Rua M-13 recebe mão única de direção a partir desta 5º-feira

A Rua M-13 – que fica ao lado da Lagoa Seca em Rio Claro – terá mão única de direção a partir desta quinta-feira (25). A mudança será implanta no trecho entre as avenidas M-21 e M-19, bairro Cervezão.
O local que era mão dupla, passará a ter mão única de direção no sentido centro-bairro. A orientação da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana é para que os motoristas que trafegarem pela região redobrem a atenção e fiquem atento à mudança.  A alteração visa dar mais segurança a motoristas e pedestres e organizar o trânsito naquele local.
O trânsito do município tem recebido atenção especial da nova administração. Nesses cinco meses a prefeitura tornou mão única de direção as avenidas 50-A e 52-A, do bairro Vila Nova, a Rua 23 no bairro Jardim São Paulo; a Rua 15 entre a Via da Saudade e a Avenida 23, próximo ao velório; instalou semáforo de contagem regressiva na rotatória da Rua 14 com a Avenida Visconde do Rio Claro; tornou a Avenida 15 preferencial com a instalação de semáforos nos cruzamentos das ruas 6, 8 e 9; providenciou novos equipamentos na Avenida Tancredo Neves com a Rua 5, no Jardim Inocoop.
No cruzamento da Rua 8 com a Avenida 29, na região sul, oito semáforos para pedestres foram instalados para auxiliar a travessia no trecho. Também foram instalados ‘Direita livre’ na Avenida 7 no Jardim das Palmeiras e na Rua 3-A com a avenida 80-A, no Distrito Industrial.

Rua M - 13 ganha mão única de direção (2)

CEU Mãe Preta recebe shows do 1º Mix Cultural

Com quatro palcos e mais de 20 atrações, a prefeitura de Rio Claro realiza no sábado (27), das 16 horas às 21h30, o 1º Mix Cultural. No Centro de Artes e Esportes Unificado – CEU Mãe Preta, um dos palcos do evento, serão quatro apresentações musicais. Nos quatro palcos não será cobrado ingresso.
A partir das 16 horas haverá discotecagem de música jamaicana com 288 Crew, em seguida, às 17h15, NyaHcore leva ao público reggae. O soul music e break beats invade o palco às 18h30 com DJ Kamarão, MC e BBoys e BGirls. Às 20h começa a última apresentação, quando a Batucada Groove anima o público com soul e samba rock. Durante o evento haverá ainda grafite, patins e exposição de fotos.
“Para o evento, palco amplo, com área de 40 metros quadrados será montado na quadra coberta do CEU Mãe Preta, que terá também estrutura de som e iluminação”, observa Daniela Ferraz, secretária de Cultura.
O Mix Cultural terá outros três palcos no Casarão da Cultura, Jardim das Palmeiras e Lago Azul. A programação inclui atrações musicais para todos os gostos, desde música clássica, passando pelo sertanejo, pagode, soul, reggae, pop e rock. Os horários e locais das apresentações podem ser acessados no hotsite do Mix Cultural, no endereço cultura.rc.sp.gov.br/mixcultural.
O Mix Cultural tem apoio de Sustentare Saneamento, Rápido São Paulo, Lusitano, Projeto Guri, Sociedade Musical União dos Artistas Ferroviários (SMUAF), Enxuto Supermercados e Cebi Informática.

Musical Grease é sucesso absoluto!

Com direção e regência da professora de canto e maestrina Grazielle Tinós, o espetáculo baseado no musical Grease de 1971, contou com a brilhante participação dos adolescentes integrantes do Coral que cantaram, dançaram e atuaram arrancando aplausos da plateia durante os dois dias de espetáculo.
As apresentações que lotaram as cadeiras do teatro da cidade também arrecadaram meia tonelada de alimentos que serão doados para o Fundo Municipal de Solidariedade.

MUSICAL GREASE - GUARDA MIRIM (3) MUSICAL GREASE - GUARDA MIRIM (2)

Lâmpadas Led em novos empreendimentos

Com o objetivo de melhorar a eficiência, gerar economia e aumentar a sensação de segurança, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Rio Claro André Godoy (DEM) quer tornar obrigatório para os novos loteamentos e empreendimentos imobiliários no município a utilização de lâmpadas de LED (diodo emissor de luz) na rede de iluminação pública.

Pelo Projeto de Lei 91/2017 de sua autoria e que deu entrada na Câmara na sessão ordinária de segunda-feira (22), a medida compreende os equipamentos e aparelhos utilizados para realizar a iluminação de vias, logradouros e demais bens públicos, incluindo praças, parques, jardins e monumentos.

Em defesa da nova tecnologia, o vereador observa que o uso de LED na Iluminação pública já se consolida como uma tendência mundial devido a sua durabilidade e a economia relativa ao consumo de energia elétrica.

Na justificativa do projeto, o vereador salienta que uma lâmpada de LED de 4,5 Watts corresponde a uma lâmpada incandescente de 60 W, proporcionando, nesse caso, uma economia de 55,5 W/hora. Outra característica positiva destacada diz respeito à vida útil que pode chegar a mais de 50 mil horas, enquanto a incandescente chega a mil horas, a fluorescente tubular a 7 mil horas e a halógena a 3 mil horas.
PROJETO TORNA OBRIGATÓRIO LÂMPADAS DE LED - andre_jp_led (1)
Outra vantagem enfatizada por André Godoy, em relação às lâmpadas de LED, reside no fato de não possuir metais pesados em sua composição. “Deste modo não necessita de descarte especial, o que traz benefícios ao meio ambiente” – observa.

Testes
O uso de lâmpadas de LED já está em teste na rede de iluminação pública de Rio Claro, através de um projeto piloto instalada pela prefeitura em trecho da Avenida das Costas, próximo ao pontilhão na entrada do Jardim das Palmeiras. No local, seis lâmpadas de sódio de 250 watts de potência foram substituídas pelas de LED de 100 watts.

“Vamos fazer um teste para verificar a economia, eficiência energética e durabilidade das lâmpadas”, explicou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria na ocasião. “Se o resultado for positivo vamos usar as lâmpadas de LED em outros pontos da cidade e fazer a substituição gradativa conforme as possibilidades orçamentárias da prefeitura”, acrescentou.

Transporte coletivo de Rio Claro deve ser digital

Utilizar o avanço da tecnologia em prol da ampliação da qualidade do serviço prestado no transporte público coletivo. É com este objetivo que Ney Paiva (Democratas) entregou ao prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, na tarde de terça-feira, 23, a proposta que estabelece as diretrizes para a elaboração de projeto de lei que dispõe sobre a implantação de sistema que garanta a inclusão, a liberdade de locomoção e ampliação do acesso às informações do transporte utilizado diariamente por centenas de pessoas, incluindo idosos.
Participaram do encontro o vereador Yves Carbinatti (PPS) e assessores dos vereadores Val Demarchi (DEM) e Carol Gomes (PSDB). “Este projeto é dos vereadores. Ao melhorar as condições do usuário que utiliza o transporte coletivo vamos aumentar a segurança das pessoas que aguardam pelos ônibus nos pontos”, disse Juninho da Padaria. “O nosso compromisso é com a cidade. A Câmara, com esta proposta, mostra que está atenta às necessidades da população”, completou.
Ney Paiva, em contato com usuários do transporte coletivo, apurou que a maior reclamação ocorre pela incerteza que toma conta das pessoas que aguardam pela chegada do ônibus nos pontos. “Hoje, o usuário não tem escolha: fica no ponto até a chegada do circular sem saber o quanto tempo vai durar a espera. Temos de alterar esta situação”, sinaliza o parlamentar ao assinar a proposta.NEY PAIVA DEFENDE A UTILIZAÇÃO (2)
Na justificativa da proposta, o vereador observa que as informações em tempo real podem ser repassadas aos usuários do transporte coletivo através de aplicativo acionado via smartphones. “Ao abrir o app o passageiro é automaticamente posicionado no mapa da cidade onde pode selecionar o ponto desejado. Se preferir pode fazer busca por linha ou endereço. O sistema permite também consultar os horários e a localização dos ônibus a qualquer momento do dia ou da noite”, detalha.
Ao entregar a proposta ao prefeito Juninho da Padaria, Ney Paiva observou que o sistema é seguro, garante condição de mobilidade, liberdade de deslocamento e permite a inclusão de todos no transporte público coletivo.
A modernização do sistema de transporte já é realidade em várias cidades paulistas, pontua o parlamentar, ao citar São Carlos, Campinas, Ribeirão Preto, Santos, Curitiba e São Paulo como municípios que já adotam ferramentas digitais para facilitar a vida dos usuários. “Hoje, o número de pessoas que utiliza smartphones é significativo. Este equipamento faz parte do dia a dia da gente”, assinala.
No encerramento, o prefeito Juninho da Padaria solicitou à equipe do Gabinete do Executivo agendamento de reunião com vereadores e o secretário municipal de Segurança, Marco Antônio Bellagamba para que os procedimentos necessários à elaboração do projeto possam ser colocados em prática a curto prazo.

Líderes comunitários devem ser homenageados através de decreto

Trabalho voluntário que possibilita a um bairro ou região organizar prioridades e encaminhá-las aos órgãos competentes em busca de melhorias para a coletividade. A partir deste ponto, Luciano Bonsucesso (PR) apresentou Projetos de Decreto Legislativo que instituíram em Rio Claro homenagens aos líderes comunitários.
No primeiro deles, Luciano defendeu a criação do Dia do Líder Comunitário a ser comemorado anualmente em 5 de maio. Nessa data, explica o parlamentar, incluída no calendário oficial do município, estão previstas as realizações de palestras, encontros e outras atividades que visam fortalecer o movimento comunitário. O Decreto Legislativo número 523/17 foi assinado e publicado pela Mesa Diretora da Câmara Municipal no último dia 22.
Também neste mês, a Câmara Municipal promulgou o Decreto Legislativo 522/17 que institui em Rio Claro o Prêmio Líder Comunitário o qual será concedido a dirigentes de associações de moradores de bairros, de entidades, ONGs, bem como a cidadãos notadamente reconhecidos pelas suas comunidades como lideranças comunitárias. Luciano enfatiza esses são os abnegados que trabalham para o bem comum.
O Prêmio Líder Comunitário será concedido a 19 pessoas indicadas pelos vereadores. “O objetivo desta iniciativa é criar mecanismo legal para que o Legislativo possa homenagear pessoas que reservam parte do dia para trabalhar pelo bem coletivo”, comenta Luciano Bonsucesso ao agradecer os demais vereadores pelas votações unânimes no Plenário.
Na apresentação dos decretos, o vereador enfatiza que “o retorno ao regime democrático no Brasil e a carência de políticas públicas eficientes para promover o desenvolvimento social e econômico brasileiro de forma inclusiva, com redução das desigualdades regionais e sociais, proporcionaram o ressurgimento das lideranças comunitárias, com resultados positivos para a melhoria da qualidade de vida das comunidades”.

Rio Claro investe no ciclismo de base com o Projeto Pedalar

O trabalho de base desenvolvido em Rio Claro para o incentivo ao ciclismo ganha fôlego renovado com a nova etapa do Projeto Pedalar, desenvolvido pela Associação Beneficente de Esportes e Cultura de Rio Claro (Abec). Além do trabalho conjunto com a prefeitura, Unesp e empresas, a entidade está ampliando as opções de parceria por meio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte.
O novo Projeto Pedalar foi lançado terça-feira, 23, no Anfiteatro II da Central de Aulas da Unesp Bela Vista e ainda tem vagas abertas. As inscrições gratuitas são feitas na Secretaria Municipal de Esportes, ao lado do ginásio Felipe Karam (Rua 9, nº 1, Bairro do Estádio). Podem se inscrever jovens de sete a 17 anos. Para frequentar as aulas não é preciso ter bicicleta e nem equipamentos de segurança, que são fornecidos pelos organizadores. As atividades são realizadas na Unesp às terças e quintas-feiras, de manhã e à tarde.
Durante o lançamento do projeto na terça-feira o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, parabenizou os gestores do projeto, Natália Varela e Walter Hohne Junior, pelo empenho, além dos patrocinadores do projeto, pelo apoio. “Neste momento em que infelizmente perdemos muitos jovens para o vício, temos que investir cada vez mais no esporte”, afirmou Juninho ao enfatizar que no atual governo municipal a prioridade é a base. “O nosso secretário de Esporte Ronald Penteado tem visão para colocar o nosso programa de governo em prática, priorizando a base e ampliando espaços para nossas crianças e jovens. A conquista de troféus pouco vale se não for através dos nossos valores”, acrescentou.
Ronald Penteado destacou que o apoio da Setur, Unesp e da iniciativa privada reflete a seriedade do trabalho desenvolvido pela Abec. “Estamos diante de uma ação consistente que está alinhada com o nosso programa de governo, que prioriza investimentos nas crianças e jovens”, disse. “Vamos recuperar o tempo perdido. Rio Claro sempre foi um celeiro de craques e perdeu essa condição nos últimos anos. Agora, estamos retomando o foco”, frisou.
Representando a Câmara Municipal, o vereador Julio Lopes destacou a importância de um governo que “cuida das pessoas”. O parlamentar defendeu investimentos na base ao invés do município contratar atletas de fora para participar das competições. “Temos que trabalhar com as nossas crianças, jovens e adolescentes. A meta principal é contribuir para a formação de adultos conscientes, conquista de troféus é secundário”, disse.
O Projeto Pedalar tem atualmente cerca de 40 alunos e desenvolve o ciclismo como instrumento de transformação social. Proporciona noções de cidadania, trânsito, trabalho de equipe, socialização e cooperação, entre outros. Empresas interessadas em colaborar podem entrar em contato pelo e-mail abecrioclaro@hotmail.com.
Também participaram da cerimônia de lançamento do Projeto Pedalar Rosângela Surge, presidente da Abec; Natália Varela Gonzalez, gestora do Projeto Pedalar; Cláudio José Von Zuben, diretor do Instituto de Biociências da Unesp; Carlos Alberto Anaruma, chefe do Departamento de Educação Física da Unesp e os  vereadores Irander Augusto Lopes (PSB), Yves Carbinatti (PPS), Geraldo Voluntário (Democratas) e Adriano La Torre (PP).

RIO CLARO INVESTE NO CICLISMO (2)

Guardas Municipais recebem homenagem

A medalha Guarda Civil Municipal do Ano, que segue Decreto Legislativo de autoria do vereador Ruggero Seron, o Seron do Proerd, será entregue nesta quinta-feira, 25. A solenidade no Plenário da Câmara Municipal vai ter início às 19h30. O evento, enfatiza o parlamentar, tem como objetivo homenagear os profissionais que atuam na preservação do patrimônio público bem como na defesa da sociedade diariamente.
Neste ano, os guardas homenageados são os seguintes: Antônio Marcelo Tomazella, Cléber Eduardo Algarve, Djalma Borges, Emerson Schroder, Gilberto Moreno de Carvalho, Jônatas Rodrigues de Campos, João Sciuto, Luciene Cristina Cortes, Marcelo Alves Martins Eugênio, Osmar Fernando Erbetta, Pedro Paulo de Oliveira, Renata Cristina Marino, Ricardo de Palma, Silvio Batista Savoldi, Sidnei Baungartner Filho e Tatiane Cristina de Paula Brandão.

Ao entrar em campo ontem contra o Atlético Tucumán

No Allianz Parque, o veterano Zé Roberto, de 42 anos, tornou-se o segundo jogador mais velho a disputar uma partida de Taça Libertadores da América. Zé Roberto ficará atrás apenas do ex-atacante peruano Villanueva, escalado aos 43 anos pelo Sporting Cristal na década de 1960.
Chicão vai estar na Calçada da Fama do Corinthians. A informação é do jornalista Jorge Nicola, da Rádio Bandeirantes. O zagueiro atuou pelo Timão de 2008 a 2013 e ganhou oito títulos: Campeonato Brasileiro Série B em 2008; Campeonato Paulista de 2009 e 2013; Copa do Brasil de 2009; Campeonato Brasileiro de 2011; Taça Libertadores da América de 2012, Mundial de Clubes de 2012 e Recopa Sul-Americana de 2013.
Chicão será o 42º homenageado pelo Corinthians. Já ganharam essa honraria jogadores famosos que também brilharam com a camisa alvinegra, casos de Marcelinho Carioca, Neto, Vampeta, Rivellino, Wladimir, entre outros. Todos os homenageados recebem de presente uma carteirinha do Fiel Torcedor que permite entrada gratuita em todos os jogos no Itaquerão.
O zagueiro Balbuena teve diagnosticada uma lesão de grau um no músculo posterior da coxa direita. O paraguaio, que deixou a partida contra o Vitória machucado, passou por exames. Ainda não há previsão do tempo de recuperação. No domingo, o Timão enfrenta o Atlético/GO, às 16h, no Serra Dourada, pelo Campeonato Brasileiro. Convocado para defender o Paraguai no amistoso contra o Peru, no dia 8 de junho, Balbuena deve ser cortado da lista do técnico Francisco Arce.
Final feliz. Desta forma, o Atlético/MG fechou a contratação por empréstimo do meia Valdívia. Segundo informações, o Galo pagará cerca de R$ 1,5 milhão e o jogador ficará no clube até o final do Campeonato Mineiro de 2018. Seu passe está fixado em 15 milhões de euros.
Diagnosticado com uma lesão no músculo posterior da coxa direita, o meia Lucas Lima foi cortado pelo técnico Tite para os amistosos da Seleção Brasileira contra Argentina e Austrália, dias 9 e 13 de junho, respectivamente, em Melbourne.
A decisão foi tomada após contato com o departamento médico do Peixe. Lucas Lima, que se machucou no início da partida de sábado contra o Coritiba, na Vila Belmiro, tem 11 jogos e 2 gols pelo Brasil. O treinador não convocará um substituto para a vaga.
E o David Braz hein? Pegou gosto para marcar gols. Depois de dar a vitória ao Santos contra o Coritiba por 1 a 0, pelo Brasileirão, o becão balançou a rede mais duas vezes contra o Sporting Cristal, na Vila Belmiro. Sem se esforçar muito, o time praiano goleou os peruanos por 4 a 0, avançando invicto para a segunda fase da Taça Libertadores da América.
A Chapecoense por sua vez, conseguiu uma das vitórias mais espetaculares de sua história. Os catarinenses não se abateram com a punição da Conmebol e venceram o Zulia, da Venezuela, por 2 a 1, de virada. E os dois gols – marcados por Artur e Andrei Giorotto – surgiram nos acréscimos. De consolo, o time de Chapecó ganhou uma vaga na Copa Sul-Americana.
Morreu ontem aos 29 anos, o atacante Raphael Aguiar, vítima de câncer ósseo. O jogador, revelado pelo Atlético-MG, foi diagnosticado em 2014 com um tumor no joelho e encerrou a carreira após colocar uma prótese no local. Aguiar estava internado no Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte. O Galo lamentou a morte em suas redes sociais. O jogador passou também por Valério, Macaé e Guarani. Sepultamento acontece hoje em Divino de São Lourenço, no Espírito Santo.
Assisti a vitória do Guarani sobre o Figueirense por 2 a 0, terça-feira no Brinco de Ouro da Princesa. Estranho ver o estádio com portões fechados. O Bugre cumpre punição pelos incidentes contra o Boa Esporte na Série C do ano passado. Os gols do time campineiro foram marcados por Bruno Nazário e Caíque. No outro jogo que abriu a 3ª rodada, o CRB venceu o Santa Cruz por 1 a 0.
O zagueiro Felipe, que se destacou no Corinthians e fez um excelente Campeonato Português pelo Porto, está próximo de ser contratado pela Juventus da Itália. O time de Turim pode pagar cerca de R$ 110 milhões pelo becão. O Real Madrid também está de olho no defensor. O Timão, que terá uma parcela gorda do negócio, agradece.
Por outro lado, estava lendo sobre a situação de Gabigol na Inter de Milão. Que estorvo para o time italiano. Que bomba esse moleque. Em 10 jogos oficiais na Inter, Gabigol só disputou o equivalente a duas partidas completas. Isso sim que é negociação furada.
Bauru é o segundo finalista da temporada 2016/2017 do NBB9. Depois de perder os dois primeiros jogos da semifinal contra o EC Pinheiros, a equipe do técnico Demétrius Ferracciú decretou a virada impressionante ao vencer o Jogo 5, terça-feira, no Ginásio Panela de Pressão, por 66 a 60. Em sua terceira decisão de nacional seguida, os bauruenses enfrentarão o Paulistano.
Depois da heroica classificação à decisão, o Bauru terá seu primeiro compromisso das finais contra o Paulistano já neste sábado, às 14h, no Ginásio Antonio Prado Jr, em São Paulo, com transmissão ao vivo dos canais Band e SporTV.
Com uma atuação espetacular do armador Kyrie Irving – cestinha com 42 pontos – o Cleveland Cavaliers derrotou o Boston Celtics, no Quicken Loans Arena, por 112 a 99 e abriu 3 a 1 na série melhor de sete que decide o segundo finalista da NBA. O jogo 5 acontece hoje, às 21h30, desta vez no TD Garden, em Boston. Se vencer mais uma, o time de LeBron James encara o Golden State Warrios pela terceira vez seguida na grande final da liga americana de basquete. O time de Stephen Curry varreu o San Antonio Spurs por 4 a 0.
Curiosidade do dia: O primeiro Campeonato Carioca realizou-se em 1906, ou seja, quatro anos depois do Campeonato Paulista e o campeão daquele ano foi o Fluminense.

Casamento, Loteria ou Amor?

É incrível o número expressivo de casamentos que nos últimos tempos estão se destituindo. Uniões que não duram muita das vezes mais que um ano ou por incrível que pareça um semestre. Mas por que? O que está havendo? O casamento tornou-se sinônimo de loteria onde a sorte predomina ou ainda é algo regido e controlado pela força do amor?
Há casos de casamentos que duraram anos e anos, onde os cônjuges na fase de conhecimento namoraram e noivaram em questão de meses, por outro lado existem aqueles casamentos onde os cônjuges enquanto se conheciam namoraram e noivaram em tempo longo, aí então ao casarem-se a separação veio em questão de dias. Por que? O que acontece com as pessoas na questão de relacionamentos, para agirem dessa forma?
Parece que o casamento nos dias atuais perdeu a sua essência, onde o amor era o dominante como nos matrimônios antigos e passou a ter um caráter ligado a sorte, como nos jogos de loteria federal, já que casou-se com a pessoa certa? Felicidade! Não casou-se? Tristeza, decepção e logicamente separação!
Na verdade pelo que se entende, o casamento é nada mais nada menos do que uma junção de personalidades e é aí que o bicho-pega, pois é como os realitys-shows da televisão, Casa dos Artistas, Big-Brothers entre outros, onde os mesmos agrupam pessoas com personalidades totalmente diferenciadas uma das outras e as obrigam viver por um longo tempo juntas, aí é claro né! Conflitos, discussões, desentendimentos, inimizades passam a ser inevitáveis. O casamento não foge a regra, porém a obrigação de se viver juntos passar a ser definitiva, indeterminada e com ar de eternidade.
Por tal fato pode ser então que o casamento deixa de lado o fator amor e entra na questão sorte, loteria. Sim pois é no momento da vivência a dois que aqueles detalhinhos de nossa personalidade um pouco escondidos começam a aflorarem, aquele ladinho que o outro jamais imaginava que tínhamos. Um costuminho aqui, um habituzinho ali e assim vai, muitas coisas ocultas de nossa personalidade durante namoro e noivado começam a aparecerem.
Segundo a psicologia tal fato ocorre pela questão posse, como assim? Pois quando vivemos a fase de namoro e noivado, procuramos por questão do encanto que temos para com a outra pessoa, evitar demonstrar quem realmente somos, nossos defeitos relevantes, com intuito de não perder o (a) futuro (a) cônjuge. No casamento, já com tudo de maneira formal e concretizada, o sentimento de posse concluído dão a nós uma liberdade para apresentarmos ao outro nossa verdadeira faceta e nesses momentos de revelações a bomba relógio pode então começar a sua contagem regressiva, pois a decepção de ambas as partes inicia um incômodo e o desespero de estar preso a um casamento pressiona a cada minuto.
Analisando esse ponto, entra uma questão. Será que um namoro e noivado mais próximo, não evitaria um casamento de revelações indesejadas? A igreja logicamente condena esse tipo de aproximação, mas se analisarmos o tanto de casais que dentro de meses de namoro e noivado se casaram e hoje vivem a mercê de brigas, desentendimentos e principalmente dificuldades financeiras, se já não se separaram, começaremos então a pensar sobre essa questão.
Casamento não é uma brincadeira ou uma válvula de escape como muitos pensam para escaparem dos pais carrascos ou dos conflitos familiares. A união a dois é algo complexo e requer um planejamento calculado e uma estrutura fortalecida principalmente financeira, porque já dizia o ditado: “O dinheiro não entrou pela porta, o amor sairá pela janela”.
Ainda nos dias atuais diante a tantos fatores contrários, é possível sim viver um casamento brilhante, mas em meio a esse ponto fica a pergunta, casamento é sinônimo de loteria ou amor?

Autor: Douglas S. Nogueira
Técnico em Manutenção e Integrante das Associações Literárias de Santa Bárbara e Piracicaba – ACIBEL e CLIP
E-mail: douglas.dsts.nogueira@gmail.com
Blog: www.douglassnogueira.blogspot.com

JÓIA DA COROA

Alexandre Garcia
O último Ministro do Exército e ex-comandante da Força Terrestre, General Gleuber Vieira, hoje na reserva, me disse o outro dia que o Ensino é a jóia da coroa do Exército. Deduzo que graças a esse ensino que dá conhecimento e formação, a Instituição não se afeta pelas turbulências políticas e sociais do país e muito menos pela decadência moral que nos destrói. Um ensino sempre atualizado, moderno e firme, com princípios e disciplina – que, aliás, é condição para êxito em qualquer atividade humana.
Esse espírito está presente, entre outros e além dos quartéis, nos colégios militares, na preparatória de Campinas, na Academia Militar das Agulhas Negras, nos institutos como o Militar de Engenharia, o CEP(Centro de Estudos de Pessoal), as escolas de sargentos, a de Saúde, a de Administração, a de Aperfeiçoamento de Oficiais, a de Comando e Estado-maior, a Escola Superior de Guerra. Outro dia visitei a AMAN e fiquei encantado. Escolas de ponta e de excelência na formação. Basta ver os resultados das avaliações em escolas públicas; os jovens dos colégios militares estão sempre à frente. O mérito está presente sempre. Quem chega ao topo da carreira é porque é muito bom.
Isso se passa no mesmo Brasil que tem escolas públicas quase abandonadas, desde a municipal do ensino básico até a universidade federal – e a droga presente em todo currículo, tão atuante quanto a militância política-partidária docente. Os resultados, em geral, são sofríveis e medíocres. Pesquisa recente do Movimento Todos pela Educação, entre o ensino médio, com jovens de 15 a 19 anos, mostrou que a maior preocupação dos alunos não é estudar, como se espera, mas com segurança: 85,2% dos entrevistados responderam que a aspiração deles na escola é ter segurança. Com 81,3% das respostas, outro atributo relevante na escola é ter professores sempre presentes.
Segurança e professor presente é algo óbvio e uma necessidade inexistente no ensino militar brasileiro. Ou na escola pública do Uruguai, do Chile, de Portugal, só para citar alguns próximos na geografia e na cultura. A diferença acontece no mesmo país, com o mesmo povo brasileiro. Por que não é possível que o ensino público civil tenha as mesmas características do ensino público militar? Falta de vontade? Falta de percepção, preguiça, ou intuito deliberado de não combater a ignorância para convencer mais facilmente o eleitor? Se o ensino fosse a jóia da coroa do Brasil, seríamos um país com o mesmo cerne da instituição militar, a mesma força moral. O índice de confiança da Fundação Getúlio Vargas aponta as Forças Armadas em primeiro lugar. Será por quê? A resposta é: o Ensino que as forma.

Temer luta na guerra errada

Carlos Brickmann

Quando Bill Clinton desafiava o prestigiado presidente George Bush (o pai), amplamente vitorioso na guerra contra o Iraque, seu marqueteiro James Carville repetiu até ser ouvido: “É a economia estúpido”. Bush era popular, mas o desemprego era grande e a economia americana ia mal das pernas. Clinton espalhou pelo país seu slogan: “Saddam Hussein manteve o emprego. E você?” Ganhou – e garantiu ao país oito anos de crescimento.
Temer tenta usar o mesmo argumento no Brasil: enquanto se discutem problemas políticos e criminais, a economia volta lentamente a crescer, a inflação caiu abaixo dos 4,5% anuais fixados pelo Governo, as exportações voltam a superar as importações. Mas, como lembrava o primeiro-ministro francês na época da 1ª Guerra Mundial, Georges Clemenceau, o principal erro dos comandantes é lutar numa guerra com as táticas que deram certo na guerra anterior, e já estão superadas. Temer acha que vai ganhar a guerra apresentando bom desempenho econômico. Não vai: nesta luta pelo poder, a guerra não é econômica e o slogan é outro. “É a política, estúpido”.
Temer perdeu um partido médio, o PSB. Seu PMDB está rachado, e a Renan Calheiros o quer com uma estaca de madeira cravada no peito. PSDB e DEM balançam, embora prometam apoio (o presidente nacional tucano, Tasso Jereissati, tem até o nome de seu ministro da Fazenda caso vá para o lugar de Temer: em vez de Meirelles, Armínio Fraga. É o jogo.
Prósperas…
Delação premiada não significa perdão total aos dedos-duros. Nem é feita para atingir um só alvo. Na delação premiada, o delator confessa os crimes que cometeu e indica, com provas, seus companheiros de malfeitos. Vale para todos, não apenas para um dos times. Joesley disse a Temer na gravação, que tinha boas relações com a imprensa e por isso estava livre do noticiário dos avanços da Lava Jato. O fato é que um dos delatores da JBS acusou o jornalista Cláudio Humberto de ter extorquido da empresa R$ 18 mil mensais, para poupá-la em suas publicações. Cláudio Humberto informou que tem um contrato de publicidade com a JBS, neste valor, assinado, registrado e com os impostos devidamente recolhidos. OK, que se investigue o caso (embora sem o foguetório que os inimigos de Cláudio Humberto vêm fazendo). E se investigue também como é que um jornalista, que fazia campanha pública contra Lula na TV, de repente mudou de lado e, sempre na TV, passou a defensor radical de Lula, Dilma e do PT). Como é que outro jornalista enriqueceu ao criar uma espécie de Diário Oficial do PT na Internet. Tem mais, e tem dos dois lados.
…notícias
Um dos empresários mais competentes que este colunista conheceu costumava dizer, quando lhe diziam que alguém enriqueceu honestamente, que “ninguém enriquece honestamente”. Em seguida, ria muito. Ele era empresário, tinha enriquecido e sabia direitinho como o mundo funcionava. E acreditaria menos ainda se lhe dissessem que um grupo empresarial enriquecera honesta e rapidamente, tendo acesso a gordos cofres públicos.
Religião atacada
Aonde vai a barbárie: uma linda canção cristã, Amazing Grace, de John Newton,é espalhada na Internet com uma letra falsa, de Marcos Borkowski, louvando guerras e combates e terminando com um apelo à intervenção constitucional no Brasil, seja lá isso o que for. http://wp.me/p6GVg3-3oA
Ninguém é santo
Comentário de Sérgio Fadul, diretor da Sucursal de O Globo em Brasília: “Joesley preparou uma armadilha e Temer caiu. Não há inocentes nessa conversa. Ali, quem falou sabia o que estava falando, para quem estava falando e por que estava falando. Joesley não queria Justiça, queria arrumar um cúmplice e conseguiu. Para o presidente, político experiente e profundo conhecedor das normas legais, o tom de informalismo que tenta dar ao encontro não combina com a imagem que construiu de homem público cioso dos protocolos de postura. Ali, na conversa, ficam expostos os ‘usos e costumes’ que comandam a política e alguns empresários.”
Não dá vontade de ter assinado este comentário?
Ponto final?
Um dos alvos mais resistentes do Ministério Público sofreu dura derrota: Paulo Maluf foi condenado pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal, por 4×1, por lavagem de dinheiro. Pena: 7 anos, 9 meses e dez dias de prisão em regime fechado. O único a votar contra foi Marco Aurélio Mello, para quem o crime atribuído a Maluf prescreveu. Maluf foi acusado de lavar dinheiro desviado da Prefeitura de SP entre 1993 e 1996.
COMENTE: carlos@brickmann.com.br
Twitter: @CarlosBrickmann