Prefeitura vai investir mais de R$ 2 milhões em produtos da agricultura familiar

  Os gêneros alimentícios vão reforçar o cardápio da merenda servida nas escolas públicas 

357
A prefeitura pretende comprar verduras, frutas, legumes, raízes e tubérculos, mel, ovo, suco, entre outros produtos

A prefeitura de Rio Claro está realizando uma nova chamada pública para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar. O edital de aviso foi publicado no Diário Oficial do Município de sexta-feira (10). O processo será encerrado no dia 5 de dezembro. O investimento previsto é de R$ 2,4 milhões.
Podem participar da chamada pública agricultores familiares, empreendedores familiares rurais e suas organizações. Os recursos são do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). De acordo com as regras do PNAE, os participantes devem estar organizados em grupos formais como cooperativas, associações e outras. “A chamada pública atende legislação federal e visa fortalecer a agricultura familiar no município”, esclarece o secretário da Educação, Adriano Moreira.
A prefeitura pretende comprar verduras, frutas, legumes, raízes e tubérculos, mel, ovo, suco, entre outros produtos. No total serão adquiridos 31 itens, que abrangem banana, abóbora, alface, cenoura, mandioca, maracujá, rúcula, chuchu, limão, entre outros.
Os gêneros serão destinados para a alimentação escolar e incluídos no cardápio da merenda servida nas escolas públicas. “A compra será feita prioritariamente dos produtores de Rio Claro”, explica Mário Veiga, diretor de Alimentação Escolar. O prazo de vigência do contrato será de seis meses contados a partir da data de assinatura do documento.
O edital com as regras de participação pode ser obtido no site http://licitacao.rioclaro.sp.gov.br. O documento também pode ser retirado no Departamento de Alimentação Escolar, instalado no bloco 17 do NAM, e na Secretaria Municipal da Agricultura, Abastecimento, Silvicultura e Manutenção, na Avenida 58-A, 600, no bairro Jardim América.
Os interessados em participar do processo devem enviar a documentação de habilitação e a proposta de venda até às 8h30 do dia 5 de dezembro no Departamento Administrativo da Central Geral de Compras que fica no bloco 13 do Núcleo Administrativo Municipal (NAM), na Rua Dr. Eloy Chaves, 3265, Alto do Santana.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA