Campanha ‘Fique Antenado’ instala antenas corta linha em motos neste sábado

Ação, em frente ao Jardim Público, distribuirá 700 antenas, entregará panfletos com orientações para os motociclistas e terá ajustes em correias de motos

246
A ação inclui ajustes gratuitos nas correias das motos e distribuição de material informativo sobre como evitar acidentes. A campanha está programada para começar às 9 horas e prosseguir até o meio dia de hoje

Distribuição gratuita de 700 antenas corta linha é uma das atividades da campanha “Fique Antenado”, de orientação, conscientização e segurança no trânsito para motociclistas, que será realizada na manhã de sábado (12) em Rio Claro. A ação inclui ajustes gratuitos nas correias das motos e distribuição de material informativo sobre como evitar acidentes. A campanha está programada para começar às 9 horas e prosseguir até o meio dia em frente ao Jardim Público, na esquina da Rua 4 com a Avenida 1, Centro.
A campanha é uma iniciativa da Associação dos Motofretes Profissional e Ciclistas de Rio Claro, em parceria com a prefeitura, por meio da Secretaria de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana, e com a Sport Motor.
De acordo com o presidente da Associação dos Motofretes, Rogério Leite, a finalidade é incentivar os motociclistas a usarem as antenas para ampliar a segurança no trânsito. “Muitos não usam por acharem que a antena deixa a moto feia, porém é importante lembrar que se trata de um item que pode salvar vidas”, destaca.
O diretor municipal de Mobilidade Urbana, Adilson Marques, ressalta e importância da campanha pelo fato de dar destaque para assuntos essenciais à segurança dos motociclistas. “Ter atenção redobrada com as linhas com cerol, fazer a condução segura do veículo e manter a revisão periódica das motos em dia são atitudes que ajudam a prevenir acidentes” esclarece.
A venda e fabricação do produto conhecido popularmente como cerol – mistura de vidro moído e cola usada nas linhas das pipas e papagaios – são proibidas no Estado de São Paulo desde julho de 1998.

Lei
De autoria do deputado Aldo Demarchi, a Lei 10017/98 proíbe a comercialização do cerol em todo o estado de São Paulo e determina que as lojas que comercializarem o cerol sejam advertidas, num primeiro momento. Em caso de reincidência, o estabelecimento pode até ser fechado.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA