Projeto Guri promove oficina

A oficina é de construção de instrumentos a partir de materiais recicláveis

680
A oficina com as crianças tem como objetivo despertar um olhar crítico nos alunos e alunas sobre a situação atual do meio ambiente em que estão inseridos

Todos os dias são descartadas toneladas de garrafas pet, latas, pneus chaves, madeiras, caixas e conduítes. Materiais que vão para o lixo, mas poderiam se transformar em música. Essa é a proposta do Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – que promoverá uma oficina com alunos para criar instrumentos a partir de materiais recicláveis.
O PENSA – Projeto Educacional Necessário de Sensibilização Ambiental acontecerá no dia 13 de novembro, às 14h00, com os alunos do Polo Piracicaba, sob supervisão de seu idealizador Thales Martins, que passou seis meses na Noruega pelo programa MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchange).
A oficina com as crianças tem como objetivo despertar um olhar crítico nos alunos e alunas sobre a situação atual do meio ambiente em que estão inseridos. Além disso, eles poderão compartilhar os ensinamentos da oficina com outras pessoas, conscientizando-as. “Considerando as experiências culturais e musicais que tive durante meu intercâmbio na Noruega por meio do MOVE 2017, percebi o cuidado daquela sociedade e sua consciência para com a questão ambiental. Isso passa pela reutilização e reciclagem daquilo que seria considerado lixo”, disse Thales Martins.
PENSA – Projeto Educacional Necessário de Sensibilização Ambiental,  dia 13 de novembro, às 14h00 no Polo Piracicaba. Endereço: Avenida Doutor Paulo de Moraes, 1682, Paulista. Entrada: Gratuita.
Fechado para alunos e alunas do polo. Parceiro local: Prefeitura Municipal de Piracicaba – Projeto Guri www.projetoguri.org.br
Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Amigos do Guri: Instituto CCR por meio da CCR AutoBAn e CCR SPVias, SABESP, SKY, CTG, EMS, Microsoft, Usina Colorado,  Caterpillar, Supermercados Tauste, Capuani, Grupo BB e Mapfre, Pinheiro Neto,  WestRock, VALGROUP, Banco Votorantim, Mercedes Benz, Catho, Hasbro, Cipatex, PPE Fios, Grupo Maringá, Raízen, Castelo Alimentos, Arteris e Cremer.

Sobre o Projeto Guri
Mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos. Mais de 49 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Amigos do Guri, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu cerca de 650 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA