Defesa Civil pede que população continue atenta contra queimadas

Na terça-feira, queimada atrapalhou motoristas que transitavam em trecho da rodovia Washington Luís

248
Na terça-feira (15) a equipe da DC controlou incêndio após verificar coluna de fumaça em área no quilômetro 172 da rodovia Washington Luís

As chuvas registradas na madrugada e manhã de quarta-feira (16) não foram suficientes para afastar o risco de fogo em áreas de risco, como terrenos, e imediações da Floresta Estadual. O alerta é da Defesa Civil de Rio Claro, que mantém a operação De Olho na Queimada e orienta a comunidade a continuar tomando todos os cuidados necessários para evitar incêndios.
“Foram mais de dois meses sem chuva e o risco continua, por isso pedimos que população colabore e continue atenta para as ações simples que ajudam a evitar as queimadas”, explica o diretor da Defesa Civil, Wagner Martins Araújo, lembrando que para acionar os bombeiros, basta ligar 193 e que a Defesa Civil pode ser acionada 24 horas pela linha 199.
Na terça-feira (15) a equipe da DC controlou incêndio após verificar coluna de fumaça em área no quilômetro 172 da rodovia Washington Luís. A fumaça oferecia riscos aos motoristas que transitavam por aquele trecho da via e para os moradores do Residencial Quebec, naquelas imediações.

DEFESA CIVIL PEDE QUE POPULAÇÃO (3)
Atitudes simples são fundamentais para evitar queimadas. Pontas de cigarros não devem ser jogadas nas vias públicas, sobretudo perto das margens de rodovias e canteiros centrais onde pode haver vegetação seca. Lixo, entulho, galhos, folhas e outros materiais devem ser descartados da maneira correta, nunca em terrenos baldios e vias públicas. Rio Claro possui seis ecopontos, serviço de cata bagulho, coleta seletiva de lixo e coleta de lixo domiciliar.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA