Agentes educacionais participam de curso de capacitação em Rio Claro

Formação oferecida pela prefeitura é voltada para os agentes que atuam com alunos da Educação Especial

1110
Os agentes educacionais foram divididos em quatro grupos para participar da formação que está sendo ministrada no Sesi

Cerca de 200 agentes educacionais que atuam com alunos da Educação Especial na rede municipal de ensino de Rio Claro participam da formação “O papel do agente educacional com os alunos público-alvo da educação especial na perspectiva da educação inclusiva”. O curso está sendo oferecido pela prefeitura por meio da Secretaria Municipal da Educação.
Na rede municipal, os alunos com deficiência e algum tipo de transtorno frequentam as escolas regulares e recebem apoio do atendimento educacional especializado em sala de recursos com professores que possuem formação em Educação Especial. Quando há necessidades específicas, principalmente nas áreas de higiene, alimentação e locomoção, os estudantes contam com o apoio do agente educacional.
“A atuação do agente educacional, em parceria com os professores e demais profissionais da escola, é fundamental para a permanência dos alunos da Educação Especial nas escolas regulares na perspectiva da inclusão”, explica o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira, destacando a importância da formação em andamento.AGENTES EDUCACIONAIS PARTICIPAM (2)
Os agentes educacionais foram divididos em quatro grupos para participar da formação que está sendo ministrada no Sesi. Os próximos encontros serão realizados na próxima terça-feira (14) e 7 de dezembro. No curso, os agentes recebem informações sobre os conceitos da educação especial e educação inclusiva; atuação do agente educacional com alunos com deficiências física, visual, intelectual e múltipla; transtorno do espectro do autismo; surdocegueira; além de aspectos gerais sobre educação de surdos e educação bilíngue. As aulas estão sendo ministradas pelos professores das salas de recursos de escolas municipais através de exposição de conteúdo por vídeos e slides, dinâmicas de grupo e atividades práticas como locomoção em cadeiras de rodas.
Para Simara Pereira da Mata, coordenadora de Educação Especial da Secretaria da Educação, investir na formação dos profissionais que atuam com os alunos da Educação Especial é fundamental para a garantia dos direitos desses estudantes. “É preciso investir na remoção de barreiras, na promoção da acessibilidade e assegurar a plena participação de todos os alunos no contexto escolar. A construção de uma educação cada vez mais inclusiva tem sido o nosso objetivo”, afirma.
A formação foi aprovada pelos agentes educacionais. “O curso foi muito informativo e ajudará no meu dia a dia”, “Foi bem proveitoso por ser meu primeiro ano em contato com crianças da Educação Especial e aprendi muita coisa que irei tentar colocar em prática na escola”, “O curso me ajudou a pensar e ter ideias para ajudar o aluno que acompanho”, foram alguns dos comentários feitos nas avaliações realizadas pelos participantes.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA