Ponte do Terra Nova recebe pintura e sinalização de solo

A prefeitura de Rio Claro continua trabalhando para finalizar as obras de construção da ponte que liga os bairros Jardim Novo e Terra Nova. Na sexta-feira (1º) foram concluídos os serviços de demarcação e sinalização do solo (Pare) iniciados na quinta-feira (31). Foram instaladas placas com indicação de velocidade máxima permitida de 30 km/h, tartarugas para divisão de faixas e setas de direção. Os trabalhos foram realizados pela equipe da Secretaria de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana.
“Fizemos demarcação de fluxo e sinalização nas duas faixas para melhor orientar os motoristas”, explica Adilson Marques, diretor de Mobilidade Urbana. Ele lembra que o tráfego nas duas pistas da ponte foi liberado na semana passada após a prefeitura ter terminado a pavimentação.PONTE DO TERRA NOVA RECEBE (1)
“Mais uma obra importante que estamos concluindo que vai beneficiar a comunidade”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, lembrando que outros projetos estão em andamento na região, como a construção da creche no Terra Nova e as moradias populares do Jardim das Nações 1.
Nas últimas semanas, a prefeitura acelerou os trabalhos para agilizar a conclusão da ponte, iniciada na administração anterior. Na quarta-feira (30) foram instalados 70 metros de cabos e oito lâmpadas brancas de vapor metálico de 250 watts, que já estão funcionando. Também foram instalados guarda-corpos, estruturas que protegem os pedestres e funcionam como barreiras de proteção para atenuar o choque dos veículos em casos de acidentes de trânsito.

Fundação de Saúde realiza capacitação na escola Francisca Coan

O Núcleo de Educação Permanente em Saúde, Treinamento e Desenvolvimento (Nestd) da Fundação de Saúde de Rio Claro está realizando uma série de ações na escola Francisca Coan. No próximo mês, o Nestd fará capacitação em primeiros socorros para equipe da unidade municipal.FUNDAÇÃO DE SAÚDE REALIZA (2)
Será a segunda ação do núcleo de treinamento da Secretaria da Saúde naquele estabelecimento de ensino. Na semana passada, a psicóloga Cristiane Godoy Gava, do Caps III (Centro de Atenção Psicossocial), que integra a equipe do Nestd, comandou capacitação sobre relações interpessoais para os profissionais da Francisca Coan.
A atividade foi ministrada para cerca de 60 funcionários da unidade de ensino. “Foi uma formação muito importante e proveitosa para nossa escola”, enfatiza a vice-diretora Djaine Sara Duarte. A escola Francisca Coan é uma creche que atende 204 crianças de zero a três anos e fica no bairro Jardim São João.

Rio Claro tem apresentações de circo na rua no domingo

A arte circense toma conta de Rio Claro neste domingo (3) com a participação do município no Festival Paulista de Circo. São apresentações gratuitas, em locais de fácil acesso, que levam aos bairros de Rio Claro números de circo.
“O circo provoca encantamento em crianças e adultos que acompanham os números e nosso objetivo é levar essa magia para a rua, para perto da população de Rio Claro”, destaca Daniela Ferraz, secretária de Cultura, acrescentando que a inserção do município no roteiro do Festival representa um ganho cultural importante para a cidade.
A primeira apresentação será às 11 horas, no Jardim das Nações II, com Circo de Doisdo da Cia Pé de Cana. Às 15h30 As Inigualáveis Irmãs Cola, de Cola Show, serão atração na escola Caic, no Jardim Brasília (Avenida 18, 405).
No bairro Bonsucesso a apresentação será Kombi no Circo, com a Cia Atitude. O público deve comparecer às 16 horas à Rua 17, 647, próximo à associação de moradores. Também às 16 horas tem início a primeira apresentação no Lago Azul, que fica na Vila Operária. O parque terá duas sessões, a segunda às 17 horas. A atração será “Jacinto tudo numa ilha”, com a Trupe Irmãos Atada. O caminhão em que serão realizadas inclusive apresentações de trapézio estará em frente ao palco do parque, ao lado das quadras. O Lago Azul fica na Rua 2, 2.880.
O Festival de Circo é uma realização do Governo do Estado de São Paulo em parceria com a Associação Paulista dos Amigos da Arte. Em Rio Claro o evento tem apoio da Papelaria Papyrus, O Imperador Mármores e Granitos, Paganelli Ambientes Planejados, Studio Brothers Tattoo, 40 graus, MCM Mala cortes masculinos.

Prefeito recebe movimento pró-hospital

Integrantes do movimento que trabalha para a implantação de um hospital público em Rio Claro foram recebidos na manhã de sexta-feira (1) pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. Na oportunidade, expuseram a continuidade da luta iniciada em 2013 e que resultou em mais de 20 mil assinaturas em prol da causa.
O prefeito Juninho reafirmou seu propósito de colocar o município à disposição para auxiliar em tudo que for possível. Lembrou que, mesmo num momento de crise enfrentado pelo País e que reflete de forma direta nos municípios, Rio Claro iniciou 2017 com grandes investimentos na saúde pública.
O prefeito citou o programa Mais Saúde, que tem criado uma série de serviços e obras para a comunidade, como a Farmácia Todo Dia que funciona também aos finais de semana e feriados, as Carretas da Saúde que ainda neste mês passarão a atender prioritariamente as pessoas que esperam por 37 mil procedimentos e a retomada das obras de seis unidades de saúde que estavam abandonadas.
O secretário municipal de Saúde, Djair Francisco, e o prefeito Juninho, ressaltaram que município não dispõe de recursos financeiros para a construção do hospital, mas apóiam a proposta de cessão de área pública para a edificação da obra.
Também participaram da reunião Anderson Golucci, secretário municipal de Habitação; Wanderley Calça, pároco da Igreja Saúde; Domingos Almeida, presidente do Conselho Municipal de Saúde; Maria Helena Romualdo, Cesar Augusto Borgi, José Silvio Govone e Aguinaldo Fiório, do movimento pró-hospital.

Três novos tratores vão reforçar limpeza pública em Rio Claro

O setor de limpeza pública de Rio Claro está ganhando reforço. A prefeitura adquiriu três pequenos tratores que serão utilizados na limpeza de praças, jardins e outras áreas similares. “Vamos agilizar e otimizar esses trabalhos”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, lembrando que o período de chuvas, que recomeça em breve, exige esforços redobrados do município nos serviços de manutenção da cidade.
Os equipamentos entram em operação nos próximos dias. “Antes, funcionários da equipe de limpeza farão treinamento para operar os tratores”, explica o secretário municipal de Agricultura, Abastecimento e Silvicultura, Emílio Cerri, informando que o investimento da prefeitura nas novas aquisições é de quase R$ 60 mil.TRÊS NOVOS TRATORES (1)
O diretor Tadeu Olivetti lembra que tão essencial quanto os investimentos na área de manutenção pública é a colaboração da comunidade para que a cidade fique limpa e em ordem. “O município oferece estrutura e serviços para que a população faça o descarte correto de lixo, entulho e materiais inservíveis”, frisa.
A coleta de lixo domiciliar atende todos os bairros de Rio Claro e o município conta com seis ecopontos que abrem à noite e aos sábados e feriados. A cidade tem coleta seletiva de lixo e, além disso, o caminhão do catabagulho passa mensalmente nos bairros.

Ipês coloridos vão embelezar avenida no Jardim Floridiana

A Avenida 2-JF, onde recentemente a prefeitura de Rio Claro anunciou a implantação de rotatória para ampliar a segurança, também ficará mais bonita. Ipês coloridos serão plantados ao longo da via que, fica no Jardim Floridiana, faz ligação com o Distrito Industrial e, por isso, é bastante movimentada. Na sexta-feira (1) o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, esteve no local, onde o canteiro central da avenida começou a ser rebaixado para o plantio das mudas. “Todo esse trecho terá novo aspecto, com visual mais agradável”, comenta Juninho.
De acordo com o secretário municipal de Agricultura, Abastecimento e Silvicultura, Emílio Cerri, os ipês que serão plantados no canteiro central terão diferentes cores. “Isso vai dar um colorido mais bonito ao Jardim Floridiana”, comenta Cerri, que acompanhou o prefeito junto com o diretor Tadeu Olivetti.
No encontro com a Avenida M-25, a Avenida 2-JF ganhara rotatória para disciplinar o intenso fluxo de veículos. O cruzamento fica próximo a uma grande unidade de ensino e também dá acesso ao Grande Cervezão, na região mais populosa do município.

Convênio de conclusão do novo fórum será publicado nos próximos dias

A prefeitura de Rio Claro e o governo estadual assinaram nessa quinta-feira (31) o convênio para retomada das obras do novo prédio do fórum. O documento foi assinado pelo prefeito João Teixeira Junior, Juninho da Padaria, e o secretário estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania, Márcio Elias Rosa, em cerimônia realizada no local onde está sendo feita a obra na Avenida Cidade Judiciária, na região do anel viário.
O secretário Márcio Rosa informou que dentro de alguns dias o convênio será publicado para que possam ser tomadas as providências para fazer a licitação e contratar a empresa que irá executar a obra. A expectativa é de que o processo licitatório seja concluído ainda neste ano para início imediato das obras. “O dinheiro para a realização da obra já está reservado”, informou.
A construção do novo fórum será retomada após mais de três anos de paralisação. O prédio começou a ser erguido em 2010 e foi paralisado em 2014. “Essa é mais uma obra que encontramos abandonada e estamos tomando providências para que seja concluída, como foi feito com a creche do Terra Nova e as seis unidades de saúde”, comentou Juninho.
Para concluir a obra, a prefeitura irá assumir uma contrapartida no projeto que tem previsão de investimento estimado em R$ 5 milhões. “A vontade do município e o empenho do estado resultaram nessa conquista para a comunidade. A retomada dessa obra evita desperdício de dinheiro público e é uma questão de respeito com a população”, afirmou Juninho.
O presidente da Câmara de Vereadores, ressaltou o fato do governo municipal ter adotado a postura de respeito ao dinheiro público, dando continuidade a obras que estavam abandonadas, como a creche do Terra Nova, seis unidades de saúde e, agora, o fórum.
O diretor do Fórum de Rio Claro, Claúdio Luís Pavão, observou que melhorar as condições de trabalho do Judiciário irá beneficiar a população com melhor atendimento. De acordo com o ele, o novo Fórum terá instalações apropriadas e ganhará também em segurança já que sua localização facilita a mobilização necessária em caso de audiências criminais.
O promotor de Justiça, Gilberto Porto Camargo, lembrou que há muito tempo o Fórum atende de forma precária e, com a conclusão do novo prédio, o maior beneficiário será a comunidade.
A advocacia de Rio Claro também manifestou satisfação com o reinício das obras. “É uma alegria para a advocacia a conclusão dessa obra”, disse o presidente da OAB local, Mozart Gramiscelli Ferreira.
O deputado estadual Aldo Demarchi, destacou que a sintonia do município com o governo do estado melhorou muito neste ano. “Nossa peregrinação para a realização da obra começou ainda antes de 2010, ano que o governador Geraldo Alckmin liberou recursos para o projeto”, recordou. Aldo Lembrou que o prédio levará o nome do juiz Luiz Gonzaga de Arruda Campos, conforme indicação feita pelo deputado e acatada pelo Tribunal de Justiça.
Também participaram do evento o vice-prefeito e secretário municipal de Segurança, Marco Antonio Bellagamba; o procurador geral do município, Rodrigo Ragghiante; o secretário adjunto de Justiça e Defesa da Cidadania, Luiz Madureira; os vereadores Geraldo Voluntário, Hernani Leonhardt, Irander Augusto, Ney Paiva, Rafael Andreeta, Seron, Thiago Japonês e Yves Carbinatti; os prefeitos Leandro Martinez (Corumbataí), Wagner Ricardo Antunes Filho (Leme), Adinan Ortolan (Cordeirópolis) e a vice-prefeita de Ipeúna, Doroti de Fátima Zen Lopes.

Incêndio atingiu Floresta Navarro de Andrade na 5ª-feira

A Defesa Civil de Rio Claro, o Corpo de Bombeiros e a equipe da Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade (Feena) trabalharam em conjunto para conter incêndio que atingiu a floresta na noite de quinta-feira (31).
“Tivemos bastante trabalho e ficamos no local até por volta das 20 horas para controlar as chamas”, comenta o diretor da Defesa Civil, Wagner Martins Araújo.
Além de combater os focos de incêndio, a prefeitura está monitorando várias áreas de risco do município neste período mais seco do ano. Esse trabalho faz parte da operação De Olho na Queimada, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana.
O incêndio consumiu mais de 10 hectares da Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade, em Rio Claro , na quinta-feira (31). Nos últimos 15 dias, foram quatro ocorrências do tipo, com danos em uma área estimada em 100 hectares.

Fórmula 1: Chuva atrapalha treino classificatório em Monza

E. Cortez

Olá amigos! Apenas uma semana depois do GP da Bélgica, a F1 desembarcou para a etapa italiana da categoria, em Monza, uma das mais tradicionais da história. É aqui que o Mundial de Fórmula 1 despede-se também da Europa. Lewis Hamilton tirou metade da diferença que tinha para Sebastian Vettel durante as férias de verão, de 14 para sete, ao vencer em Spa e ver seu principal rival chegar logo atrás.
Monza também é um dos locais preferidos para anúncios de mudanças de pilotos e equipes. Foi na Itália, por exemplo, que Felipe Massa anunciou aposentadoria no ano passado, mudando de idéia logo após Valtteri Bottas se transferir para a Mercedes.
Mas o mau tempo no circuito atrapalhou completamente a programação de ontem. Em função da forte chuva, o terceiro treino livre teve apenas 15 minutos de duração. Com as condições de visibilidade e aderência precárias, os pilotos tiveram de passar 75% da sessão dentro dos boxes aguardando liberação da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) para que pudessem deixar a garagem. Quando a pista foi liberada, coube a Felipe Massa anotar o tempo mais veloz da sessão, com 1m40s660, comandando a dobradinha da Williams na última atividade antes do treino classificatório, que também teve várias interrupções. FORMULA 1
Aliás, a sessão na manhã de ontem teve início já em bandeira vermelha, pois a chuva intensa fazia acumular quantidade considerável de água no asfalto. Porém, como o regulamento obriga um intervalo de pelo menos duas horas entre o último treino livre e a classificação, o cronômetro foi disparado no horário previsto, às 6h de Brasília.
Por volta das 10 horas, no entanto, a garoa continuava caindo – não com a mesma força de mais cedo, mas suficiente para manter a pista molhada por um tempo e exigir voltas do safety car mostrando que ainda havia bastante água na reta dos boxes. Quarenta minutos depois, nenhuma ação ainda estava programada e Sebastian Vettel aproveitou para ir à mureta dos boxes dar um tchauzinho para a torcida da Ferrari.
O mau tempo, portanto, deve ser a principal incógnita do desempenho dos pilotos hoje na pista. Mesmo em possíveis condições meteorológicas adversas, o piloto inglês voltará a mostrar a potência do Mercedes, ou a Ferrari responde com autoridade em sua casa? Isso é o que vamos ver a partir das 9 horas, quando tem início a corrida.

Seis sinais que o corpo dá semanas antes de um infarto

Cerca de 30% das mortes no Brasil acontecem por causa de doenças cardiovasculares, a maior causa de óbitos no mundo todo, sendo o infarto o grande vilão. Também chamado de infarto agudo do miocárdio ou ataque cardíaco, esse problema pode ser fatal. O infarto acontece quando uma ou mais artérias que levam oxigênio ao coração (artérias coronárias) são obstruídas abruptamente por um coágulo de sangue, formado em cima de uma placa de gordura (ateroma) existente na parede interna da artéria.
Algumas pessoas estão mais propensas para uma ataque cardíaco. Os principais fatores de risco para um infarto são: tabagismo, hipertensão, colesterol elevado, diabetes, sedentarismo, obesidade, estresse, alcoolismo e histórico familiar de infarto.
Porém, com o cuidado e atenção devida, é possível notar sinais (ainda que muito sutis) de um infarto semanas antes de acontecer. “Os sintomas precoces aparecem em cerca de 50% dos casos, mas costumam ser ignorados”, afirma o cardiologista Rogério Marra, do Hospital Samaritano de São Paulo. Abaixo, descubra alguns sinais que, se combinados, podem ser indicativos precoces de infarto:

1. Dor na região torácica
“Às vezes o primeiro sintoma se externa como dor na região do tórax e peito, podendo irradiar de formas diferentes, pelos ombros, costas, braços, pescoço e até mandíbula”, explica Marra. Essa dor surge de forma súbita, enquanto a pessoa realiza suas atividades normais ou até dormindo.

2. Falta de ar
A sensação de aperto no peito pode interferir nos pulmões, traduzindo-se na dificuldade de respirar. “Tamanho desconforto no paciente, isso pode gerar uma falta de ar”, diz o especialista.

3. Náusea, indigestão, azia ou dor abdominal
Por causa desses sintomas, muitas vezes o problema é confundido como um simples desconforto digestivo. “O médico deve estar muito atento e, se possível, ser especialista para conseguir fazer o diagnóstico correto”, de acordo com Marra.

4. Tontura
Algumas semanas antes de um infarto, também é possível vivenciar tonturas. Por isso, é importante “evitar dirigir nesse caso, pois arritmias e desmaios podem colocar em risco você e outras pessoas”, ressalta o cardiologista Bruno Valdigem, do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia.

5. Suor frio
Junto com a tontura, o paciente também pode relatar suor frio, decorrente das dores no peito. “Apesar de ser um sintoma simples, eles representam algo progressivo: quanto mais cedo a pessoa chegar no hospital, mais fácil será diminuir os danos”, afirma Marra.

6. Fraqueza
A fraqueza passa despercebida muitas vezes, mas é preciso atenção, pois pode ser um indicativo de algo mais grave. “Esse quadro é um desafio, pois de todas as avaliações do pronto socorro, 20% são relacionadas ao coração, então o médico pode não entender que esse sintoma se trata do coração”, conta Rogério.

Rio Claro realiza campanha de prevenção e combate à tuberculose

Durante todo o mês de setembro a prefeitura de Rio Claro, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, intensificará ações de prevenção à tuberculose. Cerca de 200 exames serão realizados em trabalho coordenado com o Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE, regional de Piracicaba).
O objetivo da campanha, desenvolvida pela Vigilância Epidemiológica de Rio Claro e rede municipal de Atenção Básica, é informar a população com foco na prevenção e, para isso, cartazes já foram afixados nas unidades de saúde. A tuberculose tem cura e o tratamento gratuito é disponibilizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde).
Segundo a Vigilância Epidemiológica, Rio Claro conta atualmente com 35 pacientes com tuberculose em tratamento na rede municipal. Desses, 33 estão em tratamento supervisionado nas unidades de saúde mais próximas às suas residências, e precisam comparecer de segunda a sexta-feira na unidade para receber a medicação supervisionada.
Como forma de incentivo à continuidade do tratamento, os pacientes recebem café da manhã e, a cada dois meses, uma lata de suplemento alimentar. Se o paciente for efetivo no comparecimento à unidade de saúde e não faltar à consulta médica mensal, também recebe uma cesta básica ao final do mês, com direito a até seis cestas básicas durante o tratamento. No último mês foram fornecidas 32 cestas básicas para os pacientes com tuberculose em Rio Claro.
A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível que afeta principalmente os pulmões. Anualmente, são notificados cerca de 10 milhões de novos casos em todo o mundo, levando mais de um milhão de pessoas a óbito.
No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, a tuberculose ainda é um sério problema da saúde pública, com profundas raízes sociais. A cada ano, são notificados aproximadamente 70 mil casos novos, e ocorrem 4,5 mil mortes em decorrência da doença.

Micro-ônibus ajuda na coleta de sangue

O deputado estadual Aldo Demarchi acompanhou nessa quarta-feira (30), no Grêmio Recreativo dos Empregados da Companhia Paulista, a quarta campanha para doação de sangue a cadastramento de interessados participar do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea. Promovida pelo Grupo de Voluntários Mais Vida, a coleta foi realizada por profissionais do Hemonúcleo de Jaú, vinculado ao Hospital Amaral Carvalho, que atende centenas de pacientes de Rio Claro e Região.
Esse trabalho ganhou eficiência e qualidade a partir de novembro de 2014, quando o Hemocentro de Jaú recebeu um micro-ônibus no valor de 298 mil reais a partir de emenda parlamentar de autoria do deputado. O veículo conta com lugares para 16 passageiros, espaço para acomodação dos equipamentos, macas e bolsas de sangue, e refrigeração com ar condicionado para manter o material na temperatura adequada. A solicitação havia sido feita pelo Grupo Mais Vida a Aldo Demarchi em 2013, durante reunião que também teve a presença do então vereador Juninho da Padaria, atual prefeito de Rio Claro.

Equipe Canil detém indivíduo na pratica de tráfico de entorpecentes

Este ao perceber a aproximação da viatura saiu andando e dispensou três eppendorfs de cocaína e uma trouxinha de maconha. Realizada abordagem, foi localizada a quantia de R$ 124,75 na posse de J.D.S.S. de 19 anos. Com o auxílio do cão de faro, Athila, foram localizadas 13 trouxinhas de maconha e 16 eppendorfs contendo cocaína.
Fato apresentado no plantão, registrados BO/PC N° 8591/17 e RO/GCM N° 1632 – Tráfico de Entorpecentes.


 

Após furtar pizzaria mulher é detida pela Guarda Civil

A equipe notou que no cruzamento a Pizzaria estava com a porta aberta

Na madrugada de sábado 02/09/2017, por volta das 03:45h, a viatura 4.36 da Guarda Civil com os GCMs Sciuto e Siqueira, em patrulhamento pela Rua 14 x Av. 15, no bairro Consolação, deparou com uma mulher caminhando com um saco plástico grande nos ombros. A equipe notou que nesse cruzamento a Pizzaria estava com a porta aberta. Diante dos fatos a equipe abordou a mulher e constatou que no interior do saco haviam várias mercadorias como latas de cervejas e energéticos e garrafas de refrigerantes e cerveja, além de caixa de suco, queijo, trufas e drops. A mulher identificada como G.O., 31 anos, estava com R$ 59,00 em seu poder. A proprietária da Pizzaria compareceu no local e reconheceu as mercadorias furtadas do seu comércio. Os GCMs deram voz de prisão para mulher e a conduziram até o Plantão Policial.

No plantão a autoridade ratificou a voz de prisão e registrou o flagrante de furto BO/PC nº 8602/2017 e RO/GCM nº 1636/2017. A mulher foi recolhida ao sistema carcerário
No plantão a autoridade ratificou a voz de prisão e registrou o flagrante de furto BO/PC nº 8602/2017 e RO/GCM nº 1636/2017. A mulher foi recolhida ao sistema carcerário

APÓS FURTAR PIZZARIA MULHER É DETIDA (1)

 


 

GCM localiza veículo produto de furto

Na madrugada de sábado, 02/09/2017, viaturas 436 e 486, se deslocaram ao Jd. Brasília onde segundo informações um veículo Montana produto de roubo estaria transitando pelo bairro

Realizada verificação e o veículo foi localizado estacionado abandonado na Avenida 16 x Rua 2. Efetuada pesquisa e confirmado a situação de roubo.  Informado a vítima sobre a localização e acionado o serviço de guincho, veículo apresentado no plantão policial.

Registrados BO/PC N° 8591/17 e RO/GCM N° 1635 – Localização de Veículo. Ao fim o veículo foi devolvido para o proprietário
Registrados BO/PC N° 8591/17 e RO/GCM N° 1635 – Localização de Veículo. Ao fim o veículo foi devolvido para o proprietário

 

Guarda civil localiza veículo produto
de furto pelo bairro JD.Figueira

Na noite de Quinta-feira 31/08 por volta dás 19:35h, o Centro de Operações da Gcm recebeu informações que pelo bairro JD. Figueira havia um veículo abandonado

Imediatamente foi solicitado para Vtr 487 Gcms Pedro e Eliete que faziam patrulhamento pelo bairro deslocarem até o local. Ao chegarem no local constataram, trata-se de um Fiat / Uno ano 2001 de cor branca de Rio Claro placas CYI – 6916 onde fora furtado no mesmo dia. Conduzido ao Plantão Policial (Guincho São Lucas) a autoridade plantonista elaborou BOPC 8561/2017 de Localização / Apreensão de veículo Consumado.

A Gcm elaborou RO GCM 1622/2017 de Localização de veículo     
A Gcm elaborou RO GCM 1622/2017 de Localização de veículo   

UNESP e ASPACER firmam Convênio

No início do mês de agosto, a ASPACER – Associação Paulista das Cerâmicas de Revestimento, representada pelo Diretor Executivo Sr. Almir Guilherme, esteve no IGCE (Instituto de Geociências e Ciências Exatas) da UNESP (Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”) – campus Rio Claro para a assinatura de um convênio. Representando a Universidade participou do ato o Prof. Dr. José Alexandre Perinotto – Diretor do IGCE/ UNESP.
O objetivo da parceria é estreitar o relacionamento do setor cerâmico com a Universidade, através de um programa de cooperação acadêmica em algumas áreas de interesse comum. Com vigência de cinco anos, o Convênio contempla a realização de estudos e pesquisas, consultorias, conferências, publicações, ministração de cursos e programas de capacitação, a realização de estágio e outras possibilidades que as partes considerarem importantes. “Poder contar com o conhecimento da academia, envolvendo docentes, pesquisadores e alunos de uma instituição tão renomada como a UNESP, com certeza é extremamente valioso para atingirmos resultados promissores para o setor cerâmico de revestimento e para a sociedade de maneira geral”, afirma o presidente da ASPACER, Benjamin Ferreira Neto.
Os projetos e atividades específicas que farão parte do programa serão definidos em “Termos Aditivos”, detalhando os objetivos e resultados a serem atingidos, bem como o planejamento do trabalho a ser desenvolvido, sempre em conformidade com as partes interessadas. “A UNESP está inserida na região de um dos maiores e mais importantes polos cerâmicos das Américas e, portanto, deve atuar em parceria com as empresas e órgãos representantes dessas empresas. Temos certeza que o benefício será mútuo para os parceiros (UNESP e setor cerâmico), com extensão dos bons resultados para toda a região. É nossa obrigação colocar o conhecimento produzido e as técnicas desenvolvidas internamente em benefício da sociedade. Iniciativas como esta são os canais para que isto se concretize de fato”, afirma Perinotto.
O primeiro projeto contemplado pelo convênio também foi assinado na ocasião. Denominado – Modelo de Gestão para a Qualidade do Ar na Região do Polo Cerâmico de Santa Gertrudes – SP – “PCSG”, tem por objetivo estabelecer um modelo a ser seguido no que se refere à gestão da qualidade do ar na região.“Assim, reveste-se da maior importância à celebração dessa parceria entre o setor privado/produtivo (representado pela ASPACER) e a UNESP (uma universidade pública, geradora e transmissora do conhecimento), que pode resultar em medidas que, se implantadas, contribuirão para minimizar o referido problema e para a melhoria da qualidade de vida de nossa população”, complementa o Diretor do IGCE.
A aquisição de equipamentos, infraestrutura e manutenção, serão de responsabilidade da ASPACER. “A entidade tem sido ao longo do tempo, a única representação das mais diversas atividades econômicas da região a ter um papel proativo na busca das soluções ambientais que são necessárias. Este Convênio assinado com a UNESP, é mais uma prova da disposição da ASPACER em propor soluções. No entanto é importante frisar: se não houver o engajamento de outros setores da economia regional, cujas atividades também impactam o meio ambiente, só o esforço produzido por mineradores e produtores de cerâmica, não será o bastante para melhorarmos a qualidade de vida da comunidade que está no nosso entorno”, destaca Ferreira Neto.
Conforme documento, após o encerramento do Termo Aditivo, os acessórios adquiridos serão doados ao patrimônio do Departamento de Geografia – IGCE – UNESP. Além disso, a Universidade ficará responsável por avaliar e determinar o espaço para instalação dos equipamentos, designação de um profissional responsável e a disponibilização de dados e informações que sejam importantes para a o Projeto.

Devemos a nossa existência ao impacto de um asteroide

Livio Oricchio, de Monza, Itália

A imprensa do mundo todo deu grande destaque nos últimos dias à passagem do asteroide Florence a 7 milhões de quilômetros da Terra. Sua órbita ao redor do Sol o fez passar a uma distância 18 vezes maior da que a Lua se encontra do nosso planeta. Na escala cósmica, podemos dizer que passou muito perto.
Florence tem 4,4 quilômetros de extensão no eixo maior. Se a Nasa, agência que tem o mais complexo programa de monitoramento do espaço, destinado a detectar esses corpos que poem em risco a vida na Terra, tivesse descoberto que Florence poderia colidir com o planeta, a mobilização da humanidade seria total. Todos os recursos de todas as nações seriam mobilizados para evitar o choque.
Isso porque, com absoluta certeza, boa parte da vida na Terra seria aniquilada, muitas espécies seriam extintas. O número de homens e mulheres mortos atingiria a casa dos bilhões de indivíduos. Hoje 7 bilhões habitam a Terra. Seria a maior catástrofe da história da humanidade. Felizmente Florence está passando, apesar de perto, a uma distância segura da Terra.
Já da próxima vez que ele cruzar sua órbita com a do planeta não temos tanta certeza. Mas até lá, o ano 2.500, o homem terá tecnologia para não correr risco algum. Na realidade, hoje já existem recursos muito provavelmente eficientes para desviar um corpo, asteroide ou cometa, por exemplo, que poderia nos atingir. Daqui a 500 anos será uma brincadeira para a humanidade. Estima-se que dominaremos a gravidade. Dá para imaginar?
Um asteroide pode dizimar a vida, como sabemos, mas o que nem todos têm consciência é de que a espécie humana existe por causa de um asteroide ter atingido a Terra há 65 milhões de anos. Nessa época, fim do período Cretáceo, os dinossauros predominavam no planeta. E definiram um grupo de animais muito bem sucedidos, já que habitavam a Terra há nada menos de 130 milhões de anos.
Até que um belo dia uma bola incandescente apareceu no céu sobre a região hoje da província de Yucatan, no México, não distante da atual Cancun, e colidiu contra o planeta. Era um asteroide. E de dimensões generosas, 15 quilômetros no eixo maior, quase duas vezes o pico Everest, no Himalaia.
Viajava pelo espaço a algo como 14 quilômetros por segundo, semelhante a de aproximação de Florence. Em quilômetros por hora representa algo como 45 mil quilômetros por hora, ou 50 vezes mais rápido que os aviões comerciais. É muita velocidade, a energia que ele é capaz de transferir no caso de um impacto é impensavelmente elevada.
Logo depois do choque do asteroide há 65 milhões de anos, uma nuvem cobriu a maior parte do planeta, formada por partículas em suspensão, e gases, alguns tóxicos. A temperatura se elevou sobremaneira. Sem luz e sob calor letal, a maior parte das espécies, 70%, foi extinta.
Mas uma pequeno grupo de animais, com hábitos particulares, vivendo em habitat menos exposto ao da superfície, encontrou naquele momento da história da Terra a oportunidade de evoluir. Cerca de 200 mil anos depois, eles formavam a classe dos mamíferos. Estudos genéticos profundos e precisos realizados há pouco apontam que os mamíferos evoluíram a partir de um ancestral que guardava alguma semelhança com os modernos ratos. Só lembrando, os dinossauros, sua maior parte, pelo menos, eram ovíparos.
Você está certo. Esse pequeno animal que parecia um rato deu origem aos mais de 5 mil mamíferos que habitam a Terra. Dentre eles nós, os humanos.
Dá para ver que ao mesmo tempo em que uma catástrofe da dimensão da que acabou com a história dos dinossauros no planeta é também capaz de provocar uma revolução na vida? A maioria dos cientistas, de várias áreas, afirma ser obviamente impossível saber como a vida teria evoluído na Terra se o asteroide de 65 milhões de anos não a tivesse atingido.
Eles acreditam, contundo, ser pouco provável que os mamíferos tivessem se desenvolvido tanto a ponto de dar origem ao homem. Em outras palavras, devemos nossa existência ao impacto de um asteroide.
liviooricchio@gmail.com

Controvertida legislação e indignação da população: desafios contemporâneos e urgente debate!

Em São Paulo e no Rio de Janeiro a indignação é única: homens ejacularam em passageiras de ônibus durante trajetos de grande movimento, deixando a sociedade pasma! No caso de São Paulo a polêmica é maior, porque, preso em flagrante pelo crime de estupro, foi o sujeito liberado porque o juiz entendeu tratar-se de contravenção penal, ou seja, mera importunação ao pudor, com pena bem mais branda e possibilidade de soltura imediata.
O caráter repugnante e asqueroso da conduta incomoda o leitor: se mais ou menos grave sob o ponto de vista legal jurídico, o fato é que crimes de natureza sexual, até os mais bizarros, são cometidos normalmente por pessoas sem transtornos mentais. Quando o agente é portador de transtorno que o priva de compreender o que está fazendo ou o torna incapaz de controlar seus impulsos, a questão passa a ser patológica e a prisão torna-se injusta e inútil.
No entanto, o aspecto que se afigura necessário discutir é que, de um lado, o crime de estupro tem sanção extremamente pesada. Para a sua configuração, necessário que haja constrangimento da vítima com prática de ato mediante violência ou grave ameaça, no intuito de manter conjunção carnal ou, ainda, para fazer com que pratique ou permita que com ela se pratique qualquer ato libidinoso, ou seja, atos de cunho sexual diverso da conjunção carnal, mas que tenham a finalidade de satisfazer a libido do agente.
Já para a contravenção penal de importunação ofensiva ao pudor, basta ter havido molestação que transtorne a vítima, ofendendo também o seu pudor, vale dizer, o seu sentimento de vergonha ou timidez. O constrangimento da vítima se dá porque atingida em sua dignidade, como assim ocorre em exemplos típicos de cantadas grosseiras e atos ofensivos em que não haja um contato físico entre o autor e a vítima.
Vê-se uma linha tênue que separa estupro da importunação ofensiva ao pudor. Alguns exemplificam: o “beijo roubado” envolve violência ou grave ameaça e caracteriza o crime de estupro; se for “beijo furtado”, sem violência ou grave ameaça à vítima, a ideia é a de ocorrência de contravenção penal de importunação ofensiva ao pudor.
Então como ficam adequados os casos que estamparam os jornais nesta semana: ejacular em uma passageira constituiria estupro (em São Paulo o agente foi preso em flagrante sob tal acusação, mas depois liberado) se não houve violência ou grave ameaça? Seria a contravenção de importunação ofensiva ao pudor? Ou, ainda, uma terceira hipótese: violação sexual mediante fraude, outro artigo do Código Penal, punido com reclusão de dois a seis anos, ou seja, ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com alguém, mediante fraude ou outro meio que impeça ou dificulte a livre manifestação de vontade da vítima.
Diante da revolta da população e enorme divergência de interpretação da lei, o Tribunal de Justiça de São Paulo realizará nos próximos dias encontro para iniciar debate com representantes da sociedade civil e instituições públicas em prol de mudança legislativa que, atendendo aos desafios desse nosso atual “mundo cão”, traga sanção punitiva efetiva e adequada. O Ministério Público propõe reforma legislativa criando uma conduta entre a importunação e o estupro, talvez uma forma de evitar o descompasso entre lei e realidade.
William Nagib Filho – Advogado

O Livro dos Nomes

Carlos Brickmann
Tanto o eleitor reclamou dos mesmos de sempre que foi atendido: nosso presidente da República, na viagem de Temer, é Rodrigo Maia, presidente da Câmara. Já não é um dos mesmos, embora seja filho do fluminense César Maia. No lugar de Maia, a presidência da Câmara, um político novo em folha: André Fufuca. Se o caro leitor não sabe quem é, vai continuar não sabendo. Cá entre nós, não faz falta. Deixando o cargo, Fufuca volta ao limbo, ao lado de deputados como Cabuçu, Petecão, Carimbão, Salame, Chapadinha, Junior Marreca e Kaio Maniçoba. Todos bem pagos por nós.
Os novos não são problema: se não têm o que mostrar, são baixo clero para sempre. O problema é que os mais antigos e experientes, bem mais conhecidos, têm muito o que mostrar. Dois dos ministros de Temer, Geddel Vieira Lima e Henrique Alves, estão presos. Outro ex-ministro, Romero Jucá, é alvo de 14 inquéritos no Supremo. Oito ministros têm desempenho inferior: Blairo Maggi, Bruno Araújo, Aloysio Nunes, Moreira Franco, Helder Barbalho, Eliseu Padilha, Marcos Pereira e Gilberto Kassab estão sob investigação no Supremo. Seu assessor e amigo próximo Rocha Loures está em prisão domiciliar. Seu ex-assessor Tadeu Filippelli está solto, mas em maio passou alguns preso. Todos foram amplamente citados em delações premiadas. E o próprio Temer só não corre – agora – o risco de impeachment porque a Câmara negou autorização para investigá-lo.
Tá faltando um
Há ainda um político não tão próximo de Temer, mas seu aliado, que também enfrenta dificuldades: Eduardo Cunha, preso em Curitiba.
Questão de título
O problema é que, seja experiente, seja novo, seja cabeça-branca ou cabeça-preta (e onde é que localizariam o deputado catarinense Esperidião Amin?), parece que o político, para conquistar notoriedade e poder, não precisa ter currículo: basta exibir o prontuário.
Vai, volta…
Temer assumiu a Presidência da República, há pouco mais de um ano, prometendo colocar em ordem as contas, reduzir o número de ministérios, eliminar gastos. O que fez: deu generosíssimos aumentos a servidores já bem pagos, elevou a meta do déficit fiscal, mandou alugar um Boeing, maior que o AeroLula, para suas viagens, não dispensa nem a hospedagem no hotel mais caro de cada país que visita. Anunciou o fim do Ministério da Cultura, o Ministério da Cultura continua firme e forte. Mandou adaptar o Palácio da Alvorada, a residência oficial, para a segurança de uma criança, seu filho Michelzinho, e em seguida decidiu não se mudar para lá.
… adia
A última iniciativa dessas foi mudar o tipo de uso da Renca, reserva na Amazônia para mineração de cobre. A Renca era herança do regime militar: 47 mil km², do tamanho do Espírito Santo, reservados desde 1984 à pesquisa de minérios e mineração. Como deveria ser tocado por estatais, o projeto encruou. Temer o abriu para a iniciativa privada. Como de hábito, a comunicação oficial falhou. Passou para o público que Temer tinha liquidado uma reserva ambiental, para ajudar mineradores estrangeiros a lucrar com a devastação. Não era, mas Temer ainda deu dois recuos: 1) trocando o decreto por outro mais claro; 2) criando prazo de 120 dias para estudar o assunto. Daqui a quatro meses, quem vai se lembrar disso?
Dez vezes Joaquim Barbosa
Depois de longo silêncio, o ministro aposentado do Supremo Joaquim Barbosa volta a tratar de temas nacionais. Disse ao jornal Valor:
1 – Em nenhum país do mundo o presidente continuaria no cargo depois das acusações que Temer sofreu.
2 –Temer deveria ter a honradez de deixar a Presidência.
3 – É favorável às reformas propostas pelo Governo Temer, mas acha grave que sejam conduzidas por um Governo não respaldado pelo voto.
4 – Defende campanhas eleitorais mais curtas, com financiamento público “moderado”.
5 – Lula não deveria ser candidato. “Vai rachar o país ainda mais”.
6 – Não é candidato, mas percebe seu potencial. “Por onde vou as pessoas me abordam. Há potencial, mas não incentivo isso”.
7 – A denúncia contra Michel Temer é muito mais grave que as que levaram ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.
8 – Um político que elogiou: Paulo Hartung, PMDB, governador do Espírito Santo. “Se eu entrasse nisso (política), iria chamá-lo.
9 – O país foi sequestrado por um bando de políticos inescrupulosos que reduziram as instituições a frangalhos.
10 – Parlamentarismo é, para esses políticos, a maneira de perpetuar-se no poder e se proteger. E já foi rejeitado duas vezes pela população.
COMENTE: carlos@brickmann.com.br
Twitter: @CarlosBrickmann

Bairros de Rio Claro recebem festival de circo nesse domingo

Da alegria dos palhaços à desenvoltura com os malabares, a programação do Festival Paulista de Circo traz a Rio Claro no domingo (3) a essência desta arte tão genuína, que encanta públicos de todas as idades. Haverá apresentações às 11 horas no Jardim das Nações e às 16 horas no Lago Azul, Jardim Brasília e Novo Wenzel. A entrada é gratuita.
“A programação foi organizada para divertir pessoas de todas as idades, sendo excelente opção cultural para as famílias”, comenta Daniela Ferraz, secretária de Cultura.
No Jardim das Nações 2, no edifício Portugal, a apresentação será às 11 horas e o público irá conferir Circo de Doisdo da Cia Pé de Cana. Capivara e Fiofó são dois palhaços que tocam seu pequenino circo a bordo de uma Kombi. Entre acrobacias, malabarismos e muita palhaçada, a confusão está formada e a diversão garantida. Circo de Doisdo traz um resgate do lúdico e convida todos para uma viagem por um universo onde a lógica do cotidiano é subvertida por meio da imaginação, da brincadeira e de uma forma inusitada de encarar a vida.
Às 16 horas, As Inigualáveis Irmãs Cola, de Cola Show, serão atração na escola Caic, no Jardim Brasília (Avenida 18, 401). O espetáculo surpreende com duas mulheres se aventurando como malabaristas em meio a uma sociedade massivamente machista. Elas vêm para desconstruir tantas definições e conceitos ultrapassados além de cativar o público com esse espetáculo que explora o mundo do malabarismo por meio de números contemporâneos e experimentais.
A Cia Atitude vai encenar Kombi no Circo também às 16 horas no Jardim Novo Wenzel (Avenida 13 JW, 100, no Projeto PAI – Adra). A apresentação mostra uma Kombi com quatro palhaços que resolvem tirar muitas histórias das velhas malas, envolvendo a plateia em um divertido espetáculo que une malabarista, fantoches, equilibristas e palhaços no fascinante mundo circense sobre as rodas.
O Lago Azul será palco da apresentação “Jacinto tudo numa ilha”, às 16 horas, com a Trupe Irmãos Atada. Em seguida, às 17 horas, trapezistas do The Flying Pirates darão show com o auxílio do “caminhão-trapézio-picadeiro-circo-escola”.
O Festival de Circo em Rio Claro é uma realização do Governo do Estado de São Paulo em parceria com a Associação Paulista dos Amigos da Arte e prefeitura de Rio Claro, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. O evento tem apoio da Papelaria Papyrus, O Imperador Mármores e Granitos, Paganelli Ambientes Planejados, Studio Brothers Tattoo, 40 graus, MCM Mala Cortes Masculinos.

 

10º FESTIVAL PAULISTA DE CIRCO CHEGA BAIRROS DE RC Irmas Cola - Ellen Faria (4) BAIRROS DE RC Irmas Cola - Ellen Faria (5)