Rio Claro investe R$ 700 mil em equipamentos de urgência médica

Os novos equipamentos entram em funcionamento na próxima semana nas UPAs do Cervezão e Bairro do Estádio e no PSMI da Avenida 15

136
Os aparelhos estarão funcionando já na semana que vem nas unidades de pronto atendimento do Cervezão e da Avenida 29 e no Pronto Socorro Municipal Integrado, na Avenida 15

As áreas de urgência e emergência da rede municipal de Rio Claro estão ganhando um grande reforço. A prefeitura está investindo cerca de R$ 700 mil anuais na renovação de equipamentos como aspiradores cirúrgicos, desfibriladores elétricos e aparelhos de eletrocardiograma portáteis, entre outros. “Estamos orgulhosos por conseguir fazer mais esse investimento em saúde e na melhoria do atendimento à população”, comenta o prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que acompanhou na sexta-feira (11) a chegada dos equipamentos. A medida faz parte do Mais Saúde, programa lançado pela prefeitura para ampliar as condições de atendimento na rede municipal.
Os aparelhos estarão funcionando já na semana que vem nas unidades de pronto atendimento do Cervezão e da Avenida 29 e no Pronto Socorro Municipal Integrado, na Avenida 15.
“Havia muitos aparelhos sucateados, sem a devida manutenção e que poderiam comprometer o atendimento”, explica o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco. “Com esse investimento, renovamos os aparelhos essenciais para salvar vidas e atender a população com qualidade”, acrescenta o secretário.
Para renovar os aparelhos, a Secretaria Municipal de Saúde contratou empresa especializada em fornecimento, gestão e manutenção de equipamentos de suporte à vida. O contrato inclui a manutenção periódica dos equipamentos, fornecimento de aparelhos reserva e substituição. “Com isso garantimos equipamentos sempre em boas condições de uso”, comenta o secretário Djair.RIO CLARO INVESTE NA SAÚDE (1)
Com essa iniciativa da prefeitura, a rede municipal de saúde está recebendo 12 aspiradores cirúrgicos elétricos, um carro de urgência, sete desfibriladores/cardioversores com monitor multiparâmetro e marcapasso, seis aparelhos de eletrocardiograma portáteis, 24 monitores cardíacos, 18 oxímetros de pulso portáteis, quatro oxímetros hand-set portáteis e 14 ventiladores de transporte eletrônico.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA