Fórmula 1: Com 68ª pole position, Hamilton iguala na Bélgica o recorde de Schumacher

836
Britânico conquista a 58o vitória da carreira e a briga pelo título fica mais acirrada

E. Cortez
O final de semana foi dele mesmo: com direito a recorde de poles no sábado, igualando o recorde de Schumacher, Lewis Hamilton foi perfeito também no domingo ao resisitr às investidas de Sebastian Vettel e vencer o GP da Bélgica, em sua quinta vitória na temporada. Com isso, mostra também que a briga pelo título será intensa até o final da temporada. Com este triunfo, Hamilton encurta a distância para sete pontos do líder do Mundial: 220 pontos (Vettel) contra 213. Antes da etapa belga, a distância entre os dois era de 14 pontos. Vettel, aliás, ficou com a segunda colocação neste domingo e Daniel Ricciardo completou o pódio, em terceiro.
Felipe Massa, que largou em 16º, fez uma corrida dentro das possibilidades de seu carro, completando a prova, em um ótimo oitavo lugar. Aliás foi ele quem mais ganhou posições durante a prova. “Se alguém me dissesse que cruzaria nessa posição antes do início da corrida, assinaria embaixo. Foi um resultado conquistado com um bom ritmo e muita luta. Estou muito contente”, disse o brasileiro.
A prova em Spa-Francorchamps – Os quatro primeiros no grid (Hamilton, Vettel, Bottas e Raikkonen) mantiveram suas posições na largada. Hamilton abriu boa vantagem nas 15 voltas iniciais.FORMULA 1 - BELGICA (2)
Vettel encostou no inglês depois da primeira parada nos boxes, com 1s1 de diferença, mas Hamilton se recuperou, estabelecendo vantagem para quase 2s a partir da volta 22 (de 44 no total).
Mas um Safety Car na volta 32, causando por uma batida entre os companheiros de Force India, Esteban Ocon e Sergio Perez, juntou Hamilton e Vettel. Na saída do safety car, o ferrarista atacou fortemente o piloto da Mercedes. Hamilton resistiu à pressão de Vettel. Para se safar de Vettel, o inglês emplacou três voltas mais rápidas em sequência, abrindo 1s4 de diferença a três voltas para o fim.
Um fator que complicou a vida de Hamilton no final foi a escolha do composto macio, mais lento que o ultramacio de Vettel. A Mercedes não teve escolha, pois não tinha pneus novos de outros compostos. Tal escolha acabou custando caro para Valtteri Bottas, que foi ultrapassado por Daniel Ricciardo, que chegou em terceiro, e Kimi Raikkonen na relargada, não conseguindo se recuperar.
Schumacher ganha homenagem do filho
Mick Schumacher, filho de Schumacher, homenageou o pai em Spa-Francorchamps. O jovem guiou uma Benetton idêntica que o alemão conquistou seu primeiro título na Fórmula 1, em 1994. A homenagem ocorreu para celebrar os 25 anos da vitória de Schumacher no circuito belga, em 1992.
Um dia antes da prova, a família Michael Schumacher parabenizou Lewis Hamilton pela 68º pole, igualando o recorde do heptacampeão.
Vale ressaltar também que o hino brasileiro também tocou neste domingo em Spa-Francorchamps. O motivo foi a vitória do brasileiro Sette Camara, na F-2, trazendo alegria à torcida verde-amarela.
A próxima etapa da Fórmula 1 acontece no circuito de Monza, na Itália, já no próximo fim de semana, entre os dias 1 e 3 de setembro.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA