Rio Claro terá mais duas ambulâncias para o transporte de pacientes

Veículos são para o deslocamento de pessoas em atendimento médico dentro do município e para outras cidades  

325
As viaturas reservas do Samu estão sendo readaptadas para serem usadas como “ambulâncias brancas”

Rio Claro vai ampliar a frota de ambulâncias para o transporte de pacientes. O Ministério da Saúde atendeu ao pedido do município e autorizou que dois veículos reservas do Samu sejam readequados como “ambulâncias brancas”, destinadas ao deslocamento gratuito de pessoas em atendimento médico dentro do município e para outras cidades. A redistribuição das viaturas não altera o serviço do Samu. “Com essa medida vamos aproveitar de maneira efetiva a frota disponível na rede de saúde, beneficiando diretamente a população que mais necessita”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que fez a solicitação em abril ao Ministro da Saúde, Ricardo Barros.
De acordo com a Secretaria da Saúde, existem muitos atendimentos que o Samu não pode realizar, por não se tratarem de casos de urgência ou emergência. Grande número de pessoas liga pedindo atendimentos que não se enquadram nas regras do Samu, que não pode atender esses casos, e isso gera descontentamento em parte da população. Ampliando a quantidade de “ambulâncias brancas”, o município tem mais condições de fazer esses outros atendimentos.
As viaturas reservas do Samu estão sendo readaptadas para serem usadas como “ambulâncias brancas”. Com esses dois veículos o município passa a contar com nove ambulâncias desse tipo. “Daremos mais agilidade para uma série de atendimentos e quem ganha com isso é a população”, comenta o secretário de Saúde, Djair Francisco.
A coordenadora do Samu Regional de Rio Claro, Silveli Pazetto, explica que as duas viaturas que serão convertidas em “ambulâncias brancas” eram reservas, ou seja, não eram para utilização no dia a dia de atendimento do Samu. “Não haverá nenhuma mudança no atendimento que o Samu realiza”, esclarece Silveli. O serviço mantém em operação duas viaturas avançadas e quatro de suporte básico.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA