Centro Paula Souza avalia Rio Claro para implantação de curso de Agroecologia

Juninho ressaltou ainda a necessidade de estabelecer parcerias para viabilizar o projeto
Juninho ressaltou ainda a necessidade de estabelecer parcerias para viabilizar o projeto

Representantes do Centro Paula Souza estiveram em Rio Claro nessa quarta-feira (23) para verificar o potencial do município para a agricultura natural e orgânica. O objetivo da visita foi fazer um diagnóstico da cidade para a possível implantação de um curso de Agroecologia, por meio de parceria entre a instituição, a prefeitura e a Fundação Mokiti Okada. Visitas foram feitas à Horta Solidária no bairro Santana, Horta Municipal de Ajapi, viveiro de mudas, Escola Agrícola e também a uma horta urbana no Jardim Boa Vista.
“Rio Claro tem um grande potencial em agroecologia e espaços ociosos que podem ser utilizados para a instalação do curso”, destacou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, sugerindo o uso do prédio da Escola Chanceler Raul Fernandes e até mesmo da Escola Agrícola. Juninho ressaltou ainda a necessidade de estabelecer parcerias para viabilizar o projeto. “Seria um ganho importante para o município e os jovens da cidade”, observou Adriano Moreira, secretário municipal da Educação.
“Espero que possamos desenvolver um trabalho dentro do Centro Paula Souza para viabilizar um curso que atenda às necessidades de Rio Claro”, afirmou a professora Raquel Fabbri Ramos. Aguinaldo Garcez, também do Centro Paula Souza, explicou que essa primeira visita foi para conhecer a estrutura municipal e seu funcionamento para que se possa discutir e definir caminhos para a realização de parceria. “Existem várias alternativas como a criação de curso técnico autônomo ou a implantação de salas descentralizadas da Etec já existente”, disse.CENTRO DE PAULA SOUZA AVALIA (1) - Copia
“A educação é primordial para a formação do cidadão e a educação técnica dá oportunidade ao jovem de ingressar no mercado de trabalho”, declarou o deputado estadual Aldo Demarchi sobre a possibilidade de instalação do curso de Agroecologia em Rio Claro. O parlamentar comentou que Rio Claro tem vocação para a agroecologia, pois já trabalha com agricultura natural desde 1982. Ele informou ainda que a Assembleia Legislativa deve aprovar até o fim deste ano uma lei de incentivo à agroecologia e produção orgânica para regulamentar o setor.
Sérgio Kenji Homma, coordenador de Pesquisa da Fundação Mokiti Okada, reafirmou a disposição da entidade em participar de projetos que promovam o desenvolvimento da agricultura orgânica e natural de Rio Claro e região. “Temos muita disposição, vontade e ideias para novos projetos”, pontuou.
Sérgio Litholdo, diretor municipal de Silvicultura, lembrou que esse processo visa criar um movimento de transformação do horto de Ajapi num núcleo de difusão de agroecologia e produção orgânica. Ele lembrou que Rio Claro tem lei de 1997 que autoriza a implantação de projetos voltados à agricultura natural, agroecológica, orgânica, biodinâmica e sustentável no município.
Da reunião no paço municipal também participaram o secretário municipal de Agricultura, Emilio Cerri; Enéas Fergusson, diretor da Casa da Agricultura de Rio Claro; Felipe Tauk, diretor do Serviço de Inspeção Municipal (SIM); Ellen Rossit Sarti, diretora de Agronegócio; integrantes das secretarias municipais e produtores orgânicos.

Aterro sanitário de Rio Claro ganha novos equipamentos

A compra foi feita em empresa de Rio Claro. “O trator será utilizado para espalhar e compactar o lixo depositado no aterro”, explica o secretário de Meio Ambiente, Antônio Penteado
A compra foi feita em empresa de Rio Claro. “O trator será utilizado para espalhar e compactar o lixo depositado no aterro”, explica o secretário de Meio Ambiente, Antônio Penteado

O aterro sanitário de Rio Claro está ganhando novos equipamentos para melhorar o serviço de compactação dos resíduos. Um novo trator esteira e uma nova pá carregadeira foram entregues nessa quinta-feira (24). A empresa Sustentare Saneamento, responsável pela operação do espaço, começa nesta sexta-feira (25) a treinar quatro funcionários para operar as máquinas. O treinamento será realizado das 9 às 11 horas e das 13 às 15 horas.
Os novos equipamentos vão substituir os antigos e melhorar a operacionalização do serviço. Para fazer a troca, foi investido R$ 1.020.000,00, sendo R$ 710 mil no trator e R$ 310 mil na pá carregadeira. A compra foi feita em empresa de Rio Claro. “O trator será utilizado para espalhar e compactar o lixo depositado no aterro”, explica o secretário de Meio Ambiente, Antônio Penteado.
Já a pá carregadeira irá transportar os resíduos e brita para dreno, além de ser usada para dar suporte a outras atividades realizadas no aterro como limpeza e coleta de lixo. “Os equipamentos vão aumentar a eficiência dos serviços”, afirma Maycon Joahnson, diretor de Resíduos Sólidos.
“Os novos equipamentos vão permitir melhor compactação do lixo gerando economia e aumentando o tempo de vida útil do aterro”, observa Danilo Eleutério Filho, engenheiro da Sustentare Saneamento.
O aterro sanitário de Rio Claro funciona 24 horas por dia, de segunda a sábado, e recebe cerca de seis mil toneladas de resíduos por mês.

ATERRO SANITÁRIO DE RIO CLARO (2)

Carretas da Saúde chegam a Rio Claro na semana que vem

Da reunião sobre a chegada da Carreta da Saúde participaram prefeito, secretário da saúde, vereadores , diretora de Gestão do SUS e funcionários da saúde
Da reunião sobre a chegada da Carreta da Saúde participaram prefeito, secretário da saúde, vereadores , diretora de Gestão do SUS e funcionários da saúde

As carretas da Saúde chegam a Rio Claro na próxima semana, com previsão do atendimento começar no mês de setembro. A informação foi divulgada nessa quinta-feira (24) pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, durante reunião com vereadores no paço municipal.
“O sonho começa a virar realidade. Milhares de pessoas terão acesso a serviços de saúde que tanto esperavam”, disse o prefeito Juninho ao lembrar que muitas pessoas estão há anos aguardando na fila por um procedimento médico na rede pública de Rio Claro. Levantamento da Secretaria Municipal de Saúde, no início do ano, apontou a necessidade de 37 mil procedimentos entre consultas, exames e cirurgias.
Para atender a essa demanda, a prefeitura está trazendo as Carretas da Saúde, com salas de cirurgia, consultórios médicos e equipamentos para exames. Toda esta infraestrutura médico-hospitalar será montada no Espaço Mais Saúde, na Avenida Rio Claro com a Avenida 12. “Nos próximos dias a nossa Central de Regulação Ambulatorial deverá começar a telefonar aos pacientes para marcar data e horário do atendimento”, informa o secretário de Saúde, Djair Francisco. “Quem está na fila, deve aguardar ser chamado”, orienta.
Para oferecer o atendimento nas Carretas da Saúde, o município deverá investir inicialmente cerca de R$ 5 milhões. Os serviços serão pagos pela tabela SUS e executados pelo Cies (Centro de Integração de Educação e Saúde), que já desenvolve atividades semelhantes na capital paulista. Rio Claro deverá ser o primeiro município do interior paulista a ter as Carretas da Saúde.
“A Câmara Municipal reconhece a importância desses serviços e estará atenta e colaborando para que funcione de maneira a atender bem a comunidade”, comentou o presidente da Câmara. Em junho, a Câmara antecipou a devolução de R$ 1 milhão à prefeitura com a orientação de que fosse investido no programa Mais Saúde.
Na reunião dessa quinta-feira (24), a diretora de Gestão SUS, Eleny de Almeida, apresentou informações sobre o funcionamento dos serviços e as regras de atendimento à comunidade, material que também foi disponibilizado aos vereadores no impresso “Tire suas dúvidas”, que esclarece sobre as Carretas da Saúde.
Da reunião também participaram os vereadores Júlio Lopes, Luciano Bonsucesso, Paulo Guedes, Val Demarchi, Geraldo Voluntário, Yves Carbinatti, Adriano La Torre e Hernani Leonhardt, e o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Domingos Almeida.

CARRETAS DA SAÚDE CHEGAM (1)

SESI Rio Claro tem final de semana dedicado à Música Erudita

SESI RC MÚSICA ERUDITA - Quarteto Grave

O SESI Rio Claro está entre as diversas unidades que sediarão a III Mostra SESI-SP de Música Erudita, com apresentações envolventes que encantam e emocionam. Os espetáculos são gratuitos e acontecem de 25 a 27 de agosto, sexta e sábado, às 20h, e domingo às 11h. Os ingressos estão disponíveis para reserva no sistema Meu SESI na página www.sesisp.org.br/meu-sesi. Alguns exemplares também serão distribuídos na bilheteria do teatro no dia de cada apresentação.
Essa é mais uma proposta do SESI-SP de promover o acesso da sociedade às diferentes expressões artísticas, difundir o conhecimento e formar público para essa vertente musical ainda distante da maioria da população. Em todo o estado, a mostra contará com 48 apresentações de 18 grupos referência na área.
Dividido em quatro séries temáticas, A Música pelo Mundo, Compositores Nacionais, Crossover e História da Música, o evento conta ainda com um bate-papo entre o público e os grupos. Neste diálogo, os artistas revelarão as singularidades do gênero, processos de composição e os contextos e curiosidades das obras, período histórico e instrumentação. Uma oportunidade única de aproximar o público do trabalho artístico.

II Mostra SESI-SP de Música Erudita, no SESI Rio Claro de 25 a 27 de agosto, às 20h e domingo às 11h. O brilhante concerto do Quarteto Grave acontece hoje (25). Entrada gratuita
II Mostra SESI-SP de Música Erudita, no SESI Rio Claro de 25 a 27 de agosto, às 20h e domingo às 11h. O brilhante concerto do Quarteto Grave acontece hoje (25). Entrada gratuita

Em Rio Claro
Uma viagem aos períodos que marcaram a trajetória do erudito é o que propõe a série A História da Música. O brilhante concerto do Quarteto Grave, evidencia, a partir de pesquisas, um panorama integral da música instrumental e seus paralelos com a história da arte, no dia 25 de agosto, às 20h.

A série Compositores Nacionais expõe a originalidade dos músicos eruditos brasileiros e seus alcances que se projetam até o âmbito internacional. Na peça musical de Turíbio Santos, que acontece no dia 26 de agosto, às 20h, é possível enxergar todo o contexto histórico e artístico da época em que as composições foram criadas.

A Música pelo Mundo exibe a importância dos diferentes países na formação musical e instrumental de seus compositores. A mostra traz no dia 27 de agosto, às 11h o renomado Luca Luciano & Duo Lucatelle-Bartoloni. A apresentação ilustra o mérito da influência cultural local, que cede à música erudita um tom sonoro esfuziante e belo.
A programação completa pode ser consultada em http://www.sesisp.org.br/cultura/iii-mostra-sesi-sp-de-musica-erudita.htm.

Guardas municipais serão homenageados na segunda-feira

 

Os guardas civis municipais José Augusto Silvério e José Carlos Lopes Barros, da Guarda Civil Municipal de Rio Claro, serão homenageados na próxima segunda-feira (28), como os guardas destaques do mês.
De acordo com Luís Alberto Irikura, diretor municipal de Segurança, as homenagens aos guardas civis municipais ocorrem mensalmente, a partir de escolha feita pelos próprios GCMs numa comissão criada por eles. O evento de segunda-feira acontecerá no gabinete do prefeito às 9 horas.
Em abril, Silvério e Barros atenderam ocorrência de furto de residência no distrito de Ajapi com apoio de outras viaturas e, no momento em que estavam na pista sentido de Ajapi, se depararam com o veículo em alta velocidade ocupado pelos criminosos que praticaram o furto, sentido Rio Claro. Os GCMs efetuaram bloqueio em metade da pista, momento em que os meliantes colidiram contra outro veículo e empreenderam fuga num matagal, tendo um deles efetuado disparos contra a equipe, que conseguiu deter um indivíduo menor de idade.
Também na solenidade será feito moção de aplausos aos guardas civis municipais Lincoln de Carvalho Junior, Sérgio Antonio Ortiz, Sabrina Roberta Christofoletti e Luciene de Oliveira Pinto, pelos trabalhos na prevenção às drogas com o projeto Geduc nas escolas municipais de Rio Claro. Também haverá uma homenagem ao guarda municipal Sidney Baungartner Filho que estará se aposentando.

Fundo Social zera fila por pedidos de camas hospitalares

Na compra o Fundo Social investiu 7.600 reais da arrecadação conseguida com a Feijoada Solidária, realizada em julho
Na compra o Fundo Social investiu 7.600 reais da arrecadação conseguida com a Feijoada Solidária, realizada em julho

Com a compra de nove unidades de camas hospitalares com colchão, o Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro atende todos os pedidos registrados até agora e zera a fila de espera pelo atendimento. “Nossa prioridade é atender quem mais precisa”, destaca o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.
“A maioria das solicitações que chegam ao Fundo Social é de pessoas muito debilitadas e com menor poder aquisitivo”, observa Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social. “Diante da necessidade dessas pessoas nos esforçamos para conseguir atender a todos que aguardavam atendimento”, acrescenta Paula.
Na compra o Fundo Social investiu 7.600 reais da arrecadação conseguida com a Feijoada Solidária, realizada em julho.  Entre as nove camas adquiridas, uma é especial para pessoas obesas e custou 1.394 reais, as outras custaram 781,31 reais cada. As camas são cedidas por empréstimo, que tem duração de tempo necessária para o tratamento e em muitos casos é de longo prazo. “Quem recebe o equipamento deve ter o cuidado de mantê-lo em bom estado para que depois possa vir a ser utilizado por outra pessoa”, ressalta Paula. O atendimento realizado pelo Fundo Social segue critérios sociais e de saúde.
O Fundo Social tem se dedicado especialmente às demandas da população mais carente. Em outra ação solidária realizada na quarta-feira (23) 120 cobertores foram disponibilizados a atendimento realizado no distrito de Assistência. Apesar da Campanha do Agasalho ter sido encerrada no final de julho, o Fundo Social atendeu solicitação da comunidade local e direcionou os itens para atendimento. “Analisamos com cuidado as solicitações que chegam até nós para que possamos atender o maior número de pessoas possível”, finaliza Paula.

Seron articula apoio com deputado por novas viaturas e equipamentos para GCM

Prefeito Juninho, deputado Arnaldo Faria de Sá, vereador Seron e comandante da GCM, Luis Fernando de Godoy
Prefeito Juninho, deputado Arnaldo Faria de Sá, vereador Seron e comandante da GCM, Luis Fernando de Godoy

E esse é um grande desafio para Rio Claro e demais municípios, que sofrem com a prolongada crise financeira. Daí a importância do trabalho conjunto entre o Legislativo e o Executivo na busca de alternativas para suprir a falta de recursos. Exemplo disso foi a reunião articulada pelo vereador Ruggero Seron junto ao gabinete do deputado federal Arnaldo Faria de Sá, com a participação do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, e do comandante da Guarda Civil Municipal Luis Fernando de Godoy.
“O objetivo do encontro foi o de viabilizar a destinação de recursos financeiros para a segurança pública em nosso município”, destaca Seron ao salientar que o deputado se mostrou bastante receptivo e sinalizou de forma positiva pelo encaminhamento do pedido apresentado.
No ofício entregue a Arnaldo Faria de Sá é solicitada a liberação de recursos para aquisição de viaturas e equipamentos para GCM de Rio Claro. “Apesar das dificuldades financeiras, estamos valorizando as forças policiais do município e buscando proporcionar condições adequadas para a prevenção e enfrentamento da criminalidade”, comenta Juninho.
Ao elogiar o empenho do prefeito e do vereador, o comandante da GCM, Luis Fernando de Godoy, pondera que todo esforço empreendido para que a corporação possa desenvolver suas ações de forma plena, traz como resultado o aumento da sensação de segurança para a população.
Policial militar da reserva e líder do governo na Câmara Municipal de Rio Claro, Seron enalteceu trabalho legislativo desenvolvido por Arnaldo Faria de Sá, autor do projeto de lei que criou o Estatuto Geral das Guardas Municipais pelo qual a categoria passou a ter poder de polícia com a incumbência de proteger tanto o patrimônio como a vida, tendo direito ao porte de arma e à estruturação em carreira única, com progressão funcional.

Novas viaturas e equipamentos para a GCM na pauta de reunião com o deputado Arnaldo Faria de Sá
Novas viaturas e equipamentos para a GCM na pauta de reunião com o deputado Arnaldo Faria de Sá

Em dois meses prefeitura entrega segunda CSI e redefine segurança em Rio Claro

A 2ª Central de Segurança Integrada (CSI) será entregue às 10 horas pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, na antiga estação ferroviária
A 2ª Central de Segurança Integrada (CSI) será entregue às 10 horas pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, na antiga estação ferroviária

A população de Rio Claro ganha, a partir desta sexta-feira (25), mais uma referência em segurança pública. A 2ª Central de Segurança Integrada (CSI) será entregue às 10 horas pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, na antiga estação ferroviária. O local, em um dos trechos mais movimentados da região central, passa a ter presença de Guardas Civis, policiais e vigias patrimoniais 24 horas, além de 14 novas câmeras para monitoramento digital daquelas imediações.
“Com um intervalo de dois meses entregamos dois pólos de segurança e estabelecemos no município um novo padrão no trabalho conjunto entre as forças de segurança”, comenta Juninho, lembrando que a 1ª CSI funciona desde junho na Avenida Tancredo Neves, perto da saída da cidade pela Washington Luís.
De acordo com o vice-prefeito e secretário municipal de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana, Marco Antonio Bellagamba, assim como a primeira, a segunda Central de Segurança Integrada está em local estratégico, onde fica o terminal de ônibus urbano, por onde circulam diariamente mais de dez mil pessoas. “Além disso, é região próxima a centro comercial, rede bancária e pólos de serviços públicos”, acrescenta.
Em junho, durante a entrega da primeira Central de Segurança Integrada, a delegada seccional Adriana Malone ressaltou que a CSI é uma “ideia peculiar”. “Não vi em nenhuma outra cidade, essa central vai permitir a troca de informações entre os policiais das corporações”, comentou. Já o comandante do 37º BPMI, tenente-coronel Márcio Silveira Franco, agradeceu na ocasião a cooperação da prefeitura e enfatizou que o trabalho conjunto das forças policiais visa uma cidade melhor.
Além de estreitar o relacionamento com as policias civil e militar, a prefeitura vem tomando desde o início deste ano uma série de atitudes para aumentar a sensação de segurança da população. No mês passado, o município reativou a patrulha rural, realizada pela Guarda Civil Municipal. Também na região rural, a prefeitura ampliou o sinal de rádio para melhorar o trabalho da GCM. Na operação Guarda Cidadã, guardas civis que fazem trabalho administrativo saem às ruas em datas estratégicas. O canil da Guarda Municipal, referência para outros municípios, agora tem treinos no Lago Azul. São técnica e equipe de apoio. Rio Claro trouxe 35 medalhas: 12 ouros, 11 pratas e 12 bronzes.

Vereador Kiki Brito, do PTB da Bahia,

quer conceder o título de Cidadão Soteropolitano ao técnico Vagner Mancini, que na polêmica entrevista coletiva que deu logo após a vitória sobre o Corinthians, defendeu o futebol do Nordeste e falou sobre o discriminação que existe com essa região do país. Brito também afirma que Mancini merece a honraria por seus serviços prestados ao Vitória, uma vez que é a sua quarta passagem pelo clube.
Técnico Fábio Carille terá que quebrar a cabeça para montar o Corinthians para a partida contra o Atlético/GO, amanhã às 19h, no Itaquerão. O lateral-esquerdo Guilherme Arana, com uma lesão no músculo reto femoral da coxa direita e o zagueiro Balbuena, com uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda, foram vetados pelo Departamento Médico.
Desta forma, Moisés segue na ala e Léo Santos na zaga. Ambos não comprometeram na vitória sobre a Chapecoense por 1 a 0, em Chapecó, em jogo atrasado do Brasileirão. A dupla de ataque também está fora. Jô e Romero receberam o terceiro cartão amarelo e terão que cumprir a suspensão automática. Clayson e Kazim formarão a dupla ofensiva.
O meia Jadson ainda não está 100% e por isso, Marquinhos Gabriel segue na equipe. Timão vai de: Cássio; Fágner, Léo Santos, Pedro Henrique e Moisés; Gabriel, Maycon, Marquinhos Gabriel e Rodriguinho; Clayson e Kazim.
Palmeiras emprestou mais uma vez o zagueiro Tóbio. O argentino vai defender o Rosario Central até o fim de 2018, com opção de compra ao término do vínculo. O becão foi contratado pelo Verdão em 2014 a pedido do então técnico Ricardo Gareca. Porém, não conseguiu se firmar e passou a ser emprestado. O jogador conquistou três títulos pelo Boca Juniors em dois anos.
Em sorteio realizado ontem na sede da CBF, ficou definido que o primeiro jogo da final da Copa do Brasil entre Flamengo e Cruzeiro será no dia 7 de setembro, às 21h45, no Maracanã e o jogo de volta no dia 27, também às 21h45, no Mineirão.
Cruzeiro tem quatro títulos da Copa do Brasil e tentará igualar ao Grêmio, que tem cinco e é o maior vencedor. O Mengão tem três taças e pode empatar com o rival da final. Cruzeiro e Flamengo decidiram um título em 2003. A equipe celeste, na época comandada por Vanderlei Luxemburgo, foi a campeã, com um empate por 1 a 1 e uma vitória por 3 a 1.
Para avançar à decisão, os rubro-negros venceram o Botafogo, no Maracanã, por 1 a 0, gol de Diego, após empate sem gols no Engenhão. Já a Raposa precisou dos pênaltis para eliminar o Grêmio. Cada time venceu por 1 a 0 como mandante.
A vitória do Flamengo sobre o Botafogo pelas semifinais da Copa do Brasil rendeu recorde para a TV Globo no Rio de Janeiro. A transmissão registrou 41 pontos de audiência e 60% de participação. Foi a melhor marca da emissora no Rio com futebol em 2017, batendo a final do Carioca, entre Flamengo e Fluminense (40 pontos).
Interessante o encontro dos técnicos de todo o País na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Várias reivindicações para proteger a categoria foram apresentadas. Todos estão inconformados com o número de demissões no atual Brasileirão – já são 12 no total. Eles querem uma garantia de emprego e buscam limitar o número de trocas já para 2018.
A obrigação do pagamento de multas rescisórias antes de acertar com um novo treinador, o registro de contratos de todos os profissionais e a validação dos certificados para que os brasileiros possam atuar no exterior foram outras solicitações. Vamos aguardar.
Jorginho, auxiliar-técnico de Dunga na Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2010, disse no programa Bem, Amigos!, do Sportv, que sente remorso por não ter convocado Neymar, então com 18 anos, para o Mundial da África do Sul. Jorginho deu a entender que a decisão foi de Dunga.
Três jogos hoje pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B: 19h15 – Paraná x Juventude, 20h30 – Ceará x Náutico e 21h30 – Internacional/RS x Paysandu. Na terça-feira: Brasil 2 x 1 Goiás e América-MG 0 x 0 Criciúma.
A Uefa sorteou ontem, em Mônaco, os grupos da Liga dos Campeões da temporada 2017/18. O Real Madrid, atual campeão, caiu no chamado “grupo da morte”, com Borussia Dortmund e Tottenham. Outro grupo complicado tem Chelsea, Atlético de Madrid e Roma. Teremos duelos como Juventus x Barcelona e Bayern de Munique x PSG. A final será realizada no Estádio Olímpico de Kiev, na Ucrânia, no dia 26 de maio de 2018.
No GRUPO A – Benfica, Manchester United, Basel e CSKA Moscou; GRUPO B – Bayern de Munique, PSG, Anderlecht e Celtic; GRUPO C – Chelsea, Atlético de Madrid, Roma e Qarabag; GRUPO D – Juventus, Barcelona, Olympiacos e Sporting; GRUPO E – Spartak Moscou, Sevilla, Liverpool e Maribor; GRUPO F – Shakhtar Donetsk, Manchester City, Napoli e Feyenoord; GRUPO G – Monaco, Porto, Besiktas e RB Leipzig e GRUPO H – Real Madrid, Borussia Dortmund, Tottenham e Apoel.
Cristiano Ronaldo foi eleito pela segunda vez consecutiva o melhor jogador da Europa. O anúncio foi feito ontem pela Uefa durante o sorteio dos grupos da Liga dos Campeões em Mônaco. O português foi o principal responsável pelo ano histórico do Real Madrid, que conquistou o Campeonato Espanhol e a Liga dos Campeões.
Felipe Massa foi liberado pelo delegado médico da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e tem presença garantida no GP da Bélgica de Fórmula-1, marcado para domingo no circuito de Spa-Francorchamps. O piloto da Williams não havia participado da última corrida em Budapeste, na Hungria, após sentir um mal-estar. Na ocasião o brasileiro foi substituído por Paul di Resta.
Curiosidade do dia: Em 1961, o Santos realizou 94 jogos e marcou 338 gols, o que nos dá uma média de 3,5 gols por jogo. Foram 67 vitórias, sendo que 36 de goleadas. Este foi o ano que Pelé marcou mais gols em sua carreira, com 110 ao todo.

AÇÃO SEM VISÃO É PESADELO

Todo mundo já teve pesadelos e com certeza deve ter acordado agitado e com muito medo. Muita gente relata que durante o pesadelo chegou a suar frio e ficou sem ação e com muito medo. Um pesadelo pode persistir por algum tempo e não temos como controlá-lo. Um pesadelo é algo indesejável.
O mesmo pode acontecer quando você fica “atolado” no seu problema e fica mergulhado nele. Muitas vezes você pensa na solução, mas fica o tempo todo adiando pensando que talvez não seja esta a melhor solução, não é? Por incrível que pareça quando você consegue resolver um problema descobre que tinhas mais outra forma de solucioná-lo.
Todo mundo sabe a estória de que forma os americanos conseguiram resolver um problema da demora dos elevadores nos arranha-céu. Havia reclamação de que os elevadores demoravam muito para chegar nestas grandes alturas. Foi realizado um estudo com profissionais competentes na área e alta tecnologia foi aplicada, mas não conseguiram resolver nada.
Até que um dia uma pessoa que fazia manutenção nos elevadores percebendo as dificuldades dos engenheiros e técnicos especializados sugeriram que colocassem espelhos nos elevadores, assim as pessoas se distrairiam e nem ligariam para a demora. E não é que deu certo? Aquele homem teve uma visão de ajudar as pessoas.
Muitos líderes mundiais tiveram uma visão de algo que lutaram e idealizaram pela humanidade. Muitas Celebridades iniciaram seus projetos com apenas uma idéia, um plano. E muitas vezes mesmo diante das dificuldades conseguiram êxito porque tiveram iniciativa e colocaram em ação. Sabiam de antemão que visão sem ação é devaneio.
Uma visão pode ser turva. Uma visão pode ser muito distante. Uma visão pode ser desfocada. Uma visão pode ser ampliada. Uma visão pode ser grandiosa e ao mesmo tempo simples. E uma visão pode ser o começo de uma jornada, de uma empreitada.
E eu fico pensando que talvez você também esteja pensando que um sonho pode sempre vir acompanhado de algo muito especial. Talvez hoje seja seu grande dia. Talvez hoje você possa reconhecer que tem uma parcela de mudança na vida. E que talvez seja o momento de fazer algo. De colocar seus sonhos em andamento. Procure parceiros que possam te apoiar. Amplie sua visão. Tenha como aliado o Criador e se comprometa em colocar em prática, pois ação sem visão é pesadelo e visão sem ação é devaneio. E, a propósito, como vai sua visão? Pense nisso!
Dr.Jose Roberto Teixeira Leite– Master e Coach em Saúde
E-mail: pnljoseli@gmail.com

Cinco razões para colégios e universidades adotarem cartões inteligentes

Por Fernando Giroto, Diretor de Vendas da HID Global para Brasil e Cone Sul da Divisão de Secure Issuance
Você sabia que 95% das Universidades e Faculdades ainda dependem de tecnologias antigas, como tarjas magnéticas ou cartões de proximidade simples para controle de acesso, ou seja, para gerenciar quem entra e quem sai de suas instalações? Infelizmente, tecnologias ultrapassadas deixam as instituições vulneráveis em relação à segurança e, por muitas vezes, resultam em fraudes ou duplicações de cartões.
No entanto, devido ao aumento das populações universitárias e dos avanços tecnológicos, muitas instituições passaram a buscar por soluções mais seguras, econômicas e ágeis para atender às necessidades de seu corpo docente e de estudantes, não só para proteger pessoas, bens e dados, mas para conectar alunos a uma infinidade de serviços e aplicações em todo o campus – desde instalações físicas, acesso às redes lógicas, pagamentos sem dinheiro, acompanhamento de serviço e atendimento.
Para proporcionar uma experiência de credencial mais segura, conveniente e flexível para seus alunos, professores e funcionários, as universidades que sabem como se antecipar ao futuro, estão agora deixando para trás as tecnologias tradicionais de cartão de tarja magnética, de baixa frequência e proximidade, para privilegiar tecnologias de alta frequência que utilizam um único cartão para seus programas de identificação de estudantes.
Existem cinco razões principais pelas quais essas instituições estão migrando para cartões inteligentes:
1. Maior segurança e proteção
A atualização da tecnologia para cartões inteligentes sem contato reforça o controle de acesso físico aos edifícios, enquanto fortalece o acesso à rede, computadores, documentos, registros médicos e financeiros dos estudantes. Além disso, as tecnologias incorporadas do cartão inteligente impedem a clonagem e o uso fraudulento de cartões, garantindo não só o acesso seguro ao prédio, mas a proteção para outras funcionalidades do cartão, como compras por débito ou outras transações bancárias. A migração para uma credencial segura “inteligente” também pode eliminar a necessidade de chaves físicas – que podem ser facilmente copiadas e são notoriamente vulneráveis à perda ou roubo.
2. Conveniência do titular do cartão
Documento com foto, ID para acesso em condomínios, cartão da biblioteca ou cafeteria, bilhete de ônibus, quantos cartões os estudantes universitários gerenciam hoje? Com Smart Cards sem contato, as instituições podem combinar todas essas funções em um único cartão, e não apenas para agilizar suas operações, mas melhorar a experiência de credencial no campus para estudantes e funcionários.
3. Maior flexibilidade
Além da conveniência no campus, os cartões inteligentes para múltiplas aplicações permitem a interoperabilidade segura com aplicativos fora da unidade, como transporte e bancário. Além disso, com a flexibilidade oferecida pela tecnologia de cartão inteligente, é permitido adicionar novas aplicações ou modificar configurações de aplicativos existentes, como de acesso à biblioteca ou planos de alimentação, em qualquer momento e sem ter que emitir novos cartões.
4. Ganhos de eficiência no longo prazo e economia de custos
Os cartões inteligentes multifunções melhoram a segurança das operações, permitem fluxos de trabalho mais eficientes e gerenciamento mais fácil dos programas de Identificação de estudantes, professores e funcionários. Ao melhorar o gerenciamento de riscos com o aumento da segurança dos cartões inteligentes, as universidades também podem se beneficiar de uma redução de seus prêmios de seguro.
5. Caminho para o futuro
A migração para uma plataforma de tecnologia de cartão inteligente unificada para cobrir todas as necessidades de aplicativos, oferece às instituições a capacidade de transição em seu próprio ritmo à medida que o orçamento e os recursos permitem, fornecendo uma base sólida para adicionar novas tecnologias e capacidades conforme elas se tornem disponíveis ou cada vez mais acessíveis. Leia oResumo Executivo da HID Global e saiba mais sobre cada uma destas razões fundamentais pelas quais as universidades e faculdades estão migrando para cartões inteligentes multifuncionais.

UMA LIÇÃO DE TOLERÂNCIA

Luiz Gonzaga Bertelli, presidente do Conselho de Administração do CIEE
Ontem, uma notícia movimentou educadores e pais preocupados com a educação integral dos filhos: estava pronta para entrar em julgamento no Supremo Tribunal Federal a ação na qual a Procuradoria Geral da República pede a proibição de ensino confessional nas escolas públicas. Na avaliação daqueles que lidam com os jovens, como é meu caso, a discussão sobre esse delicado tema deve ser bem mais ampla, abrangendo outros aspectos além da fria letra da lei.
É inegável que o ensino das religiões transmite valores não só espirituais, mas também comportamentais, sempre importantes para a evolução da sociedade rumo à prática de princípios civilizatórios, como a ética, a solidariedade, o respeito ao outro, a recusa ao crime e à violência, entre tantos outros. Também é importante destacar que, dada a laicidade do Estado brasileiro, a frequência a essa disciplina deve continuar facultativa. E mais, é fundamental que seu conteúdo não se limite à abordagem de determinada fé, mas se abra para outras crenças, de várias origens como as asiáticas, as africanas, as várias denominações do cristianismo, etc. Em primeiro lugar, não é possível excluir o estudo das religiões de um currículo escolar, dada sua importância na história e na formação das civilizações. Pois a matéria pode estimular uma visão mais aberta entre as novas gerações e valer como um antídoto à intolerância com as diversidades – inclusive de fé – que vem gerando a crescente onda de violência e desrespeito aos mais elementares direitos humanos em vários pontos do planeta.
A melhor solução, portanto, será manter o ensino religioso nas escolas públicas – onde provavelmente se concentra o maior contingente de crianças e adolescentes carentes da transmissão de valores importantes para a cidadania –, definindo um currículo que abranja todas as crenças e, principalmente, se paute pelo respeito às crenças dos alunos e suas famílias. Também deverá ser despido de proselitismo, privilegiando a visão científica e histórica do tema. Até porque a ignorância jamais foi a melhor receita para a formação das pessoas.

Escola Armando Grisi vai ganhar muro após quase dez anos de espera

Uma empresa será contratada pela prefeitura para executar o serviço que atende reivindicação da comunidade escolar que aguarda a melhoria há quase dez anos
Uma empresa será contratada pela prefeitura para executar o serviço que atende reivindicação da comunidade escolar que aguarda a melhoria há quase dez anos

A Escola Municipal “Armando Grisi”, localizada no bairro Jardim Paulista II em Rio Claro, terá reconstruído muro de arrimo em uma das laterais do terreno que cerca a unidade de ensino. Uma empresa será contratada pela prefeitura para executar o serviço que atende reivindicação da comunidade escolar que aguarda a melhoria há quase dez anos. “Uma obra simples muito aguardada pela escola que felizmente estamos conseguindo atender”, declara o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.
O edital de licitação foi publicado no Diário Oficial do Município do fim de semana. O investimento previsto é de R$ 152 mil, conforme prevê a planilha orçamentária elaborada pela Secretaria de Obras. “Aos poucos estamos conseguindo atender aos pedidos de manutenção das escolas para melhorar as condições de ensino e aprendizagem”, informa o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.
Priscila Gama Cardoso, diretora da escola, confirma que a reconstrução do muro era uma reivindicação antiga que felizmente está sendo atendida agora. “Essa conquista é muito significativa para a escola e vai impedir que o problema se agrave”, comenta. O encerramento da licitação está previsto para o dia 13 de setembro.
A prefeitura também vai construir muro em volta das escolas Jardim das Palmeiras – Caic e Isolina Huppert Cassavia, no Jardim Brasília I. Sete empresas participaram da licitação e apresentaram propostas financeiras para executar a obra orçada em R$ 313 mil. O processo está em fase de análise da documentação para definir a vencedora. A obra deve ser iniciada em setembro com previsão de término de quatro meses.
Enquanto as três escolas aguardam a melhoria, a Escola Sueli Aparecida Marin, localizada no Jardim São João, já foi contemplada. Um muro caído em 2012 foi reconstruído entre maio e junho para alegria dos educadores e dos 200 alunos atendidos pela unidade escolar.

Rio Claro terá caminhada solidária no sábado, dia 26

A caminhada será em direção à Floresta Edmundo Navarro de Andrade, onde está programada uma parada para abastecimento de água e uma atividade aeróbica
A caminhada será em direção à Floresta Edmundo Navarro de Andrade, onde está programada uma parada para abastecimento de água e uma atividade aeróbica

O Senac Rio Claro promove, no dia 26 de agosto, sábado, às 9 horas, a 1ª Caminhada Solidária. A atividade integra a programação da 5ª edição da Semana Senac de Sustentabilidade, que acontece em 38 unidades do Estado de São Paulo até o dia 31 de agosto. Com o tema central Descubra o seu território: de dentro para fora e de fora para dentro, a instituição faz um convite aos participantes para desvendarem, do ponto de vista da sustentabilidade, os seus espaços de ação partindo do lema Pensar global, agir local.
A caminhada, realizada em parceria com o Shopping Rio Claro, busca estimular práticas para uma vida mais saudável, como explica Erik Rubens Grotolli, representante do Comitê de Sustentabilidade do Senac Rio Claro. “O conceito de sustentabilidade também está ligado à saúde, o que inclui a adoção de hábitos para melhoria da qualidade de vida e, assim, colaborar para a construção de uma sociedade mais saudável”.
A ação gratuita cumprirá um percurso de 3 quilômetros e a saída será do estacionamento do Shopping Rio Claro com chegada ao mesmo local. A caminhada será em direção à Floresta Edmundo Navarro de Andrade, onde está programada uma parada para abastecimento de água e uma atividade aeróbica. Na volta do trajeto, haverá uma tenda no estacionamento do shopping com frutas à disposição dos participantes. No mesmo local, será realizada uma aula de zumba.
Os interessados em fazer parte da caminhada deverão entregar no ponto de encontro 1 quilo de alimento não perecível, que será doado ao Abrigo São Vicente de Paulo. A Semana Senac de Sustentabilidade é totalmente gratuita e aberta ao público em geral. Mais informações podem ser obtidas no Portal www.sp.senac.br/rioclaro ou pessoalmente na unidade.

70% dos óbitos de ciclistas são causados por colisão contra veículos

Em função do Dia Nacional do Ciclista, comemorado nesse sábado, 19 de agosto, o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, programa do Governo de São Paulo que visa reduzir pela metade o número de óbitos no Estado até 2020, traz um levantamento especial sobre acidentes envolvendo condutores de bicicletas. Sete em cada dez fatalidades com ciclistas são causadas por colisão contra outros veículos, e o período da noite concentra metade das ocorrências.

“Considerando os atores do trânsito, os ciclistas aparecem como um dos grupos mais vulneráveis, ao lado dos pedestres”, explica a coordenadora do Movimento Paulista, Silvia Lisboa. “Por esse motivo, é fundamental que motoristas respeitem o espaço das bicicletas, e vice-versa. Uso de equipamentos de segurança como capacete, além de acessórios que tornam os ciclistas visíveis mesmo à noite, são imprescindíveis para uma condução segura”.

70% de óbitos com ciclistas acontecem durante a noite e com colisão contra veículos
70% de óbitos com ciclistas acontecem durante a noite e com colisão contra veículos

O Infosiga SP registrou 209 fatalidades com ciclistas em todo o Estado neste ano, 4 casos a menos (-1,9%) na comparação com os sete primeiros meses de 2016. Destes casos, 56,5% aconteceram em vias municipais e 32,5% em rodovias (11% dos registros dos acidentes não detalham o tipo de via). Entre as vítimas, 93% são homens.

Quando analisada a faixa etária, o levantamento aponta que 9,1% são crianças e adolescentes com idade de até 17 anos. Jovens entre 18 e 29 anos correspondem a 13,4% dos casos. Chama a atenção também o número de idosos: 27,3% das vítimas tinham mais de 60 anos de idade.

Acidentes em julho
No mês de julho, o Infosiga SP registrou 563 óbitos nos 645 municípios do Estado de São Paulo, aumento de 9,1% da comparação com 2016 (516 ocorrências). No acumulado do ano, verifica-se redução de 1,8%. De janeiro a julho deste ano, foram 3.316 fatalidades contra 3.377 no mesmo período de 2016.

A alta foi influenciada pelos acidentes envolvendo motocicletas, principal causa de óbitos por acidentes de trânsito no Estado. Foram 198 ocorrências no último mês, contra 151 em julho passado, um aumento de 23,7%. No acumulado do ano, houve aumento de 15,3% (1.119 em 2017 contra 970 casos em 2016).

No caso dos acidentes com vítimas, que incluem também ocorrências sem fatalidades, houve redução de 5,1% no mês de julho. No acumulado dos primeiros 7 meses do ano, foram 5.761 casos a menos, redução de 5,2% (104.783 em 2017 e 110.544 em 2016).

INFOMAPA SP
Além da ferramenta INFOSIGA-SP, o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito também disponibiliza o sistema pioneiro de georreferenciamento INFOMAPA-SP. Por meio dessas ferramentas é possível não só quantificar os óbitos dos 645 municípios paulistas, como também mapear os locais onde ocorreram essas mortes. As ferramentas podem ser acessadas pelo site www.infosiga.sp.gov.br e são atualizadas todo dia 19 de cada mês, ou dia útil subsequente. Para mais informações sobre as metodologias do INFOSIGA-SP e INFOMAPA-SP, acesse a nota técnica no site www.infosiga.sp.gov.br.