O SERMÃO DA MONTANHA

201

Ana Lucia Missaglia Guarnieri
“Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados os aflitos, porque serão consolados.
Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
Bem-aventurado os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus.
Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus”Mateus, 5, 1-12, Leitura do Evangelho de Domingo, 05/11/2017.
*********************************
Segundo os maiores seguidores do Senhor, o Sermão da Montanha é o resumo da Sua Vida, Paixão, Morte e Ressurreição pela ascensão da humanidade ao Pai: é a Sua Herança Testamentária a nós todos. Seu cerne é o Seu Sagrado Coração, para que, no caminho, provássemos que na caridade há companhia, enquanto no egoísmo há solidão.
Apesar de a definição científica do ser humano não ter mudado – ser composto de cabeça, tronco e membros – e sua definição diferencial do reino dos mamíferos e dos invertebrados (inventou até a Internet!) também permanecer a mesma – ser composto de mente, alma e espírito – há, hoje, recomendação, inclusive de acadêmicos, para que nas Escolas (!) o Sermão da Montanha seja mencionado como pequenas estórias, fábulas ou ficções, ou como uma partida de futebol, reduzindo a Cristo como uma figura irrelevante na História, revelando o nível de empobrecimento a que se chegou, não só em nível de linguagem, mas de espiritualidade. (Para santo Agostinho, as bem-aventuranças são a a Lei moral, feita de Justiça e de Misericórdia, enquanto que, há milênios, os Budistas já se preocupavam com o sentido do sofrimento da espécie, como sinal de encontro com a Luz, de sua busca pela Paz).
Dia 30 de Outubro de 2017 e o gracioso, alegre e belo menino, Vítor Gabriel Leite Matheus, de 3 anos, é atingido por uma bala perdida que lhe acertou a cabeça, enquanto brincava, com os irmãos, na sala do barraco, onde morava, com os pais, vindo a falecer dia 02/11/2017. A repórter da Globo News não conseguiu dar a notícia sem emocionar-se com o fato, entrando para a lista dos jornalistas mais experientes que participam da sexta bem-aventurança do Cristo: “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus”. O seguir ao Senhor, compartilhando do “fazer a vontade do Pai” ´, é isso, como Ele Mesmo nos fala: é ser sua mãe, seu irmão, sua irmã (Mt. 12, Mc. 3, Lc. 8). O planeta ficou órfão do Vítor Gabriel.
Hoje e PER OMNIA SECULA SECULORUM, há, em Mateus 5, 1-12, a visão profética de Cristo aos escolhidos: “bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo tipo de mal contra vós por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus”. Na sequência de ser puro de coração, a sinceridade é fundamental para que se restabeleçam relações humanas sem conflitos. Como aconteceu a Augusto Cury que para tornar-se um médico psiquiatra internacionalmente reconhecido passou pela sede do Mestre na cruz. Um copo de água, trazido por sua esposa, não só lhe dessedentou o corpo, mas o completou na alma.(Isso depois da experiência perigosa de atirar pérolas aos porcos, pois, conforme advertência do divino Mestre, pode ser que se revoltem e os despedacem. Ou, então, para os que se acomodam, não são nem frios nem quentes, são mornos, o resultado é serem lançados fora do Sermão da Montanha). Aqui, a beleza dos que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
Dialogar com Cristo é entrar em contato com o Vencedor, Dono e Criador de todas as coisas, como Filho único do Pai: Coragem! Tende bom ânimo! EU venci o mundo.(João, 16,33).
Na semana passada, um parlamentar de Brasília, sabendo ou não que 15% é dono de 90%de tudo, disse que “os pobres não roubam como os ricos”… E o Homem que inventou a Internet (“sem alma”) também criou a bomba atômica para a guerra nuclear, caso o “cuidar” dos 90% de tudo não corresponda aos caprichos dos 15% dos seus poderosos donos, apesar de Papa Francisco afirmar que, pela grande injustiça, pela ausência da compaixão, já estamos vivendo a Terceira Guerra aos pedaços. Escravidão repugnante é violência contra o semelhante e “tirar de um homem o pão do seu trabalho é como o assassino do seu próximo”(Eclo.,34,26).
Prof. Felipe Aquino (Canção Nova) autor de 66 livros, palestrante em todo Brasil e no exterior, ,escreve:”Ninguém perdoou tanto como Jesus .Na cruz ele provou com atos o que disse, no Sermão da Montanha, em palavras”. Nos lares e em todos os segmentos sociais, “não há remédio que faça efeito sem que primeiro se restabeleça A DIGNIDADE HUMANA”, herdada definitivamente por Cristo. Dr. Paulo Prata, Fundador do Hospital de Amor, Barretos, Agenda-2018.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA