Fórmula 1: Com vitória de Bottas na Áustria, Vettel amplia vantagem na liderança

455
Valteri Bottas resiste à pressão de Vettel e conquista mais uma vitória

E. Cortez
Largou na pole e venceu de ponta a ponta o GP da Áustria. Com isso, o findandês Valteri Bottas conquistou a segunda vitória na atual temporada da Fórmula 1. Segundo colocado da prova, Sebastian Vettel abriu com isso a vantagem sobre Lewis Hamilton, que terminou em quarto, atrás de Daniel Ricciardo, que completou o pódio em Spielberg.
O brasileiro Felipe Massa, apesar de largar em 17º, conseguiu ganhar posições e terminou em nono, somando dois pontos.
A próxima etapa do Mundial acontece já no próximo final de semana, com o Grande Prêmio da Inglaterra. O circuito de Silverstone receberá a décima prova da temporada 2017 da Fórmula 1.
A corrida – A largada já foi movimentada, com toque entre carros. O holandês Max Verstappen, que havia abandonado os dois últimos GPs, rodou, caiu para o fim da fila e deixou a prova novamente, assim como Fernando Alonso, que também foi obrigado a recolher para os boxes.
O brasileiro Felipe Massa, que largou em 17º, teve bom início, pulando para décimo na primeira volta. No pelotão de frente, Valtteri Bottas manteve a liderança, e Sebastian Vettel o segundo lugar. Lewis Hamilton, que largou em oitavo, ganhou um posto.
Com um carro melhor do que o dos rivais mais próximos, o britânico logo chegou ao quinto lugar, passando a buscar a Ferrari de Kimi Raikkonen. Na frente, a Mercedes de Bottas mantinha vantagem segura sobre Vettel.
O finlandês, líder da prova, se manteve com boa margem e, assim, a emoção ficou por conta das disputas por outros postos. O australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, tentava pressionar Vettel pelo segundo lugar, enquanto Hamilton buscava ultrapassar Raikkonen.
Felipe Massa manteve a regularidade e, na volta 46, atingiu o sexto lugar, resultado considerável considerando o fato de ter largado em 17º. Porém, esta posição não se manteve, já que o brasileiro só parou nos boxes após atingir este posto. Ele voltou em nono, onde permaneceu até o fim.

FORMULA 1 (2)

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA