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Assessoria dos Direitos da Pessoa com Deficiência.
Ao iniciar o encontro, Paulo Meyer, assessor dos Direitos da Pessoa com Deficiência falou da importância do trabalho conjunto entre a assessoria e o Conselho Municipal, objetivando políticas públicas para as pessoas com deficiência.
Sonia Carrocine, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência,  fez explanação sobre a reformulação da lei do conselho e sua adaptação à Lei Brasileira de Inclusão, bem como o aumento da representatividade no conselho, preconizando um conselho mais próximo da comunidade.
O calendário de trabalho do ano que vem foi apresentado na reunião por Juliene Patricia Antonio, vice-presidente do conselho. O calendário inclui circuito inclusivo, que deverá ter apoio de organizações da sociedade civil e terá ações durante todo ano, com destaque para as datas que fazem referência a lutas e ações relacionadas à pessoa com deficiência.

Artesanato de presente para o natal

Pois é isso mesmo, confeccionados a mão e com sementes, casas de coco, folhas, penas, tudo ecologicamente correto e ainda solidário.
Da terra vem o fruto que nos alimenta, nos embeleza e nos torna mais próximos de nosso verdadeiro ser. Esses tipos de acessórios, como colares, são chamados de biojóia, e quando elas estiverem se desgastando, retorne as sementes à terra, para que seu ciclo da vida se reinicie, assim estará colaborando com o meio-ambiente.
Veja os cuidados que você deve ter com sua biojóia
– Toda a biojóia é feita com, matéria prima vinda da natureza e deve ser guardada em local arejada
– Acondicionamento em porta joias e gavetas por exemplo, danificam as peças.
– Perfumes, cremes, óleos e cosméticos deixam as biojoias sem brilho, portanto, antes de colocar sua biojoia espera alguns minutos.
– Evite contato direto com produtos de limpeza e produtos químicos.
– Não tomar banho ou mergulhar em mar ou piscinas com qualquer delas, pois as mesmas não podem ser m olhadas, se molhar, colocar ao sol para secar.
– Não tente dar brilho em sua biojoia utilizando esponjas ou deixando de molho em água de sabão, o melhor é manter em local arejado.
– Não guarde em caixinhas ou embalagens plásticas.
– Se começar carunchar, lacre em um saquinho plástico e leve ao congelador por alguns dias.WhatsApp Image 2017-12-09 at 15.58.27 WhatsApp Image 2017-12-09 at 15.58.25

Lindos colares, pulseiras, brincos, filtro dos sonhos, todos confeccionados artesanalmente estão esperando por você na entrada do Enxuto
Lindos colares, pulseiras, brincos, filtro dos sonhos, todos confeccionados artesanalmente estão esperando por você na entrada do Enxuto

WhatsApp Image 2017-12-09 at 15.58.21 WhatsApp Image 2017-12-09 at 15.58.10

Para quem ainda não conhece uma peça de biojoias, passe no primeiro box da entrada do Supermercado Enxuto pela Avenida Visconde que la´está em exposição as mais diferente biojoias feitas com todo carinho pelas mão das artesãs. Colares, brincos e pulseira em muitas opções de escolhas, sendo também uma opção de presente diferenciado para este Natal.

Oficina de arte em mosaico tem inscrições abertas

“A oficina conta com importante estrutura tanto técnica como material”, observa Daniela Ferraz, secretária da Cultura, acrescentando que oficina, com a mesma temática foi realizada na sexta-feira (8) com resultado bastante satisfatório. “O aprendizado possibilitou que os alunos realizassem trabalhos muito bonitos”, ressalta.OFICINA DE ARTE EM MOSAICO TEM INSCRIÇÕES ABERTAS (1)
As aulas serão realizadas no Centro Cultural na quinta-feira (15), das 14 às 16 horas.  A atividade é resultado de parceria entre Secretaria da Cultura, Aspacer e Sesi.
Vinte vagas estão sendo disponibilizadas e serão preenchidas por ordem de inscrição. Os interessados devem procurar a Secretaria da Cultura, na Rua 2, 2.880, Vila Operária, ou se inscrever pelo sitewww.aspacer.com.br/cursos-e-palestras. A idade mínima para participação é 15 anos.

Festa de Natal neste domingo tem música e Papai Noel

Com grande festa, Papai Noel chega neste domingo (10) ao Lago Azul em Rio Claro.  O evento organizado pela prefeitura terá atrações das 9 às 17 horas e deve reunir grande público no parque.
“Estão todos convidados para esta grande confraternização que promete muita diversão, especialmente para as crianças”, destaca Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade.
A programação inclui atrações musicais, palhaço, intervenções culturais e espaço de beleza. Às 9h30 o público poderá participar de aula de zumba. Às 11 horas sobe ao palco o Grupo Tem Fuzuê. Atração de dança se apresenta às 13h30 e, em seguida, às 14 horas, Enzo Prochnow comanda o show. Às 15h30 o momento mais aguardado pelas crianças, quando, de motocicleta, o Papai Noel chega ao Lago Azul.
Durante a festa as crianças poderão brincar de graça em área de lazer com brinquedos, que será montada no parque. Os pequenos ainda receberão lanche, pipoca e sorvete. No local também funcionará praça de alimentação.FESTA NO LAGO AZUL PARA CHEGADA DO PAPAI NOEL (2)
A festa tem o apoio das secretarias de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana; Saúde; Cultura; Esportes e Turismo; Desenvolvimento Social; Agricultura, Abastecimento, Silvicultura e Manutenção; e também da Rádio Clube FM, Unimed, Ratos do Asfalto, Hereges, Viajantes do Asfalto, Cavaleiros de Malta e Resgatando o Brincar.

Liminar garante Certidão de Regularidade Previdenciária a RC

Após conseguir em julho a Certidão Negativa de Débitos Tributários (CND), a prefeitura de Rio Claro comemora a obtenção do segundo documento necessário para a obtenção de recursos visando obras de infraestrutura. Em decisão liminar, a Justiça determinou a emissão do Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP), que estava suspenso no município desde setembro de 2015, na administração anterior. O documento é essencial para a obtenção de recursos federais. “O CRP facilita a vinda de verbas para investimentos importantes, como asfaltamento”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, informando que a prefeitura inscreveu projetos para financiamento de pavimentação em bairros. “A falta da CRP engessa muitos desses projetos”, acrescenta Juninho.
A prefeitura teve acesso à decisão da 16ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária do Distrito Federal (SJDF) na sexta-feira (8). “A liminar sobre a CRP abre portas para o município”, explica o secretário municipal de Economia e Finanças, Gilmar Dietrich. “Agora estamos com todas as certidões regularizadas”, destaca.
A Certidão é necessária no planejamento da prefeitura para realizar pavimentação em bairros como Maria Cristina, Nova Rio Claro, Recanto Paraíso e Nova Veneza, obras que exigem financiamento. Outras situações que poderão ser destravadas são o recebimento de recursos para ampliação e compra de equipamentos para o Banco de Alimentos, bem como para a pavimentação da estrada do distrito de Ajapi.
As emendas parlamentares, consideradas impositivas, estão liberadas da apresentação de tais documentos. Já nos casos de chamamento público, editais e financiamentos, o município não consegue liberação do dinheiro se não tiver a certidão.
Em sua decisão, a SJDF determina à Secretaria de Políticas de Previdência Social do Ministério da Previdência Social a emissão imediata da CRP a Rio Claro, até o julgamento final de demanda que havia suspendido a certidão ao município, em 2015.
“Fazer com que a atual administração, e indiretamente a população do Município (…) suporte os prejuízos decorrentes de uma administração anterior que fez uso inadequado de verbas públicas ou que deixou de prestar contas como determina a lei, configura-se medida desproporcional”, argumenta em sua decisão o juiz Marcelo Rebello Pinheiro, da 16ª Vara Federal da SJDF.

Prefeitura quer acelerar reintegrações das moradias vendidas de forma ilegal

A prefeitura de Rio Claro está fechando o cerco a quem vende imóveis do programa habitacional do município de forma irregular. “Já identificamos situações suspeitas e comunicamos aos agentes financeiros para que sejam tomadas as providências necessárias”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que meses atrás determinou levantamento nos residenciais de interesse social no município.
De acordo com Juninho, a prefeitura está articulando reunião com o Banco do Brasil e Caixa Federal para que as reintegrações sejam feitas o mais rápido possível. “Queremos repassar esses imóveis aos próximos da fila de espera o quanto antes”, comenta Juninho. “Sabemos que esse tipo de irregularidade é cometido por uma minoria, mas queremos deixar claro que estamos alerta e não vamos tolerar esse tipo de atitude”, acrescenta.
O secretário municipal de Habitação, Anderson Golucci, explica que as providências legais sobre imóveis que passaram por operações irregulares de compra e venda são tomadas pelos agentes financeiros, ou seja, os bancos, que podem pedir o vencimento antecipado da dívida e a retomada do imóvel em função do desvio de finalidade do bem, que é destinado à residência do mutuário e sua família. “A fiscalização da prefeitura continua”, afirma Golucci, renovando o alerta para que os beneficiados pelos programas habitacionais da prefeitura cuidem dos seus imóveis e sigam a lei. Casas e apartamentos de interesse social não podem ser vendidos ou alugados antes da quitação. A pessoa que cometer esse tipo de irregularidade fica impedida de participar de novos programas habitacionais.

Enfim cumpre-se parte da lei…

Por Eduardo Sócrates Bergamaschi

Há muito tempo que espero ouvir, ler ou ver a notícia de que veículos com som em alto volume, atrapalhando o sossego público foram multados.
Pois bem, se só serem multados já me satisfazia, saber então que dois veículos foram recolhidos e que além da multa de 1.000 Unidades Fiscais do Município (UFM), equivalente a aproximadamente R$ 3.200,00, ainda terão que arcar com diárias de permanência e taxa de remoção dos veículos.
Infelizmente, alguns brasileiros, somente quando sofrem ataque ao seu bolso é que adquirem um pouco de bom senso. Esperemos que esses dois que estão sofrendo essas sanções, passem a respeitar o espaço do outro e aprendam que ninguém pode ser obrigado a participar do bom ou mau gosto musical dos outros.
A primeira lei municipal que proíbe esse tipo de ação (som alto), foi aprovada em dezembro de 2013. Em agosto de 2017, uma nova lei praticamente cópia daquela de 2013 (esta é a capacidade dos nossos vereadores) foi também aprovada e somente agora, 4 meses depois, é que se ouve que alguém foi penalizado por perturbar o sossego público, através de som “estupidamente” alto em seus veículos.
O que nós, cidadãos rio-clarenses de bom senso e que querem preservar os seus ouvidos, queremos é que esta ação da Guarda Civil Municipal não seja apenas um momento e que, realmente, cumpram com suas obrigações de fiscalizadores do sossego público e acabe com esta farra do som alto. E que não fique somente em veículos estacionados em locais públicos e que peguem também os “imbecis” que andam pela madrugada pelas ruas de Rio Claro com o som nas alturas.
Estudos comprovam que ruídos em excesso causam problemas sérios de distúrbios físicos e mentais, além de perturbação à segurança das pessoas em grave ofensa ao interesse coletivo, ao sossego público, ao meio ambiente e qualidade de vida.
Dependendo da intensidade, os ruídos causam desde desatenção e perturbação com relação a trânsito ou até mesmo estresse, distúrbios físicos, mentais e psicológicos, insônia, problemas auditivos e até surdez.
Assim sendo, além da Lei Municipal que proíbe a prática do som alto, ainda temos o artigo 54 da Lei de Crimes Ambientais (LCA) que diz: “Causar poluição de qualquer natureza em níveis que resultem ou possa resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou destruição significativa da flora: Pena – reclusão de um a quatro anos e multa”.
Porém, na prática, a autoridade policial, quando chamada a intervir, apenas solicita ao infrator que diminua o volume ou desligue o som, mas não é essa a medida esperada por Lei, uma vez que não cabe ao agente policial mensurar se a transgressão é de pequeno potencial ofensivo, pois tal análise já foi feita pelo legislador, mas sim atuar de maneira efetiva a fim de cessar a infração.
Portanto, aos infratores da lei do silêncio, cuidado, pois em algum momento a casa pode cair…

Os ossos de Papai Noel

Livio Oricchio, de São Paulo

Já que nos aproximamos do período de festas, o Natal em particular, a assunto hoje é o Papai Noel. Não é para explicar a origem da lenda, embora falaremos um pouco disso, mas para informar que cientistas da Universidade de Oxford, na Inglaterra, realizaram testes para detectar a idade de um osso da bacia que lhe foi entregue pelo padre norte-americano Dennis o’Neill, do Estado de Illinóis, nos Estados Unidos.

Usando a técnica da datação através do Carbono 14, o laboratório de Física de Oxford comprovou que a idade daquele osso era compatível com o período em que o arcebispo de Mira, hoje Demre, na Turquia, viveu, entre os anos 270 e 343 DC. Mas o que isso tem a ver com Papai Noel?

Simples: o osso é tido como sendo de São Nicolau, o arcerbispo de Mira, sobre quem foi criada a lenda do bom velhinho que nos dias reservados à celebração no nascimento de Jesus Cristo, o Natal, fim de dezembro, distribui presentes para as crianças bem comportadas em boa parte do mundo.

Não dá para afirmar que o osso é mesmo do Papai Noel, mas há indícios de poder ser. Eles permaneceram por séculos em uma igreja na França até caírem nas mãos do padre norte-americano Dennis O’Neill, que decidiu começar a investigar se fazia mesmo sentido o que lhe disseram. E um passo bastante importante nessa direção foi a confirmação da idade do osso.

Dá para imaginar que um santo tão popular como São Nicolau levou instituições e mesmo igrejas afirmarem ter partes dos seus ossos. Na maioria das vezes não por desejar ganhar notoriedade, mas por acreditar nos que os levaram até eles acompanhados de uma boa história e alguma evidência.

Assim, a maior parte do suposto esqueleto de São Nicolau encontra-se na cripta de uma igreja em Bari, no Sul, da Itália, desde o século 11, ou seja, cerca de 700 anos depois da sua morte. Acredita-se que o Arcebispo de Mira tenha nascido no ano 270 em Patara, na Grécia. Outra igreja, em Venezia, também alega ter os seus ossos.

Já religioso, viajou pela região onde hoje estão Egito e Israel. Era um homem de cultura, vinha de família rica. Sua devoção à causa que defendia fez de São Nicolau um bispo amado. Mas quase tudo que despertava grande interesse na população contrariava os interesses dos romanos, a quem o povo da Turquia estava submetido.

Por essa razão foi preso pelos soldados romanos, no tempo em que o imperador era Diocleciano. Mas, para sua sorte, algum tempo depois de se tornar imperador, em 306 DC, Constantino instituiu o cristianismo como religião. Dessa forma, São Nicolau deixou de atentar contra a ordem. Foi liberado.

Voltou a ajudar financeiramente os mais necessitados. Escritos da época relatam que São Nicolau deixava sacos com moedas de ouro nos chaminés das casas. Tudo no anonimato, para entendermos sua grandeza. Com o crescimento da igreja, o arcebispo de Mira, ao acumular milagres, ganhou o status de santo, o São Nicolau.

Os pesquisadores de Oxford desejam prosseguir com o seu trabalho. Se as igrejas que dizem ter ossos de São Nicolau os disponibilizarem para exames, seu objetivo será confrontar os DNAs, a fim de descobrir se estão falando da mesma pessoa, principalmente a depositada em Bari, a dita mais completa.

Até o século XIX, antes da chegada dos anos 1900, São Nicolau era representado como o arcebispo de Mira. De onde vem, então, essa imagem do bom velhinho de barba, preferencialmente gordinho, usado roupas vermelhas, com botas e cinto de couro pretos?

O mais aceito hoje é que essa história começou no fim dos anos 1800, depois de a Coca Cola lançar uma campanha publicitária nos Estados Unidos onde São Nicolau aparecia caracterizado dessa maneira, não mais como o arcebispo de Mira. Mas sua associação às festas natalinas aconteceu na Alemanha.

A lenda acabou se sofisticando. Já Papai Noel, ele não vem mais da Turquia, mas da Lapônia, no norte dos países nórdicos, Noruega, Suécia e Finlândia. E ele se desloca pelo mundo em um trenó puxado por renas.

liviooricchio@gmail.com

As magias do Natal

Carlos Brickmann  

A frase é de Lula, nesta terça, no Maranhão: “Todo ladrão tem de ir para a cadeia”. O Maranhão, Estado mais pobre do Brasil, é dirigido pela família Sarney, aliada de Lula, ou pelo PCdoB, aliado de Lula.
O PSDB está dividido, com relação ao Governo Temer, entre o Muro e o Muro do B. O Partido do Muro, chefiado pelo chanceler Aloysio Nunes, aceita tudo, menos descer de lá de cima. O Muro do B, chefiado por quem não tem força no Governo, combinou com o presidente Temer “uma saída elegante”. Como diria Temer, tê-la-ão: o PSDB certamente ficará feliz quando souber que o pé que vai levar no local adequado usa calçados finos.
Sérgio Cabral, PMDB, ex-governador do Rio, condenado em primeira instância a 72 anos de prisão (mas pode me chamar de 30, pena máxima a ser cumprida), presta o Enem nesta semana para História. Cabral, formado em Jornalismo, diz que adora História. Nada mais justo: o Brasil foi descoberto pelo Cabral português, e outro Cabral, carioca, soube pesquisar os tesouros que o país escondia. Tem mais: o estudo permite abater parte da pena. Se o Brasil não mudou, será com certeza um bom abatimento. Quem sabe teremos ainda novas chapas peemedebistas com Cunha e Cabral?
Cabral lembra algo de nossa história. Diz, por exemplo, que não é como Adhemar de Barros, ex-governador paulista que cunhou o slogan “rouba mas faz”. E não é mesmo: obra de Adhemar podia ser cara, mas era feita.
Bom velhinho sempre vem
Lembra-se do doleiro Lúcio Funaro, envolvido desde 2003 na remessa de dinheiro ilegal ao Exterior? Em 2003, foi apanhado por Moro, mas sabe como é, o tempo passa, o tempo voa e ele foi se mantendo no ramo. Agora. apanhado de novo, delatou muita gente e conseguiu pegar apenas dois anos de pena. Mas vai passar o Natal em casa, porque o bom Papai Noel não se esquece de ninguém. Sai da Papuda nesta semana, seis meses antes de completar os já generosos dois anos com que havia conseguido se safar. Se Funaro, que não pertence a partidos, sai tão cedo, por que outros vão ficar?
Conexão africana
O ex-ministro Antônio Palocci, um dos homens mais importantes do Governo Lula, coordenador da campanha de Dilma, totalmente abandonado pelos companheiros quando foi preso, está concluindo sua proposta de delação premiada, informa a revista Veja. Palocci promete provar que Moamar Khadaffi, ditador da Líbia, deu um milhão de dólares à campanha de Lula em 2002 – dinheiro lavadinho, a fundo perdido, “empréstimo” sem devolução. Lula chamava o líbio de “irmão”. Khadaffi, ditador da Líbia por 42 anos, foi deposto e morto em 2011. Palocci diz ter outras coisas a contar sobre movimentação ilegal de recursos, mas a de Khadaffi tem um sabor especial: a lei brasileira pune com o cancelamento de registro do partido o recebimento de dinheiro do Exterior. Lula não poderá ser candidato, nem o PT poderá apresentar outros candidatos: o partido talvez seja extinto.
Espada a prêmio
Num dos quatro encontros que teve com Khaddafi, Lula ganhou uma espada de aço e ouro branco, cravejada de pedras preciosas. Ao deixar a Presidência, Lula guardou a espada num cofre do Banco do Brasil, em nome de sua esposa Marisa e do filho Fábio Luís Lula da Silva. A espada foi localizada pelo juiz Sérgio Moro e devolvida ao Tesouro.
Alerta
Quem conhece o empreiteiro Marcelo Odebrecht está convencido de que o período na prisão não o modificou de forma alguma. Como dizia do rei Luís 18 da França o chanceler Talleyrand, após a Revolução Francesa e o período de Napoleão Bonaparte, “nada aprendeu e nada esqueceu”.
A reforma vem chegando
A votação será mesmo apressada, atrapalhada, como aliás é frequente ocorrer em nosso Congresso, principalmente quando se aproxima o recesso. Mas tudo indica que a reforma da Previdência – meio esfarrapada – será aprovada. E talvez seja aprovada até por mais do que se imagina, especialmente se o pessoal mais resistente do PSDB descobrir que, se continuar no muro, vai deixar claro que não teve a menor importância no resultado da votação. É o risco que também corre o PSD de Kassab: assistir à aprovação, deixando claro que, com ou sem PSD, Temer vai vivendo.
Pior do que estava, fica
Não se iluda com a suposta beleza do gesto de renúncia do deputado Tiririca. Em oito anos, é seu primeiro discurso – a primeira vez que nos deixa entrever sua posição política. Levou esse tempo todo desfrutando os benefícios, aliás indecentes mesmo, que agora denunciou. E ainda aproveitou para pagar as despesas de um espetáculo de circo do qual era o astro com dinheiro da Câmara. Tiririca, ao contrário do que prometeu, não contou o que é que um deputado federal faz. Mas seguiu o exemplo deles.
COMENTE: carlos@brickmann.com.br
Twitter: @CarlosBrickmann
 

Tiro de Guerra de Rio Claro recebe novo chefe de instrução

O Tiro de Guerra de Rio Claro tem novo chefe de instrução. Em reunião sexta-feira (8) no paço municipal, o primeiro sargento Robson Alexandre Boeck recebeu as boas vindas do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que reiterou a disposição do município em prestar todo o apoio possível ao TG. “As portas da prefeitura estão sempre abertas ao Tiro de Guerra, uma corporação que muito nos orgulha, que é extremamente importante para o município e referência em serviço militar”, destacou Juninho, reafirmando sua imensa admiração pelo exército brasileiro.
Na reunião, o capitão José Odilon Figueira, delegado da Junta Militar de Rio Claro, apresentou relatório de atividades ao prefeito, que é diretor do Tiro de Guerra. “Agradecemos o auxílio que a prefeitura tem nos dado e reforçamos nossa disposição em servir ao município”, disse, informando que no próximo mês se despedirá das funções que exerce na Junta Militar do município.
Outro assunto tratado na reunião foi a necessidade de algumas melhorias na sede do Tiro de Guerra. De acordo com Juninho, a prefeitura está se organizando para colaborar também nesse aspecto. “Neste ano houve muitas limitações por causa do orçamento herdado de governo anterior, mas para 2018 temos a perspectiva de avançar mais nesse tema”, comentou.JUNINHO RECEBE NOVO CHEFE DE (2)
Também participou da reunião o subtenente Fábio Alexandre Ferreira, que exerceu até esta semana o posto de chefe de instrução do Tiro de Guerra. “Foi uma experiência gratificante, o TG é um desafio, mas pudemos contar com o apoio de muitos”, enfatizou. Seu substituto, o primeiro sargento Boeck, contou que está no município desde domingo (3) e vem sendo muito bem recebido na cidade. “Espero repetir o êxito do trabalho de meu antecessor”, frisou durante a reunião, que contou ainda com a presença do instrutor do Tiro de Guerra de Rio Claro, primeiro sargento Jussiê de Souza Santos.

Adra de Rio Claro está entre as três melhores do país

Presente em mais de 130 países e com 32 unidades no estado de São Paulo, a Adra (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais) de Rio Claro está entre as três melhores do país, conforme anunciado pelo seu diretor Ivo Suedekum ao prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, durante a cantata de natal apresentada pelos jovens da entidade na noite de quinta-feira (07) no Jardim Bonsucesso.
Ivo disse ainda que o projeto de natal da Adra em todo o Brasil até o momento arrecadou mais de 900 toneladas de alimentos para serem entregues às famílias carentes. “Nosso objetivo é ultrapassar mil toneladas de alimentos”, conclui.
Juninho destacou o trabalho da entidade feito na periferia do município. “Essas parcerias são importantes, pois o Poder Público sozinho não consegue atender todas as demandas”, comentou o prefeito, que cumprimentou educadores, familiares e as crianças pelo belo espetáculo musical apresentado. O coral, formado por crianças do Jardim Bonsucesso, Novo Wenzel e Bom Retiro, ensaiou desde agosto e apresentou dez músicas.
ADRA DE RIO CLARO ESTÁ ENTRE AS TRES MELHORES DO PAÍS (1)
O Núcleo Adra de Rio Claro atualmente atende 160 crianças e adolescentes e desenvolve o serviço de convivência e fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, além de desenvolver atividades como artesanato, oficinas de esporte, vídeo e música, atividades culturais, entre outras.
A Adra Rio Claro é mantida pela Igreja Adventista do Sétimo Dia. Do evento de quinta-feira também participaram o pastor Hélio Bochnie Júnior, responsável pela Associação Paulista Central da Adra e a coordenadora Cláudia Aparecida Lopes.

Rio Claro vai zerar fila de quatro anos por aparelhos auditivos 

Sem ouvir direito há meses, Sebastião dos Santos Teodoro, morador do Jardim Guanabara 1 em Rio Claro, era só alegria ao receber dois aparelhos auditivos nessa sexta-feira (8) no paço municipal. “Vou poder ouvir e me comunicar melhor com a minha família”, disse após assinar o termo de doação das próteses.
Seu Sebastião integra um grupo de 40 pessoas com perda auditiva que receberam gratuitamente próteses fornecidas pelo Fundo Social de Solidariedade, com apoio das secretarias de Saúde e Desenvolvimento Social. “Meu marido ouve muito pouco e fala com muita dificuldade e, para nós, esse aparelho é muito importante. Estou muito feliz”, declarou Elizabete Teodoro, esposa de seu Sebastião.
No total serão doadas 400 próteses auditivas, zerando a fila de espera com pessoas aguardando desde 2013. O município investiu R$ 210 mil na compra dos aparelhos. “Essa é a maior entrega de aparelhos auditivos da história de Rio Claro. Estou muito feliz de estar à frente do Fundo Social e poder proporcionar essa alegria e melhor qualidade de vida para essas pessoas que sofrem com perda auditiva”, declarou Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social.RIO CLARO VAI ZERAR FILA DE (1) RIO CLARO VAI ZERAR FILA DE (3)
Para o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, restabelecer a audição de quem tem perda auditiva promove inclusão social e melhora o convívio familiar e social. “São momentos como esse, em que podemos ajudar a quem mais precisa, que nos alegram por estar à frente da prefeitura. Com trabalho, respeito e senso de prioridade, estamos conseguindo agir em benefício da comunidade”, disse.
Entre os beneficiários está o servidor municipal Jeremias Pereira das Neves, que teve perda total de audição de um ouvido e 50% do outro, após sofrer uma queda de três metros de altura há quase dois anos. Sua capacidade de audição é limitada e há risco do problema se agravar. “Sem o aparelho auditivo posso perder totalmente a audição”, afirma Neves explicando que o uso da prótese vai lhe permitir recuperar parte da capacidade de ouvir e estabilizar o problema. “Estou muito feliz em ganhar o aparelho que é muito caro e não tenho condições de comprar”, declarou.
Para Érica Belomi, secretária do Desenvolvimento Social, é “uma alegria participar dessa iniciativa de inclusão social e oferecer às pessoas que esperam há tanto tempo a oportunidade de ouvir novamente”.
O presidente da Câmara Municipal, André Godoy, enalteceu o trabalho realizado pela administração municipal para atender a comunidade. “A entrega dessa quantidade de aparelhos auditivos é um momento histórico na cidade e demonstra que o trabalho realizado pelo Fundo Social está alinhado ao plano do governo de atender aqueles que estão na fila de espera há muito tempo”, pontuou.
Juliene Patrícia Antonio, coordenadora do Centro de Habilitação Infantil (CHI) Princesa Victória, desejou felicidades aos “futuros ouvintes” e fez votos de que os aparelhos sejam bem aproveitados.
As pessoas que vão receber as próteses auditivas estão sendo chamadas pelo Fundo Social de Solidariedade. Após assinarem o termo de doação, elas serão encaminhadas para atualização do exame audiométrico, trabalho que será feito pela empresa Starkey, que venceu a licitação para o fornecimento dos aparelhos.
O acompanhamento dos pacientes no período de adaptação aos aparelhos será feito pela fonoaudióloga Karina Paula Teciano de Carvalho. “Espero ajudar cada um de vocês nessa nova etapa de suas vidas”, disse aos beneficiários presentes ao evento no paço municipal.
Também participaram do evento o vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba, e sua esposa Luciana Bellagamba; os secretários Djair Francisco (Saúde) e Gilberto Brina (Governo); Paulo Meyer, assessor dos Direitos da Pessoa com Deficiência; os vereadores Geraldo Voluntário e Júlio Lopes; entre outras autoridades e público em geral.

Praça Dalva recebe casa do Papai Noel a partir desta sexta-feira

O Papai Noel tem endereço certo em Rio Claro: a Praça Dalva de Oliveira. O bom velhinho já está por lá. A casa permanece montada no local até o dia 22 de dezembro e a visitação pode ser feita de segunda a sábado, das 19 às 22 horas, com entrada gratuita. A casa do Papai Noel é uma iniciativa da Prefeitura de Rio Claro, por intermédio da Secretaria Municipal de Esportes e Turismo (Setur), em parceria com a Acirc (Associação Comercial e Industrial de Rio Claro).
“A casa do Papai Noel é mais uma atração para proporcionar momentos especiais à comunidade. E o Bom Velhinho receberá as crianças e seus familiares de braços abertos, mantendo viva a magia do Natal. Espero que a comunidade prestigie e possa se encantar com este momento emocionante”, destaca o titular da Setur, Ronald Penteado.
Além da casa do Papai Noel, outra atração na Praça Dalva será o trenzinho que circulará na cidade entre os dias 8 e 22 de dezembro, no mesmo horário de visitação, de segunda a sábado, das 19 às 22 horas. As crianças poderão passear gratuitamente acompanhadas de um responsável. O ponto de partida será a praça Dalva, passando pela Avenida Visconde do Rio Claro até a Avenida 8, dali o trenzinho desce pela Avenida 6 e retorna à praça.
Para marcar o encerramento da visitação à casa do Papai Noel, no dia 22 de dezembro às 20 horas, acontece Cantata de Natal com participação das crianças da Paróquia Nossa Senhora Saúde e também do coral dos jovens da igreja.

Julinho Lopes preside reunião do Conselho Fiscal do Consórcio PCJ em Americana

A reunião teve o objetivo de discutir as disponibilidades hídricas das Bacias PCJ e no Sistema Cantareira e as perspectivas e planejamento de metas para a atuação do Conselho Fiscal em 2018. Informações sobre o 8º Fórum Mundial da Água que ocorrerá em 2018, no Distrito Federal, também foram destacadas.
Presidente do Conselho Fiscal, o vereador Julinho Lopes pede apoio dos membros, junto a Ares-PCJ (Agência Reguladora), da regulamentação para concessão de descontos na cobrança da taxa de esgoto, para as indústrias que reutilizam a água e realizam o pré-tratamento dos seus resíduos, contribuindo com a redução do impacto na estação de tratamento de efluentes.JULINHO LOPES PRESIDE REUNIÃO (3) JULINHO LOPES PRESIDE REUNIÃO (2)
“Neste momento de crise, em que as receitas registram quedas com frequência, é preciso apoiar àqueles que geram empregos”, disse o vereador Julinho Lopes.
Por ser uma saída para crise hídrica, Julinho salientou a importância da construção de Bacias de Retenção com o objetivo de evitar problemas de drenagem e erosão na zona rural, por serem ferramentas baratas e práticas para armazenar água de chuva e recarregar o lençol freático.
“As bacias de retenção podem solucionar o problema de drenagem das águas pluviais na zona rural, como também evita a erosão e deterioração das estradas vicinais, sem contar a capacidade de reserva estratégica de água, armazenando as águas das chuvas, auxiliando na recarga do lençol freático”, comentou Julinho Lopes.
O 8º Fórum Mundial da Água foi discutido. Na ocasião foi solicitado que cada cidade encaminhe suas experiências. “O Consórcio PCJ e o Conselho Fiscal terão espaço físico no Fórum, que irá receber pessoas do mundo inteiro.”

CPP homenageia Professora de Analândia

Professora Isabel Vivaldini Romeiro, reside em Analândia, décima filha de doze irmãos, conclui o curso de magistério em Analândia, na E.E. “Professor José Jorge Neto”, sendo uma das alunas da primeira e única turma dessa escola. Foi premiada pelo Centro do Professorado Paulista (CPP), regional de Rio Claro, como Professora Emérita.
Iniciou sua carreira de professora, como substituta, em 1984, o que lhe deu experiência na sua formação docente. Em 1991 realizou o concurso na Prefeitura em Analândia, tornando-se professora “efetiva” e por muitos anos trabalhou nas escolas rurais espalhadas pelas fazendas de Analândia.
Palavras da Profa. Isabel: “… naquela época as estradas rurais eram mal conservadas e isto se agravava ainda mais nas ocasiões de chuva, porém, a vontade de trabalhar com crianças falava mais alto e as tantas barreiras caiam por terra, nestes anos todos pude conviver com pessoas maravilhosas, dedicadas e realmente comprometidas. Sou grata a Deus por sempre ter me direcionado nesta prazerosa jornada de trabalho que é alfabetizar crianças, tarefa extremamente gratificante”,
Palavras de Maria Helena Agata Freire que é sua amiga: “Profa. Isabel é comprometida, sempre trabalhou com alunos na faixa etária de 6 a 7 anos, realiza excelente trabalho na complexa tarefa de alfabetizar, aposentou-se, voltou a lecionar para continua alfabetizando”.
Para o Professor Moacir Rossini, Diretor do CPP – Regional de Rio Claro: “… a homenagem que o Centro do Professorado Paulista presta a professora Isabel é merecida, pela sua dedicação e respeito que sempre teve pelas crianças, é um bonito exemplo de docência”.