Fórmula 1: Vestappen leva Red Bull para a vitória no GP da Malásia

308
Holandês faz prova muito forte, ultrapassa britânico e conquista a segunda vitória da carreira

E. Cortez
Não se pode negar que o GP da Malásia, que se despediu da Fórmula 1, foi um dos melhores dos últimos tempos. Max Verstappen derrotou Lewis Hamilton na pista para vencer em Sepang. O holandês fez uma grande ultrapassagem sobre o britânico no início da prova e levou a Red Bull para a vitória.
Hamilton garantiu a segunda colocação e Daniel Ricciardo fechou o pódio. Após largar de último, Vettel fez uma corrida consistente e muito forte, brigando com Ricciardo pelo pódio até no final, mas acabou ficando com a quarta colocação. Após a bandeirada, o alemão foi acertado pelo carro de Lance Stroll e teve sua Ferrari destruída.
Felipe Massa fez uma corrida muito regular e conquistou dois pontos ao cruzar na nona colocação.
Antes do início da prova, um drama começou para a equipe Ferrari. Kimi Raikkonen, ao sair dos boxes para levar o carro ao grid, reclamou que estava sem potência o mesmo problema sofrido por Sebastian Vettel no treino de classificação. Raikkonen até chegou a colocar o carro no grid, mas a equipe recolheu de volta para os boxes, para tentar consertar o problema antes da largada.FORMULA I (1)
Na largada, Hamilton foi muito bem e se manteve na frente, seguido por Verstappen, Bottas e Ricciardo. Massa subiu para o décimo posto, enquanto Vettel passou ao final da primeira volta em 13º. Kimi Raikkonen não conseguiu largar e continuava nos boxes.
Ocon foi o primeiro a parar, no final da segunda volta, pois tinha perdido pressão nos pneus. Na quarta volta, Verstappen partiu para cima de Lewis Hamilton e assumiu a ponta, em uma bela manobra no final da reta dos boxes. Na volta seguinte, o britânico tentou dar o troco, mas não conseguiu.
Na volta nove, foi a vez de Daniel Ricciardo superar Valtteri Bottas e assumir a terceira colocação. Quase no mesmo momento, Vettel superou Alonso, e assumiu a décima colocação. Uma volta depois, já estava em nono, após superar Magnussen.
No giro 43, começou a se aproximar muito de Daniel Ricciardo. Porém o alemão fez o primeiro ataque apenas na volta 49, onde Ricciardo se defendeu bem. Após este ataque, os pneus de Vettel começaram a ficar bem gastos e perdeu contato em relação ao Ricciardo, que garantiu o pódio.
Na volta após a bandeirada, Stroll acertou o carro de Sebastian Vettel, destruindo a Ferrari do alemão, que voltou para os boxes de carona com Pascal Wehrlein.
A Fórmula 1 volta à ação já neste próximo fim de semana com o GP do Japão, em Suzuka.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA