Nasceu esta semana o filho do ex-jogador Thiaguinho, morto no acidente aéreo da Chapecoense, em novembro de 2016, na Colômbia.

471

Em publicação emocionante no Instagram, a viúva do ex-jogador postou a foto do bebê, que levou o nome do pai. Thiaguinho, que defendeu o Rio Claro FC, morreu aos 22 anos, quando Graziele estava com um mês de gravidez.
O meia Jadson desfalcará o Corinthians por 30 dias. Após deixar o jogo contra o Avaí de ambulância, na Ressacada, o jogador foi examinado. O meia sofreu duas fraturas na costela. Desta forma, Fábio Carille passará a contar com Marquinhos Gabriel para a posição. Mas o meia recebeu o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o Fluminense, domingo no Maracanã. Pablo, que também deixou o gramado nos primeiros minutos do jogo, ainda é dúvida. Caso seja vetado, Pedro Henrique seguirá ao lado de Balbuena.
Após o segundo empate consecutivo, o Corinthians viu a vantagem sobre o Grêmio diminuir para apenas seis pontos. O time gaúcho fez a sua parte e, mesmo desfalcado de Pedro Geromel, Michel e Luan, derrotou o Vitória por 3 a 1, em Salvador.
A sequência do Corinthians é o o Fluminense, fora, Flamengo, em casa, Atlético/MG, fora e Sport, em casa. O Grêmio terá o São Paulo, fora (jogo de segunda-feira às 20h), o Santos, na Vila Belmiro, o Atlético/GO, em casa e o Atlético/MG, fora. Os dois encontrarão sérias dificuldades nesta trajetória.
Mais um gigante europeu entrou na briga pelo meia Lucas Lima. Depois do Barcelona, agora é a vez do Fenerbahce, da Turquia, sondar o craque da Seleção Brasileira, de 26 anos, que ao que parece, voltou a jogar bem. A informação é do jornal turco Fanatik.
Com vínculo apenas até o final desta temporada, Lucas Lima pode assinar um pré-contrato a trocar o Santos por outro clube sem custos em janeiro. Caso o Fenerbahce queira levar o camisa 10 agora, uma negociação será aberta com o Peixe.
Levir Culpi barrou o retorno de Ricardo Oliveira para a partida de domingo, às 11h, contra o Bahia, no Pacaembu. O goleador, que interessa ao Inter/RS, voltou a treinar com bola, mas ainda está sem ritmo. Ele não atua desde o dia 3 de junho, na derrota para o Corinthians, no Itaquerão. De lá pra cá, o pastor sofreu uma contusão no tornozelo e pegou até pneumonia.
Santos sugeriu ao Barcelona que o amistoso entre eles seja realizado em janeiro, no Brasil. Mas o time espanhol ainda não respondeu. O time catalão queria o duelo para a primeira quinzena de agosto, mas a CBF vetou, pois no mesmo período o Peixe encara o Atlético/PR, no jogo de volta das oitavas de final da Taça Libertadores da América.
O amistoso entre Santos e Barcelona faz parte do acordo assinado na época da transferência de Neymar para a Espanha em 2013. Foram acertados dois amistosos. O primeiro deles aconteceu no Camp Nou em agosto daquele ano e terminou com a goleada do time espanhol por 8 a 0. Agora falta a volta.
Matheus Jesus, de 20 anos, é o novo reforço do Santos. O meia foi 
emprestado pelo Estoril, de Portugal, até o fim de 2018. O jogador foi
aprovado em exames médicos. Jesus vem para o lugar de Thiago Maia, 
negociado com o Lille, da França, por 14 milhões de euros (R$ 51 milhões).
Paolo Guerrero, do Flamengo, está próximo de tornar-se o segundo maior goleador estrangeiro da história do Brasileirão. Contra o Palmeiras, o peruano marcou seu 40º gol e está atrás apenas do sérvio Petkovic com 83 gols e do colombiano Aristizábal, com 47.
Mais dois treinadores perderam o emprego no Campeonato Brasileiro. O primeiro a cair foi Pachequinho, do Coritiba, que não resistiu a goleada sofrida para a Ponte Preta por 4 a 0, no Moisés Lucarelli.
O segundo é Roger Machado, demitido pela diretoria do Atlético/MG após a derrota em casa para o Bahia por 2 a 0. Ex-Grêmio, Machado estava no Galo desde 30 de novembro de 2016. Foram 42 jogos, com 22 vitórias, 9 empates e 11 derrotas. Conquistou um Campeonato Mineiro e conduziu o time mineiro até agora na Taça Libertadores da América e na Copa do Brasil.
Já são 12 treinadores substituídos em 15 rodadas neste Campeonato Brasileiro. O número de mudanças é o mesmo se comparado ao ano passado no mesmo período do torneio. Em 2016, o Brasileirão registrou 29 mudanças. Já a temporada inteira teve 37 substituições de técnicos. Em sete meses do ano, são 16 trocas e 12 clubes da Série A optaram por mudar de técnico. Coritiba, Atlético-PR, Vitória e Sport mudaram duas vezes.
Tem início hoje a 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B com quatro jogos: 19h15 – América-MG x Figueirense, 20h30 – Santa Cruz x Boa Esporte e Luverdense x Paraná e 21h30 – Ceará x Goiás. Amanhã: 16h30 – Criciúma x ABC, Vila Nova-GO x Internacional e Londrina x Náutico e às 19h – Oeste x Juventude, Brasil-RS x Paysandu e CRB x Guarani.
A classificação está assim: 1) Guarani, Juventude e América-MG 27, 4) CRB e Internacional/RS 24, 6) Londrina e Vila Nova-GO 23, 8) Ceará e Santa Cruz 22, 10) Paraná Clube, Paysandu, Boa Esporte, Criciúma e Oeste 20, 15) Goiás e Brasil-RS 17, 17) Figueirense e Luverdense 16, 19) ABC 12 e 20) Náutico 7.
Isso é muito raro no futebol brasileiro. Depois de cinco anos no comando do Brasil/RS, a diretoria do time gaúcho resolveu demitir o técnico Rogério Zimmermann. Ele não resistiu a goleada sofrida para o Paraná Clube por 4 a 1, pela 15ª rodada da Série B. Zimmermann era o segundo técnico há mais tempo no cargo em todo o Brasil. Só perdia para Cláudio Tencati, que comanda o Londrina desde 2011.
Com as demissões de Geninho, no ABC, Silvio Criciúma no Goiás e Rogério Zimermann no Brasil/RS, o Campeonato Brasileiro da Série B chegou a incrível marca de 15 treinadores dispensados em 15 rodadas disputadas. Argel Fucks assumiu o time goiano.
Curiosidade do dia: Na Copa de 1982, Honduras precisava apenas de um empate para passar para a segunda fase do Mundial. O jogo estava 0 a 0 até os 44 minutos do segundo tempo, quando tomou o gol. Os onze jogadores saíram de campo chorando copiosamente.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA