Rio Claro realizará sábado a 43ª Carreata de São Cristóvão

Em reunião realizada na manhã de quarta-feira (26), entre representantes da administração municipal, do Sindicato dos Transportadores Autônomos Rodoviários (Sintrarc) e da igreja Nossa Senhora Aparecida ficou definida a realização da tradicional Carreata de São Cristóvão nesse final de semana em Rio Claro.
A carreata será realizada sábado (29) a partir das 18 horas. A concentração dos motoristas será na via presidente Kennedy a partir das 17 horas, ao lado do aeroclube entre as Rua 14 e a indústria 3 Fazendas.
O percurso será o mesmo de anos anteriores, com saída da via Kennedy seguindo pela Rua 14 até a Avenida Rio Claro, onde haverá a bênção aos motoristas nas proximidades da rotatória da Avenida 32. A bênção será concedida pelo padre Renato Luis Andreatto, pároco da Igreja Aparecida.
A Guarda Civil Municipal, que fará a orientação do trânsito aos participantes, pede a atenção e colaboração de todos para que sigam as leis de trânsito. “Mesmo participando da carreata, o motorista tem que parar nos semáforos, por exemplo”, alerta o diretor municipal de Mobilidade Urbana, Adilson Marques.
De acordo com Gilvon Barbosa, primeiro vice-presidente do Sintrarc, a carreata será realizada graças ao apoio e união de todos. “Temos a expectativa de mais uma carreata com grande participação dos motoristas”, destaca.
Da reunião na quarta-feira também participaram o chefe de gabinete do prefeito, Ricardo Naitzke, o diretor municipal de Turismo, Fratello do Carmo, a assessora Valdira Augusto, Valdir Carlos Pimenta (primeiro secretário do Sintrarc) e Mário Pedersen (presidente do Sintrarc).

Coral apresenta temas da Broadway no Casarão da Cultura nesse sábado

O coral lírico “O Mensageiro” é atração desse sábado (29) no Casarão da Cultura de Rio Claro. A apresentação gratuita terá início às 20 horas.
A programação da noite terá como destaques canções da Broadway eternizadas em peças como O Rei Leão, Evita, Mamma Mia, O Fantasma da Ópera, A Bela e a Fera, High School Musical, Mudança de Hábito, Cats e outras.
As canções serão executadas por solistas e coral. O público poderá conferir nuances vocais de timbres agudos e graves e também belos arranjos. O espetáculo tem regência e coordenação do maestro Daniel Pedroso.
O Casarão da Cultura de Rio Claro fica na Avenida 3, esquina com Rua 7, na Praça da Liberdade, Centro.

Número de homicídios e de roubos cai no primeiro semestre em Rio Claro

O município de Rio Claro apresentou redução no indicador de casos com vítimas de homicídio doloso, roubos e furtos de veículos no primeiro semestre deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. As quedas registradas foram de 18%, 30% e 11%, respectivamente. Os dados foram divulgados na terça-feira (25) pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. “É uma boa notícia que dá um termômetro das nossas ações. Vamos continuar trabalhando para diminuir ainda mais as estatísticas criminais e oferecer mais segurança à comunidade”, avalia o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.
De acordo com o levantamento da pasta, o número de homicídios dolosos diminuiu de 13, nos primeiros seis meses de 2016, para 11 em 2017, queda superior a 18%. No mesmo período, o total de roubos caiu de 681 no primeiro semestre do ano passado para 476 neste ano, redução de 30%. Os casos de furto de veículos diminuíram de 324 entre janeiro e junho de 2016 para 288 no mesmo período de 2017, decréscimo de pouco mais de 11%. Com relação a roubo de veículos, a diminuição foi de 6%, com 165 registros no primeiro semestre do ano passado contra 155 no primeiro semestre deste ano.
Ao avaliar os motivos da redução dos indicadores criminais em Rio Claro o secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba, afirma que a queda ocorreu por conta de uma política de integração das forças policiais. “A harmonia e o diálogo são fundamentais para que se possa avançar ainda mais na redução da criminalidade e garantir maior segurança à população”, comenta.
Bellagamba também ressaltou a importância das polícias estarem presentes de forma ostensiva, acessível e visível em locais de grande circulação de pessoas, além de incentivar e motivar os agentes de segurança para realizar ações de abordagem e bloqueio nos horários e locais com maior incidência criminal. “As ações implementadas vão continuar e outras serão realizadas para diminuir ainda mais esses números”, frisa.
Desde o início do ano a prefeitura tem realizado ações para melhorar a segurança na cidade. Uma delas foi a criação da Central de Segurança Integrada (CSI), serviço que reúne no mesmo espaço as forças de segurança pública (Guarda Municipal e polícias Civil e Militar). Uma segunda unidade da CSI será implantada em breve na antiga estação ferroviária.NÚMERO DE HOMICIDIOS E DE ROUBO CAI (2)
Outra conquista no setor foi a transferência da Companhia de Polícia Militar Ambiental de Araras para Rio Claro. A Guarda Municipal criou a Operação Guarda Cidadã que, semanalmente e em datas estratégicas, coloca nas ruas GMs que nos demais dias fazem trabalhos administrativos. O sistema de rádio da GCM ampliou o alcance de comunicação na área rural e o canil municipal agora treina no Lago Azul enquanto faz o patrulhamento do parque.

Prefeitura de RC recupera ponte danificada no bairro dos Lopes

Ação da prefeitura de Rio Claro iniciada na quarta-feira (26) está recuperando a ponte sobre o Ribeirão Claro localizada no Bairro dos Lopes, antiga estrada para Araras. A ponte foi muito avariada no fim de semana, provavelmente devido ao uso indevido de caminhões com excesso de peso.
O secretário de Agricultura, Emílio Cerri, e o secretário de Obras, Paulo Roberto de Lima, acompanharam o início dos trabalhos de reforma ponte. “Estamos refazendo parte da ponte de madeira com troca do tablado nos pontos mais críticos”, explica Cerri, acrescentando que a ponte é importante principalmente devido ao aumento de residências naquela região registrado nos últimos anos.PREFEITURA DE RC RECUPERA PONTE (2)
De acordo com o secretário de Obras o trabalho deve se estender durante esta semana e, por enquanto, não é necessário fazer a interrupção do trânsito naquele trecho. “Estamos realizando a obra de maneira a minimizar o máximo possível os eventuais transtornos aos motoristas”, explica, acrescentando que mesmo assim é importante que os motoristas colaborem e redobrem a atenção ao se deslocarem naquelas imediações. Em caso de necessidade de interrupção do tráfego, o trecho será devidamente sinalizado.

Rio Claro sediará em setembro etapa do Município Verde Azul

“Vamos nos preparar para bem receber os participantes e também nos organizar para melhorar a classificação de Rio Claro no ranking estadual”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.
Na terça-feira (25) representantes de secretarias municipais receberam a assessora do gabinete da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, Laura Crepaldi, em reunião que deu início aos preparativos para o evento de setembro.
“Na reunião foram discutidas questões de logística para sediar o evento, como localização, opções de gastronomia nas proximidades e capacidade de público, que deve ser para mais de 700 pessoas”, explica Antonio Penteado, secretário do Meio Ambiente, que participou da reunião.
Laura Crepaldi e sua equipe visitaram alguns lugares propostos e estão reunindo dados para uma nova análise que definirá a sede do evento.
“Selecionamos alguns lugares que podem sediar o evento e estamos dando todas as informações necessárias para que a Secretaria Estadual do Meio Ambiente estabeleça onde a atividade será realizada”, comenta o vice-prefeito e secretário de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana, Marco Antonio Bellagamba, também presente no encontro.
Participaram ainda da reunião o secretário de Educação, Adriano Moreira; o secretário de Esporte e Turismo, Ronald Penteado; a superintendente do Arquivo Municipal, Mônica Frandi Ferreira; o vereador Julio Lopes, presidente do Conselho Fiscal do Consórcio PCJ; e Edison Norberto de Andrade, interlocutor do Programa Município Verde Azul (PMVA) em Rio Claro.
O lançamento do Selo Município Verde Azul deste ano foi realizado em junho, em Mogi das Cruzes. A etapa de certificação das cidades participantes em Rio Claro, em setembro, dará continuidade à programação, que terá a terceira e última etapa em dezembro, na cidade de São Paulo.

O Programa
Lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, o PMVA tem o objetivo de auxiliar as prefeituras paulistas no desenvolvimento de ações pela sustentabilidade.
Ao final de cada ciclo anual é avaliada a eficácia dos municípios na condução das ações nas áreas propostas pelo programa. As 10 diretivas avaliadas são referentes à biodiversidade, resíduos sólidos, arborização urbana, educação ambiental, “cidade sustentável”, gestão das águas, tratamento de esgoto, qualidade do ar, uso do solo, estrutura ambiental e Conselho Ambiental.
As cidades que atingirem a pontuação necessária para obterem o certificado garantem prioridade na captação de recursos do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (Fecop).
Durante a solenidade de lançamento do programa, na cidade de Mogi das Cruzes, o secretário Estadual de Meio Ambiente, Ricardo Salles afirmou que neste ano são destinados R$ 15 milhões ao programa, dez vezes mais que o destinado em 2016.

Motociclistas terão ação de segurança viária no Dia do Motociclista

Uma nova edição do Motociclista na Via, ação de segurança viária realizada pela AB Colinas em parceria com a Artesp (Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo) e com a Polícia Militar Rodoviária, acontecerá nessa quinta-feira, dia 27, entre 15h e 17h, na base da Polícia Militar Rodoviária do km 61 da Rodovia Santos Dumont (SP-075). A atividade celebra o Dia do Motociclista, comemorado na mesma data.
Na atividade, cujo objetivo é alertar e orientar os motociclistas sobre os cuidados e atitudes seguras quando estão na direção de uma motocicleta, equipes da concessionária realizarão a colagem de refletivos nos capacetes, instalação de antenas corta linha e entrega de panfletos educativos com orientações de segurança.
O aumento da frota de motocicletas que circulam pela região de Campinas e Indaiatuba é notório. De acordo com dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em 10 anos, a frota de motocicletas teve um aumento de 161%, passando de 122 mil para 318 mil. Da quantidade de motocicletas que circulam por toda a extensão da SP-075, o trecho de Indaiatuba recebe a maior concentração delas, com 71% do total. Estes dados, somados à característica de trânsito do trecho de Indaiatuba e Campinas, que é basicamente urbano, contribuem para que as motocicletas estejam entre os veículos mais envolvidos em acidentes na SP-075.

Sobre a AB Colinas e o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo
A AB Colinas está entre as 20 concessionárias do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, que recuperam e conservam cerca de cinco mil quilômetros da malha viária paulista. A concessionária é responsável por 307 quilômetros de rodovias desde março de 2000.

Sobre a AB Concessões
A concessionária AB Colinas pertence à AB Concessões, que tem como controlador um dos maiores Grupos em concessões rodoviárias do mundo – o Grupo Italiano Atlantia. A AB Concessões, figura entre as principais companhias de concessão de rodovias do Brasil e administra mais de 1,5 mil quilômetros de rodovias, sendo responsável pelas concessionárias paulistas AB Triângulo do Sol (100%), AB Colinas (100%) e Rodovias do Tietê (50%) e, no Estado de Minas Gerais, a AB Nascentes das Gerais (100%). (Fonte press)

O QUARTO DE DORMIR DA CLASSE MEDIA.

JUAREZ ALVARENGA

Nosso quarto de dormir é nossa caverna onde a intimidade conosco
mesmo chega ao ápice. Escondemos do mau relacionamento humano e aprimoramos
nossas armas, para guerras diárias. É nele, que o descontentamento diário
sepulto seus desconfortos.

Sentimos dono de nossas vidas. E é através dele que saem as
estratégias mais mirabolantes, para impulsionar nossa existência para o
topo.

É nosso presente diário, onde nossa alma se projeta, para o
infinito a dor tênue.

Sabemos que a classe media é aqueles, onde seus indivíduos tem mais
regularidade no cotidiano. Na rica a vida é termométrica. Uma hora lá em
cima, outra hora lá em baixo. Seu viver não tem a consistência da classe
media. Por isso, é acreditável que a classe media tenha mais regularidade
psicológica, pois o meio é a saída, para os dois extremos da felicidade.

É na nossa alcova em que traçamos metas para o futuro. E o futuro
da classe media sempre foi ser feliz sendo um rico sem patrimônio.

O que se idealiza mais satisfatório, para a classe media, são os
concursos públicos. Quem consegue atingir este objetivo tem a tão sonhada
retaguarda econômica.

É o quarto de dormir, da classe media, as trincheiras armadas, para
enfrentar as guerras diárias. Os versos saltitantes de alegria constante.

Agora é meia noite. Coqueiral descansa da realidade. Eu do meu
quarto e na minha escrivaninha desenho os mais autênticos sonhos, com as
tintas da realidade. Traço metas gigantesca, pois sei que é do quarto de
dormir da classe media, que saíram as ideias mais brilhantes para
humanidade.

Seja você dono de sua própria vida e descanse, rotineiramente, em
seu recanto sagrado, pois é nele que sua alma voa faminta de atingir os
alvos dos horizontes palpáveis.

E MAIL: juarezalvarengacru@gmail.com

Vote em – em quem mesmo?

Carlos Brickmann                                                                

Lula candidato? Difícil: pode cair na Lei da Ficha Limpa, caso seja condenado em segunda instância. Mas também pode cair por outro motivo: foi condenado em primeira instância e é réu em outras ações. Da mesma maneira que Renan Calheiros foi mantido na Presidência do Senado, mas proibido de assumir a Presidência da República (é o segundo da fila) por ser réu, Lula não poderia ser candidato. Marco Aurélio, ministro do STF, diz que não é bem assim: o presidente não pode ser processado por fatos ocorridos fora de seu mandato. Mas a disputa judicial será longa. E envolve também Jair Bolsonaro, réu no Supremo. A lei é a mesma para ambos.

Lula, segundo pesquisa do Ipsos, tem 29% de intenções de voto. Um bom número – mas é o quarto entre os nomes pesquisados. Antes dele vêm Sérgio Moro (64%), Luciano Huck (45%, Joaquim Barbosa (44%). E a presidente do STF, Carmen Lúcia, está em seus calcanhares (28%). Só que nenhum destes nomes mais populares admite ser candidato.

Michel Temer? Política é como nuvem, muda de forma. Mas é difícil reverter sua rejeição recorde de 94%; e 95% dos pesquisados acham que o Brasil está no rumo errado. O PMDB é o maior partido do país, mas não tem candidato viável. O PSDB pode desistir deAécio (rejeição de 90%), Serra (de 75%) e Alckmin (67%). Bolsonaro, fora eventuais problemas judiciais, tem rejeição de 53%. É hora de renovação: quem se apresenta?

O candidato

Lula se apresenta e no PT não tem contestação. Se não puder sair, seu candidato à Presidência  é Fernando Haddad, mal avaliado como prefeito de São Paulo e derrotado no primeiro turno ao tentar a reeleição.

Frase notável 1

De Lula: “Sou o maior interessado na verdade”. Um estadista que sabia das coisas, Churchill, líder inglês na guerra ao nazismo, disse que a verdade é tão preciosa que deve ser protegida por uma muralha de mentiras.

Frase notável 2

Lula disse – disse mesmo, está gravado – que “a palavra propina foi inventada pelos empresários para tentar culpar os políticos – ou pelo Ministério Público (…) agora transformaram as doações em propina, então ficou tudo criminoso”. Parece incrível, mas Lula não deixa de ter razão.

Quando era sindicalista e denunciava essas coisas que na época só os outros faziam, não lhes dava o nome de propinas. Eram maracutaias.

A posição dos procuradores

Os jovens, bem preparados e corajosos procuradores estão preocupados: na reunião do Conselho Nacional do Ministério Público, no início desta semana, dedicaram boa parte do tempo à discussão de maneiras de evitar as restrições orçamentárias e conceder-se um sólido aumento de 16,7% (que naturalmente não se chamará “aumento”, mas “reajuste”). A reivindicação está para ser votada no Congresso. O problema é que, com o aumento – quer dizer, reajuste – os procuradores podem ganhar mais que os ministros do Supremo, que por lei têm os vencimentos mais altos dos servidores públicos. Outro problema: o aumento (desculpe, reajuste) não está previsto na proposta de orçamento para 2018. E vem mais: a subprocuradora-geral Maria Hilda diz que o aumento (a palavra escapou: é REAJUSTE) já está defasado, porque cobre perdas de 2014 a 2015. Falta reajustar dois anos.

Um empresário…

O empresário Domingo Alzugaray, 84 anos, proprietário da Editora Três e da revista IstoÉ, morreu nesta segunda-feira. Seu corpo foi cremado na terça. Alzugaray, modelo fotográfico na Argentina, mudou-se para o Brasil na década de 1950, a convite da Editora Abril, para trabalhar nas então populares revistas de fotonovelas. Cresceu dentro da Editora, da qual se tornou diretor. Mais tarde, em companhia de um notável jornalista, Luís Carta, e do empresário Fabrizio Fasano, montou a Editora Três.

…que faz falta

Montar uma editora de revistas para concorrer com Abril e Rio Gráfica (hoje Globo) demonstra ousadia; sobreviver à disputa, a competência. Este colunista se tornou seu admirador incondicional por um episódio que nada tem a ver com ousadia e competência, mas com caráter. Durante o regime militar, na mesma operação que prendeu o jornalista Vladimir Herzog, que seria assassinado, policiais foram à Editora Três para prender um de seus funcionários, Fernando Morais – hoje escritor de sucesso. Domingo Alzugaray e Luís Carta informaram aos policiais que o jornalista ainda não tinha chegado, e os levaram à sala da diretoria, com cafezinho, água gelada, uma bela recepção. A horas tantas, um dos dois saiu para ir ao banheiro e foi à mesa de Fernando Morais: “Cai fora que a polícia está atrás de você”.

Morais saiu, escondeu-se e sobreviveu. Carta e Alzugaray se arriscaram para salvá-lo, quando salvar alguém era perigoso. Devemos isso a eles.

COMENTEcarlos@brickmann.com.br

Twitter: @CarlosBrickmann

 

 

Riqueza Versus Pobreza

 

         Riqueza versus pobreza, diferenças, contrariedades, um mundo, outro mundo, uma vida, outra vida.

         Na riqueza o sentir interior é o que menos importa, o materialismo reina soberano no primeiro plano, a vida hoje é o importante, o amanhã já está garantido, portanto, para que se preocupar se minha geladeira transborda de alimentos, se minha conta bancária já não apresenta espaço para uma nota se quer, se andar de carrão tornou-se rotina, para que se preocupar? Para quê?

         O mundo da riqueza é assim, um pouco tanto quanto egoísta, materialista. O que o meu irmão necessita ou sente fica a critério dele mesmo, não importa para mim. Estou bem, rico (a), vou aonde quero e da forma que eu bem desejar, humilho os outros, pois tenho dinheiro! Se a caso eu falhar e cair nos laços da polícia, da justiça, sei que nada me acontecerá, cadeia nem pensar, porque tenho dinheiro! Mergulho na riqueza, na soberania material! Sendo assim, penso: que vida maravilhosa! Nem morrer quero mais! Mas apesar de todo esse poder aquisitivo, as vezes não sinto-me feliz, completo(a), falta algo em minha felicidade, preciso achar.

         Nas viagens que faço a alegria momentânea, cerca-me de sorrisos. Mas vejo pessoas pelas ruas pedindo-me uma ajuda, para tirá-las de tal situação constrangedora, no entanto olho com desprezo, ignorando-as e esquecendo que as mesmas possuem os idênticos sentimentos que tenho.

         Minha família vive no bem-bom, meus filhos estão se formando nas melhores universidades, minha esposa gerencia uma das diversas empresas que temos. Acho que sou feliz! Me preocupar com o próximo, com o sentimento dele? Para quê? Quero aumentar cada vez mais minha riqueza, deixando o amanhã sempre garantido.

         É! Esse é o mundo da riqueza, a pessoa possui tudo, mas na verdade nada tem, falta-lhe tudo.

         No subúrbio da cidade, mora a humilde e lutadora família, seus sorrisos são observados pela chefe pobreza. Nessa casinha tão pequena e judiada por falta de recursos, o aconchego do amor toma a sua vez e reina soberano, ali o egoísmo é coisa rara, não tem muito espaço.

         A ganância dentro daqueles corações é apenas por um motivo; crescer e vencer na vida. A adolescente que dorme na desestruturada caminha, sonha um dia com a passarela da moda, ao seu lado em um colchão mal cheiroso o rapaz antes do sono imagina em longos pensamentos seu futuro poder aquisitivo, que irá culminar em sustentar toda a sua casa. Na cozinha porém, a mãe e o pai calculam sem parar como farão para não serem brutamente despejados, crucificados pela sociedade, que sem piedade alguma pisa naqueles os quais a pobreza já machuca.

         A falta de comida é compensada com alegria de viver, de estar ainda de pé para correr atrás do prejuízo que a vida resolveu lhes causar. Todavia, mesmo vivendo nessa cruel falta de recurso, o mínimo que possuem doam, não hesitam em ajudar seus vizinhos, seus parentes, aqueles que em pior situação se encontram.

         Naquela família a realização de uma festinha é algo raro, difícil de acontecer, entretanto quando realizada, tudo sai as mil maravilhas, porque o amor e o respeito reinam soberanos.

         A compensação daqueles jovens sonhadores de não poderem cursar uma faculdade, fica a mercê da garra, da criatividade, da força de vontade, pois nada terão nas mãos, a luta será árdua para vencerem, mas compensadora e aí poderão ser maiores destaques na sociedade, do que aqueles que tudo possuem.

         Que mundos diferentes, que vidas opostas, riqueza versus pobreza.

         O ser humano quando saciado seus desejos materiais dormindo e acordando ao lado da riqueza, esquece-se de seus irmãos, de sua gente, lembrando apenas da fórmula que conquistou para transbordar no dinheiro e em recursos. Por outro lado, a falta desses ministrado pela insensata pobreza, faz o mesmo refletir e respeitar seu semelhante, além disso, passa a ele uma força inacreditável, que dá o poder de vencer e destacar-se grandemente na sociedade injusta.

 

Douglas S. Nogueira

Integrante das Associações Literárias de Santa Bárbara e Piracicaba – ACIBEL e CLIP

Técnico de Manutenção na Arcelor Mittal Piracicaba

E-mail: douglas_snogueira@yahoo.com.br

BLOG: http://douglassnogueira.blogspot.com.br/