Mostra Novos Olhares está aberta nesta sexta-feira com obras de vários artistas

Público poderá conferir gratuitamente a exposição até 8 de dezembro no Casarão da Cultura  

188
Na imagem: Portal da Santa Casa. Artista: Ana Maria Zaine Gennaro. Óleo sobre tela. 1998  

Rio Claro realiza nesta sexta-feira (10) a premiação do concurso e a abertura da 17ª Mostra de Artes Novos Olhares com exposição de 54 obras de 24 artistas plásticos. A cerimônia será realizada às 20 horas no Casarão da Cultura que fica na Avenida 3 com a Rua 7, região central da cidade. Toda a comunidade está convidada a participar do evento que tem entrada gratuita.
As 54 obras que fazem parte da exposição foram confeccionadas com cores, materiais, técnicas e temas diversificados. Todas retratam cenas de Rio Claro, tema central do concurso Novos Olhares. Os artistas eternizaram em pinturas, desenhos e esculturas as paisagens, pessoas, costumes populares, arquitetura, símbolos, entre outros detalhes significativos da cidade. As peças selecionadas para a mostra foram escolhidas por comissão julgadora.
“Os três primeiros colocados em cada categoria do concurso em pintura, desenho e escultura, vão receber premiação em dinheiro e também haverá e troféu de Menção Honrosa”, explica Mônica Frandi Ferreira, superintendente do Arquivo Público e Histórico de Rio Claro, organizador do concurso e da exposição. Além disso, todos os expositores vão receber certificado de participação emitido pela autarquia.
O público poderá conferir a exposição Novos Olhares até 8 de dezembro no Casarão da Cultura. A mostra ficará aberta à visitação de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas e aos sábados das 9 às 13 horas. Nesse período, as obras também estarão disponíveis para venda.MOSTRA NOVOS OLHARES SERÁ É ABERTA NESTA SEXTA (1)

Lançamentos
No evento também serão realizadas homenagens aos artistas plásticos Luiz Miotto e Percy de Oliveira. Miotto irá lançar o Calendário de Mesa 2018, produzido pelo Arquivo Público em parceria com a Caprem Engenharia. A publicação traz ilustrações do patrimônio histórico do município feitas pelo artista a bico de pena e aquarela. “Em cada mês, os traços firmes a bico de pena e a sutileza da aquarela, exaltam nossos patrimônios edificados, eternizando características arquitetônicas de prédios que resistem ao tempo e lembrando a todos nós períodos distintos da história de Rio Claro”, comenta Mônica.
Já Percy de Oliveira irá lançar a quinta edição de “Imagens”, uma coleção de 20 desenhos a, bico de pena, feitos pelo artista evocando a arquitetura da cidade no passado. O lançamento é uma promoção do Arquivo Público em parceria com a Brumati Engenharia.
“Estamos reproduzindo esse compilado dos finos traços a bico de pena, que resultam em imagens com valor de ornamento e de testemunho. Essa série retrata construções que foram demolidas e prédios que resistiram à ação do tempo e do homem”, observa Mônica, acrescentando que a coleção visa possibilitar o registro e a reflexão sobre o passado e a memória, condensados nos vestígios materiais, documentais ou arquitetônicos.
No evento, o calendário estará disponível para venda por R$ 5,00 cada e a coleção de pranchas por R$ 20,00. Após a cerimônia, o calendário e a coleção poderão ser adquiridos na sede do Arquivo Público (NAM – Rua 6, 3265, Alto do Santana) e no paço municipal (Rua 3, Centro).

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA