Programa de combate às drogas forma 90 alunos da Escola Darci

Solenidade reuniu professores e grande número de familiares dos alunos

280
O prefeito Juninho, ressaltou que “enquanto houver estas parcerias da PM com as escolas, será possível construir menos presídios, pois, bem orientados, nossas crianças e jovens se manterão no bom caminho”

Noventa alunos da Escola Municipal Darci Reginatto receberam na noite de segunda-feira (4) em Rio Claro o diploma de conclusão do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência). O programa, desenvolvido pela Polícia Militar em escolas públicas e particulares, existe há 24 anos no estado de São Paulo e há 12 anos atende escolas rio-clarenses. “Neste período, atendemos mais de 15 mil crianças”, lembrou o capitão Marcos Paulo Barreto.
O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, ressaltou que “enquanto houver estas parcerias da PM com as escolas, será possível construir menos presídios, pois, bem orientados, nossas crianças e jovens se manterão no bom caminho”.
Monitor do Proerd por vários anos como policial militar, o vereador Seron destacou a presença dos familiares na solenidade de formatura e o trabalho voluntário dos policiais.
A policial Regiane Aparecida Dias Vianna lembrou aos pais da responsabilidade que têm em dar continuidade aos ensinamentos que seus filhos receberam no Proerd.
Rebeca Clélia Cardoso Guimarães, vice-diretora da escola Darci Reginatto, disse que a formatura no Proerd é “uma grande conquista dos alunos, um novo passo rumo ao sucesso e crescimento”.PROGRAMA DE COMBATE AS DROGAS (1)
Do evento também participaram o primeiro sargento Sérgio Antonio Maruci, o segundo sargento Vitor Higor Rodrigues da Silva, Aline Aparecida Pereira Sentinella (coordenadora pedagógica da Escola Darci Reginatto) e Uelinton Castro (coordenador pedagógico da Secretaria Municipal da Educação).

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA