LUZES DA CIDADE: GRANDES HOMENS

187

Augusto Hofling

SCIO ME NESCIRE: SÒ SEI QUE NADA SEI: SÓCRATES
Esta é forma que o filósofo grego Sócrates usava para desafiar os adversários sofistas que vinham contrariá-lo com falsas verdades. A intenção de Sócrates não era dizer que nada sabia, mas que a filosofia de que tratava significava para ele colocar supostas verdades e determinados conhecimentos à prova por tanto tempo até que chegassem todos ao pleno sentido do que se falava. Ele se colocava no lugar da parteira que apenas ajudava a nascer a criança. A verdadeira proposta, para ele, consiste em discutir até que se chegue ao pleno conhecimento. A Grécia foi palco de grande desenvolvimento científico, porém no campo teórico com várias matérias importantes das escolas superiores. Mas este conhecimento foi aproveitado logo depois da Idade Média em razão do intenso comércio exterior e também com a revolução industrial. Na Europa surgiram escolas superiores e assim foram-se acrescentando aos conhecimentos teóricos a prática dos mesmos. Chegamos à Era Moderna com uma ciência em contínuo desenvolvimento em todos os Continentes. O que se nota é a diversidade de descobertas surpreendentes em todas especialidades científicas. Sem dúvida nenhuma podemos dizer que atingimos o ponto para sermos felizes, mas ficou perigoso uma guerra mundial que pode se constituir em suicídio da humanidade. Aí que aparece ainda o cuidado de Sócrates, pois a ciência deve ser cultivada de forma a não prejudicar seu principal objetivo que é a paz e a harmonia entre os homens.
Como vemos temos de tudo para caminharmos em estado de paz e tranqüilidade protegendo nosso povo. Veio em nossa mão um precioso livro: Dicionário de Máximas e Expressões em Latim.” Neste mesmo livro se encontra um fato ao tempo do imperador Tertulliano. Qualquer evento desagradável em tal época o rei costumava soltar a terrível condenação: “Christiano ad Leonel!”: “Aos leões os cristãos!” Muitas pessoas eram soltas na arena dos leões para serem dilaceradas, sob aplausos do povo… Hoje os cristãos vivem em paz em muitos paises protegidos por uma Constituição Democrática. Há correntes cristãs que têm formas diferentes de cultos porém todas elas seguem orientação bíblica, por isto mesmo podem viver em harmonia e amor fraternal. Nota importante: Reconhecemos que a dupla: Aldo e Juninho estão “abafando”, como diz o povo, muitas realizações têm acontecido. Marcamos uma audiência pessoal mas não pudemos comparecer por motivo de saúde. Fica aqui então nossos cumprimentos através da nossa coluna “Luzes da Cidade”.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA