Coleta de lixo acontece na 5ª-feira, sábado e domingo

A Semana Santa vai alterar o funcionamento dos serviços públicos municipais de Rio Claro. A maioria das repartições públicas municipais não terá expediente na quinta-feira (13) e na sexta-feira. Nesses dias e no final de semana os serviços emergenciais manterão atendimento à comunidade.
Coleta de lixo
A coleta de lixo domiciliar acontece normalmente na quinta-feira (13), no sábado e no domingo de Páscoa. Os moradores dos bairros onde há coleta de lixo domiciliar nesses dias podem colocar o material para ser recolhido como de costume. Na Sexta-feira Santa não haverá coleta de lixo em Rio Claro.
Ecopontos
Os ecopontos de Rio Claro ficarão abertos em horário normal na quinta-feira (13), das 8 às 20 horas. Na Sexta-feira Santa os ecopontos não vão abrir. No sábado o atendimento será em horário normal, das 8 às 20 horas. Aos domingos os ecopontos não abrem.
Os ecopontos estão localizados no Cervezão (Rua 6A, Avenida M21), Jardim São Paulo (Rua 1A), São Miguel (anel viário, perto da Avenida 62A), Inocoop/Guanabara (Avenida Tancredo Neves com a rodovia Fausto Santomauro), Jardim Figueira (Avenida 54 em frente à Rua 27) e Jardim das Palmeiras (Avenida 3JP, ao lado da Estação de Tratamento de Esgoto). Os ecopontos não recebem lixo orgânico, para o qual existe a coleta domiciliar.
Coleta Seletiva
A coleta seletiva será realizada normalmente em Rio Claro na quinta-feira (13). No feriado de sexta-feira não haverá serviço de coleta seletiva em Rio Claro. Aos sábados e domingos a coleta seletiva não é realizada.
Para saber o dia da coleta seletiva em cada bairro basta acessar o site da prefeitura no endereço www.rioclaro.sp.gov.br.
A prefeitura reforça a orientação para que a comunidade não coloque material reciclável na calçada nos dias em que não há serviço de coleta seletiva.
Cata-bagulho
Na quinta-feira (13) a operação cata bagulho acontece normalmente em Rio Claro. Na Sexta-feira Santa não haverá cata-bagulho no município. Aos sábados e domingos o cata bagulho não é realizado. O calendário completo pode ser consultado no site da prefeitura de Rio Claro, www.rioclaro.sp.gov.br.
Saúde
Quem precisar de cuidados médicos em Rio Claro da quinta-feira ao domingo tem como opções os plantões 24 horas da Fundação Municipal de Saúde. Um funciona na Unidade de Pronto Atendimento do Cervezão (rua M-9, 66, telefone 3533-7272) e o outro está na Unidade de Pronto Atendimento do Bairro do Estádio (Avenida 29, entre ruas 12 e 13, telefone 3522-1818).
O Samu também atende emergências 24 horas durante todo o feriado prolongado, pela linha 192.
A Farmácia Popular (avenida dois entre ruas três e quatro, 3524-8800) terá expediente em horário especial na quinta-feira (13), das 8 horas ao meio dia. Na Sexta-feira Santa e no sábado não haverá expediente. Na segunda-feira (17) o atendimento será retomado no horário normal, a partir das 8 horas.
Feira Corujão
A Feira Corujão realizada duas vezes por semana na Central do Agronegócio, antigo Espaço Livre da Vila Martins, não será realizada, excepcionalmente, na Sexta-feira Santa, dia 14.
A Feira do Produtor Rural é referência para consumidores que procuram produtos de qualidade, agroecológicos, com preços acessíveis. Os produtores comercializam frutas, verduras, legumes e ovos, além de pó de café, colhido, selecionado, torrado e moído pelo próprio produtor, bem como mel puro, cachaças, licores artesanais e vários outros itens.
Daae
Devido ao feriado prolongado da Semana Santa o atendimento presencial no Daae acontece até nesta quarta-feira em horário normal, das 9 às 15 horas e será retomado na segunda-feira (17) a partir das 9 horas. Na quinta-feira, Sexta-feira Santa, sábado e domingo, haverá atendimento telefônico pela linha 0800 505-5200.
Bibliotecas
O Gabinete de Leitura (Avenida 4 entre as ruas 6 e 5, Centro, 3532-4077) e a biblioteca do Centro Cultural (Rua 2, 2880, Vila Operária, no Lago Azul, 3522-8002) ficam fechadas na quinta-feira (13) e na Sexta-feira Santa. No sábado, abrem normalmente, das 8 horas ao meio dia. A biblioteca do Cervezão (na Rua M-15, 411, 3532-1947) não atende nessa quinta-feira e sexta-feira. Aos sábados, não tem expediente.
Segurança
Dois plantões do município serão realizados na área de segurança no feriado prolongado da Semana Santa. A Guarda Civil Municipal pode ser acionada 24 horas pela linha 0800 771-1532 ou 153. Já a Defesa Civil de Rio Claro atende, também 24 horas, pela linha 199 ou 3534-3199.
Lago Azul
O Lago Azul de Rio Claro ficará aberto normalmente no feriado prolongado e fim de semana. Referência em lazer saudável e gratuito, o Lago Azul abre de segunda a segunda, inclusive sábados, domingos e feriados, sempre das 7 às 19 horas. 

Prefeitura reforça sinalização de trânsito e pintura no entorno do cemitério municipal

A prefeitura de Rio Claro está realizando uma série de melhorias no interior e nas imediações do Cemitério Municipal São João Batista, localizado no Bairro do Estádio. Os serviços começaram na semana passada e estão tendo continuidade ao longo desta semana. “O lado exterior do muro está recebendo nova pintura e algumas colunas de sustentação que estavam desgastadas estão sendo refeitas”, explica Sérgio Christofoletti, diretor de Administração.

PREFEITURA REFORÇA SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO ENTORNO DO CEMITÉRIO (2)
O serviço está sendo feito por funcionários do cemitério e do setor de próprios municipais. O terreno que fica no fundo do cemitério – paralelo à Rua 20 – foi limpo e pavimentado. O acúmulo de lixo no local era alvo de reclamações de moradores e usuários. Agora, os resíduos são depositados em caçambas e o conteúdo é recolhido por caminhões semanalmente, às terças e quintas-feiras. O prédio que fica no local também recebeu melhorias, serviço que será estendido à capela. “A capela vai receber nova pintura”, informa o gerente do Cemitério e Velório Municipal, Natanael Soares de Carvalho.
Além dos trabalhos de manutenção, a sinalização de solo está recebendo reforço. “Estamos refazendo a pintura das vagas de estacionamento de veículos, sinais de ‘Pare’ e faixas de pedestres”, esclarece Adilson Marques, diretor de Mobilidade Urbana. Na próxima semana será feita a poda das árvores que ficam dentro e fora do cemitério. Essas ações visam preparar o cemitério para o Dia das Mães, segundo dia com maior número de visitantes perdendo apenas para o Dia de Finados.
O diretor Sérgio Christofoletti revela que novas melhorias estão previstas para o segundo semestre, como a reforma das salas que ficam na entrada do cemitério onde será instalado o setor administrativo que atualmente funciona no Velório Municipal. A medida atende reivindicação dos usuários.

Rio Claro estuda implantação de abatedouro de galinha caipira

O município de Rio Claro poderá implantar o primeiro abatedouro de aves caipiras da região. O assunto foi discutido em reunião realizada na quarta-feira (5) no paço municipal entre o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, e representantes da Aval (Associação Brasileira da Avicultura Alternativa) e da Korin Agricultura Natural. Prefeitura e Aval deverão criar um comitê para elaborar o projeto, que inclui o mapeamento dos produtores de aves caipiras na região e realização de estudos sobre a potencialidade econômica do setor.
“No que couber ao município, Rio Claro terá o abatedouro de aves caipiras”, disse Juninho. Para o prefeito, a alimentação é primordial para a saúde das pessoas que estão cada vez mais preocupadas com os alimentos que consomem e isso ressalta a importância do agronegócio, com produção natural, Juninho pretende discutir a implantação do abatedouro com os prefeitos dos municípios da microrregião com quem se reuniu na semana passada para estabelecer uma cooperação regional entre as cidades.
O presidente da Aval, Reginaldo Morikawa, comprometeu-se a oferecer suporte técnico para o projeto. Segundo ele, a região de Rio Claro tem potencial de crescimento no setor de avicultura alternativa e o município está um passo à frente por implantar com sucesso o SIM (Sistema de Inspeção Municipal) e ter conquistado o Sisbi (Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal). “Acreditamos no crescimento do mercado e o frango caipira pode ser uma excelente oportunidade de negócio”, afirmou.
Luiz Ricardo Bianchi, vice-presidente da Aval, observou que, com a implantação do abatedouro, as aves produzidas em Rio Claro e região poderão ser comercializadas em todo o Brasil. Também participaram da reunião o secretário municipal de Agricultura, Emilio Cerri; o diretor do SIM, Felipe Tauk; Amanda da Silva Servidoni, diretora de Inovação e Tecnologia da Secretaria de Governo e Desenvolvimento Econômico; Eduardo Barbosa, assessor da Secretaria de Agricultura; o vereador Seron do Proerd; Luiz Carlos Demattê Filho, secretário executivo da Aval e diretor da Korin; Fabiane Furlan, secretária executiva da Aval; Marcos Ap. Batista, diretor de Fomento da Aval; Takashi Kikuchi e Angela Batista.

RIO CLARO ESTUDA IMPLANTAÇÃO (3) RIO CLARO ESTUDA IMPLANTAÇÃO (2)

Crianças recebem ovos de Páscoa do Fundo Social

Alunos da rede pública municipal de ensino de Rio Claro recebem nesta semana ovos de Páscoa, oferecidos pelo Fundo Social de Solidariedade. A lembrança está sendo entregue a estudantes do Ensino Fundamental 1 e Educação Infantil 1 e 2.
“É só um chocolate, mas que representa muita alegria para as crianças”, observa Paula Silveira Costa, que esteve na tarde de terça-feira (11) realizando a entrega nas escolas Dante Egrégio e Agrícola. “É muito satisfatório receber o carinho dos alunos e partilhar da felicidade de cada um”, comenta.
Cerca de 20.500 alunos da rede municipal e também crianças atendidas por entidades assistenciais estão recebendo os ovos de Páscoa, que foi adquirido pelo Fundo Social.

CRIANÇAS RECEBEM OVOS DE PÁSCOA DO FUNDO SOCIAL (2)

Câmara Rio Claro completa 100 dias com mudanças estruturais, administrativas e mais de 60 projetos

Aumentar a eficiência e garantir a economia dos recursos públicos. Com objetivos definidos, a nova Câmara Municipal – Legislatura 2017-2020 – presidida por André Godoy completa 100 dias com objetivos iniciais alcançados.
A falta de espaço físico para o funcionamento dos gabinetes parlamentares foi o primeiro desafio da Mesa Diretora. A adequação, em fase final, vai desde a implantação de novas salas na área onde funcionava o antigo salão nobre até o deslocamento de departamentos administrativos e de Comunicação para o segundo andar do Paço Municipal Dr. Augusto Schmidt Filho. A mudança se faz necessária visto que a gestão anterior aprovou a alteração de 12 para 19 vereadores sem adequar a estrutura à nova realidade.
Na parte da gestão administrativa, Projeto de Resolução 08/2017 estabeleceu regras claras e controle rígido no que diz respeito às viagens, pagamento de diárias e utilização de veículos oficiais. A partir daí, definiu-se que cada gabinete pode solicitar até quatro viagens por mês apresentando, obrigatoriamente, o motivo e destino previamente. A Mesa Diretora busca com esta medida além do controle, a economia de recursos garantindo ao parlamentar o direito de deslocamento, porém, com limites como preconiza a gestão responsável.
Para aumentar a eficiência e alinhar as ações com anseios e expectativas da comunidade, a Câmara Municipal nos 63 projetos apresentados nesta fase inicial de trabalho levou em conta iniciativas que possam garantir o bem coletivo.
Antiga reclamação dos moradores, os imóveis abandonados, que causam transtornos diversos, a partir de agora podem ser resgatados pelo município através de projeto já aprovado que dispõe da arrecadação e a encampação.
A proibição da soltura de rojões, bombas e fogos de artifício bem como a circulação de animais soltos de grande porte estão entre as ações defendidas pelos parlamentares que estão entre as prioridades citadas pela população.
A Câmara iniciou nestes primeiros 100 dias a discussão sobre o aplicativo de transporte individual, conhecido como Uber, de forma democrática abrindo espaço para discursos a favor e contra. Projeto que trata da regulamentação tramita nas comissões.
Outro tema, que polariza o debate na cidade, no que diz respeito ao comércio, a forma de cobrança pelo estacionamento nas dependências do Shopping Rio Claro também volta à pauta. No projeto, protocolado no Legislativo, consta isenção para a pessoa que comprovar consumo dentro de faixa determinada.
Na área da Saúde, projeto proíbe a utilização de celulares e aparelhos eletrônicos similares por servidores municipais da área da saúde em horário de atendimento ao público e disponibiliza à comunidade lista de medicamentos na rede pública.
O Legislativo também está atento à área ambiental ao protocolar proposta que autoriza o Executivo a construir bacias de retenção nas áreas urbanas e rurais para armazenamento da água da chuva.
Temas como a criação do Programa Cidadão Fiscal Voluntário (CFV), a distribuição do dispositivo conhecido como botão do pânico para mulheres vitimadas por violência doméstica e a obrigatoriedade do empreendedor ser responsável pela viabilidade viária em seus empreendimentos também tramitam na Câmara.
Na sessão ordinária da última segunda-feira, 10, o presidente André Godoy parabenizou o empenho dos parlamentares envolvidos em cada um dos assuntos apresentados na Câmara em forma de projetos e destacou ainda que foram apresentados neste período 1.192 requerimentos, 780 indicações e 27 moções nas 10 sessões ordinárias e seis extraordinárias realizadas.
“A Câmara Municipal, além de fiscalizar as ações do Executivo, tem de estar atenta para que os anseios da comunidade possam ser discutidos e colocados em práticos através de projetos que se transformam em leis”, enfatizou o presidente.

Estudantes já podem acessar espelho da redação do Enem

Para acessar, é necessário entrar na página do participante, no site do exame, e informar CPF e senha cadastrada.
O acesso é apenas para vista pedagógica da redação, para o estudante verificar como se saiu em cada uma das cinco competências avaliadas e comparar seu desempenho com o dos demais participantes. Não está previsto, no edital, nenhum mecanismo para que o candidato possa recorrer da nota.

Entenda a correção
A redação do Enem é corrigida por dois professores, que avaliam cinco competências, que valem 200 pontos cada. Se a diferença total da nota de cada corretor ultrapassar mais de 100 pontos, ou se ultrapassar mais de 80 pontos em cada competência, a redação é corrigida por um terceiro corretor. Além disso, se uma redação receber a nota total dos dois corretores, obrigatoriamente passará por uma banca com mais professores.

Competência 1
Norma culta: Avalia a obediência do candidato à norma-padrão da língua escrita.

Competência 2
Capacidade de leitura: Envolve a compreensão da proposta, a aplicação do conhecimento de várias áreas (aqui, entra a avaliação do repertório) e desenvolvimento do tipo de texto pedido – no caso, a dissertação. Nessa competência, é importante entender que um ponto chave da redação é não fugir do tema – para não correr riscos, leia com atenção (e mais de uma vez) a proposta e a coletânea.

Competência 3
Tese e argumentação: Avalia a capacidade de selecionar, relacionar e organizar fatos e opiniões em defesa do argumento.

Competência 4
Coesão: Avalia a articulação e os nexos que se estabelecem entre os elementos do texto. É, basicamente, a utilização de elementos e mecanismos de linguagem que possibilitem a argumentação.

Competência 5
Proposta de intervenção social: Avalia se o candidato conseguiu propor, de maneira objetiva, clara e detalhada a proposta de solução para o problema abordado, e se é plausível e faz sentido em relação ao tema. O aluno ainda deve se lembrar de manter o respeito aos direitos humanos.
Repare que a proposta de intervenção é um dos itens mais importantes, pois há uma grade de avaliação somente para ela.

DIA NACIONAL DE CONSERVAÇÃO DO SOLO

No dia 15 de Abril, é comemorado o Dia Nacional de Conservação do Solo. Esta data comemorativa foi promulgada pela Lei Federal nº 7876 de 13/11/1989, com o intuito de estabelecer reflexão sobre a utilização do solo, pensando em técnicas e métodos de melhoria da capacidade produtiva bem como de formas de uso e manejo sustentável deste importante componente terrestre.
Este recurso é considerado fundamental para a vida humana na Terra, dentre elas: produção de alimentos; fornecimento de matéria-prima; fonte de nutrientes para a fauna e flora; armazenamento; escoamento e filtragem de água; reciclagem da matéria orgânica; formação das paisagens.
Dos principais processos de degradação do solo no Brasil, estes em muito, intensificados pela ação antrópica (da humanidade), destacam-se: poluição, desertificação, erosão, lixiviação, laterização, salinização, dentre outros. Dessa forma, as atividades e usos que acarretam estes impactos decorrem sobretudo de construções urbanas, agricultura e pecuária. Estas atividades trazem modificações significativas ao solo, sendo muitas vezes irreversível, pois o processo de constituição e maturação de muitos solos é estimado em centenas de anos.
Assim a intervenção humana, pode acelerar a exploração dos recursos naturais, automaticamente potencializando a degradação do solo, sendo imprescindível, encontrar saídas para proteger este importante recurso, para que em futuro próximo, não ocorra sofrimentos em razão da fome.

Prática de queimada em área agrícola para “limpar” os restos da produção anterior, no município de Paraty, Rio de Janeiro, 2012.
Prática de queimada em área agrícola para “limpar” os restos da produção anterior, no município de Paraty, Rio de Janeiro, 2012.

Sobre isso, segundo o pesquisador Altir Correa, a urbanização e o crescimento populacional, associado à falta de cuidados e manejo com o solo, pode provocar aumento na busca por alimentos de origem animal, sendo necessário criar políticas de incentivo em longo prazo sobre o assunto, e pensar em investimentos para esta questão do solo.
Diante disto, vem sendo trabalhado a temática do “Conservacionismo do Solo”, apoiando-se em ferramentas/práticas de “manutenção”, “preservação” e “restauração” deste, evidenciando assim que os principais beneficiários na conservação dos solos são exatamente os seres humanos, pois sua manutenção está diretamente relacionada com a nossa sobrevivência.
O ideal é adotar politicas de conservação e restauração do solo permanentemente, tentando mantê-lo em perfeito equilíbrio com suas características físicas, biológicas e químicas, evitando impactos drásticos a este componente, executando programas para sua recuperação e evitando-se ao máximo seu esgotamento.

Processo de Desertificação - processo da perda de capacidade produtiva do solo, em virtude da intervenção humana- Imagem do portal Colégio Web.
Processo de Desertificação – processo da perda de capacidade produtiva do solo, em virtude da intervenção humana- Imagem do portal Colégio Web.
Processo de lixiviação do solo - Imagem do Portal Eletrônico Meio Ambiente e Cultura Mix.
Processo de lixiviação do solo – Imagem do Portal Eletrônico Meio Ambiente e Cultura Mix.

SÃO PAULO NA FRENTE

José Renato Nalini, secretário da Educação do Estado de São Paulo

Um dos objetivos da Base Nacional Comum Curricular entregue pelo MEC para o Conselho Nacional de Educação é alfabetizar a criança até os 7 anos. Antes disso, admitia-se a alfabetização até os 8 anos, o correspondente à segunda série do Ensino Fundamental I.
        Assim como São Paulo se antecipou à adoção de um currículo, também neste ponto a Rede Pública Estadual está à frente do comando normativo. As Escolas Estaduais Paulistas já cumprem essa meta e têm condições de otimizá-la ainda mais. Há iniciativas pioneiras desenvolvidas por professoras que conseguem alfabetizar seus alunos aos 6 anos. Isso é o que ocorre em outros Países, convictos de que habilitar a criança, o quão mais cedo se puder, a desvendar o mundo encantado da escrita é propiciar a ela um futuro mais digno e mais feliz.
        Por óbvio, o ensino atende às especificidades de cada criança. Cada qual tem seu tempo, não se pretende homogeneizar uma coletividade heterogênea. A homogeneidade é própria aos formigueiros, às colmeias e a outros coletivos não racionais. A humanidade é plural, diversa. Essa é a sua maior riqueza e sua instigante beleza.
        Para satisfação de todos os paulistas, em nosso Estado 98,7% dos alunos do 2º ano do Ensino Fundamental já sabem ler e escrever. Dominam os textos escritos, conseguem vislumbrar o fantástico universo das letras, podem dominar o conhecimento e obter todas as informações disponíveis.
        Adotou-se tal estratégia em 2013, a partir de favoráveis resultados obtidos na aferição do Saresp – Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar. As provas aplicadas anualmente identificaram habilidades satisfatórias em leitura e escrita em crianças de 7 anos.
        As equipes gestora e docente da Secretaria mantêm ações exitosas em cada unidade escolar. Uma delas é o programa Ler e Escrever, que inclui material didático em Língua Portuguesa e Matemática e formação continuada dos professores.
       A novidade em 2017 foi a adoção de aulas de reforço em fevereiro, logo no início do ano letivo. A partir de abril, unidades dos Anos Iniciais também implementarão  um novo programa de recuperação de conteúdo com aulas no contraturno e jornada expandida para melhor aproveitamento do conteúdo curricular.
        A Rede Estadual da Educação está comprometida com o permanente aprimoramento da qualidade de ensino público oferecida aos quase quatro milhões de estudantes, a certeza de um porvir mais promissor para o nosso Estado e para o Brasil. 
 

Estados Unidos: Passeando de trem em North Conway – New Hampshire

E. Cortez

Os passeios de trem deixaram saudade em muitos brasileiros, em especial naqueles que, no Estado de São Paulo, desfrutaram dos áureos tempos da Cia Paulista de Estrada de Ferro – mais tarde Fepasa.
Para os saudosistas que visitam os Estados Unidos, a pequena cidade de North Conway, que fica no estado de New Hampshire, reserva uma boa surpresa.
Localizada a aproximadamente 2h30m de Boston, é um destino legal para quem quer sair do agito da cidade grande e curtir a natureza. E, mais ainda, para um agradável passeio de trem.
A estação fica no centrinho da vila, onde há uma praça, campo de futebol, lojas de souvenirs, cafés e até um pequeno cinema. Dentro da estação está obviamente a bilheteria para compra das passagens do trem. Mas, para garantir seu assento, é recomendável que se faça a compra antecipada por esse site, especialmente se você estiver por lá no outono, época que as árvores começam a mudar de cor e perder suas folhas e, portanto, o passeio é bastante procurado em razão do espetáculo proporcionado pela coloração variada da paisagem.
A ferrovia que passa por essa estação, chamada de Conway Scenic Railroad (estrada de ferro cênica), opera três diferentes passeios, com durações que variam de 1 hora a 5 horas e meia.
Na categoria Valley Train estão as duas excursões mais curtas. A primeira com 55 minutos de duração e 18 quilômetros de estrada de ferro. Um passeio que percorre a região sul de North Conway e é ideal para quem só quer “dar uma voltinha” ou está acompanhado de crianças pequenas e/ou idosos. Os preços variam de $16.50 (vagão simples) a $36.50 (vagão com refeição incluída).

eua 540 eua 540 4

Cruzando rios e vales, passeio proporciona volta ao passado e paisagens sensacionais
Cruzando rios e vales, passeio proporciona volta ao passado e paisagens sensacionais

A segunda opção dura 1h e 20 minutos e tem 34 quilômetros. Esse percurso vai na direção norte, até a cidadezinha de Bartlett, com preços que começam em $27.50 (vagão simples) e vão até $68.50 (refeição incluída). Apesar de trajetos inversos, em ambos os passeios o trem fica na maior parte do tempo em meio à vegetação, em terreno plano, mas passa também por pequenas vilas de moradores, alguns rios e um resort/estação de esqui.
A outra categoria de trajeto é o Notch Train, com excursões que percorrem a histórica ferrovia Maine Central Railroad, inaugurada em 1870. Esse sim é o passeio panorâmico, pois passa por um relevo bem acidentado, com vales entre montanhas, rios, cachoeiras e cruza pontes suspensas, como a Willey Brook Brigde. O trajeto dura 5h e meia, vai até Crawford Notch e volta para North Conway. Por ser tão longo, tem duas paradas para os passageiros esticarem as pernas e conhecerem pequenas estações de trem do caminho.
Para essa opção, os tickets custam de $60 a $114 dólares por pessoa. Vale lembrar que os preços são para adultos. Crianças pagam um pouco menos.
Para os saudosistas, é também uma viagem ao passado! Pra quem nunca andou de trem, tenho certeza que o Valley Train já vai ser sensacional. A ferrovia é histórica, os vagões do trem são super antigos, então tudo isso torna a saga mais especial.

Produtores familiares têm até 4ª-feira para se inscreverem no PAA

Agricultores e empreendedores familiares rurais podem se inscrever e apresentar propostas de fornecimento de alimentos ao Programa de Aquisição de Alimentos – PAA – CDS (com doação simultânea). A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, publicou aviso de chamada pública para a compra de gêneros alimentícios dos produtores familiares. O edital com orientações sobre o assunto está no Diário Oficial do dia 7 de abril.
O limite individual de venda do Agricultor Familiar deverá respeitar o valor máximo de R$ 6.500,00 por Declaração de Aptidão (DAP) ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), por ano civil.
Os agricultores individuais, grupos formais e informais, deverão apresentar a documentação para habilitação no período de 10 a 12 de abril. O atendimento é feito das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30 horas, na Secretaria Municipal de Assistência Social, que fica no Núcleo Administrativo Municipal (Rua 6, 3.265, Alto do Santana).
O objetivo da chamada pública é a aquisição de gêneros alimentícios de agricultores familiares e de suas organizações econômicas – cooperativas e associações, para doação a pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade social, atendidas pelo PAA. Entre os produtos estão frutas, verduras, legumes, grãos, alimentos de origem animal e produtos processados/transformados/industrializados.
Serão aceitas propostas de agricultores familiares individuais, grupos formais e informais de agricultores familiares enquadrados no Pronaf. Em caso de insuficiência dos recursos financeiros disponíveis para aquisição de alimentos de todos os agricultores familiares proponentes, serão utilizados os critérios de priorização especificados no edital.

Legislativo analisa propostas para a Carta das Mulheres

Parte fundamental da programação da 22ª Semana da Mulher, coordenada pelas vereadoras Maria do Carmo Guilherme (PMDB) e Carol Gomes (PSDB), o documento traz reinvindicações de autonomia econômica, igualdade no trabalho, incentivo esportivo, saúde e enfrentamento de todas as formas de violência contra as mulheres.
 
Dentre as propostas deste ano estão mutirões de mamografia e Papanicolau, visibilidade de estágio, capacitação profissional, campeonatos femininos de vôlei, basquete, futebol e artes marciais.
 
As reivindicações serão analisadas pelas coordenadoras e representantes das secretarias municipais, entidades e sociedade civil durante os dias 19 e 20 de abril, na Câmara Municipal.
 
As propostas para a Carta das Mulheres foram aceitas até essa terça-feira, 11, através dos e- mails contato@mariadocarmo.net, sylbetcher@gmail.com enathalia_qc@hotmail.com.
 
Após a sua conclusão, as solicitações serão entregues ao prefeito João Teixeira Júnior, Juninho da Padaria e ao presidente da Câmara, André Godoy (DEM), no dia 28 de abril.
 

Celebrações do Tríduo Pascal

O evento acontecerá às 19h30: Missa Solene, com lava-pés, consagração do pão ázimo e distribuição de ervas amargas e suco de uva aos participantes na Matriz Imaculado Coração de Maria (Rua Pe. Paulo Pastana Smith, nº 624 – Jardim Hipódromo) e na Capela Santa Teresinha (Av. 33, nº 2.250 –
Parque São Jorge). Após adoração ao Santíssimo até meia noite.

14 de abril – Sexta-feira Santa – Paixão e morte de Jesus: Das 08h às 12h: Adoração ao Santíssimo no Centro Pastoral e na Capela Santa Teresinha e Confissões, das 9h às 11h30, na Matriz Imaculado Coração de Maria.

15h30: Celebração da Paixão e Morte de Jesus e Sermão das Sete Palavras nas Capelas Santa Clara (Av. M29, nº 408 – Jardim Santa Clara) e Santa Rosa de Lima (Av. M51, nº 2.066 – Jardim Progresso) com adoração de Jesus na Cruz e coleta para as Obras da Terra Santa.
19h30: Procissão com Via-Sacra saindo da Capela Santa Rita de Cássia (Rua M21, nº 85 – Cervezão) e indo até à Capela Santa Teresinha.

15 de abril – Sábado Santo – Vigília Pascal – 9h Celebração Penitencial na Matriz Imaculado Coração e em seguida atendimento de Confissões até 11h30.
19h30: Solene Vigília Pascal na Matriz Imaculado Coração de Maria (com batizados) e na Capela Santa Teresinha.

16 de abril – Domingo de Páscoa – Ressurreição de Jesus – 8h Missa Solene na Matriz Imaculado Coração de Maria e na Capela Santa Teresinha.
9h30: Missa Solene nas Capelas Santa Clara e Santa Rosa.
18h: Missa Solene na Capela Santa Rita de Cássia e entronização das Relíquias de Santa Rita de Cássia.

Mais facilidade para empreender

O sucesso de um negócio depende de uma série de fatores. Entre eles estão a qualidade do produto ou serviço, preço, gestão competente, diferencial, localização, atendimento, estratégias de comunicação e marketing. Além disso, há fatores conjunturais que podem simplificar, dificultar ou até inviabilizar a vida da empresa. Os aspectos negativos tornam-se fontes de angústia porque fogem do controle do empreendedor. Como exemplos é possível citar crises econômicas, legislação desfavorável e carga tributária injusta.
Além dos entraves mencionados, as micro e pequenas empresas têm de conviver com a burocracia, um problema tão sério que induz a erros, atrapalha a regularização do negócio e coloca o Brasil em desvantagem em comparação com outras nações.
No levantamento Doing Business, feito anualmente pelo Banco Mundial, ocupamos a 123ª posição em um ranking de 190 países no que se refere à facilidade para se fazer negócios. Quanto à abertura de empresas, ocupamos o 175º posto, ou seja, nesse quesito estamos ainda piores.
Contudo, no município de São Paulo a situação começa a melhorar com o recém-lançado programa Empreenda Fácil. A iniciativa da prefeitura paulistana conta com parceria do Sebrae e visa diminuir de 100 para sete dias o tempo gasto para abertura de empresas na cidade. Em uma etapa posterior, esse prazo será reduzido para dois dias.
Pelo programa, o processo passa a ser feito basicamente pela internet e o empreendedor fica desobrigado de se dirigir a vários órgãos públicos. No primeiro momento, serão beneficiados os empreendimentos classificados como de baixo risco, isto é, que estão em edificações com área construída inferior a 1.500 metros quadrados ou localizados em área de até 500 metros quadrados e que não precisam de licenciamento específico. Segundo a SP Negócios, 80% das atividades econômicas do município de São Paulo são de responsabilidade de empresas de baixo risco.
O SEBRAE está investindo R$ 200 milhões em modernização de sistemas, como o usado no Empreenda Fácil, em um trabalho conjunto com a Receita Federal.
São Paulo passa, portanto, a engrossar o grupo dos municípios que facilitam a abertura de empresas. Quanto mais cidades tomarem medidas nesse sentido, mais forte será o empreendedorismo e, como consequência, melhor para a economia como um todo.
Os micro e pequenos negócios respondem por 52% dos empregos com carteira assinada no Brasil. Ao incentivá-los, impulsiona-se a criação de postos de trabalho, que gera renda, consumo e investimentos. Exatamente o que o Brasil precisa para fazer sua engrenagem voltar a girar e sair da crise.
Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

MINHA MAIOR CONQUISTA.

JUAREZ ALVARENGA

A vida caminha para frente e deixando para trás traços marcantes. Esta sinalização nos conduz a aumentar os passos e horizontes.
Momentos inoportunos e ensinamentos ricos convergem, para soluções solidas e inteligentes.
Cavar com consciência, porém sem ter a noção da profundidade do abismo é um relapso que cometemos no decorrer da existência.
Se nossa dor dos erros cometidos nos salvasse seria a vida, significativamente, leve e lépida. Porém, é a consciência do erro e a logística de saída nos faz ser crentes em um futuro brilhante.
Se nossa descida no abismo não é instantânea e sim obras cumplice com o ser humano sua saída é obra grandiosa de seu próprio intimo. O tempo, juntamente com a vontade de acordar cedo, para enfrentar as batalhas diárias com otimismo e afinco é sem duvida a estratégia mais inteligente.
Confesso que já fui arredio de mim mesmo. Desafeto de meu patrimônio intimo. Morador quase vitalício de abismo escuro. Mas o dia que fui seduzido por mim mesmo as nuvens escuras transformaram em arco íris brilhantes. Aproximei com profundidade de minhas características singulares acabei encontrando um tesouro reluzente nas entranhas de minha dor.
Foi como um lampejo. Tudo aconteceu, quando o piso do abismo chegou ao limite. A subida não foi linear cheio de recomeços. Deixei para trás minhas convicções autodestrutivas e ergui meu castelo intimo com sabedoria e alegria.
Construir algo poderosíssimo, depois do encontro resoluto comigo mesmo.
Dele nasceu um novo homem, dentro de um novo mundo, com nova mentalidade fazendo apologia da felicidade perene.
Por isso digo, que minha maior conquista foi ter sido salva na mais forte correnteza e ter chegado renovado no paraíso humano possível.
Hoje levanto com minha força máxima e cumprimento o dia com alegria e vou atrás de meus sonhos possíveis, com tenacidade dos heróis de si mesmo.

E MAIL: juarezalvarengacru@gmail.com

INTRANQUILIDADE NA PRAÇA DOS TRÊS PODERES

Carlos Chagas

Mais uma semana escorre pelo ralo sem que se conheça o conteúdo das delações dos 78 diretores e ex-diretores da Odebrecht, envolvendo mais de cem deputados, senadores, governadores, ministros e ex-ministros do governo Michel Temer e anteriores. Agora são os próprios acusados de corrupção que clamam pelo conhecimento das acusações contra eles. Tudo continua na dependência do ministro Luis Fachin, do Supremo Tribunal Federal, relator dos processos que permanecem sob sigilo de justiça.
É natural que o Poder Judiciário caminhe em ritmo mais lento do que o Congresso, mas tanto assim, devagar, quase parando, desperta reações. Obrigados a defender-se, parlamentares e políticos assistem o tempo passar sem conhecer do que são acusados, impossibilitados de preparar suas defesas. Correm o risco de ser tornados inelegíveis, impossibilitados de concorrer à reeleição e perdendo tempo precioso para seu futuro.
O Legislativo prepara a votação de projeto regulamentando o abuso de autoridade, mas não se encontram incursos nessa prática também os juízes que deveriam julgar e não julgam?
Levantar o sigilo dos depoimentos e autorizar a abertura de inquéritos será o primeiro passo para o ministro Fachin desincumbir-se de suas obrigações, mas nesta semana os tribunais superiores não trabalham. Na outra, quem sabe?
Em suma, há intranquilidade na Praça dos Três Poderes.

Páscoa traz tradições milenares que celebram e adoçam a vida

Festa sem comida não é festa. São nesses momentos que as pessoas experimentam cardápios especiais, marcando a identidade das celebrações. Isso se deve aos diversos processos culinários presentes em datas comemorativas, que costumam alterar a relação com os alimentos, passando a ter um valor simbólico. E na Páscoa, isso não é diferente. A presença do chocolate ou do ovo de páscoa, preparado com diferentes receitas, enaltece o próprio significado e afeição pela data.
“A celebração no Hemisfério Norte acontece na Primavera, que é a estação da renovação, das cores, da procriação e colheita das frutas e flores. Dessa forma, percebemos como o ovo ganha um novo sentido, atribuído a uma representação antiga de fertilidade, vida, continuidade e renascimento”, conta o antropólogo Raul Lody.
Antes dos ovos de chocolate, que passaram a ser valorizados na Páscoa a partir do século XIX, as pessoas ofereciam ovos cozidos de diferentes aves e com as cascas decoradas com desenhos e pinturas de variadas imagens que representavam a alegria da vida.
O antropólogo ainda afirma que “o nosso chocolate, que identifica a festa da Páscoa, chegou no século XVI do México, com a civilização Asteca, que valorizava o cacau como um fruto sagrado, usado para a feitura de uma bebida chamada ‘cacuhualt’. Contudo, foram os espanhóis que difundiram o cacau e suas receitas tradicionais na Europa. O rei Carlos V mandou adicionar leite, especiarias e açúcar na bebida”.
O cacau é uma espécie nativa da América Tropical, que compreende a região que vai do Peru ao México. A partir do século XVIII, o cacau passou a ser cultivado no Brasil, no sul da Bahia, região que até hoje é considerada a sua maior produtora. “Hoje, nosso país ocupa a 5ª posição no mercado internacional do cacau”, lembra Lody.
Para ilustrar um dos deleites provenientes da Páscoa, o antropólogo indica uma receita de salame de chocolate que pode ser uma opção de sobremesa durante a celebração: “Essa é uma ótima oportunidade para variar a combinação do chocolate durante o feriado, além de uma chance imperdível para colocar a mão na massa e surpreender os convidados!”.

Salame de Chocolate
Ingredientes (serve 8 pessoas):
*         300g de biscoito seco tipo maisena
*         150g de manteiga em temperatura ambiente
*         200g de chocolate fondente (meio amargo)
*         2 ovos
*         100g de açúcar cristal
*         Açúcar de confeiteiro (o quanto bastar)
*         1 folha de papel manteiga
Modo de fazer:
Esfarele grosseiramente os biscoitos secos com as mãos e leve o chocolate em pedaços para derreter em banho-maria. Enquanto isso, numa tigela, coloque a manteiga e o açúcar e misture bem; acrescente os ovos inteiros e continue a mexer até ficar uma pasta lisa e homogênea. Coloque o chocolate derretido, morno, na mistura de ovos com manteiga e açúcar. Misture até fica tudo bem homogêneo; então, acrescente os biscoitos e misture a massa com as mãos.
Em seguida, coloque a massa sobre a folha de papel manteiga com o auxílio de uma espátula, espalhando-a sobre o papel sem que chegue até as bordas, dando a forma cilíndrica para a massa com a ajuda do papel e formando o salame. Depois de ter modelado a massa, embrulhe no papel manteiga e amarre as pontas do papel como se fosse um salame ou embrulhe com papel alumínio. Leve para o congelador e deixe repousar por pelo menos 4 horas. Passado o tempo, polvilhe o açúcar de confeiteiro sobre um tabuleiro, desembrulhe o salame de chocolate e coloque sobre o açúcar, deixando-o pronto para servir.(fonte – Doce Equilibrio)