Vigilantes municipais poderão ser incorporados à GCM de Rio Claro

Proposta passará por estudos e pode resultar em reforço na segurança pública  

510
Outro assunto tratado na reunião foi a integração das guardas municipais. “A cooperação entre os agentes municipais certamente traz benefícios para todas as cidades”, comenta Bellagamba 

A prefeitura de Rio Claro iniciará estudos para a incorporação de seus vigilantes patrimoniais ao quadro da Guarda Civil Municipal. O assunto foi discutido na tarde desta quarta-feira (27) no Paço Municipal em reunião do prefeito Juninho da Padaria, com representantes da categoria.
“Entendemos que a medida poderá reforçar a segurança no município, com a ampliação do efetivo da guarda, fortalecimento do patrulhamento rural e colocação de agentes de trânsito nas ruas”, avalia o prefeito Juninho.
A proposta deverá passar por análises jurídica, administrativa e financeira para posteriormente ser encaminhada à Câmara Municipal para análise dos vereadores. Na reunião, uma minuta de projeto de lei foi entregue ao prefeito Juninho por Francisco Alves, presidente do Conselho de Secretários e Gestores Municipais de Segurança Pública do Estado de São Paulo. “Em Limeira esse assunto está em fase final de estudos e, aqui em Rio Claro, pela receptividade do prefeito Juninho, acredito também vai caminhar muito bem”, afirmou Alves.
De acordo com o secretário municipal de Segurança, Marco Antonio Bellagamba, a incorporação dos vigilantes poderá resultar em novos avanços para o setor de segurança do município. “Se todos preencherem os requisitos profissionais, a Guarda ganharia cem novos integrantes”, observou. Atualmente são 140 guardas civis municipais.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA