Aumento da violência na zona rural assusta moradores de municípios da região

Pelo menos 26 roubos foram registrados neste ano em 16 municípios, segundo levantamento feito pela EPTV

272
Polícia atende ocorrência de roubo em zona rural (Foto: Reprodução/EPTV)

Morar na zona rural não é mais garantia de tranquilidade e segurança. As propriedades isoladas que, geralmente, abrigam muitos veículos, como tratores e caminhões, e produtos de alto valor, como defensivos agrícolas, atraem a ação de bandidos. Em 16 municípios da região, a polícia registrou neste ano pelo menos 26 casos, segundo levantamento da EPTV, afiliada da TV Globo.
O município de Ibaté foi o que mais teve ocorrências: quatro ao todo. A última aconteceu na madrugada na quinta-feira (12), quando 20 homens fortemente armados entraram em uma fazenda, prenderam 25 reféns em um cômodo da sede e roubaram seis veículos, entre outros itens.

Crimes
Há registro de ocorrências também em Rio Claro (3), São João da Boa Vista (2), Pirassununga (2), Aguaí (2), Araraquara (2), Araras (2), Divinolândia (1), Leme (1), Casa Branca (1), Conchal (1), Santa Lúcia (1), Santa Cruz das Palmeiras (1), Tapiratiba (1), Santa Cruz da Conceição (1) e Brotas (1).
Insegurança
Geralmente os crimes são cometidos por grandes grupos, bem armados e preparados para transportar veículos e grandes quantidades de produtos.
Uma das vítimas desse ano foi produtora rural Rosa Maria Montelato. Após 22 anos morando no campo, ela perdeu a ilusão de tranquilidade ao ter a casa invadida por ladrões enquanto dormia. Os bandidos levaram a televisão e, de acordo com ela, não levaram mais coisas porque os cachorros alertaram sobre a presença de estranhos no sítio.

“Era um lugar que sempre tive como paz e tranquilidade, mas hoje você precisa trancar portas, por sensor de alarme, mais um cão solto, precisa de muito mais segurança na casa porque tem medo”, disse a produtora rural

A Secretaria Estadual de Segurança Pública afirmou, por meio de nota, que de janeiro a agosto deste ano foram presos 505 criminosos e que o número de roubos e furtos caiu 16% se comparado ao mesmo período do ano passado.
A Polícia Militar disse que vai usar os relatos dos moradores para intensificar o policiamento preventivo.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA