PEDRA DE TROPEÇO

92

Ana Lucia Missaglia Guarnieri
“Tu és para mim uma pedra de tropeço, porque não pensas as coisas de Deus, mas sim as coisas dos homens. (…) Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga. Quem quiser salvar a própria vida vai perdê-la, mas quem perder a vida por causa de mim vai encontrá-la. De fato, que adianta ganhar o mundo inteiro e perder a sua vida?” Mateus, 16, 21-27, Leitura do Evangelho de Domingo, 03/09/2017.
******************************
“O país foi sequestrado por um bando de políticos inescrupulosos que reduziram as instituições a frangalhos”, coluna Carlos Brickmann,” Diário do Rio Claro”, a 3 dias antes do Dia da Pátria.
******************************
Quando não se alimenta a mente da beleza – “Não só de pão vive o homem” (Mateus, 4-4) – o que resta é o lixo feito pela malícia do homem, que destrói o planeta.
Em 09 de Agosto de 2002, em resposta à MThereza@claretianas, citávamos o poeta e escritor Armindo Trevisan:”o egoísmo que dita as normas do mercado vai conduzir os próprios detentores da riqueza a situações sem saída que vão prejudicar a eles próprios. O desafio do momento é que se imponha a primazia do ético e do religioso sobre o material”, pois não é o dinheiro pelo dinheiro, que conduz à destruição, mas é o resgate do Amor, que salvará a humanidade. Para isso Deus nos mandou Seu Filho, que nos deu a conhecer que o Universo substancial não existe sem Ele e sua Lei para vivê-lo é: “Amai-vos uns aos outros, como Eu vos amei”.(João, 13, 34).
Agosto de 2017 e Pedro Rossi, professor da Unicamp, Diretor do CECON (Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas)e da SEP(Sociedade Brasileira de Economia e Política) mediante estudos conjuntos conclui:” O Brasil está atravessando a pior crise econômica do País. (…) E se o Brasil continuar cortando gastos será pior. POR ISSO NÃO HÁ HORIZONTE NESTE GOVERNO, QUE ESTÁ CAVANDO A PRÓPRIA COVA’.
Nesses 15 anos (2002-2017) o código ético não mudou, o que mudou (e muito) foi a “esperteza” do Governo e a sua desinformação (?) sobre a evolução social como um todo, em que como pessoa humana (independente do Cargo- quanto maior, mais responsabilidade) passará pela morte(não só pela primeira, mas pela segunda: – como vão seus átomos na intimidade com o Pai do Universo?)
A epidemia enganosa do dinheiro, que troca o ser pelo ter,sacode a poeira do jeito que pode.Nas Missas de Domigo(3/9/2017) Pe Alessandro Campos disse que os pobres é que só pensam em dinheiro. Pe Eduardo Dougherty, baseado na resposta de Pedro, como empecilho a que o Amor de Cristo nos salvasse, pela Sua Santa Cruz, afirmou que todos somos pedra de tropeço, pois parece que já não se ouve mais falar de Deus(!!!) E, na Liturgia anterior, o Bispo de Aparecida citou Max Weber (um dos pais da sociologia moderna que, em seu livro, A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo, mostra a produção das riquezas como meios da valorização espiritual, ou seja, quem tem é abençoado, quem não tem é amaldiçoado)!!! Isso vem sendo precariamente usado pelas relações de domínio, segundo estudos políticos e econômicos, contribuindo para colocar o homem acima de Deus e o Brasil abaixo de zero.
E o surpreendente é que, na semana passada, Dom Orlando Brandes ,visitando Escolas, Presídios, Hospitais, Igrejas, Orfanatos, afirmou que todas as instituições culparam a família pela falta de religião(!).
-Que família? A desassistida pelo Governo que vai de mal a pior? Ah! Mas sobrou para a Mídia, “satânica, perversa”, sem a crítica que dela se pode selecionar o que se quer ver, ouvir, ler, apreender, sem preocupar-se (- não é?) com o Brasil, um dos países em que mais morrem jornalistas no mundo.
– Existe algo tão doloroso quanto rotular a pessoa por religião? – Por status (pobre ou rica)? Por idade , sexo, cor da pele? Não ver além, que ali se encontra uma pessoa humana, à imagem e semelhança de Deus, templo do Espírito Santo, como você e eu? –Onde está a fraternidade que Jesus veio fundar?
A fé é dom de Deus e deve ser usada para as coisas de Deus. Não como o que se vem fazendo, através da inteligência artificial dos robôs, que já se comunicam e ultrapassam a própria inteligência do homem criador, esquecido que para o intento precisou do material (substância)de Deus. No Seu grito de dor, para salvar a humanidade ao morrer na Cruz , no seu”Tudo está Consumado”(Jo,19,30) o Médico dos médicos escancarou ao mundo os Raios-X do Seu Amor, que atravessam as almas não só nos Ultra- eletromagnéticos, mas como partes assistidas do Universo que, a cada geração, sobrevive e ainda espera para que O louvemos eternamente. “_ Não valeis vós mais que muitos pardais?”(Mt., 10, 26-33).
Daí a importância do testemunhar a fé, comunicar as graças e milagres alcançados (o que não se faz sem partilhar da Cruz de Cristo) contribuir para mudar o ódio em paz , converter a ignorância na beleza do conhecimento, sair da pedra de tropeço para a busca da Verdade, o que se realiza no aprendizado do dia-a-dia, com as pequenas coisas a que dedicamos afeto ao desempenhar nossas ações , descobrindo a alegria de aprender de novo.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA