Câmeras e radares de RC serão integrados ao banco de dados policiais ‘Detecta’

Sistema do Governo do Estado vai auxiliar a Polícia Militar e Guarda Civil de Rio Claro a identificar carros roubados, furtos e outros crimes

318
A assinatura da parceria com o Governo do Estado para Rio Claro integrar o sistema Detecta foi acompanhada pelos vereadores

A Prefeitura de Rio Claro firmou nessa segunda-feira (28) parceria inédita com o Governo do Estado de São Paulo para que radares e câmeras de monitoramento do município sejam integrados ao Sistema Detecta, o maior banco de dados policiais da América Latina, criado em 2014. Por meio das informações captadas pelo monitoramento e fiscalização eletrônicos do município, será mais fácil e rápido identificar veículos roubados, por exemplo, e vários outros crimes.
“Vamos usar a tecnologia a favor da segurança, fechando ainda mais o cerco contra a criminalidade”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, ressaltando que as parcerias do governo do estado com a prefeitura já resultaram na queda dos índices criminais no primeiro semestre.
“O sistema Detecta permitirá integração ainda maior entre a Guarda Civil com as polícias civil e militar, resultando em um grande apoio para que possamos aumentar a sensação de segurança da população”, explica o vice-prefeito e secretário de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana, Marco Antonio Bellagamba, destacando que outras medidas vêm sendo tomadas pela prefeitura. “Em dois meses conseguimos entregar duas centrais de segurança integradas, que até então eram inéditas no município e região”, comenta, lembrando que as CSIs – nas imediações da rodoviária e na antiga estação ferroviária – têm presença 24 horas de Guardas Civis e vigias patrimoniais, com espaço para ações das polícias civil e militar.
De acordo com o comandante do 37º Batalhão de Polícia Militar (BPM/I), tenente-coronel Márcio Silveira Franco, o Detecta representa um grande avanço para a cidade, pois o sistema integra informações de todo o estado. “São apenas quatro segundos no máximo entre a identificação pela câmera e o recebimento da informação no tablet das viaturas de polícia”, esclarece. O comandante da Guarda Municipal, Luis Fernando de Godoy, vê no Detecta um importante mecanismo para dar mais agilidade a várias ações das forças de segurança.CÂMERAS E RADARES DE RC SERÃO INTEGRADOS (1)
A assinatura da parceria com o governo do estado para Rio Claro integrar o sistema Detecta foi acompanhada pelos vereadores Julio Lopes, Seron, Val Demarchi e Geraldo Voluntário. Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade, e Luciana Bellagamba, também estiveram presentes.
Detecta
O Detecta integra informações dos bancos de dados das polícias civil e militar, do Registro Digital de Ocorrências (RDO), Instituto de Identificação (IIRGD), Sistema Operacional da Polícia Militar (SIOPM-190), Sistema de Fotos Criminais (Fotocrim), além de dados de veículos e de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do Detran.
Há referências sobre criminosos procurados, inclusive com fotos, dados do cadastro de pessoas desaparecidas e informações sobre veículos relativas à documentação, furtos, roubos e clonagem.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA