Luzes da Cidade CONSENSO

134

Omnium consensu ( Com o consentimento de todos) Júlio César- (Caius Julius Caesar) 100- 44 a.C. imperador usava tal expressão como argumento para significar que só se faz aquilo que o povo deseja. Nesta mesma linha, a fórmula “ex consensu”é usual ainda hoje em processos judiciais.   Lembramos que no Ginásio estudava-se ainda o latim, língua que deu origem a outras faladas em vários países. Trata-se de um idioma poético, musical. Na época os professores não explicavam sua influência.     Estamos lembrando disto para dizer que falta, em nosso meio, expressão de respeito à opinião pública Muitos políticos agem como donos da verdade, passando por cima dos outros com seus atos irresponsáveis que acabam provocando conseqüências desastrosas. Quanto maior o cargo, maior a responsabilidade, maior exigência do respeito para com o povo, falta cultura mínima para dirigir organizações publicas!      .   Estamos atravessando período difícil em nosso país por causa justamente do desrespeito á Constituição Brasileira que é muito boa, conquistada por juristas do passado e enriquecida no presente. Somos todos participantes responsáveis do processo democrático, por isto mesmo não podemos concordar com tudo aquilo que não seja legal e consensual!   Acompanhando os recentes espetáculos do sofrimento de numerosas pessoas dormindo nas ruas, cenas estas televisionadas, mas chocantes, que entristecem a nossa vida, podemos concluir que falta coerência num país rico, como o nosso, de povo culto, bom e amigo! A imprensa tem revelado numerosos desvios de dinheiro público praticados por indivíduos ocupantes de altos cargos da nação! Onde está a lógica disto tudo? Justamente os mais ricos, mais bem pagos querem, mais enquanto a maioria sofre cortes em seus salários ou ainda não têm lugar para morar decentemente, muitos ainda, desempregados, pedem esmola! Só nos resta a expressão popular: O que é isto, minha gente?

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA