Mais de 600 pessoas já foram atendidas no Espaço Mais Saúde

Desde o início do programa, em 20 de setembro, o Espaço Mais Saúde de Rio Claro já atendeu mais de 600 pessoas que estavam na fila de espera por consultas e exames, nas especialidades vascular, oftalmologia, cardiologia, ortopedia, entre outras. O programa também já conta com pacientes que necessitam de cirurgias já em preparação pré-operatória. As informações são da Central de Regulação Ambulatorial da Secretaria Municipal de Saúde, que é responsável pelo agendamento dos pacientes para consultas e exames no Espaço Mais Saúde.
Há pacientes que estavam na fila de espera por atendimento médico desde 2014. “Com o Espaço Mais Saúde, estabelecemos um ritmo de atendimento inédito em Rio Claro, unindo qualidade e acolhimento” comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “É uma demonstração de respeito com os pacientes e com o dinheiro público”, acrescenta reforçando que a meta é diminuir a fila de espera com atendimento humanizado.
No início do ano, em um trabalho inédito na administração pública municipal, a nova gestão da Fundação Municipal de Saúde, sistematizou e divulgou o tamanho da fila de espera dos pacientes no SUS (Sistema Único de Saúde) em Rio Claro. No total foram contabilizados mais de 37 mil procedimentos.
“Encontramos um cenário caótico, com procedimentos anotados de forma inapropriada, fora de ordem, tudo muito desorganizado”, explica o secretário municipal de Saúde Djair Francisco. “Uma das primeiras medidas que tomamos ao iniciarmos esta administração, em janeiro, foi organizar as fichas e demais mecanismos de controle para podermos determinar qual é a real situação do setor”, acrescenta, destacando o papel fundamental da Central de Regulação nesse processo.
A contratação da Cies Global, empresa responsável pelo complexo médico-hospitalar montado na Avenida Visconde do Rio Claro e batizado como Espaço Mais Saúde, ocorreu por meio de licitação pública. Para facilitar o deslocamento de pacientes e acompanhantes, a prefeitura colocou também em operação desde o dia 20 de setembro, a Linha Mais Saúde, com ônibus gratuito fazendo o percurso da estação até o Espaço Mais Saúde. As viagens saem do ponto inicial na Rua 1, entre as avenidas 4 e 6, Centro, com destino direto até a Avenida Visconde entre as avenidas 10 e 12, com embarque e desembarque nos pontos final e inicial.

Alimentação Saudável é tema de atividade no Jardim Público

Rio Claro realiza na quarta-feira (18) atividade em menção ao Dia Mundial da Alimentação. O evento será realizado no Jardim Público das 9 às 15 horas e oferecerá à comunidade serviços na área da saúde, além de informar sobre a importância da alimentação saudável.
As ações incluem teste de glicemia, aferição de pressão arterial, avaliação de peso e altura, cálculo de IMC (Índice de Massa Corpórea), exposição sobre alimentos saudáveis e sustentáveis e orientações de saúde. A realização é do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento Social.

Canteiros centrais do Jardim Floridiana recebem plantio de grama

Canteiros centrais no bairro Jardim Floridiana, em Rio Claro, e a nova rotatória no cruzamento da Avenida M-25 com a Avenida 2-JF, estão recebendo nesta semana o plantio de mais de mil metros de grama esmeralda.
“A previsão é que os trabalhos sejam finalizados nesta semana”, estima o secretário de Agricultura, Abastecimento, Silvicultura e Manutenção, Emílio Cerri. “Já plantamos ipês nesses canteiros centrais e com a colocação da grama, aquelas imediações estão ganhando novo visual”, acrescenta, informando que após a conclusão dos serviços no Floridiana o plantio das gramas será feito na Rua Jacutinga, nas proximidades do Jardim Araucária. Os trabalhos no Floridiana foram solicitados pelo vereador Julio Lopes. Durante a vistoria aos trabalhos na terça-feira (17), Emílio Cerri esteve acompanhado do assessor Ivan Marafon.
O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, explica que os serviços feitos na rotatória do Jardim Paulista I, nos canteiros centrais do Jardim Floridiana e na Rua Jacutinga serão estendidos para outros bairros. “Estamos dando uma nova cara para a cidade”, comenta.
Além destas ações, a prefeitura também realizou o plantio de 122 mudas de palmeiras imperiais em toda extensão da Avenida Castelo Branco, uma das mais importantes e movimentadas de Rio Claro.

Rio-clarense exibe fotos da FEENA em Londres

Renato nascido em Rio Claro em 1978 é apaixonado por fotografia e já participou de palestras e workshop de fotografia em Rio Claro. Ele se considera um fotografo semi profissional, por ter a fotografia como um hobby e porque   utiliza principalmente uma câmera semi profissional para fazer suas fotos.

Hoje Renato mora na Inglaterra, mas anualmente vem para Rio Claro para visitar sua família e amigos e aproveita o tempo para atualizar suas fotos na região. Na Europa, ele procura viajar e registrar seus momentos em fotos. Todas as aventuras de Renato podem ser conferidas no site de viagem Viajario (www.viajar.io)

Renato recebeu com muito orgulho o convite para participar da exposição “The London Photo Show” que ocorre de 18 a 22 de outubro na Strand Gallery, 32 John Adam St, (WC2N 6BP) em Londres das 11h até as 18h. A Exposição é organizada por fotógrafos e conta com cerca de 30 expositores de todo o mundo e não possui um assunto específico a ser abordado. “Escolhi fotos de Rio CLaro, principalmente da Floresta Estadual, para mostrar as belezas da minha cidade natal as pessoas da Europa. Assim como quando eu cheguei fiquei impressionado com muitas coisas aqui por serem diferentes, desejo impressionar os Ingleses com a natureza do nosso país e da nossa cidade.”

RIO-CLARENSE EXIBE FOTOS DA FEENA EM LONDRES (3) RIO-CLARENSE EXIBE FOTOS DA FEENA EM LONDRES (2)

Rio Claro recebe Caravana Kids

No mês das crianças deste ano, a Caravana Kids, também conhecida como teatro da Poupança, será encenada em oito municípios do Centro Leste Paulista. As apresentações acontecerão entre os dias 16 e 20 de outubro.
Com o objetivo de abordar o assunto de forma lúdica e divertida, a Caravana Kids percorrerá as cidades de Caconde (16), São João da Boa Vista (17), Itapira (18), Mogi Guaçu (18), Rio Claro (19), Piracicaba (19), Limeira (20) e Iracemápolis (20).
Voltado para estudantes do ensino fundamental, com idades entre 6 e 11, a peça trata de educação financeira para crianças e atende os pilares econômicos e social e de sustentabilidade da Sicredi União PR/SP.
A Caravana Kids consiste em uma peça teatral que conta a história de dois palhaços que sonham em abrir um circo. Para atingir o objetivo, no entanto, eles precisam poupar. Entre muitas peripécias, os personagens conseguem ensinar às crianças a importância de poupar para atingir um objetivo.

Sinopse
O espetáculo apresenta dois palhaços, Adalberto Pé de Chinelo e Cajuíno Castanho, que sonham montar um circo. Porém, como não possuem capital para isso, de forma educativa e divertida, entre várias aventuras, ensinam as crianças a pouparem.

Através do enredo divertido, o grupo ensina às crianças a importância de se esforçar e encontrar maneiras de economizar. No espetáculo, os dois personagens se revezam fazendo todos os papéis do circo: são palhaços, trapezistas e equilibristas. E assim, conseguem juntar dinheiro, fazer uma poupança e realizar o grande sonho.

Ao final da apresentação são entregues cofrinhos de montar para as crianças, assim os professores podem trabalhar a montagem do mesmo em sala de aula, ensinando que para conseguirmos realizar sonhos e objetivos temos que adquirir a disciplina de poupar.

Rio Claro realiza segundo seminário sobre a sífilis

O Núcleo de Educação em Saúde, Treinamento e Desenvolvimento (Nestd), da Secretaria Municipal de Saúde de Rio Claro, realiza na sexta-feira (20) a segunda edição de seminário sobre a sífilis.
O evento, aberto ao público e funcionários da saúde, será realizado das 8 às 11 horas no auditório I do NAM (Núcleo Administrativo Municipal).
Das 8 às 8h30 serão feitas as inscrições dos participantes e, às 8h30, terá início palestra com o médico Geraldo de Oliveira Barbosa, que irá falar sobre “A importância do prontuário no pré-natal”. Às 10h15 Cristina Martins falará aos participantes sobre “O papel do profissional de enfermagem no pré-natal”. Em seguida, para encerrar o seminário, Neide Heloisa Pinto, responsável pelo Sepa (Serviço de Prevenção à Aids e DSTs), fará apresentação do “Plano de ação e combate à sífilis congênita”.
O primeiro encontro, realizado em julho deste ano, reuniu cerca de 150 pessoas.
O objetivo dos eventos é a articulação em rede de ações estratégicas para o enfrentamento dos casos de sífilis em Rio Claro, e promover discussões e reflexões acerca dos desafios atuais a serem enfrentados.
No início de março, a equipe do Serviço Especializado em Prevenção e Assistência (Sepa) para DST/Aids/Hepatites elaborou plano de prevenção à sífilis congênita. As ações em curso envolvem todos os setores da Secretaria de Saúde de Rio Claro, sobretudo os profissionais da rede de Atenção Básica, que une profissionais das Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família, além do Cead (Centro de Especialidades e Apoio Diagnóstico).
Entre 2011 e 2015 foram registrados em Rio Claro 68 casos de sífilis em gestantes, e desses, 46 de sífilis congênita. Em 2016, foram 12 casos de sífilis em gestante, um deles congênita.
Em Rio Claro os testes rápidos e demais exames preventivos de diagnóstico da sífilis podem ser feitos no Sepa, na Avenida 19, 1045, esquina com a Rua 10, e em todas as Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família.
Um dos pontos mais importantes do plano de combate à doença é enfatizar aos profissionais e gestantes a importância de se fazer o pré-natal completo. Sexualmente transmissível, a sífilis é uma doença infecciosa causada pela bactéria Treponema pallidum. Seus maiores sintomas ocorrem nos dois estágios iniciais da infecção. E o maior perigo é a sífilis atacar a gestante.
A sífilis congênita é a transmissão da doença de mãe para filho. A infecção é grave e pode causar má-formação do feto, aborto ou morte do bebê, quando este nasce gravemente doente. Por isso, é importante fazer o teste para detectar a sífilis durante o pré-natal e, quando o resultado é positivo, tratar corretamente a mulher e seu parceiro.

Vestibular Unesp 2018 bate recorde com mais de 107 mil inscritos

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) finalizou a apuração do total de inscritos para o Vestibular 2018. O exame, com oferta de 7.365 vagas em 173 cursos de 23 cidades, será realizado para 107.818 candidatos, recorde histórico da seleção, realizada desde 1981 pela Fundação Vunesp. O aumento foi de 5,5% em relação ao total do ano passado, quando 102.230 inscritos disputaram o mesmo número de vagas deste ano. A relação candidato/vaga por curso deverá ser divulgada nos próximos dias.

A prova da primeira fase será aplicada em 15 de novembro, com 90 questões de múltipla escolha. A seleção é realizada em 31 cidades paulistas e ainda em Brasília (DF), Campo Grande (MS) e Uberlândia (MG). A consulta de local de prova estará disponível a partir de 24 de outubro, no site www.vunesp.com.br.

A Unesp ofereceu isenção para 7.660 candidatos socioeconomicamente carentes e redução de 75% da taxa aos alunos matriculados no último ano do ensino médio da rede pública estadual paulista. A taxa integral foi de R$ 170,00, mesmo valor do exame anterior.

A Unesp destina mínimo de 50% das suas vagas por curso ao Sistema de Reserva de Vagas para Educação Básica Pública. Este índice era de 45% no último exame, quando a porcentagem de ingressantes oriundos de escolas públicas foi de 52,6%.

Sobre a Unesp
A Unesp, Universidade Estadual Paulista, é uma universidade pública, gratuita, que está entre as maiores e melhores do País. Está presente em 24 cidades do Estado de São Paulo com 34 faculdades e institutos, onde desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão em todas as áreas do conhecimento. Fundada em 1976, a instituição oferece 182 cursos de graduação e 146 programas de pós-graduação. Tem 51.311 alunos (37.770 na graduação, 13.541 na pós stricto sensu), 3.826 professores e 6.782 servidores técnico-administrativos. Possui cerca de 1.900 laboratórios e 30 bibliotecas, com mais de 1,3 milhão de livros. Oferece cursos pré-vestibulares gratuitos em suas unidades, bem como diversos programas de extensão de serviços à comunidade. Três escolas de ensino técnico são mantidas pela Universidade: o Colégio Técnico Industrial em Bauru, o Colégio Técnico Industrial em Guaratinguetá e o Colégio Técnico Agrícola em Jaboticabal.

Semana de Estudos da Ciências da Computação (SECCOMP’2017)

As inscrições para a Semana de Estudos da Ciências da Computação (SECCOMP’2017) estão abertas. Este evento é organizado pelo Conselho de Curso do Bacharelado em Ciências da Computação da UNESP/Rio Claro e, principalmente, por alunos do curso.

Durante a SECCOMP’2017 teremos diversas atividades, principalmente palestras e minicursos. Para este ano, podemos destacar as atividades voltadas para as áreas de Segurança da Informação, Realidade Virtual, Internet das Coisas (IoT), Desenvolvimento de Software e Programação, entre outras.

O público alvo do evento são os alunos do curso de graduação em Ciências da Computação da UNESP/Rio Claro, alunos de cursos técnicos e superiores de TI, alunos de cursos de graduação em áreas afins (tal como Matemática, Física, Engenharias…), docentes, profissionais de TI e entusiastas de tecnologia.

O evento ocorrerá de 23 a 27/10 nas dependências do DEMAC e Anfiteatro da Geografia, no Campus da UNESP em Rio Claro.

Para fazer a sua inscrição e ver a programação do evento acesse: www.rc.unesp.br/seccomp/. A inscrição é GRATUITA!

Não percam esta importante oportunidade para atualizarem os seus conhecimentos na área, aprenderem novas tecnologias e conhecerem profissionais da área.

Dia do Consumo Consciente

Em 15 de Outubro de 2009, foi instituído pelo Ministério do Meio Ambiente o Dia do Consumo Consciente, com a finalidade de despertar a consciência em relação aos problemas econômicos, sociais, políticos e ambientais decorrentes do consumo excessivo e insustentável praticado e padrões de produção da sociedade contemporânea.
Esta data comemorativa, aponta para a sociedade a importância de adotar hábitos de consumo adequados, e que evitem o esgotamento de recursos naturais, escolhendo produtos de responsabilidade ambiental e consumindo em menor quantidade.
Praticar o consumo consciente não é uma tarefa fácil, principalmente em nossa sociedade, onde a variedade de produtos é grande, sendo necessárias reflexões sobre a necessidade de utilização destes produtos, bem como reflexão sobre a origem destes produtos. Uma saída seria a utilização de produtos orgânicos ou de serviços de menor impacto ambiental, entretanto estes em sua maioria apresentam preços mais elevados, em comparação a outros. Além dos produtos ecologicamente corretos, alguns hábitos são importantes para o consumo consciente, e se seguidos corretamente no dia a dia, contribuem com o meio ambiente. Sobre os recursos hídricos, a reutilização da água da lavagem de roupas na máquina, para lavagem de carros através de baldes; o cozimento de alimentos em quantidades necessárias evitando desperdício e que alimentos sejam jogados no lixo, sem o devido consumo; a separação do óleo utilizado na cozinha, armazenagem em garrafas PETS e direcionamento a reciclagem; a utilização em menor quantidade de sacolas plásticas, pois esta demora 100 anos para se decompor no meio ambiente; adquirir produtos de origem local, pois chegam aos supermercados mais rápido, devido à distância, o que diminui as emissões de gases tóxicos.
Enfim, o que se percebe, é que apesar das campanhas e esforços que vêm sendo atribuídos referentes ao consumo consciente, a principal regra é mostrar as pessoas que é preciso associar o padrão de consumo com qualidade ambiental. Pois tudo que garante um ambiente equilibrado, é a preservação e utilização consciente dos nossos recursos naturais.

Consumir produtos orgânicos de origem local, além de saudáveis, reduz emissão de gases na atmosfera, pois o transporte destes aos pontos de entrega é menor
Consumir produtos orgânicos de origem local, além de saudáveis, reduz emissão de gases na atmosfera, pois o transporte destes aos pontos de entrega é menor
Utilizar sacolas retornáveis nos supermercados, evitando o uso de sacolas plásticas
Utilizar sacolas retornáveis nos supermercados, evitando o uso de sacolas plásticas
Armazenar o óleo em garrafas PET, e encaminhar para coleta seletiva
Armazenar o óleo em garrafas PET, e encaminhar para coleta seletiva
Consumir o necessário, para não desperdiçar e jogar comida ao lixo, pois muitas pessoas ainda passam fome
Consumir o necessário, para não desperdiçar e jogar comida ao lixo, pois muitas pessoas ainda passam fome

Festa Aviatória 2018 terá parceria entre prefeitura e aeroclube

O aniversário da cidade de Rio Claro em junho do ano que vem poderá ser marcado por uma grande festa aviatória. Este foi um dos assuntos tratados pelo prefeito Juninho da Padaria, e dirigentes do Aeroclube de Rio Claro, em reunião segunda-feira (16) no paço municipal. “Estamos à disposição da prefeitura para colaborar no que for possível”, disse Benedito Renê Fischer, presidente da entidade. “Em anos anteriores houve um distanciamento da prefeitura, que não nos procurava para parcerias. Agora, com o prefeito demonstrando que podemos trabalhar juntos, acho que a cidade vai ganhar com isto”, disse.
O aeroclube rio-clarense também se colocou à disposição para receber alunos da rede municipal de ensino em visitas monitoradas. Os secretários municipais Adriano Moreira (da Educação) e Daniela Ferraz (da Cultura), que também participaram da reunião, aprovaram a sugestão.
O prefeito Juninho agradeceu aos dirigentes do aeroclube pela disposição em colaborar com o município e anunciou que a prefeitura irá colaborar em tudo aquilo que puder para que a tradição e qualidade da entidade sejam mantidas.
Fundado em 1939, o Aeroclube de Rio Claro é reconhecido como uma das melhores escolas de aviação do Brasil, com altíssimo nível de instrução e segurança. Possui uma das melhores oficinas de aeronaves do País e tem parcerias com a Embraer, Federação Brasileira de Vôo a Vela, Agência Nacional de Aviação Civil e com a Instituição Toledo de Ensino.

Coluna Edmar Ferreira

Corinthians e Grêmio fazem um jogo decisivo, hoje às 21h45, no Itaquerão, pela 29ª rodada do Brasileirão. Enquanto o Timão lidera com 58 pontos, o time gaúcho ocupa a vice-liderança, com 49. Os corintianos entendem que uma vitória praticamente “selará o título”, pois a diferença para o time de Renato Gaúcho aumentaria para 12 pontos.
O grande problema do Corinthians é a queda de rendimento de alguns titulares, casos de Guilherme Arana, Rodriguinho, Jadson e Romero. Se no primeiro turno o time de Parque São Jorge “sobrou em campo”, neste returno vem tropeçando e muito. Domingo em Salvador, graças a dois erros individuais de Fagner e Marquinhos Gabriel, o Timão perdeu para o Bahia por 2 a 0.
Nas contas de Fábio Carille, o Timão precisa de cinco resultados positivos para sagrar-se campeão. Contra o Grêmio a novidade é o retorno do volante Gabriel, que cumpriu duas partidas de punição pelos gestos obscenos que fez para a torcida do São Paulo no clássico do Morumbi. Camacho volta para o banco. O zagueiro Pablo continua machucado e por isso, Pedro Henrique segue ao lado de Balbuena.
No Grêmio, Renato Gaúcho faz mistério quanto a volta do craque Luan. O atacante está recuperado de lesão e pode aparecer no time. Caso fique como opção no banco, Arroyo seguirá como titular. O time gaúcho não esconde de ninguém que a prioridade deste ano é a Taça Libertadores da América. O adversário será o perigoso Barcelona de Guayaquil, que eliminou Palmeiras e Santos nas fases anteriores.
Dono da terceira melhor campanha do returno do Campeonato Brasileiro, o São Paulo espera manter o bom momento diante do Fluminense, às 21h45, no Maracanã, em um confronto direto pela 29ª rodada. São Paulo não perde há cinco partidas e vem de vitória sobre o Atlético/PR, de virada, por 2 a 1, no Pacaembu.
Tricolor pulou para a 13ª posição, com 34 pontos, exatamente um ponto do Fluminense, que bateu o Avaí, domingo no mesmo Maracanã, por 1 a 0. Dorival Júnior sabe da importância desta partida e espera neutralizar as principais jogadas de Abel Braga, em especial os chutes de longa distância de Gustavo Scarpa e o faro de gol do artilheiro Henrique Dourado.
O São Paulo não soma duas vitórias consecutivas há cinco meses. A última vez foi na dobradinha em cima de Avaí e Palmeiras, dias 22 e 27 de maio, respectivamente, quando superou os dois adversários por 2 a 0. Dorival repetirá a mesma formação do fim de semana, enquanto Abel terá os retornos do lateral Lucas e do volante Douglas, que cumpriram suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo no domingo.
A 29ª rodada do Paulistão será aberta hoje: 19h30 – Coritiba x Cruzeiro e Atlético-GO x Vasco da Gama; 21h – Atlético-MG x Chapecoense e 21h45 – Fluminense x São Paulo, Corinthians x Grêmio e Avaí x Botafogo. Amanhã: 20h – Palmeiras x Ponte Preta e Vitória x Atlético-PR e 21h – Flamengo x Bahia e Sport x Santos.
A classificação do Brasileirão está assim: 1) Corinthians 58, 2) Grêmio e Santos 49, 4) Palmeiras e Cruzeiro 47, 6) Botafogo e Flamengo 43, 8) Vasco da Gama 39, 9) Atlético-MG 38, 10) Bahia, Atlético-PR e Fluminense 35, 13) São Paulo e Sport 34, 15) Vitória 33, 16) Chapecoense e Ponte Preta 32, 18) Avaí 30, 19) Coritiba 28 e 20) Atlético-GO 26.
Meus palpites para esta rodada do Brasileirão: Coritiba 1 x 1 Cruzeiro, Atlético-GO 0 x 1 Vasco da Gama, Atlético-MG 2 x 0 Chapecoense, Fluminense 1 x 1 São Paulo, Corinthians 1 x 1 Grêmio, Avaí 1 x 2 Botafogo, Palmeiras 1 x 0 Ponte Preta, Vitória 1 x 1 Atlético-PR, Flamengo 2 x 1 Bahia e Sport 1 x 1 Santos.
A Federação Paulista de Futebol sorteou ontem os grupos do Campeonato Paulista de 2018, com os grandes novamente sendo cabeças-de-chave. Assim como nos últimos anos, o formato será o mesmo. Os times enfrentarão todas as equipes que não estão em seu grupo. Os dois melhores de cada chave avançarão para as quartas de final.
Serão rebaixados os dois piores clubes no geral. O Paulistão começará no dia 17 de janeiro e terá 18 datas. O encerramento está marcado para o dia 8 de abril. As novidades para esta temporada são os retornos de São Caetano, atual campeão da Série A-2, e Bragantino. Já São Bernardo e Audax, que foram rebaixados no ano passado, disputarão a Série A-2.
Cada equipe poderá inscrever 26 jogadores (três goleiros e 23 atletas de linha) e mais uma lista ilimitada de atletas da base de até 21 anos. Eles garotos devem ter ao menos 12 meses de clube e ter participado do Paulista de Juniores.
No Grupo A ficaram: Corinthians, Bragantino, Ituano e Linense. No Grupo B: São Paulo, São Caetano, Santo André e Ponte Preta. No Grupo C: Palmeiras, Ferroviária, São Bento e Novorizontino e no Grupo D: Santos, Rede Bull, Mirassol e Botafogo.
Lelo é o novo técnico do Velo Clube. Achei uma escolha muito prudente e acertada. É um treinador que conhece muito a Série A-3 e tem condição de montar um grande time. Levou a Inter de Limeira para dois quadrangulares. Torço demais para que ele faça um excelente trabalho.
Os quatro confrontos da repescagem europeia da Copa do Mundo da Rússia de 2018 foram definidos em sorteio realizado na sede da Fifa, em Zurique, na Suíça. A Itália enfrentará a Suécia, que eliminou a Holanda na fase de grupos. Os outros confrontos serão: Irlanda do Norte x Suíça, Croácia x Grécia e Dinamarca x Irlanda.
Os duelos acontecem em jogos de ida e volta, entre os dias 9 e 11 de novembro e 12 e 14 do mesmo mês. Suíça, Grécia, Irlanda e Itália decidirão os confrontos em casa. Em caso de uma vitória para cada equipe, os critérios de desempate serão saldo de gols e gols marcados fora de casa. Em caso de dois resultados iguais, haverá prorrogação e disputa de pênaltis.
Curiosidade do dia: Em 1996 o Palmeiras foi campeão paulista registrando a melhor campanha da história do futebol desde que foi profissionalizado. Em 30 jogos, o Verdão venceu 27, empatou dois e perdeu apenas um (para o Guarani por 1 a 0). O aproveitamento foi de 92%.

Juninho consegue em Brasília mais uma escola para Rio Claro

Com investimento de quase R$ 5 milhões, Rio Claro terá uma nova escola com capacidade para atender 780 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. A informação foi confirmada ao prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, nessa terça-feira (17) em Brasília, durante audiência com o diretor Leandro José Franco Damy, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão ligado ao Ministério da Educação (MEC).
São R$ 4,1 milhões do FNDE mais contrapartida de aproximadamente R$ 600 mil do município. De acordo com Leandro Damy, o projeto de Rio Claro está tecnicamente aprovado e até o final do mês deverá passar por análise jurídica para que seja firmado o termo de compromisso entre a prefeitura e o FNDE. A obra deve começar no ano que vem. A escola terá 12 salas de aula e será construída no bairro Benjamin de Castro, região sul da cidade.
“A conquista de mais uma escola para Rio Claro confirma o nosso compromisso de investir na educação, que é uma das prioridades do nosso trabalho”, comenta Juninho, lembrando que o governo federal já confirmou também a destinação de R$ 11 milhões para a construção de três creches e outra unidade de ensino fundamental. “Ao todo são R$ 16 milhões de investimento na construção de cinco novas escolas”, destaca o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.
“O ministro Mendonça Filho tem destinado especial atenção ao município de Rio Claro, que vive um novo momento de parcerias com os governos federal e estadual do secretário estadual de Habitação, Rodrigo Garcia; e da bancada do Democratas na Câmara Municipal para a obtenção dos recursos.
Além de garantir essas cinco escolas, a prefeitura também está construindo uma creche no bairro Terra Nova em parceria com o governo estadual e tem feito vários investimentos no setor de educação. Neste ano, três escolas ganharam novas instalações e duas foram ampliadas. Desde janeiro, a prefeitura criou 425 vagas em creche, 135 em pré-escola e 100 no projeto Presença Esperança.

NOSSO TEMPO

Por Geraldo J. Costa Jr.
(05/10/2017)

Em nosso tempo
Todas as liberdades
As faces e as vísceras expostas
Despertam a rebeldia
Aprisionada e excluída
Nos porões fedorentos da repressão
Curada na pele, marcada por mãos
Pesadas e arrogantes,
Audaciosas que se imaginam
Portadoras da cura e da justiça
Hoje, cartas na mesa, dores expostas
Armas empunhadas, nas ruas,
Olhos odientos, punhos cerrados, insultos
Almas rendidas, sem esperança
Pedras lançadas, mentiras
Verdade, qual? A minha? A sua?
As ruas e calçadas manchadas de sangue
Seu direito, meu direito, desarmonia
Um mundo redondo onde faltam espaços
Absurdo!
Vontades e verdades se acotovelam
Minha voz, mais alta que a sua
Janelas abertas, portas escancaradas
E o vento, vem do alto, passa, faz estragos
Machucados, feridas
Deixadas abertas, sem cura
Disputa, e todos vencidos
Rostos ao chão, corpos espalhados, inertes
Ilusão

Desrespeito que pode custar caro…

Por Eduardo Sócrates Bergamaschi

Multa de quase R$ 300 e sete pontos na carteira. Esta é a punição para quem estaciona em vagas reservadas a idosos e deficientes físicos. Esta lei foi aplaudida pela população e seria mais aplaudida ainda se houvesse uma fiscalização eficiente e que pegasse esses estúpidos, principalmente em estacionamentos de shoppings e supermercados. A justificativa mais imbecil que se ouve é a famosa: “É por apenas uns segundinhos”.
Infelizmente, no trânsito não é só essa lei que é desrespeitada e ridicularizada. Falar ao celular, dirigir sem habilitação, recusa ao bafômetro, também consideradas gravíssimas são constantemente desrespeitadas.
Por mais que as autoridades tentem penalizar fortemente os infratores, não conseguem decretar a paz no trânsito. Isso porque, como de resto no país, falta educação para se viver em COMUNIDADE.
A banalização dos respeitos às regras, aparece mais friamente quando vemos as autoridades, muitas vezes, como as primeiras a desrespeitá-las. Muito comum vermos carros oficiais (ambulâncias e veículos policiais não em serviço) estacionados em vagas proibidas, policiais dirigindo sem cintos de segurança (e nesse caso inventam mil justificativas). Outro exemplo dessa banalização é quando vemos motoristas passarem ao lado de viaturas policiais falando ao celular e sem cinto de segurança, sem que nada lhe aconteça.
O princípio social ou de comunidade é aquele em que respeitamos o espaço do outro, assim como respeitamos o nosso próprio espaço. Se invadimos o espaço de outrem, mesmo que seja por “uns segundinhos” denota a falta de respeito ao dono daquele espaço, o que demonstra não saber conviver em comum unidade (comunidade).
Estar em comunidade, não é apenas estar juntos, ou um ao lado do outro em um mesmo espaço. Estar em comunidade exige objetivos comuns, metas definidas, prioridades básicas que favoreçam a superação do individualismo, do egoísmo. Neste contexto comunitário é necessário se vivenciar relações interpessoais. E como viver essa relação, se não respeito o espaço do idoso, do deficiente físico, em todas as dimensões.
Ao invadir o espaço determinados a essas pessoas, o infrator demonstra todo o seu desprezo a eles.
Os agentes de fiscalização desses espaços que também fecham os olhos para essas infrações, cometem o pecado em dobro, já que desrespeitam o ser humano e desrespeitam as leis, as quais são pagos para se fazer cumpri-las.
O estado a cada ano aprimora mais as leis de trânsito, no sentido de imputar aos infratores penas mais rigorosas, na tentativa de inibir a violência e o desrespeito no trânsito.
É preciso que o estado (federação, estados e municípios) reveja a própria responsabilidade ante o caos do trânsito no país e definam POLÍTICAS PÚBLICAS, com interesses de POLÍTICAS PÚBLICAS.
Além do estado é preciso que o cidadão seja mesmo um cidadão, que saiba viver em comunidade, respeitando as leis e, principalmente, respeitando “o outro”…

A diversidade (tentativa) de situações como expressão de desigualdade

Em 1950, um ramo de estudo intitulado como a “economia do desenvolvimento” tinha como principal preocupação os meios para a promoção e o crescimento da renda per capita, tendo a ideia central de que existia uma relação direta entre o consumo, a renda e a satisfação, lidando com os aspetos econômicos do processo de desenvolvimento dos países menos ricos, focando não só os métodos para promover o crescimento econômico e a mudança estrutural, mas também, em como melhorar o potencial da sociedade no geral.

O nível de riqueza gerado pelo processo de globalização teve seus aspectos negativos, problemas evidenciados como a fome, pobreza, falta de liberdades, preconceitos, regimes autoritários, entre outros. Tendo em vista essas reais problemáticas, o economista indiano Amartya Sen, homenageado com o Prêmio de Ciências Econômicas em Memória de Alfred Nobel de 1998, questiona o porquê isso até hoje acontece, como o acúmulo de bens, riquezas, não supre o bem estar social de toda a sociedade (apenas uma minoria). Para o economista, a promoção do bem estar (desenvolvimento), deve passar por várias questões, não tão somente as questões econômicas, orientando-se pelo questionamento de qual é o valor próprio da vida humana, que perpassa por estar livre de doenças evitáveis, de uma morte prematura, ter uma boa alimentação, e a de ser um cidadão apto a exercer sua “cidadania”, que sabe questionar, que sabe de seus direitos e deveres, que tem a “liberdade” como precursora de sua vida, sendo possível desenvolver suas potencialidades.

Em muitos livros e artigos, o desenvolvimento se enquadra apenas à definição econômica, porém, desenvolvimento pode ser difundido como um processo de alargamento das liberdades vivenciadas (reais) de que uma pessoa possa usufruir.

A expansão da liberdade é o fim prioritário e, simultaneamente, o meio principal do desenvolvimento. O desenvolvimento consiste na remoção de vários tipos de restrições que deixam às pessoas pouca escolha e pouca oportunidade para exercerem a sua ação racional.

A busca pela liberdade de cada ser humano é fundamental para sua emancipação diante de posições preestabelecidas, sejam elas pelo Estado, Família ou Religião, que direcionam o homem para certo caminho sem ao menos deixá-lo questionar se aceita ou não seguir sendo guiado. Em vários momentos da história, certas liberdades como as políticas sociais são vistas como “constituintes do desenvolvimento” ou “indutoras do desenvolvimento” (sendo elas as participações sociais, busca pelos direitos e até mesmo manifestos populares), onde o indivíduo demonstra querer ser livre diante de uma opressão muitas vezes massacrante, que o inviabiliza de dar suas opiniões e até mesmo de ter sua individualidade garantida. Políticas sociais, essas, onde ações governamentais desenvolvidas em conjunto por meio de programas proporcionam a garantia de direitos e condições dignas de vida ao cidadão de forma equânime e justa, acarretando em sua liberdade.

As liberdades efetivadas contribuem para o alargamento da liberdade humana em geral, promovendo assim, o desenvolvimento. Liberdades que incluem o combate à fome, participação política, liberdade religiosa, liberdade de expressão, educação, saúde, etc. Dentre essas liberdades, destaca-se a busca pelos “direitos de igualdade”, iniciada no final dos anos 70, caracterizado, entre outros, pelo processo de ressurreição da sociedade civil, onde vários movimentos sociais vieram à tona, entre eles a de grupos de gays e lésbicas, que até aquele momento, eram vistos como “marginais”, sem direito de existência social, apenas ao desprezo e a hostilização, e que após essa visibilidade, passaram a ter suas potencialidades à mostra, como forma de liberdade, realizando combinações de funcionamento alternativas, levando diferentes estilos de vida (fora do padrão pré-estabelecido). Essa diversidade reflete na extensão das realizações e liberdades.

Muitas vezes a expansão de liberdades de uns gera, o “estranhamento” de outros, que não acostumados com tal, sentem-se feridos ou por fora do jogo de interesse. Por isso as mudanças sociais devem ser acompanhadas de um debate público e esclarecimentos, podendo ambas as vozes serem ouvidas, para que se obtenha mudanças de mentalidade, no sentido de sair de uma lógica excludente, buscando uma nova: que inclui, que integra e que permite crescimento. Este seria um modo de construção democrática, em que a heterogeneidade das preferências e dos valores seria colocada em diálogo.

A diversidade de situações como expressão de desigualdade com sentido quantitativo constitui-se na dimensão tradicionalmente realçada nas análises sobre os processos de desenvolvimento. Tome-se a noção de desenvolvimento desigual que expressa, a rigor, uma característica intrínseca ao desenvolvimento capitalista que dá lugar aos processos de diferenciação entre os agentes econômicos (concentração de capital), entre as regiões (concentração espacial) e mesmo entre os países. O sentido quantitativo da desigualdade fica evidente quando as situações de iniqüidade resultantes do processo de diferenciação são avaliadas através da comparação entre “os que têm mais” e os “que têm menos”, comparações que carregam, ao menos implicitamente, uma expectativa de convergência, colocando em pauta a homossexualidade, em que direitos ou liberdades são cerceadas por conta de preconceitos, deixando um grupo social apenas na busca por aquilo que lhe é de direito, mas que não pode ser realizado, ocasionando uma desigualdade.

Ao refletirmos sobre a homossexualidade e a falta de liberdades, vemos que além da questão de gênero, a economia pode influenciar ou agravar o preconceito contra o grupo LGBTTT. Diferenças nos contextos político, cultural e econômico geram uma realidade e condições distintas daquelas enfrentadas por gays e lésbicas em países desenvolvidos, e até mesmo, em uma mesma localidade, onde um homossexual rico contempla de mais respeito do que um homossexual pobre, tendo uma capacidade valorizada e outra negada (respeito por sua orientação sexual e desvio por sua renda).

Contemplar distintas capacidades implica, por sua própria natureza, um enfoque pluralista, que passa por diversos fatores, entre eles na manutenção de direitos e até mesmo na condição de se exercê-los, porém, é nítido que poucas pessoas podem conceber tais privilégios. De fato, temos a necessidade de conceber o desenvolvimento como uma combinação de distintos processos, ao invés de concebê-lo como a expansão de uma magnitude aparentemente homogênea, tal como a aceitação da pluralidade e orientação sexual, refutando a noção de que se temos uma capacidade garantida e outra não, isso se torna um “entrave social”, pois se evolui em um sentido e se retrocede em outros.

* Renan Antônio da Silva é doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, UNESP – Araraquara. Realizou estágio doutoral com bolsa CAPES/PDSE junto ao Centro em Investigação Social (CIS/ISCTE-IUL), em Lisboa/Portugal, na linha temática Gênero, Sexualidades e interseccionalidade (2015-2016). E-mail: lepp@rc.unesp.br

Feriado do Dia da Padroeira tem movimento de 658 mil veículos nas rodovias

As rodovias administradas pela AB Colinas, concessionária do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, registraram um movimento de 658 mil veículos entre os dias 11 e 15 de outubro, durante o feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida. Neste período foram contabilizados 29 acidentes com 23 pessoas feridas. Não houve registro de acidente com vítima fatal.

Castello Branco
A Rodovia Castello Branco (SP-280), cujo trecho de concessão vai do km 79 (Itu) ao km 129 (Tatuí), recebeu 211 mil veículos. Nela foram registrados cinco acidentes com seis pessoas feridas.

SP-075
Pela rodovia SP-075 (Rodovias Archimedes Lammoglia, Prefeito Hélio Steffen, Engenheiro Ermênio de Oliveira Penteado e Santos Dumont), que liga Itu à Campinas, passaram 211 mil veículos durante o feriado e foram registrados oito acidentes com oito pessoas feridas.

SP-300
Na SP-300 (Rodovias Dom Gabriel Paulino Bueno Couto e Marechal Rondon), entre Jundiaí e Tietê, cerca de 126 mil veículos transitaram neste feriado. Foram contabilizados oito acidentes com quatro pessoas feridas.

SP-127
A SP-127 (Rodovias Fausto Santomauro, Cornélio Pires e Antônio Romano Schincariol), entre os municípios de Rio Claro e Tatuí, recebeu cerca de 70 mil veículos e foram registrados oito acidentes com cinco pessoas feridas.

Contorno de Itu
Na SPI-102/300 (Rodovia Engº Herculano Godoy Passos), que liga a SP-075 com a SP-300, foram contabilizados 40 mil veículos e não houve registro de acidente.

Sobre a AB Colinas e o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo
A AB Colinas está entre as 20 concessionárias do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, que recuperam e conservam cerca de cinco mil quilômetros da malha viária paulista. A concessionária é responsável por 307 quilômetros de rodovias desde março de 2000.

Sobre a AB Concessões
A concessionária AB Colinas pertence à AB Concessões, que tem como controlador um dos maiores Grupos em concessões rodoviárias do mundo – o Grupo Italiano Atlantia. A AB Concessões, figura entre as principais companhias de concessão de rodovias do Brasil e administra mais de 1,5 mil quilômetros de rodovias, sendo responsável pelas concessionárias paulistas AB Triângulo do Sol (100%), AB Colinas (100%) e Rodovias do Tietê (50%) e, no Estado de Minas Gerais, a AB Nascentes das Gerais (100%).