Fórmula 1: Em GP cor-de-rosa, Hamilton já de olho na taça nos Estados Unidos

409

E. Cortez
Olá amigos! No GP dos Estados Unidos, neste domingo, Lewis Hamilton terá uma grande chance de matar a disputa contra Sebastian Vettel e conquistar o título da F1 em 2017, sagrando-se tetracampeão na categoria. A prova tem largada às 17 horas.
O inglês tem vantagem de 59 pontos sobre o rival na tabela, sendo que, após a etapa de Austin, restarão apenas 75 em jogo. Assim, embora ainda dependa de uma combinação de resultados para garantir seu quarto título mundial com três provas de antecipação, ele já está de olho na taça.
Para levantar o título antecipado de campeão no Texas (repetindo o feito de 2015), Hamilton precisa terminar o domingo em um dos dois degraus mais altos do pódio. Um terceiro lugar não é suficiente para selar a conquista, independentemente da posição de Vettel na prova.
Caso Hamilton vença, Vettel não poderá passar do sexto lugar para que o título se defina. Se isso acontecer, o inglês subiria para 331 pontos, contra, no máximo, 255 do rival. A diferença chegaria a 76 pontos, um a mais do que seria possível alcançar dali em diante.
Se terminar em segundo, Hamilton teria uma situação mais difícil para erguer a taça. Primeiramente, Vettel não poderia passar do nono lugar na prova. Além disso, Valtteri Bottas, único dos outros que ainda tem chances matemáticas, não poderia ser o vencedor em Austin.
Entre os construtores, a situação é ainda mais tranquila para a Mercedes. Atualmente, a equipe ostenta uma vantagem de 145 pontos para a Ferrari, sendo que os italianos precisariam descontar 17 pontos em Austin para se manterem na disputa. Em resumo, uma vitória simples de Hamilton ou Bottas garantiria o quarto título seguido ao time alemão.
Tudo rosa – A Fórmula 1 viverá um fim de semana cor-de-rosa nos Estados Unidos. Como parte da celebração do outubro rosa, a categoria vem realizando ações desde quinta-feira para promover a luta contra o câncer de mama. Algumas são visuais, como a pintura rosa da faixa do pit lane, de vários detalhes da pista e de até placas de publicidade. Até a Pirelli, fornecedora de pneus da F1, entrou no jogo: o pneu ultramacio, tradicionalmente roxo, agora é rosa para o GP dos EUA.
Além disso, a comemoração no pódio também terá um toque de rosa. Os tradicionais bonés dos três primeiros trocarão de cor nesta corrida. Além, é claro, das garrafas de champanhe e do painel do pódio, onde aparecem o nome e o principal patrocinador do GP.
Combinações para o título:
Situação 1:
Piloto Posição
Lewis Hamilton 1º
Sebastian Vettel 6º no máximo
Situação 2:
Piloto Posição
Lewis Hamilton 2º
Valtteri Bottas 3º no máximo
Sebastian Vettel 9º no máximo

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA