Prefeitura inaugura novas instalações da creche Arlindo Ansanello nesta quinta-feira

Creche está aumentando o atendimento de 28 para 180 crianças de zero a três anos. Município começou a reduzir lista de espera que tem mais de 1.100 nomes.
A prefeitura de Rio Claro inaugura oficialmente nesta quinta-feira (6) as novas instalações da escola municipal “Arlindo Ansanello” que passou a funcionar na Rua 11 com a Avenida 32 no bairro Santana. Com a mudança de prédio, a escola que atendia 28 crianças de zero a três anos passará a atender 180, das quais 152 estavam na lista de espera. Com a ampliação da unidade de ensino a administração municipal dá o primeiro passo para reduzir o déficit de vagas em creches que no início de janeiro tinha uma lista de espera com 1.155 nomes.
O prédio que abriga a creche pertence a Universidade Estadual Paulista (Unesp) e estava cedido ao Instituto Federal de Educação de São Paulo (IFSP). Graças a uma parceria entre a prefeitura, a Unesp e o IFSP, foi possível instalar a escola no imóvel e atender as mães que precisavam de um local seguro onde deixar os filhos para poderem trabalhar. “Em menos de 100 dias de governo conseguimos inaugurar a nossa primeira creche. Vamos continuar trabalhando para que possamos fazer novas inaugurações”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

PREFEITURA INAUGURA NOVAS INSTALAÇÕES DA CRECHE (2)
O secretário de Educação, Adriano Moreira, comenta que reduzir o déficit de vagas em creches é uma das prioridades da administração. “Estamos buscando parcerias para abrir novas vagas em creches”, disse. Vale lembrar que tramita na Câmara Municipal o projeto de extinção da Fundação Ulysses Guimarães. Se aprovado pelos vereadores, a prefeitura pretende instalar no prédio da autarquia uma creche para atender 204 crianças.

Educação vai comprar R$ 1,2 milhão em produtos da agricultura familiar

Rio Claro vai investir mais de R$ 1,2 milhão nos próximos seis meses para a aquisição de produtos da agricultura familiar, que serão usados para enriquecer a comida servida nas escolas. A prefeitura publicou aviso de chamada pública para compra de gêneros alimentícios dos produtores familiares. O edital de aviso com orientações sobre o assunto está no Diário Oficial do dia 30 de março.
A chamada pública tem como objetivo valorizar a produção rural familiar pela aquisição de itens como banana, laranja, alface, cheiro verde, abobrinha, abóbora, brócolis, cenoura, chicória, couve, ovos, repolho, tomate, mandioca e mel, entre outros. A compra será feita prioritariamente dos produtores de Rio Claro.
Além dos agricultores familiares, podem participar da chamada pública empreendedores familiares rurais. Os recursos são do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). De acordo com as diretrizes do PNAE, os interessados devem estar organizados em grupos formais como cooperativas, associações e outras.
Os interessados em participar da chamada pública devem ficar atentos às informações do Diário Oficial. O edital completo pode ser consultado no endereço eletrônico http://licitacao.sp.gov.br. Outra opção é buscar o documento diretamente no Departamento de Alimentação Escolar, que fica no bloco 17 do Núcleo Administrativo Municipal (NAM, Rua 6, 3265, Alto de Santana) ou na Secretaria Municipal de Agricultura (Avenida 58-A, 600, Jardim América).

Os envelopes com as proposta devem ser entregues até o dia 24 de abril às 8h30 no departamento de Compras e Licitação, que fica no bloco 13 do NAM.
De acordo com o departamento municipal de Alimentação Escolar, a prefeitura serve atualmente quase 50 mil refeições por dia para mais de 34.000 pessoas entre estudantes das redes municipal e estadual, e beneficiários de projetos sociais.

Nem todo peixe salgado é bacalhau, alerta SIM

A Semana Santa está próxima e os peixes ganham ênfase no cardápio brasileiro. Um dos destaques culinários do período é o bacalhau. A compra do produto exige alguns cuidados, como orienta o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) da prefeitura de Rio Claro. Segundo o SIM, um dos erros mais frequentes é comprar peixe de outra espécie e achar que levou bacalhau para casa.
Duas informações são fundamentais para os consumidores na hora de comprar bacalhau. A primeira é que nem todo peixe salgado é bacalhau. Ao contrário do que muitos dizem, bacalhau é, sim, o nome de um peixe e não um processo de preparação que utiliza a salga.
Também é importante saber que agora as indústrias são obrigadas a informar na rotulagem dos produtos o nome científico das espécies preparadas com salga para a venda. Bacalhau são os peixes das espécies Gadusmorhua, Gadusmacrocephalus e Gadusogac.
No Brasil, as principais espécies de bacalhau para a venda são duas. A Gadusmorhua, conhecida como verdadeiro bacalhau do Porto ou COD, é maior, mais larga e de coloração levemente amarelada quando salgada. Já a Gadusmacrocephalus, também chamada de bacalhau do Pacífico, tem dimensões menores e coloração mais clara que o bacalhau do Porto.

NEM TODO PEIXE SALGADO É BACALHAU (2)
Os peixes que geram mais confusão dos consumidores são os outros três que também são comumente encontrados na forma salgada para a venda. Nenhum desses pode ser vendido como bacalhau. São o Saithe (tem coloração mais escura, sabor mais forte e desfia com maior facilidade), o Ling (carne mais clara e forma mais estreita) e o Zarbo (formato mais roliço e cor clara).
O SIM salienta que o bacalhau não é vendido somente salgado. Como qualquer outro peixe, pode ser encontrado em diversas formas de comercialização, inclusive congelado. Quem tiver dúvidas pode entrar em contato com o SIM pelo telefone 3527-1428.

Vagas do PAT – terça feira – 04 de Abril de 2017

Sujeito a alteração no decorrer do dia. 
Para mais informações destas e demais vagas, comparecer ao PAT (av. 3, 536, centro) com carteira de trabalho, RG, CPF e número do PIS Ativo.
ESSAS SÃO ALGUMAS VAGAS QUE CONSTAM NO SISTEMA ‘MAIS EMPREGO’:
Analista de Trafego
Atendente de Balcão
Auxiliar de Enfermagem
Auxiliar de linha de Produção ( para pessoas com deficiência)
Avaliador de Automóveis
Churrasqueiro
Cuidador de Idoso (com exp em casa de repouso)
Enfermeiro
Farmacêutico
Fonoaudiólogo
Jardineiro
Mãe Substituta
Mestre de Obras Corporativo
Mecânico Eletricista de Automóveis
Oficial de Serviços Gerais de Manutenção em Edificações
Operador de centro de usinagem com comando numérico
Operador de Pá Carregadeira
Promotor de Vendas
Técnico de Enfermagem
Técnico de Enfermagem do Trabalho
Vendedor Interno
Vendedor Porta a Porta
Vagas do PAT –04 de Abril de 2017 Sujeito a alteração no decorrer do dia.
Lembramos que essas vagas ficam disponíveis no SISTEMA MAIS EMPREGO até seu limite de encaminhamento.

Lei Maria da Penha terá minicurso no Fórum de Rio Claro dia 10 de abril

O minicurso irá abordar a aplicação jurídica da lei, o que é violência de gênero, aspectos que envolvam mulheres transexuais e travestis, como proceder caso haja o descumprimento da medida protetiva e sobre a prisão preventiva como medida protetiva de urgência.
 
A palestrante é mestre em Direito pela UFSC, integrante da Comissão da Mulher Advogada da OAB/SP e federal, coeditora do portal Atualidades do Direito, autora do programa virtual “Estude Lei Maria da Penha em 30 dias” e do livro “Lei Maria da Penha: aspectos assistenciais, protetivos e criminais da violência de gênero”.
 
O evento faz parte da 22ª Semana da Mulher de Rio Claro, coordenada pelas vereadoras Maria do Carmo Guilherme (PMDB) e Carol Gomes (PSDB) que, juntamente com o Juiz de Direito e Diretor do Fórum de Rio Claro, Cláudio Luís Pavão, destacam a importância do tema.
 
Os tópicos serão analisados e entrarão como reivindicações da Carta das Mulheres do município, que será entregue ao prefeito, João Teixeira Júnior, o Juninho da Padaria, no final deste mês.
 
Os números e a lei
Informações disponibilizadas no site da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres evidenciam que a cada quatro minutos uma mulher é vítima de violência. Em pesquisa realizada pelo DataSenado em agosto de 2015, 73% das agressões foram causadas por companheiros ou ex-companheiros.
 
Sancionada em 07 de agosto de 2006, e em vigor desde 22 de setembro do mesmo ano, a Lei Maria da Penha é considerada uma das três leis mais avançadas do mundo, sua proposta é o aumento do rigor das punições aos agressores, além da coibição e prevenção dos crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher.

Rio Claro terá comissão para acompanhar a elaboração do orçamento municipal de 2018

Rio Claro terá uma comissão para acompanhar a elaboração do orçamento municipal de 2018. A proposta foi sugerida na manhã dessa terça-feira (4) em reunião entre representantes da prefeitura, do Sindicato dos Servidores Municipais e de uma comissão especial dos servidores para discutir o acordo coletivo. A comissão de acompanhamento será formada por quatro membros: dois sindicalistas e dois funcionários indicados pela categoria. A proposta deverá ser oficializada pelo sindicato ao governo municipal.
O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, reafirmou a impossibilidade de conceder reajuste salarial maior que a inflação. “Queríamos dar um índice maior, mas infelizmente não há recursos disponíveis”, disse, citando a crise econômico-financeira do município. Juninho lembrou que o governo anterior não deixou dinheiro em caixa para pagar a folha de dezembro de aproximadamente R$ 24 milhões. “Se isso tivesse acontecido, a prefeitura teria um fôlego financeiro”, destacou. Mesmo assim, avanços aconteceram neste início de ano como o retorno do café da manhã e o pagamento das parcelas da dívida da prefeitura com o IPRC (Instituto de Previdência de Rio Claro).
Sem recursos, a administração municipal oferece reposição da inflação do período e aumento do vale alimentação de R$ 280 para R$ 310. Nas cláusulas sociais haverá a inclusão do pagamento de auxílio natalidade no valor de um piso da categoria e a concessão de licença paternidade de cinco dias. Além disso, haverá ampliação do ticket refeição para os vigias que antes não recebiam o benefício. Depois de oito anos com valor inalterado, o ticket subirá de R$ 10,50 para R$ 19,50, aumento de 85,71%. O valor do lanche passará de R$ 3,50 para R$ 7,00 e da marmita de R$ 7,50 para 12,00. O sindicato deverá discutir a proposta com a comissão de negociação do acordo coletivo e chamar nova assembleia para deliberação com a categoria.
Da reunião participaram o prefeito Juninho da Padaria; os secretários Jean Scudeller (Administração), Gilmar Dietrich (Finanças) e Rodrigo Ragghiante (Procurador Geral); o presidente do sindicato, Tu Reginato, e outros dirigentes do sindicato, e a comissão especial formada durante assembleia da categoria.

A FARSA DA LISTA FECHADA

Carlos Chagas

De tempos em tempos a ameaça ressurge. Já foi apresentada três vezes no Congresso, não prosperou, mas de novo retorna feito lobisomem em noite de sua cheia. Fala-se da votação para deputado em lista fechada. O eleitor ficaria proibido de escolher o candidato de sua preferência, manifestando-se apenas pelo partido que melhor lhe agrade. Aos caciques, donos das legendas, caberia elaborar a lista de candidatos. É claro que se colocariam nos primeiros lugares. Nem precisariam fazer campanha.
Trata-se de uma velhacaria que só favorecerá os dirigentes partidários. Um breve contra a renovação, porque além de elaborar a lista fechada, os caciques também controlarão o fundo partidário e os recursos suplementares para as campanhas.
Nada mais lucrativo do que fundar um partido, ensina a malandragem. O fundador consegue uma permanente fonte de renda, tem a eleição garantida e afasta a incômoda tentativa de os mais novos ascenderem às funções de chefia.
De tão gritante e canhestra, a lista fechada jamais se concretizou. Mais uma vez, os mesmos de sempre insistem na mudança, tudo indicando nova frustração. Quem sabe, agora, por meio de artifícios renovados, obterão sucesso?
De jeito nenhum a adoção desse casuísmo servirá para diminuir o numero de partidos. Pelo contrário, as siglas deverão multiplicar-se através de variados expedientes.
Em suma, nada de novo debaixo do sol. A menos que o eleitorado decida, por maioria, rejeitar mais essa tramoia. Que tal o cidadão comum recusar-se a declinar sua preferência partidária, anulando seu voto?

VOCÊ TEM A SUA CONTRIBUIÇÃO

Muitas vezes deixamos de observar e compreender a nossa contribuição ao mundo. Na maioria do tempo esquecemos de avaliar nossa contribuição ao contexto geral de nossa vida. Na nossa família, em nossa sociedade, em nossa profissão, em nosso ambiente de trabalho. E essa falta de compreensão pode nos reprimir e deixar de valorizar até quem somos.
Aquele pequeno esforço pode nos levar a contribuir para desenvolver nossa capacidade inerente de servir e de amar, de fazer com que tudo caminhe para a realização do que desejamos e juntos crescermos fazendo a nossa parte.
Madre Tereza de Calcutá visitou vários países e sempre procurou levar a sua mensagem de amor, de fé, de caridade e de sua ligação espiritual com o Criador. E em uma dessas viagens esteve na Índia. Como era de costume visitar vários lugares por ande passava, foi convidada a visitar uma fábrica de parafusos. À medida que caminhava pela fábrica percebeu em um canto um homem cantarolando alegremente enquanto juntava parafusos um pouco diferente de tamanho.
Aproximou-se do homem e disse: – O que você está fazendo? Ele vira para ela e diz: – Construindo aviões! De início deve ter pensado que o homem não tinha entendido sua pergunta.
– Construindo aviões? Indagou Madre Tereza. Não demorou muito para o homem olhar nos olhos dela e responder que sim. E completou: – Sem esses minúsculos parafusos o avião não pode voar.
Uma magnífica lição de vida não é? Ela nos faz refletir que quando o trabalho parece maçante e sem valor, é útil lembrar nosso papel no esquema total das coisas. Esse homem compreendeu a importância de sua contribuição, por menor que fosse, e assim poderia alegremente realizar sua tarefa.
Talvez possamos compreender também qual a nossa contribuição, mesmo que a nosso ver possa ser um trabalho pequeno, mas muito importante para a vida de muitos. E…: Qual a sua contribuição?O que faz seu trabalho parecer grandioso? Eu não sei se você já pensou nisso. E também não sei se você já avaliou isso. O que eu sei que você tem muitos talentos e talvez ainda não tenha percebido que sem a sua ajuda um ”avião” não poderá levantar vôo e nem sequer conseguirá cumprir seu destino. Pense nisso!
Dr. José Roberto Teixeira Leite é Cirurgião-Dentista e Coach em PNL
Email: pnljoseli@gmail.com

Mudando sem mudar

Carlos Brickmann

Há um ano, tínhamos Dilma, Eduardo Cunha, Nova Matriz Econômica, PT, Haddad e Dunga. Hoje temos Temer, Rodrigo Maia, política econômica ortodoxa, PT destroçado nas eleições, João Dória e Tite.
A inflação, que ameaçava ultrapassar os 10%, contentou-se com 4%; os juros básicos, ainda altíssimos, que eram de mais de 13%, devem chegar em 8,75% ao fim do ano. A balança comercial está bem positiva: US$ 7,1 bilhões de superávit em março, o melhor resultado desde março de 1989. E não é pela queda das importações, apesar da recessão: o país importou 7% a mais do que em março do ano passado. E o principal problema econômico do Brasil, os estonteantes 13,5 milhões de desempregados, pode começar a ser revertido: o Produto Interno Bruto, soma de tudo que é produzido no país, incluindo serviços, deve crescer 0,47% neste ano; e, em 2018, prevê-se 2,5%. É pouco. Mas para uma economia que há três anos só apresentava números negativos, é um sinal de que podemos ter esperanças.
Mas, com esses sinais, como explicar o baixíssimo índice de aprovação a Temer? Primeiro, pela própria política econômica: combater a inflação, reduzir privilégios e reformar instituições (mesmo falidas) é sempre impopular. E, lembremos, há um ano tínhamos Temer, Renan, Eunício, processos da Lava Jato encalhados no Supremo. Isso hoje mudou: os processos da Lava Jato encalhados no Supremo ficaram mais empoeirados.
O tempo passa…
O Tribunal Superior Eleitoral deveria ter começado ontem a julgar o processo, contra Dilma e Temer, por abuso de poder econômico nas eleições de 2014. Caso houvesse condenação, o registro da chapa seria cancelado; e, portanto, Michel Temer perderia o mandato. Caberia ao Congresso eleger indiretamente seu substituto até 31 de dezembro de 2018.
Temer se defende juridicamente alegando que toda a parte financeira da campanha coube ao PT – como se ele não tivesse nada a ver com sua companheira de chapa. Mas sua defesa real é outra: lutar para que o julgamento demore o suficiente para que ele termine o mandato em paz.
…o tempo voa
A Justiça contribui para que a defesa real de Temer funcione. Ontem, os advogados de Dilma pediram mais cinco dias para apresentar a defesa. Foram atendidos. Dia 4, mais cinco dias, dá 9 de abril, certo? Errado: como se sabe, a Páscoa cai no dia 16 de abril. E o julgamento, portanto, deve começar na última semana do mês. Provavelmente, no dia 27. Talvez.
Réus sim, e daí?
Os Estados e o Distrito Federal têm, no total, 28 governadores. Destes, 12 foram denunciados, ou estão sendo investigados. E dois foram cassados: Simão Jatene, do Pará (PSDB), e Pezão, do Rio (PMDB). Mas tudo bem: nem os cassados perderam os cargos, nem os demais correm grande risco de perdê-lo, graças à lentidão dos processos no foro privilegiado.
O doente…
A Rede Globo acaba de apresentar o caso do remédio L-asparaginase, usado no tratamento da Leucemia Linfoblástica Aguda, câncer no sangue. Quem levantou o caso, bem no início do ano, em seu blog Ucho.Info, foi o bem-informado repórter Ucho Haddad. Ucho não vacila: a compra do remédio (fabricado na China e comprado pelo Ministério da Saúde de um laboratório uruguaio) foi um escândalo. No mundo inteiro, a L-asparaginase é biológica. O Brasil foi o primeiro país a comprar a L-asparaginase chinesa, mais barata, mas sem certificado de origem biológica, sem comprovação de eficácia. O laboratório uruguaio dá um endereço no Uruguai onde não há laboratório nenhum; e seu endereço no Brasil está num escritório de contabilidade.
…que se vire
O ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP do Paraná), não quis dar entrevistas sobre o caso do remédio chinês nem a Ucho nem à Globo.
Ucho se espanta: “E o ministro da Saúde continua no cargo!”
Sabe o seu bolso?
O Fundo Partidário, dinheiro público entregue aos partidos políticos para sua manutenção, era de R$ 313,5 milhões até 2014. De lá para cá, multiplicou-se: já está em R$ 811 milhões. E, já que os doadores estão assustados com a Lava Jato, junto com a tal “reforma política” deve oscilar em torno de R$ 4 bilhões por ano. Hoje, da verba partidária, 10% são gastos em jatinhos e despesas suntuárias. E ainda se pergunta por que há tantos partidos no Brasil. Se dá grana, qual esperto perderá a oportunidade?
Lágrimas sentidas
Andréa, irmã do senador Aécio Neves (PSDB – Minas), chorou ao ler trechos de uma delação premiada em que ela e o irmão são acusados de receber propinas. Não se deve acusar Aécio nem Andréa, senão ela chora.

COMENTE: carlos@brickmann.com.br
Twitter: @CarlosBrickmann

Congresso Internacional de Educação Física e Motricidade Humana

O X Congresso Internacional de Educação Física e Motricidade Humana (CIEFMH) é um evento científico realizado pelo Instituto de Biociências da Unesp de Rio Claro.
A realização sucessiva e ininterrupta deste evento é uma referência na Educação Física e áreas afins, propiciando ampla discussão de questões interdisciplinares sobre o ser humano em movimento.
Objetivos
Reunir profissionais, de forma geral, com interesse e atuação na área de Motricidade Humana e áreas afins; Integrar e atualizar profissionais e pesquisadores provenientes do Brasil e do exterior sobre novos conhecimentos e técnicas dentro das diferentes áreas.

Público-Alvo
Alunos de graduação e pos-graduação e Profissionais e Professores de Ensino Superior da área de Saúde  e Movimento Humano.
Datas Importantes – Prazo para submissão de trabalhos científicos: até 10 de Abril de 2017. Prazo para fazer sua inscrição: até 5 de Junho de 2017
Informações: www.ciefmh.com.br ( fonte – Assessoria de Comunicação e Imprensa)

Rio Claro comemora Dia Mundial da Saúde com exames preventivos

A ação especial envolverá profissionais de todos os setores da Fundação das 8 às 16 horas. O evento é aberto ao público que poderá realizar testes de HPV, HIV, glicemia, câncer bucal, índice de massa corpórea, aferição de pressão, entre outros. Haverá ainda as práticas de massagem, RPG, ginástica laboral, exercícios de alongamento e relaxamento, avaliação do equilíbrio corporal e risco de quedas, avaliação e orientação nutricional, orientações sobre como realizar o descarte correto dos medicamentos e sobre os riscos à saúde por conta da automedicação. “Será uma oportunidade das pessoas realizarem exames importantes para a prevenção e conscientização da importância da atividade física”, ressaltou o secretário municipal de Saúde de Rio Claro Djair Claudio Francisco.
O Dia Mundial da Saúde é comemorado no dia 7 de abril e tem como objetivo a conscientização da população sobre as questões que afetam a saúde e a qualidade de vida das pessoas.
A data foi criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), órgão ligado à ONU, responsável pela orientação, acompanhamento e regulação de regras da saúde nas Nações Unidas.
Nesta data são realizados todos os anos campanhas com temas ligados a saúde, com objetivo de esclarecer a população sobre o que há de mais importante neste assunto, como prevenção, tratamento e a promoção da saúde no mundo.
Para este ano, a Organização Mundial da Saúde deu início a uma campanha sobre depressão, transtorno que pode afetar pessoas de qualquer idade em qualquer etapa da vida. Com o lema “Let’s talk” (“Vamos conversar”, em português), a iniciativa reforça que existem formas de prevenir a depressão e também de tratá-la, considerando que ela pode levar a graves consequências.
A depressão afeta cerca de 322 milhões de pessoas no mundo, segundo dados divulgados pela OMS. Em 10 anos, de 2005 a 2015, esse número cresceu 18,4%. A prevalência do transtorno na população mundial é de 4,4%. No Brasil, 5,8% da população sofre com esse problema, que afeta um total de 11,5 milhões de brasileiros. Segundo os dados da OMS, o Brasil é o país com maior prevalência de depressão da América Latina e o segundo com maior prevalência nas Américas, ficando atrás somente dos Estados Unidos, que têm 5,9% de depressivos.
A ação no Jardim Público de Rio Claro também contará com profissionais do Centro de Apoio Psicossocial (Caps), com atividades e orientações aos interessados.