Há vida além da Lava Jato…

61

Por Eduardo Sócrates Bergamaschi

Todo o noticiário envolvendo a Lava Jato, está levando muitos a imaginar que é só ali naquele nicho é que está envolvida a corrupção no Brasil.
Poucos sabem, por exemplo, que em três anos (março de 2014 a março de 2017), mais de R$ 10 BILHÕES foram desviados de cofres públicos municipais em todo o Brasil.
Como são 5570 municípios espalhados pelo país, não parece ser um valor absurdo se considerarmos a média de aproximadamente R$ 1,8 milhão por município. Porém se considerarmos que as grandes capitais estão fora dessa lista e que a maior incidência dessas fraudes estão no norte/nordeste do país, concluiremos que o rombo, proporcionalmente, é maior do que o da Lava Jato.
O valor é tão absurdo que fica praticamente impossível dimensionar o total de recursos públicos desviados em todo o território nacional.
Somente fatos que foram descobertos e investigados geraram prejuízos à saúde, à segurança, à manutenção de municípios brasileiros, impossíveis de se mensurar.
Esse crime, no meu conceito, é hediondo, principalmente se considerarmos que o maior número ocorreu no Nordeste, seguido pelas regiões Norte e Centro-Oeste.
Uma pequena cidade instalada no sul do Amazonas, de nome Pauini, com 10 mil habitantes (Índice de Desenvolvimento Humano –IDH- de 0,496, um dos mais baixos do país –o indicador vai de 0 a 1 e, quanto mais próximo de 1, melhor é a situação do município) foi formado um esquema que ROUBOU mais de R$ 15 milhões dos cofres públicos, em apenas seis meses de 2016. E só não foi maior porque as autoridades conseguiram estancar em pouco espaço de tempo. Mas, sabe-se lá há quanto tempo não se pratica tais atrocidades com a população de Pauini.
Naquela cidade, a prefeitura chegou a comprar 500 bolas de futebol para uma única quadra e a pagar R$ 1.870 pela lavagem de um micro-ônibus.
Em Mirante da Serra, em Rondonia, apesar do valor desviado não ser muito grande, para os padrões Lava Jato, R$ 20 milhões, por exemplo, representaram quase que a totalidade da arrecadação do município, o que convenhamos é um valor importantíssimo para aplicação em saúde, educação, segurança…
De acordo com a lista de apreensões em outras operações da Polícia Federal havia R$ 230 mil em espécie e mais 27 imóveis, entre os quais fazendas, duas academias de musculação, uma clínica de estética, lojas de roupas, de informática e de produtos agropecuários, casas e terrenos, além de 950 cabeças de gado, 15 cavalos, 13 carros, 18 motos, uma lancha e um canil com mais de 80 cães de raça.
Há ainda muitas informações estarrecedoras sobre esse tipo de CRIME que deveria ser considerado hediondo, pois é responsável por milhares de mortes diariamente no país, por falta de uma saúde de qualidade e de uma segurança que dê segurança. É responsável também pela morte de sonhos de muitas pessoas carentes por não conseguirem alcançar uma educação de qualidade, condenando-as a passar toda a sua vida no analfabetismo, simplesmente para que bandidos encham seus bolsos.
E sempre a motivação maior para esses CRIMES é a notória impunidade, que leva os criminosos a se sentirem inatingíveis.
Segundo relatos de agentes que participaram dessas incursões por diversos municípios brasileiros o que assusta é a desfaçatez e o escárnio com que os CRIMINOSOS afrontam os órgãos de controle, a Justiça como um todo, e a própria sociedade
Se levantarmos todas, vejam bem todas, em TODOS os municípios brasileiros, veremos que a Lava Jato é troco.
E isso nos leva, infelizmente, a transformar os nossos sonhos de um país limpo, transparente, honesto, em pura UTOPIA. Mas, utopia também é sonho e como tal, por que não tentar realiza-lo. Afinal somos brasileiros…

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA