Paisagismo na Avenida Castelo Branco tem palmeiras com nome de crianças

Dezenas de crianças participaram do plantio coletivo de 122 palmeiras imperiais no canteiro central da Avenida Castelo Branco na manhã desta segunda-feira (19) em Rio Claro. O plantio foi feito por 180 alunos da Escola Municipal Luiz Martins Rodrigues Filho, vencedora da gincana ambiental realizada pela prefeitura. Cada palmeira recebeu uma placa de identificação com o nome de uma criança.
O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, participou da ação ambiental. De acordo com ele, o plantio das palmeiras é uma ação simples com um grande simbolismo. “O plantio será um marco na vida dessas crianças que criarão um vínculo com as palmeiras que levam seu nome. Poderíamos ter feito o plantio com a equipe da prefeitura, mas decidimos envolver as crianças que representam a esperança para um futuro melhor”, afirmou destacando que essa é a primeira vez que esse tipo de ação, com envolvimento de toda uma escola, é realizada no município.
“Foi muito legal plantar e pôr meu nome na árvore”, disse o pequeno Charles que pretende ajudar a cuidar de sua palmeira. Promessa também feita pela pequena Yasmin Costa, de 7 anos. “Adorei e vou ver a plantinha sempre que passar aqui”, declarou.
“As palmeiras vão crescer junto com vocês”, disse às crianças o secretário municipal de Agricultura, Emílio Cerri. Segundo ele, cada vez que as crianças passarem pela avenida vão ver sua palmeira e acompanhar seu crescimento. “Ter seu nome na palmeira cria um vínculo com a planta. Seria muito bom se as pessoas abraçassem esta ideia, por isso envolvemos as crianças. É muito gratificante ver a alegria e o envolvimento delas”, comentou.
Lucélia Piovezan, diretora da Escola Luiz Martins, agradeceu o convite feito à escola para participar da atividade e salientou a importância de promover a educação ambiental das crianças. O vereador Julio Lopes, vice-presidente da Câmara Municipal, ressaltou que cada árvore plantada representa melhor qualidade de vida para as pessoas. Já Seron do Proerd, líder do governo no Legislativo Municipal, frisou a importância do momento, não apenas no aspecto ambiental, mas também do ponto de vista cultural e educacional das crianças. O pastor Macman, da Igreja Missão Divina, lembrou que plantar uma árvore simboliza vida e rende frutos para quem planta.
As mudas de palmeiras foram doadas pela Secretaria de Agricultura e as madeiras que levam os nomes das crianças pela empresa Luizzi Estofados. A ação contou com apoio das secretarias de Educação, Meio Ambiente e Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana. Também participaram do plantio o vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba; o secretário de Meio Ambiente, Antonio Penteado; os vereadores Adriano La Torre, Geraldo Voluntário e Luciano Bonsucesso; além de professores e funcionários da escola.

PAISAGISMO NA AVENIDA CASTELO BRANCO (2) paisagismo na avenida castelo branco

Seminário de Violão traz grandes nomes da música clássica para Rio Claro

Idealizado pelo violinista e atual regente da Orquestra de Violões, Welton Nadai, o seminário que apresenta neste ano a sua VII edição, tem proporcionado ao público a oportunidade de conhecer e apreciar os diferentes rumos que o violão vem ganhando na história da música.
Além do universo do violão, o Seminário também proporciona espaço para músicos e apreciadores de todos os instrumentos. Em edições anteriores o evento contou com a presença de conceituados nomes de referência nacional e internacional da música erudita, ofertando ao público um momento único para conhecer de perto o trabalho feito por esses grandes interpretes.
Além das apresentações musicais o Seminário conta com uma agenda de eventos e atividades de caráter social, voltados aos mais diversos públicos.
“Uma das missões do evento além de difundir e promover as mais variadas expressões artísticas é aproximar as pessoas da música, em seus mais diversos contextos”, ressalta Welton Nadai. “A partir dessa ideia, em parceria com as instituições temos levado nossos artistas para apresentações didáticas, e acessíveis, como por exemplo, o concerto para deficientes visuais, além de apresentações em locais como Banco de Sangue e escolas”.
As apresentações tem entrada gratuita, porém, é necessário retirar os ingressos antecipadamente na escola de Música Solar das Artes, que fica na Rua 3, 781, ou no dia e no local da apresentação com 30 minutos de antecedência. (fonte – Assessoria de Imprensa Seminário de Violão)
Programação:
20/06 – 20h00 – CONCERTO ORQUESTRA INTERMUNICIPAL DE VIOLÕES

21/06 – 20h00 – CONCERTO COM O VIOLINISTA WELTON NADAI

22/06 – 20h00 – CONCERTO QUATERNAGLIA

23/06 – 20h00 – CONCERTO FABIO ZANON

24/06 – 20h00 – CONCERTO EDSON LOPES E BRASILIS GUITAR DUO

Local: Centro Cultural de Rio Claro – Rio Claro/SP

Masterclass (inscrições limitadas –www.circuitodoviolao.com)
23/06 – 17h00 – QUATERNAGLIA
24/06 – 11h00 – AMADEU ROSA
24/06 – 16h00 – FABIO BARTOLONI
Local: Solar das Artes Escola de Música

Violão Social
20/06 – 14h30 – Céu das Artes Mãe Preta – Concerto Acessível
21/06 – 7h30   – Escola Municipal Darci Reginatto – Concerto Didático
21/06 – 13h30 – Escola Municipal Darci Reginatto – Concerto Didático
facebook.com/7seminariodeviolao/

 Atos de vandalismo prejudicam fornecimento de água em Batovi

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro tem enfrentado dificuldades em restabelecer o fornecimento de água no distrito de Batovi nos últimos meses por conta de atos de vandalismo.
O tubo de alimentação da rede de distribuição de água vem sendo frequentemente danificado, causando desabastecimento em todo o distrito, prejudicando a comunidade de toda aquela região.
Somente no feriado prolongado de Corpus Christi foram três ocorrências. Na manhã de segunda-feira (19) novamente foram registrados danos.
Além dos constantes reparos na tubulação por conta do vandalismo, o Daae também tem feito serviços de geofonia para detectar outros tipos de vazamento, além de inspeções na rede para identificar pontos de despressurização.
Para que os moradores não sofram maiores problemas de desabastecimento, a autarquia tem enviado caminhões pipa para abastecer mais rapidamente o reservatório que alimenta o distrito. Essa situação não é ideal, pois nesse caso o desabastecimento está diretamente relacionado ao desperdício de água.
Pela topografia do local, o fornecimento de água leva cerca de um dia para se normalizar e, como esse processo é interrompido constantemente pelos atos de vandalismo, o abastecimento piora em toda aquela região. O Daae reforça solicitação para que os moradores façam o uso consciente da água e para que acionem as autoridades caso verifiquem indivíduos danificando a estrutura de distribuição de água.
O tubo de alimentação fica próximo a uma área invadida por cerca de 70 famílias instaladas irregularmente no local. Nesta gestão, a prefeitura constituiu, em maio, a Comissão Deliberativa sobre a Ocupação Indevida de Imóveis Públicos Municipais, cujo objetivo é estabelecer diretrizes e ações que visem restabelecer a posse dos imóveis públicos municipais indevidamente ocupados.
A comissão conta com representantes das secretarias municipais de Negócios Jurídicos, Habitação, Obras, Assistência Social, Segurança e Meio Ambiente, além de membros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do Poder Judiciário e do Ministério Público e sobre este caso, tem estudado estratégias para a reintegração do local dentro da legalidade.

História de Rio Claro é tema de Bate-papo Cultural

O Arquivo Público e Histórico de Rio Claro realiza seu 114º Bate-papo Cultural nesta terça-feira (20), às 20 horas, no Gabinete de Leitura. O tema da discussão será “Para além da história contada de Rio Claro: fatos históricos da origem da cidade”. Não há cobrança de ingresso.
A palestrante será a historiadora Hélia F. Gimenez Machado, que fará uma abordagem que irá além da história convencional contada sobre a fundação de Rio Claro. O público saberá um pouco mais sobre como a igreja e a política influenciaram o crescimento e desenvolvimento da antiga sesmaria, posterior arraial Morro Azul, povoado freguesia, capela curada, vila até chegar ao nível de cidade. O Gabinete de Leitura fica na Avenida 4, 427, Centro.

Baile de aniversário de Rio Claro será realizado nessa quarta-feira

A programação em comemoração ao aniversário de Rio Claro, que completa 190 anos no dia 24 de junho, continua nesta semana com vários eventos. Nessa quarta-feira (21) será oferecida mais uma atividade gratuita para a comunidade. A prefeitura promove o baile de aniversário a partir das 14 horas no Floridiana Tênis Clube que fica na Avenida 1, 400, no Jardim Floridiana. Descontração, boa música e muita dança são alguns dos atrativos do baile, que anualmente reúne centenas de pessoas.
“Será uma tarde de muita diversão para toda a família e toda a comunidade está convidada a participar do baile e festejar conosco o aniversário da cidade”, afirma Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade, responsável pela organização do evento.
Tradicionalmente, o baile de aniversário conta com grande participação de pessoas da terceira idade e isso deve se repetir neste ano, mas a festa é aberta para participantes de todas as gerações. “Vamos fazer uma baile retrô com músicas das décadas de 60, 70 e 80”, informa Paula. Quem quiser poderá animar ainda mais a festa trajando roupas a caráter.
A atração musical será a Banda Tom Livre Brasil que promete animar o público com um repertório de músicas em estilo dançante, como sambas, boleros, forró, foxtrote, valsas, entre outros ritmos. “Vamos tocar músicas bastante animadas para que o público possa dançar e aproveitar bem a festa”, destaca Amauri Lauriano Canaver, tecladista e vocalista da banda.
Também haverá apresentação de dança de Maria da Gama e atletas que competiram na modalidade dança de salão na 21ª edição dos Jogos Regionais dos Idosos (Jori), realizado de 31 de maio a 4 de junho no município de Americana.

Estados Unidos – Las Vegas: na capital do entretenimento muitas atrações nos próximos meses

E. Cortez

Quando o assunto é entretenimento, não há como competir com Las Vegas. Localizada no estado de Nevada, há quase um século a cidade é símbolo de diversão e a capital dos maiores artistas dos Estados Unidos e do mundo. Como não poderia ser diferente, a cidade reserva muitas atrações para este mês e para os próximos. Se você estiver em Vegas ou vai aproveitar as férias de julho no Brasil para visitar a cidade, fique atento e anote na agenda.
Um dos primeiros eventos imperdíveis do segundo semestre é a World Series of Poker. Considerado um torneio muito importante, este ano acontece a 47ª edição desta tradicional competição. Las Vegas é considerada um berço do poker, e por isso viver o clima de uma competição tão relevante é uma experiência sensacional para quem gosta desse esporte.
Já em andamento, o World Series of Poker em Vegas termina no próximo mês, mais precisamente em 17 de julho. Por 49 dias, milhares de jogadores de todo mundo vão disputar 74 braceletes em 500 mesas montadas no Rio All-Suite Hotel and Casino, que é palco da disputa desde 2005.
O Main Event começa a partir de 8 de julho e a mesa final vai ser disputada a partir de 20 de julho, com três dias de duração e transmissão ao vivo pela ESPN americana. Haverá horários e datas para as transmissões no Brasil, pela mesma emissora. Se você não estiver em Las Vegas, fique de olho na programação da TV.
Ano passado, o campeão do Main Event foi o vietnamita Qui Nguyen (lembra dele?), que depois de bater Gordon Vayo no heads-up ficou com o prêmio de US$ 8.000.000 e o bracelete de campeão mundial.
Mas não está no esporte as principais atrações de Vegas para o segundo semestre, e sim nas apresentações e grandes shows. Entre eles, no dia 23 de junho, Ricky Martin se apresentará no Park Theater at Monte Carlo Resort and Casino trazendo seus vários sucessos em décadas de carreira.
Mas como Vegas também é a capital da diversidade, o metal também ganha espaço. No dia 3 de julho, os britânicos do Iron Maiden estarão em ação na T-Mobile Arena através da turnê The Book Of Souls.
Além do poker, o esporte volta a ganhar vida em Vegas com outro grande evento em julho. Se trata do UFC 213, que será disputado na T-Mobile Arena. Inclusive, a brasileira Amanda Nunes estará no card principal na luta diante de Valentina Shevchenko, do Quirquistão.
Para os amantes do basquete, em julho Vegas sediará a NBA Summer League. Como é de praxe, todos os anos a capital do entretenimento recebe os novos jogadores que passarão a integrar o melhor basquete do mundo. Como uma espécie de pré-temporada entre os novatos, a Summer League ocupará boa parte do calendário de Vegas. Uma paradinha nas compras e nas noites para assistir um jogo de altíssima qualidade é uma boa pedida.
Las Vegas sempre tem espaço para todos os tipos de diversão e no calendário de verão isso fica ainda mais acentuado. A capital do entretenimento nunca para.

Milhares de jogadores de todo mundo participam do World Series of Poker em Vegas, que  termina no próximo mês
Milhares de jogadores de todo mundo participam do World Series of Poker em Vegas, que termina no próximo mês

Campanha de Doação de Sangue tem início com apoio da Câmara 

Com este objetivo, começa nessa segunda-feira (19) a Campanha Municipal de Incentivo à Doação de Sangue, criada pela Lei Municipal n° 5.031/17, instituída a partir de projeto do vereador Yves Carbinatti (PPS).
A campanha visa o incentivo de doações nas semanas que antecedem os períodos considerados como críticos, tais como as férias de julho, fim de ano e carnaval.
“A doação de sangue é uma atitude simples e que pode salvar a vida de outra pessoa. Espero que com a campanha cada vez mais pessoas se conscientizem sobre a importância da doação, não apenas nessas épocas”, comenta o vereador Yves Carbinatti, autor do projeto.
Segundo o Ministério da Saúde, cada doação pode salvar a vida de até quatro pessoas. Contudo, o número de doadores ainda não é capaz de suprir a demanda existente, sobretudo em épocas de férias escolares e no carnaval.
De acordo com o Banco de Sangue da Santa Casa de Misericórdia de Rio Claro, períodos críticos são aqueles onde existem a diminuição do número de doadores e o aumento da necessidade de bolsas de sangue. Deste modo, a mobilização da realização da Campanha nesta época é uma forma importante para suprir esse déficit.
Em Rio Claro, as doações podem ser realizadas no Banco de Sangue da Santa Casa as segundas, quartas e sexta-feiras, das 07h às 11h, devendo preencher os requisitos mínimos de peso e idade, bem como alimentação para a doação.
A campanha também contará com profissionais da área utilizando a Tribuna Livre da Câmara, além de fixação de banners em diversos espaços da Prefeitura e se estenderá até o dia 30 de julho, quando encerra-se o período de férias escolares.

Para fazer a doação é necessário:
– Levar documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira do conselho profissional ou carteira nacional de habilitação);
– Estar bem de saúde;
– Ter entre 16 (dos 16 até 18 anos incompletos, apenas com consentimento formal dos responsáveis) e 69 anos, 11 meses e 29 dias;
– Pesar mais de 50 Kg;
– Não estar em jejum; evitar apenas alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação.
Banco de Sangue de Rio Claro
Local: Santa Casa
Endereço: Rua 2, nº 297 – Centro
Horário de atendimento: Segunda, quarta-feira e sexta-feira das 7:00 às 11:00h
E- mail: bancodesangue@santacasaderioclaro.com.br
TELEFONE: (19) 3535-7000 ou 3535-7022

Em grande estilo, o Palmeiras conquistou sua primeira vitória como visitante no Brasileirão.

Jogando em Salvador, o Verdão goleou o Bahia por 4 a 2, gols de Róger Guedes, Keno, Yerry Mina e William Bigode. Time de Cuca agora é o 12º com 10 pontos e tem a chance de vencer outra amanhã, pois recebe o Atlético/GO, no Allianz Parque. William Bigode, suspenso, é o único desfalque.
O São Paulo perdeu no Morumbi para o Atlético/MG por 2 a 1 e caiu para o 13º lugar, com 10 pontos. A torcida está furiosa com Lucão, que falhou feio no gol de Rafael Moura. Muito vaiado, o zagueiro declarou após a partida que está de saída do Tricolor. Os torcedores agradecem.
Já o Santos, que ficou no 0 a 0 com a Ponte Preta, sábado no Pacaembu, ocupa a 4ª posição, com 13 pontos. O ataque santista formado por Bruno Henrique e Kayke ficou devendo no jogo. Gostei da atuação de Lucas Lima. O meia está voltando a retomar o seu bom futebol, que o levou a Seleção Brasileira.
O Corinthians completou três meses sem perder. A última derrota aconteceu no dia 19 de março, quando a Ferroviária fez 1 a 0 em Araraquara, pela primeira fase do Campeonato Paulista. De lá para cá foram 21 jogos, com 12 vitórias e 9 empates. A atual sequência é a 10ª maior invencibilidade de sua história. Em 1966, 1994 e 2008 o Timão também ficou 21 jogos invicto.
Que barbaridade a violência contra o corintiano Jonatan José Gomes Souza da Silva, de 29 anos, antes do jogo de domingo no Couto Pereira. Cenas de selvageria pura. Esse cara nasceu de novo. Era para ter morrido ali, espancado. Por sorte, escapou com vida e já recebeu alta. A polícia identificou um dos agressores, que será transferido para um presídio. Pra que brigar desse jeito?
O Corinthians terá uma mudança no meio-campo na partida contra o Bahia, quinta-feira, às 19h30, no Itaquerão. Poupado do empate sem gols com o Coritiba, domingo no Couto Pereira, após reclamar de desgaste físico acentuado, Jadson estará à disposição do técnico Fábio Carille. O meia entrará na vaga de Marquinhos Gabriel, que se lesionou no Paraná.
O Cruzeiro tem 30 dias para pagar a dívida de 1,5 milhões de dólares (R$ 5 milhões) que tem com o Huracán, da Argentina, pela contratação do atacante Ramón Ábila. A Fifa intimou o time mineiro ontem. Segundo consta, a Raposa pagou apenas a primeira parcela da negociação no valor de US$ 2,5 milhões.
Será disputada esta noite a 9ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro: 19h15 – Náutico x Goiás, Juventude x Brasil e América-MG x Santa Cruz; 20h30 – ABC x CRB, Figueirense x Luverdense, Londrina x Criciúma e Paysandu x Boa Esporte e às 21h30 – Vila Nova x Ceará, Guarani x Oeste e Internacional/RS x Paraná Clube.
A classificação da Série B após oito rodadas está assim: 1) Juventude 18, 2) Guarani 15, 3) Vila Nova-GO 14, 4) Santa Cruz e Internacional/RS 13, 6) Londrina, Paraná Clube e ABC 12, 9) Goiás, Paysandu, Ceará, Brasil-RS e Oeste 11, 14) América-MG 10, 15) Figueirense, Criciúma, Boa Esporte e Luverdense 8, 19) CRB 7 e 20) Náutico 2.
Pela rodada de abertura da Copa das Confederações, a Rússia venceu a Nova Zelândia por 2 a 0, gols de Glushakov e Smolov. Também pelo Grupo A, Portugal e México ficaram no 2 a 2. Os portugueses venciam por 2 a 1, gols de Quaresma e Cedric, quando Hector Moreno empatou aos 47 minutos do 2º tempo. O primeiro foi de Chicharito.
Pelo Grupo B, o Chile fez 2 a 0 em Camarões, gols de Arturo Vidal e Eduardo Vargas. Ontem, Alemanha 3 x 2 Austrália, gols de Stindl, Draxler e Goretzka (ALE), Rogic e Juric. Amanhã: 12h – Rússia x Portugal e 15h – México x Nova Zelândia e na quinta-feira: 12h – Camarões x Austrália e 15h – Alemanha x Chile.
O NBB9 é de Bauru. Sábado, no Ginásio Gigantão, em Araraquara, a equipe do interior paulista venceu o Jogo 5 das finais contra o Paulistano por 92 a 73, e conquistou o inédito título da maior competição de basquete do país. Depois de dois vice-campeonatos seguidos – ambos com derrota para o Flamengo –, Bauru se tornou a terceira equipe a se sagrar campeã do NBB. Os rubro-negros têm cinco títulos, e Brasília tem três.
Após perder os dois primeiros jogos na série, Bauru venceu três jogos seguidos para ficar com o título e se tornou a primeira equipe a vencer as finais do NBB depois de ter 2 x 0 de desvantagem. Esta foi também a segunda virada seguida, já que na semifinal diante do Pinheiros o cenário foi idêntico. Para sair vencedor na partida decisiva, Bauru ficou praticamente o tempo todo na liderança.
Campeão pela quarta vez na carreira, Alex Garcia faturou o prêmio de MVP das finais pela primeira vez. O “Brabo” registrou 24 pontos, cinco rebotes e três assistências. Shilton teve mais uma grande atuação e foi outro nome fundamental para a vitória bauruense no Jogo 5. O pivô contribuiu com um duplo-duplo de 16 pontos e 10 rebotes e se sagrou campeão pela terceira vez na carreira. Parabéns aos rio-clarenses Valtinho e Bruno.
Com um elenco de média de 21,9 anos, o Paulistano se tornou a mais jovem equipe a disputar as finais. O clube da capital paulista ficou com o vice-campeonato pela segunda vez – o outro foi na temporada 2013/2014, com derrota para o Flamengo na decisão.
A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou ontem o calendário preliminar do Mundial de Fórmula 1 de 2018. A temporada terá 21 provas, com início no dia 25 de março em Melbourne, na Austrália, e término em 25 de novembro, no circuito de Yas Marina, em Abu Dhabi. O GP do Brasil, em Interlagos, será o penúltimo do calendário, no dia 11 de novembro. O número de provas iguala o recorde de 2016.
Após atualização do ranking mundial da ATP, Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva subiram posições e seguem como os números 1 e 2 do Brasil. Bellucci ganhou cinco posições e agora é o 52º do mundo. Já Rogerinho atingiu seu melhor posto no ranking, ganhando quatro posições. Com isso, é 68º. Thiago Monteiro por sua vez, perdeu duas posições e ficou em 98º.
Curiosidade do dia: A primeira partida de futebol transmitida ao vivo no mundo pela televisão foi no dia 15 de novembro de 1936, quando a TV Alemã transmitiu o empate por 2 a 2 entre Alemanha e Itália, num jogo amistoso realizado em Berlim.

Traficante de drogas é preso pela polícia militar em Rio Claro

Durante patrulhamento no Jardim Novo I, os policiais avistaram uma pessoa em atitude suspeita, a qual ao visualizar a viatura, empreendeu fuga, sendo acompanhado e detido, e após realizarem os procedimentos de busca foram localizadas 138 pedras de crack, 87 porções de cocaína, 18 porções de maconha e a quantia de R$ 40,00. Na sequência o traficante foi conduzido ao Plantão Policial, onde foi realizado o registro da ocorrência, sendo encaminhado ao presídio, permanecendo à disposição da justiça.

Guarda Civil com equipe Canil apreendeu menor com drogas

Ao realizar a abordagem, tratava-se de W. G. G. de apenas 14 anos, em sua posse foi localizada a quantia de R$ 30,00 em espécie, indagado a respeito, confessou aos Guardas que estava vendendo entorpecentes também indicou onde eles estavam. Foram localizados 24 eppendorfs contendo cocaína e mais uma nota de 10 Reais.
O fato foi apresentado no plantão de polícia, registrados BO/PC N° 6181/2017 e RO/GCM N° 1063/2017 – Ato Infracional / Tráfico de Entorpecentes. O menor foi ouvido e liberado na presença de sua genitora.

O necessário ajuste das bitolas

Colocar o Brasil nos trilhos envolve vários fatores. Um dos mais importantes é a escolha correta da “bitola” e sua padronização, a fim de garantir que o fluxo do que é transportado seja mais rápido, dinâmico e seguro.
No último ano, tivemos avanços expressivos na uniformização das medidas, com a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que limitou os gastos públicos, a regulamentação da terceirização, o encaminhamento das reformas trabalhista e previdenciária, o controle da inflação e o firme combate às práticas de corrupção nas esferas pública e privada.
Mesmo sem ter finalizado todas as obras de adequação das “bitolas”, a economia brasileira já sentiu o impacto: o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu 1% no primeiro trimestre deste ano em relação ao quarto trimestre de 2016, encerrando um ciclo de oito quedas trimestrais consecutivas e apontando o fim da recessão; a taxa de juros básicos está em 10,25%, a menor taxa desde dezembro/2013, a taxa de inflação do período (IPCA-IBGE) apresentou a menor variação para um primeiro trimestre do ano desde 1994: + 0,96%.
Com tudo isso, os pequenos negócios, maiores geradores de empregos da atualidade, voltaram a operar no azul. De acordo com os dados do Sebrae-SP, no primeiro trimestre de 2017 os 3 milhões de pequenos negócios paulistas registraram aumento de 3% no faturamento real, quebrando uma série de 11 trimestres de queda consecutiva no faturamento real. As micro e pequenas empresas de serviços e de comercio puxaram esta retomada, com aumento de 6,9% e 3,5%, respectivamente. As indústrias de pequeno porte ainda estão sofrendo os justes e apresentaram, no período, queda de 10,3% da receita.
Tais resultados confirmam que a economia está em processo de retomada, como esperávamos. Mas também indicam que o crescimento pode ser mais expressivo, tirando do Brasil do patamar modesto em que se encontra.  É hora de os trens andarem a uma velocidade mais compatível à nossa necessidade de arrancada.

Para entrar definitivamente nos trilhos, será preciso finalizar, rapidamente, a padronização das bitolas que ainda impedem a movimentação sem paradas, com os bancos voltando a expandir o crédito para o setor produtivo, o Congresso Nacional aprovando os novos modelos de relações trabalhista e previdenciária e colocando em pauta a reforma política, além de reduzir ainda mais os gargalos que prejudicam a competitividade de nossas empresas, como a taxa de juros básicos  e os excessos tributários e burocráticos.
Mais que números e taxas relevantes de desempenho, tais mudanças estruturais vão deixar o caminho livre para que iniciativas como as do Ricardo Azevedo, da empresa Minitrat, que produz estações de estação de tratamento de esgoto ultracompacta, de alto desempenho e baixo custo, do Thiago Jucá, da Protesis, startup que produz próteses impressas em 3D, a preço cinco vezes mais baixos que os do mercado, e  do Paulo Soares, da Ferrari Courrier, que com sua bike saiu da informalidade e está expandindo seu modelo de negócios de entregas sustentáveis, se multipliquem exponencialmente gerando não só produtos e serviços de excelência, mas também novas e melhores oportunidades de trabalho, amplamente conectadas com as necessidades da 4ª revolução industrial.
Podemos (e temos) que sair do estágio letárgico para figurar entre os principais players deste mundo novo; basta querer, basta ajustar as “bitolas”
Paulo Skaf
Presidente do SEBRAE-SP

América Latina mais justa

Brasil. Vinte anos passaram desde o início da organização TECHO (TETO) no Chile, até sua expansão em 19 países da América Latina. Desde então, mais de um milhão de voluntários se comprometeram com a realidade das favelas mais precárias e trabalharam em conjunto com seus moradores e moradoras em projetos de construção de moradias mais dignas, infraestrutura comunitária, educação e desenvolvimento social.

“É muito valioso reconhecer que esta é uma organização construída fundamentalmente pelo trabalho conjunto entre jovens voluntários e pessoas que vivem nas favelas de diversos países, que assumiram a realidade local e latinoamericana como uma responsabilidade própria. Que traduziram sua indignação em compromisso e esse compromisso foi transformado em ações dentro e fora do TECHO (TETO)”, conta Laura Sánchez, diretora de Equipes do TECHO Internacional.

Segundo a ONU, o número atual de 106 milhões de jovens na América Latina é um dos maiores da história do continente. Para Laura, isto constitui uma oportunidade histórica. “Estamos em um momento crítico, com cenários incertos, em uma América Latina que se reconhece como a região mais desconfiada e desigual do mundo. Por isso, é fundamental que a juventude assuma o voluntariado, acima de tudo, como um exercício de cidadania para reconstruir nossos tecidos sociais e poder ser protagonista no destino de nossos países”, afirma.

De acordo com dados latinoamericanos da organização TECHO (TETO), 59% das pessoas que participaram das atividades da organização são mulheres; 16% do total dos voluntários têm entre 15 e 20 anos e 61% entre 21 e 29 anos. “Em momentos em que se retomam discursos que apontam para um fechamento de portas, é chave afirmar que nossos países já estão em permanente diálogo por meio das próprias pessoas que se movem, buscando exercer seus direitos e construir a sociedade que sonha. O voluntariado desconhece fronteiras e organizações como o TECHO (TETO) são frutos dessa realidade”, conclui Laura.

Sobre o TETO
TETO é uma organização presente na América Latina e Caribe que busca superar a situação de pobreza em que vivem milhões de pessoas nas favelas mais precárias, por meio do engajamento comunitário e mobilização de jovens voluntários. Com a implementação de um modelo de intervenção focado no trabalho lado a lado com moradores de comunidades, o TETO busca construir moradias mais dignas, promover a educação de crianças por meio de oficinas de leitura, e envolver toda comunidade em projetos de melhoria para seus bairros.
O TETO está presente em 19 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai, Nicarágua, República Dominicana e Venezuela. Há 10 anos no Brasil, a organização já trabalhou em mais de 115 comunidades, construiu mais de 3.000 casas emergenciais, desenvolveu 30 projetos comunitários e mobilizou mais de 40 mil voluntários.

CCJ intensifica análise de projetos em trâmite na Câmara

Responsável por examinar a constitucionalidade e emitir parecer sobre o aspecto legal dos projetos de lei que tramitam na Câmara Municipal de Rio Claro, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) desempenha um papel determinante nas deliberações que precedem a discussão e votação das matérias pelo plenário da Casa.

Presidida pelo vereador Val Demarchi (DEM), a CCJ se reúne semanalmente às quartas-feiras e é composta também pelos vereadores Paulo Guedes (PSDB) e Rafael Andreeta (PTB), que atuam como relator e membro, respectivamente.

Vários projetos estão sendo objeto de análise pela CCJ. Entre eles, dois que tratam de matérias semelhantes: o uso de fogos de artifícios, característicos em eventos e comemorações, em especial nos festejos juninos e de final de ano.

O projeto de lei 50/2016, da vereadora Maria do Carmo Guilherme (PMDB) dispõe sobre o uso de fogos de artifícios silenciosos em eventos públicos e particulares realizados no município. Já o projeto de lei 11/2017, de autoria do vereador Júlio Lopes (PP), proíbe a queima e soltura de fogos de artifício com estouros e estampidos.

Entre os projetos de lei aprovados recentemente pela CCJ estão o de nº 48/2017, que versa sobre a proibição de animais de grande porte circular soltos pelas vias do município, e o de nº 58/ 2017 que autoriza o Poder Executivo a conceder permissão de uso à iniciativa privada para instalação, manutenção e exploração publicitária para as placas indicativas, de nomes de ruas, avenidas e praças de Rio Claro. O primeiro é de autoria do vereador Ney Paiva (DEM) e o segundo, de Júlio Lopes.

Comissões permanentes
Além da CCJ, a Câmara de Rio Claro possui outras seis comissões permanentes: Acompanhamento da Execução Orçamentária e Finanças; Planejamento, Desenvolvimento Urbano, Política Urbana e Rural e Meio Ambiente; Administração Pública; Políticas Públicas; Defesa dos Direitos da Pessoa Humana; e Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente.
No início de cada ano legislativo, uma nova eleição acontece para escolha dos integrantes dessas comissões. Na sequência, entre os três escolhidos de cada comissão são definidos o presidente, o relator e o membro.
São várias as responsabilidades legais das comissões. Além de analisar, discutir e votar o parecer sobre as proposições, elas podem realizar reuniões e audiências públicas com entidades da sociedade civil, convocar secretários, dirigentes ou qualquer servidor público municipal para prestar esclarecimentos e receber representações ou reclamações contra atos ou omissões das autoridades públicas.
Os parlamentares podem também promover seminários e conferências sobre assuntos relativos a seu âmbito de atuação e elaborar proposições de interesse público solicitadas pela comunidade.

O SINO DA MINHA ALDEIA

(x) JUAREZ ALVARENGA

É meia noite o sino da minha aldeia bate. A cidade
descansa da realidade. Vou até a cozinha e bebo um TODDY. A noite está
distante da manhã, mas já penso nas varredeiras de ruas. É minha cidade um
paraíso noturno.

Tento numa analise poética e real retratar. Vejo
os meninos ir para o grupo. Os comerciantes abrirem seus restabelecimentos.
Os fazendeiros partirem para suas fazendas. Lembro do Pedro que não sabem
distinguir os dias da semana, mas é bastante inteligente para ser feliz.
Recordo do Lúcio o intelectual sem faculdade. Compartilho com o Zeca o
Jornaleiro da cidade ou melhor, o político, pois tem penetração nas várias
facções da sociedade. Penso nas novas burguesas universitárias que vem
passar férias na sua fazenda e em vez de trazer livro de cálculo traz o novo
lançamento Lygia Fagundes Telles. Elogio o Ademar que passou em primeiro
lugar no concurso de Promotor sem tradição intelectual.

O sino da minha aldeia é agudo e profundo.
Bonito e verdadeiro. Simétrico e poético. Gosto de ouvir bater e entender
sua lógica. Caminhar o dia com determinação e esperar a noite com alegria.

O sino de minha aldeia é sintoma de felicidade.
É o lago onde vemos no fundo a alegria de viver.

O sino da minha aldeia é novela das seis nos
meus ouvidos. É realidade suave e branda. É uma poesia em forma de lances
mirabolantes.

Bate o dia inteiro e seu ego é uma música
distante. É felicidade atingível e bem perto de mim.

A lógica do Estado deve prevalecer sobre a justiça?

Recentemente, dois juristas, Cláudio Fonteles e Marcelo Neves, solicitaram o pedido de impeachment de Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral. Sem sombra de dúvida, apesar de certos polêmicos episódios anteriores, o que impeliu tais juristas a uma atitude tão drástica tem a ver com a atuação de Gilmar Mendes no julgamento da cassação da chapa Dilma/Temer.
Talvez com a melhor das intenções, no referido julgamento, o ministro Gilmar Mendes colocou acima de tudo a lógica da manutenção da ordem e do Estado constituído acima da lei. O seu voto de minerva, previsível, não quis se ater ao óbvio, diante de provas incontestáveis, tudo em nome da valorização da paz provisória, interpretando pessoalmente a legislação eleitoral que deveria ter sido aplicada no caso específico.
O caso mostra mais uma vez a elasticidade das leis que podem ser interpretadas de acordo com uma visão muitas vezes pré-concebida, atendendo a pressões de vários lados, frequentemente justificável em nome da ordem estabelecida.
Gilmar Mendes comportou-se como o médico que, após solicitar exames do seu paciente, busca consolá-lo em face aos índices possivelmente muito acima ou abaixo dos padrões estabelecidos, asserindo que se trata sempre de uma perspectiva de interpretação que pode ser múltipla, sujeita a comparações matemáticas entre índices e curvas de complicados gráficos, variáveis de acordo com cada pessoa ou ao menos de acordo com cada grupo formado por idades ou fatores de risco semelhantes. Em poucas palavras, pouco ou nada há de preciso em tais resultados de análises laboratoriais.
Pois bem, o “analista” e juiz Gilmar Mendes fez prevalecer a sua leitura dos fatos, muito mais baseada no ditado popular “é inútil chorar sobre leite derramado” do que no outro, igualmente na boca do povo, “antes tarde do que nunca”. O leite já foi derramado, mas ainda é possível fazer a limpeza com um bom pano úmido e um pouco de detergente, para não deixar marcas de gordura.
Realmente, a impugnação da candidatura Dilma/Temer deveria ter ocorrido antes mesmo que eles fossem eleitos, mas, considerando-se a tradicional lentidão na apuração dos fatos e, sobretudo, na emissão da sentença final, perdeu-se uma oportunidade única e histórica de consertar erros do recente passado político cujos malefícios repercutem no atual momento, no bolso dos consumidores, na falta de oportunidades de emprego e, enfim, na crise moral-política-econômica que insiste em permanecer no país.
Também não concordo com a tese defendida pelo ilustre juiz de que, apesar da evidência de financiamentos ilícitos, é preciso relevar o perigo de, num espaço de pouco mais de um ano, destituir dois chefes de Estado. É muito perigoso abrir precedentes em casos do gênero, pois pode dar a impressão que não existe verdadeira independência entre os três poderes. Se há provas claras do financiamento ilícito, não há nada, nem mesmo o agravamento da crise política que poderia decorrer da cassação do mandato de Temer, que possa justificar a absolvição do vice-presidente em exercício, ao menos no caso em questão.
Só há verdadeira democracia quando as decisões tomadas, em todas as instâncias e por todos os poderes, são fundamentadas na legalidade, nunca cedendo a pressões de políticos ou lobistas, tampouco a possíveis apelos à governabilidade ou a previsões catastrofistas de caos social. Vamos ao encontro do caos quando esquecemos, ainda que momentaneamente, a indissociabilidade entre o respeito pelo voto popular e o respeito pela aplicação das leis. Quem elegeu não sabia que estava escolhendo uma candidatura financiada com dinheiro da corrupção. No entanto, uma vez que, após a apuração dos fatos, constatou-se a ilegitimidade de todo o processo que levou Dilma e Temer ao poder, não há motivos para continuar insistindo numa lógica de defesa do Estado que não se coaduna com a rígida aplicação das leis!
Sérgio Mauro é professor da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp de Araraquara.

REINO DE DEUS

Ana Lucia Missaglia Guanieri
“…se ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, sereis para mim a porção escolhida dentre todos os povos, porque minha é toda a terra” (Êx., 19, 2-6ª).
****************************
“Por ele, Nosso Senhor, é que, desde já, no tempo presente, recebemos a redenção”(Rm5,6-11).
***************************
“Não deveis ir aonde moram os pagãos. (…) Em vosso caminho (disse o Senhor aos Apóstolos) anunciai: O REINO DE DEUS ESTÁ PRÓXIMO”(Mt 9, 16-10,8).
**************************
As citações acima fazem parte dos Santos Evangelhos e encontram-se no folheto Deus Conosco do último Domingo (18-06- 2017).
Uma breve revisão sobre as últimas “manchetes” já nos propõe refletir sobre o Reino de Deus numa terra apocalíptica.
“As instituições são aquelas instâncias que barram as trans-formações. Os muros barram as trans-formações. São formações mas não tem nada de trans”. Vivian de Jesus Correia e Silva, Doutoranda, Mestra e Bacharela em Psicologia da UNESP, em artigo publicado pelo “Diário do Rio Claro”, 23 de Maio/ 2017.
“Eles já nos enganaram. Agora caiu a máscara do Judiciário. – A quem recorreremos? Eles vão até cansar (de tantas más notícias) e, anestesiados, já não se busca nem se age. (Recente comunicação do Prof. Mario Sergio Cortella, pelas redes).
“Um dos efeitos da guerra diabólica (física e psíquica) é anular o mérito dos que lutam pela paz.—Qual é a Medicina que pode curar um coração infeliz? (E pessoas, na multidão, respondem: o Amor). – Bravo! Bravo! Mais forte!”( Papa Francisco em sua fala da última homilia aos jovens).
Essas “frases” – referentes aos Evangelhos e as anotadas como exemplos de últimas “manchetes” — não são meras frases sem conteúdo ou simples informações acumulativas sem efeito, mas são consequências de fatos históricos, deixando, cada vez mais escancaradas, as portas que conduzem ao Reino de Deus, ou ao inferno: é a pressa do Apocalipse, que aponta o Brasil como o quarto país mais rico do mundo, onde o dinheiro nunca chega até o povo, porque está nas mãos dos que rejeitaram o Dono da Terra. “Feliz a Nação cujo Deus é o SENHOR”, Sl 33,é o responsório do povo escolhido, lembrado pelo Padre da TVséc.21 (18/06/2017) como um convite a ajoelhar-se em sacos de milho para que não se tenha por insegurança a ausência do Pastor.
Já Prof. Mario Sergio Cortella afirma “o ser proprietário de pessoas” (escravidão) coisa de 40 anos atrás, porém, em suas visitas a pacientes de UTI, verificou que, junto aos médicos, suas súplicas, em caso de sobrevida, não eram para serem proprietários de duas ou três pessoas nem para acumular dinheiro mas, sim, para rever parentes, que não viam, há tempos, amar melhor a esposa, os filhos.(Isso nos remete à atitude de Alexandre, o Grande, que, em suas maiores conquistas de impérios de que nos dá notícia a História, pediu, ao morrer, que suas mãos fossem deixadas fora do caixão, mostrando que nada levava da existência. Certamente, como “caniço pensante”, ele teve consciência da transitoriedade do poder humano e da sua travessia, no gesto exemplar de deixar, aos futuros cúmplices da injustiça, os provocadores do Apocalipse, derradeira mensagem que entrou para a História).
O povo mais rico da Terra é o Judeu e, como seu descendente, o Cristo Senhor se apresenta como “mais que Salomão” e, como Filho de Deus, com poder para dividir o Seu Reino com quem quiser, notadamente, em sua justa e amorosa preferência, com os pobres.” Ai de vós, que vos fartais, porque tereis fome. Ai de vós,os que agora rides, porque vos lamentareis e chorareis”(Lc.6, 25). Nem as facilidades dos meios de comunicação, isentas de discriminação social, tais heranças evolutivas de Einstein, podem encobrir a dor dos nossos irmãos do Sul, desalojados pelas enxurradas, desassistidos do Governo, bem como as desgraças dos nossos conterrâneos de outros países, ainda em piores condições do que este. Terra amada, Brasil!” Nossos bosques têm mais vida, nossa vida, mais amores”, na eterna poesia de Gonçalves Dias, inspirador magnânimo das gerações futuras, que lutam pela VIDA.
O testamento do Senhor, como dono da terra (Isaías, 66) na hora da cruz, da partida definitiva ao Pai, foi: ‘Quando eu morrer, atrairei tudo a Mim”, prova do Seu Amor Infinito por toda humanidade.
Sem o Seu Amor, não nos conhecemos; sem o Seu Amor, não existimos por inteiro ou somos reconhecidos como somos (Francisco de Assis) nem nos alimentamos na Mesa farta, servida pelo Pai.
Sem o seu exemplo de Mestre , nossas “formações não tem nada de trans”( Vivian de Jesus Correia) não nos transformam para melhor; sem a Sua Justiça – “A quem recorreremos? “( Mario S. Cortella) não temos paz e, a Medicina para o coração infeliz, é o Amor (Papa Francisco) o Amor, que nos é dado pelo REINO DE DEUS, que ESTÁ PRÓXIMO, cujo “capital” é a fé, a fé, que é sempre certeza.