FORO PRIVILEGIADO.

153

JUAREZ ALVARENGA

A maneira como a justiça brasileira analisa os crimes cometidos pelas autoridades merece alguns comentários

Seria o crime uma peculiaridade do ser humano em geral ou um estigma instintivo caracterizado em determinados individuos.

Seria o crime uma impulsão ebulitiva, que fomenta o interior humano ou exclusivamente uma circunstancia ambiental.

Apologista de que a criminalidade é fato natural, em confronto, com ambiente também natural, que aloja o ser humano, independente de classe social, gênero, raça e nível intelectual, acreditamos que os instrumentos humanos pode apenas amenizar suas ocorrências e nunca eliminar suas raízes,
definitivamente, implantadas no recôndito mais evolutivo das partes humanas.

Surge então o foro privilegiado, método jurídico elitista e coloquialmente injusto.

Princípios constitucionais justificam sua implantação privilegiando determinados elementos pelas funções que ocupam na sociedade.

Aparentemente protege função e não o individuo, mas no fundo e no pragmatismo fica evidente que o foro privilegiado acarreta uma discrepância desigualdade entre indivíduos. Preceitos constitucionais, em que todos são iguais perante a lei ficam desprotegidos.

O foro privilegiado transmite, para a sociedade uma mensagem extremamente negativa que é sinônimo de impunidade.

No olhar coloquial do homem comum, o foro privilegiado, é um afronto ao principio da igualdade.

Com alavancada da epidemia generalizada dos crimes, pelas autoridades, a agenda do foro privilegiado entrou na moda.

Parece-nos que chegou a hora de eliminar definitivamente está discrepância na constituição brasileira.

Somos todos iguais na essência, porque tornar-se desiguais nos erros.

A desproteção do estado em punir dentro do foro privilegiado é uma excrecência notoriamente perceptível.

Com a pressão popular e inteligência profunda do Supremo Tribunal Federal analisará com sabedoria, bom senso e sobretudo com argumentos que todos são iguais dentro da lei que este preceito do foro privilegiado é um dinossauro dentro do sistema democrático de direito.

E MAIL: juarezalvarengacru@gmail.com

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA