Horta Municipal começa a produzir para famílias carentes

A mesa de centenas de famílias carentes de Rio Claro será enriquecida com alimentos produzidos na Horta Municipal.  Após realizar limpeza no terreno e preparação dos canteiros, a atual administração fez o plantio de hortaliças no local e, na manhã de quinta-feira (6) foi realizada a primeira colheita da horta.
Alface, couve, chicória e repolho estão entre os itens deste primeiro plantio, que foi todo destinado ao Fundo Social de Solidariedade do Município. A presidente da entidade, Paula Silveira Costa, recebeu a doação. “Os alimentos serão utilizados no atendimento a famílias de baixa renda”, observou.HORTA MUNICIPAL COMEÇA A PRODUZIR (2)
“A quantidade não é muito grande, porém a intenção é que o plantio seja ampliado e em breve os canteiros devem receber beterraba, berinjela, cenoura e abobrinha italiana”, observa Emílio Cerri, secretário de Agricultura.
Sérgio Litholdo, diretor municipal de Silvicultura, explica que a cada semana são incluídas cerca de 4.800 mudas de hortaliças no terreno. “Tudo com agricultura natural”, destaca.
“É muito satisfatório ver que um terreno que estava ocioso está sendo usado na produção de alimentos para famílias carentes”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. O vereador Paulo Guedes também acompanhou a colheita.
A horta, localizada ao lado da escola Agrícola, na estrada para Ajapi, ficou mais de oito meses desativada. O processo de recuperação começou logo na primeira semana de janeiro, assim que o atual governo municipal assumiu a prefeitura.
 

Vereadores unem forças para novos programas habitacionais    

Dispostos a fazer valer o peso de sua representatividade política junto ao Governo do Estado, os vereadores que integram a bancada do Democratas na Câmara Municipal de Rio Claro – a maior do Legislativo – participaram de audiência com o secretário estadual da Habitação Rodrigo Garcia, para o encaminhamento de uma série de reivindicações que têm por objetivo proporcionar melhor qualidade de vida a centenas de famílias através da implantação de novos programas habitacionais e da realização de melhorias nos já existentes no município.
 
Durante a audiência, foi proposta uma parceria entre a Secretaria Municipal de Habitação e a CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo, com o objetivo de incrementar as ações locais e, ao mesmo tempo, proporcionar o atendimento da microrregião de Rio Claro.
 
A necessidade de uma revitalização interna e externa do conjunto habitacional “CDHU do Santa Elisa”, incluindo reforma da quadra e da área de lazer, também fez parte das reivindicações encaminhadas ao secretário estadual que se prontificou, a pedido do líder da bancada vereador Val Demarchi, a dar atenção especial ao processo de regularização das casas no conjunto habitacional Oreste Armando Giovani e Parque Universitário.
 
“São mais de 750 famílias que esperam a pelo menos 15 anos para legalizar os seus imóveis, o que agora deve ganhar mais celeridade a partir do trabalho que está sendo feito pela prefeitura de Rio Claro em conjunto com o governo do estado por meio do programa Cidade Legal” – frisou Val.
 
Novos projetos
Entre as solicitações apresentadas para que Rio Claro seja contemplada por novas ações do Programa Habitacional do Estado de São Paulo, está a construção de 300 novas unidades para atender as famílias de baixa renda e a implantação do Programa Vila Dignidade, que prevê a construção de moradias especialmente adequadas ao atendimento da população idosa, hoje estimada em 24 mil pessoas no município.
 
Composta pelos vereadores André Godoy, Ruggero Seron, Val Demarchi, Ney Paiva e Geraldo Voluntário, a comitiva do Legislativo acompanhou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, além de contar com a intermediação do deputado estadual Aldo Demarchi, e a participação do secretário municipal de Habitação Anderson Golucci e do diretor municipal de regularização, Vinícius Pinheiro.

Novo Conselho Municipal do Idoso é empossado

O prefeito de Rio Claro, João Teixeira Júnior, o Juninho da Padaria, deu posse na terça-feira (18) aos novos membros do Conselho Municipal do Idoso para a gestão 2017/2018.
“Titularidade vem acompanhada de responsabilidade e estes conselheiros têm muito o que contribuir para as políticas públicas voltadas aos idosos”, destacou o prefeito Juninho. “Temos muito o que aprender com a experiência dos idosos”, finalizou.
O presidente do conselho na gestão 2015/2016, José Luiz Riani Costa, lembrou aos novos conselheiros da importância de participarem das reuniões realizadas pelo conselho e colocou-se à disposição para colaborar no que for possível.
“O conselho tem papel fundamental para a política municipal do idoso”, ressaltou Érica Belomi, secretária de Assistência Social.
Os 18 conselheiros nomeados já têm o primeiro compromisso agendado para o dia 26, quando será realizada a primeira reunião desta nova gestão. Participaram também da solenidade Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade, os vereadores Irander Augusto Lopes, Carol Gomes, Adriano La Torre e Rafael Andreeta, os secretários da administração municipal, Emilio Cerri e Adriano Moreira, e Mônica Ferreira, superintendente do Arquivo Público de Rio Claro, que presenteou os membros do conselho com cartões postais de Rio Claro.

Fórum debate economia solidária na terça-feira em Rio Claro

Rio Claro realizou Fórum Municipal de Economia Solidária na terça-feira (11), no Auditório 2 da Educação no Núcleo Administrativo Municipal. A abertura ocorreu as 13 horas e a atividade foi aberta ao público.
Durante o evento, os participantes conheceram um pouco mais sobre atividades relacionadas a economia solidária. Fabiana Heguis, presidenta do Conselho Municipal de Economia Solidária e Diretora do Departamento de Gestão dos Programas Complementares, realizou apresentação do Conselho Municipal de Economia Solidária. José Eduardo de Araujo levou ao público informações sobre o Banco Comunitário de São Carlos e  Marta Ceccato, vice-presidenta do Conselho Municipal de Economia Solidária e Empreendimento da Associação Fórum de Mulheres de Rio Claro Colmeia Azul, falou sobre o Cadastro de Empreendimentos Econômicos Solidários.
A programação incluiu ainda votação dos empreendedores solidários para eleger a Coordenação Executiva do Fórum Municipal e Regional de Rio Claro.

Empreendedores participam de Fórum de Economia Solidária

Empreendedores solidários participaram na terça-feira (11) de Fórum Municipal de Economia Solidária, em Rio Claro. “Pudemos discutir a economia solidária com os empreendedores para que sejam desenvolvidas ações visando o fortalecimento do programa”, destacou Fabiana Heguis, presidenta do Conselho Municipal de Economia Solidária e Diretora do Departamento de Gestão dos Programas Complementares, da Secretaria de Assistência Social.
Durante o evento, os participantes puderam conhecer um pouco mais sobre atividades relacionadas a economia solidária. A importância do Conselho Municipal de Economia Solidária foi um dos temas abordados no fórum, que também levou ao público informações sobre o Banco Comunitário de São Carlos e sobre o Cadastro de Empreendimentos Econômicos Solidários.
A atividade também marcou a eleição da nova Coordenação Executiva do Fórum Municipal e Regional de Rio Claro. “Este trabalho em conjunto é fundamental para que sejam apontadas e executadas melhorias para a economia solidária”, finaliza Fabiana.

Rio Claro quer unidades móveis para diminuir fila de espera na saúde 

A prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Saúde, publicou aviso de chamada pública para o credenciamento de entidades filantrópicas e empresas privadas interessadas em oferecer atendimento médico através de unidades móveis de saúde. Os serviços contratados serão pagos com base na tabela SUS (Sistema Único de Saúde). O objetivo da chamada é diminuir a lista de espera que tem 37 mil procedimentos a serem feitos, como consultas, exames (colonoscopia, endoscopia, ecocardiografia, mamografia etc), cirurgias de baixa e média complexidade, entre outros procedimentos.
A empresa que vencer da seleção irá prestar serviço por um prazo de 12 meses. Além dos procedimentos, a contratada também deverá realizar avaliação clínica dos pacientes e oferecer orientação médica pós-exame, orientação de enfermagem e orientação pré e pós-cirúrgica.
O secretário de Saúde, Djair Francisco, explica que as unidades móveis e modulares de atendimento médico ajudaram a diminuir as filas em algumas cidades brasileiras, a exemplo de São Paulo que há três gestões municipais utiliza com sucesso programas móveis como o Hora Certa, onde os pacientes são atendidos e recebem medicamentos gratuitamente. A meta de Rio Claro é realizar 1.300 procedimentos por mês nas unidades móveis. “Nossa preocupação é reduzir a fila de espera e ações como essa das unidades móveis têm se mostrado eficazes em grandes centros urbanos”, comenta Djair.
A chamada pública é o primeiro ato do “Pacto pela Saúde”, anunciado pela Fundação de Saúde no mês passado. O edital foi publicado no Diário Oficial do Município do dia 30 de março. As empresas interessadas em participar da seleção têm 30 dias, contados a partir data de publicação do edital, para a apresentarem a documentação necessária. O edital na íntegra pode ser consultado no site da prefeitura: www.rioclaro.sp.gov.br.

Sem estudar não vai dar

José Renato Nalini, secretário da Educação do Estado de São Paulo
      
A “internet das coisas” foi expressão que surgiu em 1999, na empresa Procter Gambles e que rapidamente mudou o mundo. É a conectividade entre aparelhos, instrumentos, roupas e, num futuro muito breve, o próprio corpo humano. Milhões de conexões já existem e, em 2020, calcula-se que os negócios delas resultantes atinjam alguns trilhões de dólares.
O campo mais fértil foi o da segurança. No mundo inseguro e de incertezas em que se vive, há natural preocupação com a garantia da própria vida e da incolumidade física. O primeiro uso da inteligência artificial foi a porta de entrada das residências. Ela já reconhece o dono ou os outros moradores pela digital, pela íris, pela voz. Em seguida, os veículos foram a “bola da vez”. Pensando na segurança das pessoas e no patrimônio em jogo, é possível acompanhar o trajeto de um carro com toda a segurança.
A entrega de produtos sensíveis também passou a merecer monitoramento contínuo. Medicamentos, valores, eletrônicos, tudo foi objeto de um aprimoramento dessa estratégia.
Mas as máquinas continuam a desenvolver sua inteligência artificial. Geladeiras já avisam o fornecedor de que falta um produto. Ele reabastece a casa automaticamente e debita a compra no cartão de crédito do adquirente.
        Aos poucos, teremos de nos acostumar com isso e portar chips em nosso próprio corpo. Os equipamentos se tornam a cada dia mais espertos e haverá a necessidade de acompanharmos esse desenvolvimento. Por isso é que o conselho que se pode oferecer às crianças e aos jovens é o de um estudo cada vez mais profundo. De pouco valerá a tecnologia se não houver um ser humano também preparado e pronto a realizar novas conexões, a encontrar finalidades para uma ciência que acelera as descobertas e aperfeiçoa uma tecnologia já disponível e cada vez mais sofisticada.
Precisamos de cientistas, de inventores, de empreendedores, de pessoas criativas e aptas encontrar alternativas que facilitem a vida e ao mesmo tempo sejam acessíveis a todos, não apenas aos privilegiados. Esse o desafio lançado para as novas gerações, que enfrentarão mais uma enorme questão: a maior parte das profissões hoje existentes desaparecerá nos próximos vinte anos. E daí? Os que tiverem estudado bastante não encontrarão dificuldades para uma subsistência digna. E esperamos sejam a imensa maioria.

PÁSCOA SOLIDÁRIA EM PROJETO SOCIAL DO BAIRRO JARDIM DAS FLORES

A Páscoa, por sua vez, é um período de renovar os sentimentos humanos e efetuarmos atitudes que expressem paz, solidariedade, bondade, e acreditar em um futuro com mais esperança, e passar esses valores para as crianças faz-se fundamental, pois elas serão os adultos do futuro.
Esta ação solidária de Páscoa faz parte de uma iniciativa de Educadores Ambientais, de valorizar os jovens e crianças deste projeto social, pelo comprometimento com as atividades, oficinas, e mutirões ambientais realizados no bairro.
Sobre esta ação solidária, segundo a coordenadora do Projeto Social, Bárbara, “os trabalhos na unidade fortalecem a integração em equipe, através de atividades educativas e recreativas em período inverso ao da escola, e toda ação ambiental que envolve as crianças, principalmente as do Projeto UMA, possibilita criar melhor identidade com o ambiente em que se vive, cuidando dele, garantindo um habitat saudável e de qualidade”.
Já o Educador Ambiental, Éder, afirma que “os jovens precisam de desafios, que façam com que eles se sintam importantes dentro da sociedade os quais estão inseridos, e os trabalhos com a equipe do Projeto UMA, permite esse envolvimento e participação, e queremos sempre fazer com que eles sejam reconhecidos pelas ações que desenvolvem então a distribuição de chocolates foi um gesto de solidariedade e de gratificação pelo envolvimento nos trabalhos”. No entanto vale destacar também, que os trabalhos (dinâmicas, teatros, oficinas) socioambientais desenvolvidas pelo Projeto UMA, bem como, as ações solidárias, principalmente esta da Páscoa, só se concretizam através da parceria com instituições, empresas e colegas que colaboram para que estas atividades se realizem. Dentre os parceiros estão: Fundo Social de Solidariedade; Colégio COC; Diário do Rio Claro; Sustentare Saneamento S/A; Ambientelix Serviços Ambientais; Churrascaria Caçador, Monely Calçados; Majestoso Salgados; Neide Modas, Tambores Ferrari; Sapataria Lago Azul; Cadmius Ambiental; Higilimp Produtos de Limpeza; PHD PUB; Escola PBF Inglês e Espanhol; Rápido São Paulo; Kata Entulho; Varussa Moveis Planejados , Perfil Optic e RTC Log.

Jovens do Projeto Social, do período da manhã, que receberam os Ovos de Páscoa
Jovens do Projeto Social, do período da manhã, que receberam os Ovos de Páscoa
Crianças do período da tarde2c felizes com os chocolates recebidos
Crianças do período da tarde2c felizes com os chocolates recebidos
Distribuição dos Ovos de Páscoa, pelos Educadores Ambientais
Distribuição dos Ovos de Páscoa, pelos Educadores Ambientais

Estados Unidos

E. Cortez
Os passeios de trem deixaram saudade em muitos brasileiros, em especial naqueles que, no Estado de São Paulo, desfrutaram dos áureos tempos da Cia Paulista de Estrada de Ferro – mais tarde Fepasa.
Para os saudosistas que visitam os Estados Unidos, a pequena cidade de North Conway, que fica no estado de New Hampshire, reserva uma boa surpresa.
Localizada a aproximadamente 2h30m de Boston, é um destino legal para quem quer sair do agito da cidade grande e curtir a natureza. E, mais ainda, para um agradável passeio de trem.
A estação fica no centrinho da vila, onde há uma praça, campo de futebol, lojas de souvenirs, cafés e até um pequeno cinema. Dentro da estação está obviamente a bilheteria para compra das passagens do trem. Mas, para garantir seu assento, é recomendável que se faça a compra antecipada por esse site, especialmente se você estiver por lá no outono, época que as árvores começam a mudar de cor e perder suas folhas e, portanto, o passeio é bastante procurado em razão do espetáculo proporcionado pela coloração variada da paisagem.
A ferrovia que passa por essa estação, chamada de Conway Scenic Railroad (estrada de ferro cênica), opera três diferentes passeios, com durações que variam de 1 hora a 5 horas e meia.

Cruzando rios e vales, passeio proporciona volta ao passado e paisagens sensacionais
Cruzando rios e vales, passeio proporciona volta ao passado e paisagens sensacionais

eua chamada de 1ª
Na categoria Valley Train estão as duas excursões mais curtas. A primeira com 55 minutos de duração e 18 quilômetros de estrada de ferro. Um passeio que percorre a região sul de North Conway e é ideal para quem só quer “dar uma voltinha” ou está acompanhado de crianças pequenas e/ou idosos. Os preços variam de $16.50 (vagão simples) a $36.50 (vagão com refeição incluída).
A segunda opção dura 1h e 20 minutos e tem 34 quilômetros. Esse percurso vai na direção norte, até a cidadezinha de Bartlett, com preços que começam em $27.50 (vagão simples) e vão até $68.50 (refeição incluída). Apesar de trajetos inversos, em ambos os passeios o trem fica na maior parte do tempo em meio à vegetação, em terreno plano, mas passa também por pequenas vilas de moradores, alguns rios e um resort/estação de esqui.
A outra categoria de trajeto é o Notch Train, com excursões que percorrem a histórica ferrovia Maine Central Railroad, inaugurada em 1870. Esse sim é o passeio panorâmico, pois passa por um relevo bem acidentado, com vales entre montanhas, rios, cachoeiras e cruza pontes suspensas, como a Willey Brook Brigde. O trajeto dura 5h e meia, vai até Crawford Notch e volta para North Conway. Por ser tão longo, tem duas paradas para os passageiros esticarem as pernas e conhecerem pequenas estações de trem do caminho.
Para essa opção, os tickets custam de $60 a $114 dólares por pessoa. Vale lembrar que os preços são para adultos. Crianças pagam um pouco menos.
Para os saudosistas, é também uma viagem ao passado! Pra quem nunca andou de trem, tenho certeza que o Valley Train já vai ser sensacional. A ferrovia é histórica, os vagões do trem são super antigos, então tudo isso torna a saga mais especial.

Polícia militar prende casal pela pratica de receptação e recupera motocicleta

Durante patrulhamento no Jardim Brasília, os policiais da equipe de ROCAM, avistaram algumas pessoas em atitudes suspeitas próximas de uma motocicleta, e após realizarem os procedimentos de busca e consultarem o emplacamento do veículo, constataram que as numerações do motor e chassi estavam suprimidas e que o emplacamento estava adulterado, verificando que o veículo se tratava de produto de furto. Indagada sobre a procedência do veículo uma mulher confessou que havia comprado de um dos outros abordados, o qual confirmou a venda da motocicleta.

Coluna Edmar Ferreira

A última rodada da Série A-2 será eletrizante no próximo domingo. Com a vitória do Guarani sobre o Barretos por 1 a 0, na segunda-feira, a classificação do G-4 ficou assim: 1) São Caetano 34, 2) Água Santa 32, 3) Rio Claro 30 e 4) Guarani 30. Mas chegam a última rodada também com chances de vaga: Bragantino 29, Batatais 28, Sertãozinho 27, Juventus 27 e Taubaté 27.
O Rio Claro só depende dele. Se vencer o Sertãozinho, domingo no Schmidtão, se classifica. Se empatar, terá que torcer para os rivais de baixo não chegarem aos 32 pontos. Se perder, a chance de ficar fora das semifinais é enorme. A Rádio Pimba transmitirá esta partida na íntegra através do: www.radiopimba.com. Vou narrar este jogão.
Já na parte debaixo da Série A-2, perigo para o Velo Clube. A vitória do Oeste diante da Portuguesa por 3 a 2, no Canindé, não estava nos planos e aumentou o risco de queda. Mas o Rubro-Verde depende apenas de si para escapar. Basta vencer. Se empatar, terá que torcer para que o XV não vença a Portuguesa. Já caíram: Capivariano, Mogi Mirim, Rio Preto e União Barbarense. Restam mais duas vagas.
Será que o Corinthians vencerá novamente por 1 a 0 no Itaquerão? Acredito que sim. O Timão recebe o Internacional/RS, às 21h45, na partida de volta da quarta fase da Copa do Brasil. No jogo de ida houve empate por 1 a 1. Fábio Carille repetirá a formação dos últimos jogos. A única dúvida é o meia Jadson, que sente dores no joelho direito.
Já o Inter/RS terá um desfalque considerável contra o Corinthians. O meia D’Alessandro sofreu uma lesão no tornozelo esquerdo e nem viajou com a delegação para São Paulo. O técnico Antônio Carlos Zago ainda não definiu os substituto, mas Valdívia deve ficar com a vaga. Outros três que ficam de fora do duelo são o lateral-esquerdo Carlinhos, que cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo, Edenilson e Seijas vetados.
O provável Colorado: Marcelo Lomba; Alemão, Léo Ortiz, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Charles, William e Valdívia (Roberson); Nico López e Brenner. Como empatou em 1 a 1 no Beira-Rio, o Inter precisará vencer ou empatar a partir do resultado de 2 a 2. Caso empate novamente em 1 a 1, a decisão será nos pênaltis.
Derrotado por 2 a 0 em pleno Morumbi no duelo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, o São Paulo precisa balançar as redes do Cruzeiro, hoje às 19h30, no Mineirão, para se manter na disputa pelo inédito título. E para encarar o desafio, o técnico Rogério Ceni conta com um artilheiro motivado e que vive grande fase na temporada: Gilberto.
Gilberto é o goleador do São Paulo em 2017, com 10 gols. O atacante ainda deu quatro assistências. É o jogador do elenco com maior participação direta em gols no ano: 15. Artilheiro do Campeonato Paulista, com 9 gols marcados, o centroavante está preparado para o embate com os cruzeirenses. O São Paulo precisa vencer os cruzeirenses por três gols de diferença. Em caso de triunfo por 2 a 0 (placar de ida), a decisão será nas penalidades máximas.
O Santos encara hoje o seu jogo mais complicado nesta primeira fase da Taça Libertadores da América. Enfrenta o Independiente Santa Fé, às 21h45, no Estádio El Campín, em Bogotá, na Colômbia. Sem Zeca (lesão no menisco lateral do joelho esquerdo) e Rodrigão (amidalite), o técnico Dorival Júnior contará com o retorno do goleiro Vanderlei, que ficou de fora dos dois primeiros jogos da Libertadores por causa de uma fratura do dedo anelar.
Assim, o Santos deve entrar em campo hoje com a seguinte formação: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Vitor Bueno, Ricardo Oliveira e Bruno Henrique. Com quatro pontos, o Santos lidera o Grupo 2 após duas rodadas, um de vantagem para o Independiente Santa Fé.
Outro brasileiro em campo hoje pela Libertadores é o Atlético/MG, que encara o Libertad, às 21h45, no Paraguai. Amanhã jogam Godoy Cruz e Sport Boys. Neste Grupo 6 a classificação está assim: 1) Atlético/MG e Godoy Cruz 4, 3) Libertad e Sport Boys 1. Hoje também: 19h30 – Estudiantes/ARG e Atlético Nacional/COL pelo grupo do Botafogo/RJ e às 21h – Zamora/VEN e Deportes Iquique/CHI pelo grupo do Grêmio.
Raphael Claus conduzirá Palmeiras e Ponte Preta, sábado às 19h, no Allianz Parque, enquanto Flávio Rodrigues de Souza apitará Corinthians x São Paulo, domingo às 16h, no Itaquerão. Luiz Flávio de Oliveira, Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, Vinícius Gonçalves Dias Araújo e Leandro Bizzio Marinho também participaram do sorteio da Comissão de Arbitragem. Já Alessandro Darcie conduzirá a final do Troféu Interior entre Ituano e Santo André.
O Supremo Tribunal Federal indeferiu, por 3 votos a 1, o recurso impetrado pelo Flamengo contestando a decisão da Justiça que apontou o Sport como único campeão brasileiro de 1987. Segundo o Globo Esporte, a decisão da Primeira Turma do STF novamente foi favorável aos pernambucanos. Desta vez, porém, é definitiva.
Não acredito que o Barcelona reverta o placar contra a Juventus de Turim, hoje às 15h45, no Camp Nou, pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. O raio não cairá no mesmo lugar duas vezes. O time italiano pegará a atuação do PSG como lição. No mesmo horário tem Monaco e Borussia Dortumund. No jogo de ida o time francês venceu por 3 a 2.
Mesmo com um baita time, com Nezinho, David Jackson, Bruno Fiorotto e Murilo, o Vasco da Gama foi eliminado no primeiro playoff do NBB9. O time de Dedé Barbosa, ex-Winner e Rio Claro, perdeu para o Pinheiros por 93 x 82, em São Paulo. Desta forma, o time paulista fechou a série melhor de cinco das oitavas de final em 3 a 2. O norte-americano Desmond Holloway fez chover, com incríveis 36 pontos. O adversário do Pinheiros nas quartas de final será o atual tetracampeão Flamengo.
Após perder a final do ATP 250 de Houston, nos Estados Unidos, Thomaz Bellucci subiu 12 posições no ranking da ATP. O brasileiro passou de 65º para 53º melhor do mundo. No domingo, Bellucci foi derrotado pelo norte-americano Steve Johnson, número 29, por 2 sets a 1, em 2h24, parciais de 6/4, 4/6 e 7/6 (7/5).
Curiosidade do dia: Todos se lembram do milésimo gol de Pelé de toda sua carreira. Mas, e o gol de nº 1.000 pelo Santos? Foi dia 9 de julho de 1972, quando o Peixe goleou a Universidade do México por 5 a 1, num jogo amistoso em São Francisco, nos EUA. Nesse jogo Pelé marcou dois gols e o primeiro foi o nº 1.000 pelo Peixe.

Vagas do PAT – terça feira – 18 de Abril de 2017

Sujeito a alteração no decorrer do dia. 
Para mais informações destas e demais vagas, comparecer ao PAT (av. 3, 536, centro) com carteira de trabalho, RG, CPF e número do PIS Ativo.
ESSAS SÃO ALGUMAS VAGAS QUE CONSTAM NO SISTEMA ‘MAIS EMPREGO’:
Analista de Tráfego
Auxiliar de Enfermagem
Avaliador de Automóveis
Balconista de Açougue
Churrasqueiro
Consultor de Vendas
Cozinheiro Geral
Educador Social
Enfermeiro
Farmacêutico
Fonoaudiólogo
Gerente Administrativo de Lanchonete
Instalador de Som e Acessórios de Veículos
Lavador de Automóveis
Mecânico Eletricista
Mãe Substituta
Oficial de Manutenção Predial
Oficial de Serviços Gerais na Manutenção de Edificações
Passadeira de Peças Confeccionadas
Polidor de Automóveis
Promotor de Vendas
Técnico de Enfermagem
Vendedor Porta a Porta
Vagas do PAT –18 de Abril de 2017 Sujeito a alteração no decorrer do dia.
Lembramos que essas vagas ficam disponíveis no SISTEMA MAIS EMPREGO até seu limite de encaminhamento.

Legislativo analisa propostas para a Carta das Mulheres

 
Parte fundamental da programação da 22ª Semana da Mulher, coordenada pelas vereadoras Maria do Carmo Guilherme (PMDB) e Carol Gomes (PSDB), o documento traz reinvindicações de autonomia econômica, igualdade no trabalho, incentivo esportivo, saúde e enfrentamento de todas as formas de violência contra as mulheres.
 
Dentre as propostas deste ano estão mutirões de mamografia e Papanicolau, visibilidade de estágio, capacitação profissional, campeonatos femininos de vôlei, basquete, futebol e artes marciais.
 
As reivindicações serão analisadas pelas coordenadoras e representantes das secretarias municipais, entidades e sociedade civil durante os dias 19 e 20 de abril, na Câmara Municipal.
 
Após a sua conclusão, as solicitações serão entregues ao prefeito João Teixeira Júnior, Juninho da Padaria e ao presidente da Câmara, André Godoy (DEM), no dia 28 de abril.

Pré-natal reduz riscos da sífilis congênita

 
Realizar o exame pré-natal completo é uma das principais ações na prevenção à sífilis congênita, caracterizada pela transmissão da doença pela gestante ao filho. Com esse foco, a Fundação de Saúde de Rio Claro está intensificando as orientações às grávidas e aos profissionais da rede municipal de saúde, visando reduzir a incidência dos casos no município. Entre 2011 e 2016 Rio Claro registrou 80 casos de sífilis em gestantes e mais da metade, 47, foram casos de sífilis congênita.
“Montamos uma equipe especialmente para cuidar dos testes pré-natais de sífilis e também para orientar gestantes e seus parceiros”, explica Neide Heloisa Pinto, responsável pelo Serviço Especializado em Prevenção e Assistência (Sepa) da Fundação de Saúde. “Nossa mobilização inclui busca ativa, isto é, em alguns casos os profissionais vão até pacientes para realizar exames”, informa.
O maior perigo da sífilis é quando a doença ataca a gestante, pois põe em risco a vida do bebê e na maioria das vezes as mulheres não percebem que estão doentes. A infecção é grave e pode causar má-formação do feto, aborto ou morte da criança. É fundamental fazer o teste para detectar a sífilis durante o pré-natal e, quando o resultado for positivo, tratar corretamente a gestante e o parceiro. Só assim se consegue evitar a transmissão da doença.
Essas e outras orientações feitas na rede municipal seguem plano elaborado pela Sepa e envolvem todos os setores da Fundação de Saúde, especialmente os profissionais da rede de atenção básica – Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família – e do Centro de Especialidades e Apoio Diagnóstico (Cead).
Sexualmente transmissível, a sífilis é uma doença infecciosa causada por bactéria e atinge homens e mulheres. Os principais sintomas ocorrem nos dois estágios iniciais da infecção. Já a sífilis congênita pode se manifestar logo após o nascimento, durante ou após os primeiros dois anos de vida da criança.
Na maioria dos casos, os sinais e sintomas estão presentes já nos primeiros meses de vida. Ao nascer, a criança pode ter pneumonia, feridas no corpo, cegueira, dentes deformados, problemas ósseos, surdez ou deficiência mental.
O diagnóstico, por meio do exame de sangue, deve ser pedido no primeiro trimestre da gravidez. A recomendação é refazer o teste no terceiro trimestre da gestação e repetir logo antes do parto. Mesmo quem não fez pré-natal, deve realizar o teste antes do parto.
Os testes rápidos e demais exames preventivos de diagnóstico da sífilis podem ser feitos no Sepa, na Avenida 19, 1045, esquina com a Rua 10, e em todas as Unidades Básicas de Saúde e nas de Saúde da Família.

CCR AutoBAn espera 650 mil veículos no feriado de Tiradentes

Horários de pico
Os horários de maior movimento no Sistema Anhanguera-Bandeirantes estão previstos para:
 
*         Quinta-feira (20/04) das 14 às 20h;
*         Sexta-feira (21/04) das 9 às 14h;
*         Domingo (23/04) das 12 às 23h
 
Operação Caminhão
Na sexta-feira (21) e no domingo (23), das 14 às 22 horas, os caminhões que se destinam à Capital pela Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) devem utilizar a Via Anhanguera (SP-330) no trecho do km 48 ao km 23, entre Jundiaí e São Paulo, acessando a rodovia pela Saída 48 da Bandeirantes. O desvio tem como objetivo melhorar a distribuição do tráfego. A Concessionária prestará apoio à fiscalização feita pela Polícia Militar Rodoviária.
 
Dados Comparativos
No feriado de Tiradentes de 2016, entre os dias 20 e 24 de abril, foram registrados no Sistema Anhanguera-Bandeirantes 64 acidentes, com 45 feridos e 1 morte. O tráfego neste período, entre saída e chegada à Capital, foi de aproximadamente 669 mil veículos.
 
Para fins comparativos, já que a Operação Tiradentes de 2017 contará com quatro dias de operação (em 2016 foram 5 dias de operação), não foram considerados o tráfego e as ocorrências do dia 22 de abril de 2016.
 
Farol baixo nas rodovias
Ao longo da operação do feriado de Tiradentes, colaboradores da CCR AutoBAn e da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) entregam durante os atendimentos adesivos que lembram os usuários sobre o uso do farol baixo durante o dia nas rodovias. O material, que pode ser colado na parte interna dos para-brisas, próximo ao painel, é semelhante aqueles utilizados para anotar as trocas de óleo dos veículos. O material foi impresso em parceria com a gráfica Mack Color.
 
Operação do Sistema Anhanguera-Bandeirantes
O Centro de Controle Operacional (CCO) da CCR AutoBAn monitora 24 horas todo o sistema viário, em conjunto com o Polícia Militar Rodoviária, por meio dos equipamentos do Sistema de Monitoramento de Tráfego, que incluem 104 câmeras de Circuito Fechado de TV, Sistema Analisador de Tráfego com 177 faixas, 9 estações de meteorologia, 28 painéis de mensagens variáveis fixos e 11 móveis, além de 37 radares fixos.
 
Durante a operação do feriado de Tiradentes, o serviço SOS Usuário será intensificado e terá aproximadamente 15% a mais de veículos em atendimento, com 57 viaturas, entre guinchos leves e pesados, veículos de inspeção de tráfego, ambulâncias, caminhões-pipa e para apreensão de animais, auto-guindaste e veículos de apoio. Além do Disque CCR AutoBAn (0800 055 5550), os usuários do Sistema Anhanguera-Bandeirantes contam com mais de 544 telefones de emergência, localizados a cada quilômetro nas duas pistas das rodovias. Toda a operação das rodovias contará com uma equipe composta por aproximadamente 410 pessoas.

Há algo de exemplar no reino da Dinamarca

Na tragédia de Hamlet, Willian Shakespeare eternizou a expressão de que: “Há algo de podre no reino da Dinamarca”. Frase essa que se referia às deslealdades e homicídios que sobrevinham na estória.
Esse pequeno reino nórdico na Europa, que tem intensos laços históricos e culturais com a Suécia e com a Noruega, tem um regime de monarquia constitucional, num sistema de economia mista – capitalista e de bem estar social -, e tem um dos mais altos níveis de igualdade de riqueza do mundo. Classificado em 2008 como o país menos corrupto no globo.
Há uma conexão direta na distribuição de renda com a percepção de corrupção. Estudos das Nações Unidas indicam que os países mais desenvolvidos, no principio distributivo e no Estado de bem estar social, são os países que têm menor indicador de corrupção.
Todavia, uma das notícias que mais chamaram a atenção nos últimos dias, é que o príncipe Christian, de 10 anos, estuda em escola pública desde os seis anos. Um dos filhos dos príncipes herdeiros Frederick e Mary é o primeiro membro da Casa Real dinamarquesa a ingressar em escola pública.
Coisa inimaginável no Brasil, o filho de um governador ou do presidente, submeter-se a tal sistema educacional.
Isso ocorre porque a educação brasileira é relegada como não prioridade. Apenas como plataforma de palanque ou para o debate das hipocrisias.
Os nossos políticos comuns trabalham sempre na perspectiva da manutenção do poder. Não conjecturam e edificam uma educação honesta para as próximas gerações. A educação brasileira é a síntese da manipulação de nossa classe política, afinal, a crise na educação não é uma crise, é um projeto calcado no insucesso.
A experiência dos países desenvolvidos está firmada na elevação da educação como um projeto de Estado, de desenvolvimento da identidade pátria, de afirmação das potencialidades de uma nação.
O exemplo do príncipe herdeiro da Dinamarca nos demonstra como a educação nos países civilizados é tratada e confiada. Embora seja o primeiro dentro da Casa Real Dinamarquesa é um importante modelo que deve ser refletido e seguido.
Decisivamente, os nórdicos não contam com uma elite opulente, anti-social, e conservadora como a brasileira.
Afinal, há algo de exemplar no Reino da Dinamarca.
Que bom que seja a educação e sua distribuição de renda.
Henrique Matthiesen
Bacharel em Direito

SUBSTITUÍRAM O CONGRESSO

Carlos Chagas
Nesse festival de horrores que a televisão apresenta todos os dias, por conta das atividades da Odebrecht, o primeiro prêmio vai para os parlamentares aquinhoados com propina por terem aprovado medidas provisórias favorecendo a empreiteira. Vale o mesmo para a votação de projetos de lei.
Quer dizer, na Câmara e no Senado existem ratos que votaram legislação beneficiando negócios escusos, recebendo milhões pelos serviços prestados. Valeria à pena o governo identificar que medidas provisórias e que leis foram editados dentro desse modelo. Não só para revogá-los, mas, em especial, para obter o ressarcimento do roubo.
Seria bom, também, identificar os líderes dos partidos comprometidos com a tramitação dos projetos fajutos.
O grave nessa substituição das obrigações parlamentares por dirigentes empresariais é que muitos deputados e senadores aprovaram sem saber a origem e os interesses daquilo que votaram. Alguns imaginaram estar prestando favores ao governo. Outros sequer cogitaram saber porque. Os bandidos, porém, não se esqueceram de cobrar pelos votos.
As investigações começaram a chegar aos governos estaduais. São de estarrecer. Também não escapam as prefeituras. Ninguém se espante se alguém gritar “teje todo mundo preso!”

Após sofrermos, valorizamos a vida

Ninguém gosta de passar por provas, obstáculos, dificuldades sofrimentos, algo que possa complicar a nossa caminhada da vida. No entanto, muitas pessoas após sofrerem de alguma maneira seja no amor, vida profissional (com o longo desemprego ou grandes obstáculos relacionados ao trabalho que exerce ou exerceram), setor financeiro, acabam por crescerem, amadurecerem valorizando grandemente aquilo que hoje possuem, a posição atual a qual se encontram.
No setor profissional é fácil conseguir essa percepção. Se olharmos aqueles indivíduos os quais se dedicam inteiramente ao trabalho independente de quanto recebem, cargo exercido ou benefícios que aquela atividade proporciona, veremos que os visíveis amor e dedicação são valores pela vida profissional atual, já que no passado não tão distante penaram em busca de emprego ou sofreram tenebrosamente no antigo trabalho. Agora se observamos principalmente os iniciantes, jovens que sequer agradecem a Deus por mais um dia presentes na batalha e até mesmo brincam dentro da empresa, isentando alguns com raríssimas exceções, teremos a certeza de que jamais passaram por dificuldades relacionadas a emprego, pois certamente vivem em um dos dois prováveis pontos; moram com os pais ou simplesmente são casados e ainda não criaram em suas cabeças, a maturidade necessária para levarem adiante com sucesso um lar e conseqüentemente desvalorizam tudo aquilo que hoje possuem.
Na área sentimental temos inúmeros exemplos de pessoas, que hoje dedicam cem por cento (100%) de seu amor e carinho para com o companheiro, sem olhar idade, posição social e demais contrariedades, tudo pelo fato de que a algum tempo atrás seus corações foram castigados e iludidos de maneira impiedosa, onde amavam somente, não sentindo o calor de serem amadas ou pior; viveram a triste, dolorosa e amarga novela da traição. Então cada momento com o parceiro atual, torna-se algo importante, pois o que foi proporcionado pelo passado, ensinou-lhes a valorizar o presente, fazendo desse algo lindo e maravilhoso. Pelo que se vê; após sofrermos, valorizamos a vida. Não deveria ser dessa maneira, passarmos primeiro por lutas, situações difíceis para depois olharmos a vida como algo belo, maravilhoso, mas infelizmente é assim que a maioria dos seres humanos agem, insistem em erros, evitam enxergar o que é verdadeiro e muitas das vezes perigoso, “quebrando a cara” como se diz, acordando em seguida e vivendo como se deve .
Bom, um dos pontos tradicionais de erros que acaba por fazer as pessoas valorizarem o hoje é o ponto das finanças. No recente passado nadavam nos cifrões ou pelo menos tinham uma vida tranqüila quanto a recursos financeiros e com essa comodidade acabaram por esbanjar sem planejamento algum, todos esses bens resultando numa queda desenfreada das contas bancárias. Concluindo; o que atualmente possuem mesmo sendo a sobra do passado ou a reconquista daquilo que tinham são para essas pessoas, algo de muito valor, digno de cuidados e apreço, pois o sofrimento financeiro os ensinou não a amar o dinheiro, porém sim a olhar para esse, como uma coisa que escapa pelos vãos dos dedos se não for valorizada.
Devemos como já descrito valorizar a vida antes de sofrermos. Para que sentirmos o gosto amargo da mesma, para depois apreciarmos o seu verdadeiro sabor? Pisarmos primeiro nos espinhos e em seguida tentarmos caminhar pelo caminho correto? Vamos ser inteligentes, valorizando o que temos, o dia de hoje. Não joguemos nossas conquistas todas pelo ralo, para que depois desesperadamente tentemos resgatá-las, valorizemos tudo que é nosso, evitando sentirmos o azedo sabor da desvalorização da vida.

Autor: Douglas S. Nogueira
Técnico em Manutenção e integrante das associações literárias de Santa Bárbara e Piracicaba – ACIBEL e CLIP
E-mail: douglas_snogueira@yahoo.com.br
Blog: www.douglassnogueira.blogspot.com