Prefeitura entrega novo prédio de creche e começa a reduzir lista de espera

Mais de 150 famílias de Rio Claro que esperavam vagas de creche para os filhos começam a ser atendidas nessa terça-feira (5) nas novas e maiores instalações da escola municipal Arlindo Ansanello, no bairro Santana. O prédio será entregue oficialmente à comunidade na quinta-feira (6) pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, mas as atividades já tiveram início.
Na segunda-feira (3) as 28 crianças que eram atendidas no antigo prédio foram realocadas para as novas instalações. As demais 152 que começaram a ser chamadas nessa terça-feira estavam na fila de espera. O espaço para 180 crianças representa ampliação superior a cinco vezes na quantidade de vagas da escola, que recebe alunos de zero a três anos em períodos integral e parcial.
“Em três meses conseguimos uma solução concreta para dezenas de famílias que ansiavam por um lugar em creche para suas crianças”, comenta Juninho, lembrando que o déficit de vagas de creche é um dos vários e graves problemas herdados do governo passado pela atual administração. Levantamento feito no início do ano apontou lista com mais de 1100 nomes esperando lugar em creches municipais.
Com a ampliação do atendimento, a Secretaria Municipal de Educação teve que aumentar em 17 profissionais a equipe da escola Arlindo Ansanello. Além dos que já trabalhavam na antiga escola, são mais seis professores, mais oito agentes educacionais, mais dois agentes de serviços gerais e mais um agente operacional.
A Secretaria de Educação adquiriu móveis, brinquedos, material didático e utensílios para receber os alunos da creche Arlindo Ansanello com conforto e estrutura necessários a um atendimento de qualidade. “Com as adaptações e a mudança, alunos e professores ganharam espaço melhor para o dia a dia escolar”, comenta o secretário de Educação, Adriano Moreira.
As novas instalações foram adaptadas pela prefeitura em um dos prédios da antiga Unesp no bairro Santana. O novo local foi viabilizado com a iniciativa da prefeitura em dialogar com universidade, dona do imóvel, e com o Instituto Federal de São Paulo, que tem a cessão de uso. Com a mudança, agora a creche Arlindo Ansanelo atende na Rua 11 com Avenida 32.
Os novos alunos da creche Ansanello estavam nas listas de espera de escolas municipais de vários bairros, principalmente das regiões vizinhas do bairro Santana. Foram atendidos nomes das listas de espera das escolas Santo Antônio, Pastor Nephtali, Marina Cyrino, “Dona Birro”, Lúcia Buschinelli, Francisca Coan, João Rehder Netto, Clara Freire, D. Pedro I, Victorino Machado, Mitiko Nevoeiro, Paulo Koelle e Antonio Maria Marrote.

PREFEITURA ENTREGA NOVO PRÉDIO DE CRECHE (1)

Jardim das Nações I terá mais de 100 idosos e pessoas com deficiência

Idosos e pessoas com deficiência terão seus apartamentos no andar térreo dos cinco condomínios do residencial Jardim das Nações I, que está sendo construído na divisa com o Jardim Terra Nova num total de 928 apartamentos. Serão 52 para idosos e 52 para pessoas com deficiência.
O projeto prevê a reserva de uma cota de moradias para esse público em cada um dos cinco condomínios. No Itália são quatro apartamentos para pessoas com deficiência e três para idosos, no Holanda são 11 e 5, Alemanha 13 e 15, Japão 8 e 13 e África do Sul 16 e 16, respectivamente. “São parcelas da população que carecem de uma atenção especial do poder público e estão recebendo com justiça atendimento prioritário”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.
Os mutuários aprovados nos critérios sociais e financeiros fizeram a escolha dos apartamentos na semana passada no auditório do Núcleo Administrativo Municipal (NAM). “As reuniões ocorreram tranquilas e ficamos satisfeitos com a receptividade dos novos moradores”, comenta Anderson Golucci, secretário municipal de Habitação. Essa foi a primeira etapa da pré-ocupação. Novas reuniões com os mutuários estão agendadas para os dias 10, 17 e 24 de abril e 8 e 15 de maio, também no auditório do NAM. Esses encontros antecedem a entrega das chaves dos apartamentos em construção, o que deve acontecer no segundo semestre. Até o momento, 80% das obras já foram concluídas.
“Antes da entrega os imóveis passarão por vistoria técnica da prefeitura e do Banco do Brasil, gestor financeiro do projeto”, explica Golucci. Além disso, o governo municipal busca solução para a questão dos equipamentos sociais necessários aos moradores, como escola, unidade de saúde e transporte público.

Encontro de Violeiros é sucesso de público na estação

O 1º Encontro de Violeiros do Brasil em Rio Claro recebeu um grande público no sábado (1º) na antiga estação ferroviária. Os organizadores estimam que cerca de 3.000 pessoas tenham passado pelo local para prestigiar a apresentação dos artistas. “O evento superou as expectativas e esse sucesso se deve às pessoas que direta e indiretamente trabalharam em sua realização”, comenta Larissa Carnecine, diretora executiva da Libertan Projetos Culturais, organizadora do encontro.
Foram mais de quatro horas de programação musical. Larissa destaca como relevante o fato de misturar artistas novos e experientes oriundos de locais diferentes. O encontro também serviu como pano de fundo para a gravação do DVD da dupla Francisco & Fernando. “Esse material será usado para captar recursos para novos eventos e promover a carreira dos artistas”, informa.
Larissa acredita que o sucesso do Encontro de Violeiros se deve ao apoio recebido da imprensa, da prefeitura através das secretarias de Cultura, Meio Ambiente e Turismo, e do patrocinador Comercial Cirúrgica Rioclarense. O Fundo Social de Solidariedade recebeu parte dos recursos arrecadados com a barraca de alimentação. Para Larissa, foi uma forma de retribuir o apoio da administração municipal e a utilização do espaço público.

Arte contemporânea invade Casarão da Cultura

A arte contemporânea estará presente no Casarão da Cultura de Rio Claro de 7 a 19 de abril com a exposição Não contém glúten/Contém-porâneos, dos artistas Renê Mainardi, José Roberto Sechi e VJ Skylar. A abertura, no dia 7 (sexta-feira), está marcada para as 20 horas, com entrada franca.
A exposição reunirá obras de Renê Mainardi dentro do conceito formal da fotografia e também na exploração de novos suportes. O artista apresentará uma série de pesquisas fotográficas intitulada Geométricas Paulistas, em que apresenta o olhar sobre a cidade de São Paulo a partir de um processo de desconstrução e confusão de imagens na busca da geometrização da cidade.
José Roberto Sechi levará ao público trabalhos de pictoperformance, pinturas como proposta de ação, trabalhos com transferência de impressão e poemas objetos. VJ Skylar apresentará obras interativas e ação de videomapping em conjunto com Sechi.
A mostra poderá ser vista gratuitamente de segunda a sexta, das 8 às 12 e das 13h30 às 17 horas, e aos sábados das 8 às 12 horas. O Casarão da Cultura fica na Avenida 3 com a Rua 7, Centro.

ARTE CONTEMPORÂNEA INVADE CASARÃO DA CULTURA (1)

Sobre os artistas
Renê Mainardi é artista visual com pesquisa em artes plásticas, cinema e fotografia. Em suas pesquisas fotográficas vem especializando-se na utilização da fotografia em suportes e meios visuais distintos. Graduado em Comunicação Social e em Artes Plásticas. Especialista em Cinema pela EICTV em Cuba.
Sechi é artista multimídia, curador da Sechiisland – República Corporal. Como performer vem participando de Festivais de Performance e Arte de Ação no Brasil e no mundo.
VJ Skylar é cenógrafa, editora de vídeo e vídeo-performer. Atualmente em Rio Claro, elabora cenários e vídeo-cenários para shows, espetáculos de dança, desfiles e performances. Renovando sempre sua forma de atuação, realiza trabalhos de vídeo-mapping, uma das mais modernas ferramentas utilizadas na elaboração de vídeo-instalação.

Montadora planeja investir na região de Rio Claro

Definida por enquanto apenas como “fábrica de jipes”, a empresa em formação planeja investir mais de R$ 1,6 bilhão no projeto e produzir, na etapa inicial, aproximadamente 10 mil automóveis por ano, com geração de 450 empregos diretos. Se o mercado for favorável, em três anos poderão ser criados 950 postos de trabalho.
Depois da reunião – que também teve a participação do vereador Val Demarchi -, o deputado levou o grupo até o gabinete do prefeito de Rio Claro, João Teixeira Júnior, o Juninho da Padaria. “A prioridade é trazer essa indústria para o município, mas existem outras cidades vizinhas interessadas”, informa Aldo Demarchi.
Ele revelou que já foi liberada uma linha de crédito pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), porém a liberação está condicionada à definição da área onde a planta será instalada. Segundo o plano de negócios, na primeira fase a empresa necessitará de um terreno de 300 mil metros quadrados, onde construirá 75 mil metros quadrados.    
A meta é produzir utilitários com modernos sistemas de suspensão, transmissão e motorizações desenvolvidas a partir de novas tecnologias a diesel, flex (a gasolina/álcool) e híbrido (gasolina/elétrico plugado), para uso “off road” e urbano.

Segunda cooperativa de recicláveis funcionará na região sul de Rio Claro

Será no Jardim Inocoop, na região sul, com trabalhadores retirados do aterro sanitário. A primeira funciona no Distrito Industrial.
A segunda cooperativa de catadores de materiais recicláveis do município está sendo providenciada com o apoio da prefeitura. Ela será formada pelas pessoas que trabalhavam no aterro sanitário. Proibidos de trabalhar no local devido às condições insalubres, os catadores pleiteavam uma área para desempenharem suas atividades. Na sexta-feira (31), o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, assinou o Decreto nº 10.794, que concedeu aos trabalhadores a cessão de uso por três anos, renováveis por mais dois, de um terreno próximo ao ecoponto do Jardim Inocoop para a instalação da cooperativa.
O decreto foi assinado na presença dos catadores em reunião no paço municipal. “A região sul da cidade está crescendo e é importante que ela tenha uma cooperativa de reciclagem. Temos que incentivar a reciclagem e dar suporte a essas pessoas que tiram do lixo a sua riqueza”, declarou Juninho anunciando que a prefeitura irá limpar o terreno e ajudar no que for possível para que a cooperativa comece a funcionar o quanto antes.
“Os equipamentos já foram comprados a partir de recursos da Economia Solidária e estamos prontos para acolher os catadores”, informou a secretária de Assistência Social, Érica Belomi. Ela se comprometeu a ajudar as famílias com o fornecimento de cestas básicas até que elas possam construir o barracão e comecem a trabalhar. O secretário de Meio Ambiente, Antonio Penteado, destacou a importância do momento. “Essas pessoas vão sair de uma condição ruim para serem reconhecidas como atuantes, dada a importância da atividade que desenvolvem”, pontuou.
A vereadora Maria do Carmo Guilherme considerou o momento histórico. “O que vocês estão fazendo aqui é história”, disse aos catadores lembrando que o começo pode ser difícil. “A Cooperviva começou pequena e hoje é uma potência”, destacou. Também presente à reunião, o vereador Seron do Proerd ressaltou a necessidade do grupo permanecer unido. “Isto é fundamental para que o grupo possa avançar”, comentou.
A cooperativa de catadores será presidida por Jozilma de Jesus Costa que convocou os trabalhadores a lutarem pela entidade. “Não desistam, juntos vamos conseguir”, conclamou. Ela calcula que entre 30 e 40 catadores trabalhavam no aterro e todos serão cadastrados para formar a cooperativa. A reunião no paço também contou com a presença do advogado Rodrigo Ragghiante, procurador geral do município, responsável pela elaboração do decreto.

Estados Unidos: Vai para Boston? Conheça quatro atrações imperdíveis

E. Cortez

A cidade de Boston é conhecida por seus diversos pontos turísticos históricos e grande parte deles é encontrada na Freedom Trail, um caminho de cerca de quatro quilômetrosno centro da cidade, que passa por 16 localizações importantes para a história dos Estados Unidos.
Entre as várias opções de entretenimento, conheça algumas consideradas imperdíveis:
– Faneuil Hall Marketplace
O Faneuil Hall Marketplace é uma das paradas do Freedom Trail, abrigando as áreas de compras mais orientadas a turistas. O local tem a presença de grandes lojas e além do prédio que dá nome ao complexo, tem mais três edifícios, sendo o Quincy Market o mais “famoso” deles. Todo o complexo faz parte da história na região e na prática, para os moradores e turistas, é o destino certo para comidinhas ou um happy hour.
Lá é possível provar quase todas as especialidades nacionais e internacionais de Boston, numa das lojas dentro do corredor gastronômico.
Toda a região do Faneuil Hall é um marco histórico nacional, especialmente o prédio principal, construído em 1742 e que é chamado de “The Cradle of Liberty”, ou seja, o berço da liberdade. E por que isso? Porque ali de fato é onde nasceu o movimento da revolução norte-americana, com discursos históricos de Samuel Adams (que hoje dá nome a uma cerveja local) e que culminou na independência dos EUA em relação à Inglaterra. É simplesmente o 4º marco histórico mais visitado de todo os Estados Unidos.
– Fenway Park
O Fenway Park é um dos estádios de baseball mais queridos dos Estados Unidos e existe desde 1912. Mesmo sem ser dia de jogo, diariamente é possível conhecer o estádio em um tour de 50 minutos pelo local. O estádio, lar do Boston Red Sox, é lembrado pela Green Monster, uma parede verde de 37 pés do lado esquerdo. O Fenway Park ainda mantém algumas lembranças dos “velhos tempos” do baseball, como o placar operado a mão.
Boston Common
O Boston Common, localizado no coração da cidade, é o parque mais velho dos Estados Unidos e fica logo no início do Freedom Trail. Além da paisagem, perfeita para observar a beleza das estações do ano, no local é possível alugar skates para se divertir. No lado oeste da Charles Street, está o Public Garden, o jardim botânico mais velho dos Estados Unidos. O local contém monumentos e estátuas em estilo vitoriano e ainda oferece a oportunidade de fazer um passeio nos icônicos Swan Boats.
– Museum of Science
A maioria das exposições do museu encoraja o aprendizado por meio de atividades interativas de ciências e tecnologia. No entanto, o local não é só para crianças. Física, biologia, química, ecologia, zoologia, astronomia, computação e outras áreas podem ser exploradas em mais de 700 exposições interativas permanentes. Entre os destaques estão fósseis de 65 milhões de anos e o Butterfly Garden, em que é possível andar entre borboletas livres em um conservatório cheio de plantas exóticas.

Fenway Park é um dos estádios americanos de baseball mais queridos e pode ser visitado todos os dias
Fenway Park é um dos estádios americanos de baseball mais queridos e pode ser visitado todos os dias

 

Boston, MA - 06-27-15 - Photo: Otavio Anacleto
Boston, MA – 06-27-15 – Photo: Otavio Anacleto
Boston, MA - 06-27-15 - Photo: Otavio Anacleto
Boston, MA – 06-27-15 – Photo: Otavio Anacleto

Equipe canil auxilia polícia rodoviária em apreensão de carga contrabandeada

Foram detidas duas carretas com placas do estado do Mato Grosso, carregadas de cigarros contrabandeados do Paraguai e também havia a suspeita de ter algum tipo de entorpecente escondido, tendo em vista que uma carreta possuía fundo falso, utilizado para este tipo de ilícito.
Os veículos foram averiguados com o auxílio dos Cães de Faro, Thor e Safira, mas nenhum entorpecente foi localizado.

EQUIPE CANIL AUXILIA POLICIA RODOVIÁRIA (2)

Guarda civil registra flagrante de furto pela área central

Na manhã de segunda-feira, 03/04/2017, por volta das 07h45, a viatura 4.84 da Guarda Civil, com o sub-inspetor Márcio e o GCM Oliveira, foram acionados a comparecer, na Rua 1 x Av. 1, centro, onde segundo o recepcionista do hotel, informou que por volta das 07h, notou a falta de um aparelho telefônico sem fio e um mouse para computador. Segundo ainda o recepcionista informou que na recepção há uma câmera de segurança, e ao verificar as últimas gravações notou que na madrugada dessa data, por volta das 02h07, um dos hóspedes L.F.L.J., 29 anos, aparece na recepção debruçando – se no balcão subtraindo os referidos objetos. Diante da situação na presença da proprietária do hotel, os GCMs foram até o quarto do hóspede, onde relataram o ocorrido na qual a câmera havia gravado. O hóspede por sua vez confessou ter praticado o furto dos objetos, no momento que recebeu a voz de prisão dos GCMs. As partes foram apresentadas na Central de Polícia, onde a autoridade ratificou a voz de prisão e registrou o BO/PC nº 3574/2017, natureza Furto Qualificado Flagrante e RO/GCM nº 589/2017.

Vagas do PAT – segunda feira – 03 de Abril de 2017

Sujeito a alteração no decorrer do dia. 
Para mais informações destas e demais vagas, comparecer ao PAT (av. 3, 536, centro) com carteira de trabalho, RG, CPF e número do PIS Ativo.
ESSAS SÃO ALGUMAS VAGAS QUE CONSTAM NO SISTEMA ‘MAIS EMPREGO’:
Analista de Tráfego
Atendente de Balcão
Auxiliar de Enfermagem
Avaliador de Automóveis
Cuidador de Idosos
Empregado Doméstico Geral
Enfermeiro
Fonoaudiólogo
Farmacêutico
Jardineiro
Mestre de Obras
Oficial de Serviços Gerais na manutenção elétrica
Operador de Caixa
Operador de Centro de Usinagem com comando numérico
Operador de Pá Carregadeira
Promotor de Vendas
Técnico de Enfermagem
Vendedor Pracista
Vagas do PAT –03 Abril de 2017 Sujeito a alteração no decorrer do dia.
Lembramos que essas vagas ficam disponíveis no SISTEMA MAIS EMPREGO até seu limite de encaminhamento.

Calendário anual obrigatório de licenciamento veicular tem início em abril

No mês de abril tem início o calendário anual obrigatório de licenciamento dos veículos registrados no Estado de São Paulo, que já ultrapassam 28,4 milhões, segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP).
O cronograma que deve ser seguido pelos proprietários vai de acordo com o número final da placa e começa com 1. Portanto, quem tem veículo com placa terminada em 1 tem até 28 de abril para licenciar. Caso contrário, não pode rodar a partir desta data até regularizar a documentação.
 
Esse calendário não vale para veículos de carga, cujo cronograma começa em setembro
O motorista precisa estar com o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) do exercício 2017 em mãos até o último dia útil do mês indicado como prazo-limite. Independentemente do ano de fabricação, todo veículo precisa ser licenciado anualmente para poder circular nas vias públicas, uma exigência da legislação federal de trânsito.

“O ideal é o motorista não deixar para fazer na última hora. Para ajudar o condutor a não esquecer de licenciar seu veículo, enviamos lembrete sobre o prazo por meio de SMS e também via notificação push para quem tem o aplicativo do Detran no celular”, explica o diretor-presidente do Detran.SP, Maxwell Vieira.

O alerta é enviado com um mês de antecedência do vencimento do licenciamento. Quem quiser receber alertas do Detran.SP por mensagem de texto (SMS) é só se cadastrar no portal www.detran.sp.gov.br, informar o número do telefone móvel e sinalizar que autoriza o recebimento. Para ser notificado via push, basta instalar gratuitamente o app de serviços “Detran.SP” nas lojas virtuais Google Play ou Apple Store e habilitar a opção de recebimento no aparelho.

Quanto custa – Em 2017, o licenciamento de qualquer tipo de veículo custa R$ 85,24. Para receber o documento em casa, o cidadão paga R$ 11 a mais pela postagem dos Correios. No total, é preciso desembolsar R$ 96,24 para regularizar o veículo e rodar tranquilamente.
 
Essa quantia corresponde a menos de 0,30% do valor de um carro popular, como um Gol 1.0 2016/2017, por exemplo, avaliado em R$ 32.907 na tabela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Pagar o licenciamento em atraso gera a cobrança de multa e juros de mora. Caso não seja feito, o dono do veículo pode ter o nome inscrito no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados (Cadin) e na dívida ativa do Estado pelo débito em aberto.

Além disso, conduzir veículo não licenciado é infração gravíssima. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê multa de R$ 293,47, sete pontos na habilitação e remoção do veículo a um pátio.
Como licenciar – Não é necessário ir às unidades do Detran.SP ou imprimir boleto para pagar o licenciamento. Basta informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) ao caixa bancário ou selecionar essa opção nos terminais eletrônicos das agências bancárias ou no internet banking.

Ao pagar o custo de envio pelos Correios junto com a taxa de licenciamento, o documento é emitido automaticamente e a entrega é realizada em até sete dias úteis no endereço de registro do veículo, por isso é importante estar com o cadastro atualizado no Detran.SP.

O motorista pode acompanhar a entrega do CRLV pelo portal www.detran.sp.gov.br, em “Serviços Online”. A página fornece o código de rastreamento para checar o andamento no site dos Correios.

Quem preferir solicitar e retirar o documento pessoalmente, é só ir até um posto Poupatempo ou unidade do Detran.SP da cidade onde o veículo está registrado, com o comprovante de pagamento e a identidade.

O passo a passo pode ser consultado em www.detran.sp.gov.br na área de veículos ou diretamente no link https://goo.gl/xtbgUR.O portal do Detran.SP também traz uma série de respostas para dúvidas frequentes relacionadas ao licenciamento. A consulta pode ser feita nesse link: http://bit.ly/2mUDbht.

Insistir na carreira ou começar tudo de novo?

*Eduardo Ferraz
 
Em algum momento da vida, você, certamente, já se fez a seguinte pergunta: “devo insistir em algo ou desistir e começar de novo?”. É preciso ser persistente, dedicado, comprometido e paciente quando se tem um bom processo em andamento – e isso vale para um relacionamento afetivo, aplicações financeiras, estudo, emprego, carreira e amizades. No entanto, também há o outro lado da moeda, o de insistir em apostas erradas para tentar recuperar o prejuízo.
 
Uma boa carreira costuma demorar pelo menos dez anos para dar resultados consistentes. Não se consegue um ótimo emprego sem merecimento e, quando conquistado, precisa de manutenção diária para gerar bons frutos (promoção, aumento de salário, reconhecimento) no futuro. Mesmo um bom relacionamento afetivo demanda tolerância com as diferenças alheias e precisa ser construído aos poucos.
 
Agora, quantas vezes você já insistiu em algo só por teimosia, medo de ficar sem nada ou vergonha de admitir o erro? Às vezes, mantemos posições equivocadas para tentar reverter uma tomada de decisão infeliz, e continuar investindo tempo, dinheiro e energia em situações das quais deveríamos desistir só piora o prejuízo.
 
Falando especificamente da vida profissional, muitas vezes, o problema não está no emprego, pois a pessoa está na carreira ou profissão errada. Outras vezes, a carreira é ótima, mas o emprego é ruim. Em outras, ainda, a vida afetiva atrapalha tanto na carreira quanto no emprego.
 
Se gosta do que faz na carreira, tem perspectivas de evolução nos próximos anos, consegue usar seus talentos com frequência, está motivado para continuar aprendendo, não se vê fazendo outra coisa, você está no caminho certo, com uma carreira promissora, e deve investir toda sua energia para que fique ainda melhor. 
 
Agora, se você odeia o que faz, tem pouca perspectiva de evolução, usa pouco seus talentos, seus pontos fracos atrapalham muito, acha a profissão desagradável, sente-se desmotivado a maior parte do tempo, seu dia a dia profissional é monótono, pensa com frequência em fazer outra coisa e nunca recebe novas propostas de trabalho, é hora de repensar sua carreira. O que está errado? É uma fase ruim (conjuntura, economia fraca, cansaço, emprego ruim) ou um problema mais grave? É possível melhorar alguns desses itens?
 
Ao analisar esses prós e contras, você pode ter entrado em um dilema ainda maior. Nesse caso, sugiro que concentre seus esforços na parte positiva e tente ajustar, dentro do possível, a parte negativa. Mudança de carreira é coisa séria e complexa, por isso você deveria fazer o máximo para ajustá-la antes de tomar uma drástica decisão de mudar. Não existe carreira perfeita, pois sempre haverá dificuldades, fases ruins, decisões equivocadas e gente desagradável. Mas também haverá fases ótimas, boas decisões, gente interessante e resultados positivos.
 
Faz parte do jogo conviver com altos e baixos. Entretanto, tome cuidado com excesso de indecisão: é muito ruim ficar dividido por um tempo prolongado, pois a dúvida paralisa, trava a tomada de decisões e prejudica os resultados. Logo, não fique em cima do muro. Siga em frente com sua carreira e melhore um pouco a cada dia ou desenvolva um plano B para começar em uma nova profissão, mais próxima de seus ideais.
 
* Eduardo Ferraz é consultor em Gestão de Pessoas há mais de 25 anos e autor do recém-lançado “Gente que convence”, pela Editora Planeta.

Governo autoriza Bonificação por Resultado a professores e servidores do CPS 

Apesar da crise econômica nacional e seus reflexos no Estado, o Governo de São Paulo autorizou o pagamento da Bonificação por Resultado (BR) aos professores e servidores do Centro Paula Souza (CPS). Ao todo, serão distribuídos R$ 81 milhões.
O decreto estabelecendo o percentual para pagamento será publicado nos próximos dias. Em seguida, será enviado o Índice Agregado de Cumprimento de Metas (IACM) a cada unidade. A Bonificação por Resultado valerá para a Administração Central e todas as Etecs e Fatecs, podendo chegar a 1,1 salário. O bônus beneficiará mais de 18 mil servidores.
O CPS trabalha para que os valores sejam pagos até o quinto dia útil de maio, junto com a folha de pagamento de abril.
 
Sobre o Centro Paula Souza – Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, o Centro Paula Souza administra as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e as Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos técnicos, sob a supervisão de uma Etec –, em mais de 300 municípios paulistas. Nas Etecs, o número de matriculados nos Ensinos Médio, Técnico integrado ao Médio e no Ensino Técnico, para os setores Industrial, Agropecuário e de Serviços, ultrapassa 208 mil estudantes. As Fatecs atendem cerca de 80 mil alunos nos cursos de graduação tecnológica.

RESSURREIÇÃO DE LÁZARO

Ana Lucia Missaglia Guarnieri
O Evangelho de Domingo p.p .(02/04/2017) relata, detalhadamente, a Ressurreição de Lázaro, desde os momentos de angústia até sua ressurreição, pelo Amor de Cristo(São João, 11, 1-44).
Marta e Maria, irmãs de Lázaro, habitantes em Betânia, próxima a Jerusalém, eram amigas muito caras a Jesus. No desespero, Marta diz que se o Senhor estivesse junto do irmão, ele não teria morrido, embora Jesus afirmasse que, além da doença não causar-lhe a morte, a demora em atendê-lo (fazia quatro dias que tinha morrido) seria ocasião para revelar a glória de Deus como, de fato, foi feito.
Como aconteceu na ressurreição da filha de Jairo, Jesus se expressara, dizendo que “dormiam”, mas não estavam mortos, o que provocava zombaria, dúvida dos circunstantes, como quando, na Academia de Ciências, Edison apresentou seu fonógrafo e os acadêmicos saíram caçoando: “Não vão pensar que somos tolos a ponto de engolir tal feitiçaria”. (Hoje, graças ao PENSAMENTO de Einstein, até jornais que acompanham o progresso tem seus arquivos na Internet: seu “xerógrafo” eletrico).
Durante o trajeto de Jesus e dos que o acompanhavam até ao sepulcro, “quando viu (Maria) chorar e chorarem também os judeus acompanhantes, estremeceu, perturbado e transtornado. E sob o impulso de profunda emoção, perguntou: “Onde o pusestes?” Responderam-lhe: “Senhor, vinde ver”. Jesus pôs-se a chorar”. Interpelado por alguns deles sobre a possibilidade de não tê-lo deixado morrer, ele foi “tomado novamente de profunda emoção” e, já diante do sepulcro, onde o corpo visível de Lázaro já cheirava mal, pronunciou essas palavras:
“ Pai, rendo-te graças, porque me ouviste. Sei bem que sempre me ouves, mas falo assim por causa do povo que está à minha volta, para que creiam que tu me enviaste”. Em seguida, exclamou em voz alta: “Lázaro, vem para fora!” E o morto saiu, ordenando-lhe então Jesus: ”Desatai-o e deixai-o ir”.
Nem é preciso mencionar no inconsciente coletivo de Jung em que a morte de Lázaro é a morte de todos, sem exceção. Também não é o fato da morte biológica em si o importante, mas a que seu significado nos leva. “Cheirar mal” (- este o resultado final da decomposição dos elementos da Química Orgânica?) bem poderia ser não ter acabado com o orgulho que, segundo Krishnamurti, “é querer estar por cima e este desejo cria conflito dentro de nós mesmos e com o nosso próximo; leva à competição, à inveja, à animosidade e, por último, à guerra”.(A Educação e o Significado da Vida, pág.45)
E “o Senhor chorou”. DOMINUS FLEVIT.
Profundamente emocionado, Ele, diante da morte do amigo Lázaro, percebeu a angústia da humanidade inteira: é como se Ele quisesse dar a cada um de nós, do povo de Deus de todos os tempos, a vida nova, para que, através da Sua Cruz, enxergássemos a morte não como punição ou maldade , num gesto de horror ao pecado, mas como sinal de seres, verdadeiramente, criados à Sua semelhança e imagem.
A doação do Amor de Cristo ,na ressurreição de Lázaro, refere-se à ressurreição de cada um de nós: completar não só o que falta à sua paixão, mas corresponder a este Amor, que nos torna novidade uns para os outros. Deixa-se o orgulho para sermos instrumentos da paz, onde se vê, no outro, Jesus, que transcende o próprio corpo, tornando-se capaz de ir além das aparências, fazendo a leitura do enxergar mais além, onde a claridade e a certeza de Lázaro, livre da depressão pela ausência do Mestre, são também a nossa. Como aconteceu aos discípulos de Emaus ao constatar a presença de Jesus ressuscitado.
Da percepção profunda do Amor de Cristo pela nossa ressurreição, Krishnamurti , no seu elevado misticismo religioso, extraiu “essa estranha flor com seu raro perfume” , onde se conjugam desejo, prazer e apego, sem cisão , que é como J.S.Bach vê o Senhor:“a alegria dos homens”. Como os que se assemelham às crianças e não cessam de louvá-lo e adorá-lo por Seu gesto de Amor universal, único, grandioso, poderoso e extremamente belo, em Betânia, ressuscitando, em Lázaro, a cada um e a cada ser que nele confiam, como superação da morte (o preço do pecado) pela eterna vitória da Vida.

MOMENTO DE DECISÃO

Por Geraldo J. Costa Jr.
As instituições são boas, necessárias e devem existir, o problema é que atualmente as pessoas que as integram e as dirigem, em sua maioria, não estão à altura delas. O resultado é que o povo brasileiro, a quem de direito pertencem as instituições, não pode mais confiar na Presidência da República, no Senado Federal, na Câmara dos Deputados, no Supremo Tribunal Federal, nos Tribunais de Contas, nem mesmo nos prefeitos e vereadores que elege.
Há uma crise moral generalizada, onde prevalece o interesse próprio, o egoísmo, a disputa de poder entre a maioria das pessoas que integram e dirigem as instituições.
Para onde caminhamos enquanto país, enquanto nação? Essa é a pergunta que se faz no momento sem que haja nenhuma possibilidade de se vislumbrar resposta que faça reacender nossas esperanças. De nossa parte, não basta atribuir culpas e exigir punições. É preciso que assumamos enquanto eleitores e cidadãos livres a nossa parcela de responsabilidade, que é imensa. E nos debrucemos a exercer o nosso direito de operar mudanças.
Da mesma forma, é preciso também reavaliar nossas ações, amadurecermos como cidadãos, para mudarmos nossos hábitos, pensarmos mais e melhor, antes de decidirmos. Entender vez por todas que, se eles nos representam, nosso destino está em nossas mãos. Quantos entre nós já leu a Constituição Federal, nem digo toda ela, bastaria o parágrafo único do artigo 1º. o qual estabelece: Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos da Constituição.
Não terá chegado o momento de exercermos esse direito diretamente, já que aqueles dentre nós, escolhidos por nós, para nos representar, demonstram-se indignos de nossa confiança e preocupados apenas com seus interesses? Esta é uma reflexão possível e necessária, considerando o momento em que vivemos.
A outra, mais profunda e que demanda maiores esforços é, será que a democracia não necessita de um aperfeiçoamento? Porque todos os benefícios que ela, em tese, nos proporcionaria, não ultrapassam em sua maioria, o campo das hipóteses. Porque nós, brasileiros, não aproveitamos esse momento dramático do país, para nos debruçarmos sobre essas reflexões e trabalharmos para, através delas, encontrarmos um novo caminho? Uma nova forma de governar e de se fazer representar? Acaso não seríamos suficientemente capazes para isso?
O colaborador é escritor
jcostajr2009@gmail.com

A CONFUSÃO CONTINUA GERAL

Carlos Chagas

Caso o Tribunal Superior Eleitoral considere indivisíveis os gastos da campanha presidencial de 2014, condenando Dilma Rousseff e Michel Temer, a ex-presidente perderá os direitos políticos e o atual terá seu mandato cassado. Nessa hipótese, aliás provável, se confirmada pelo Supremo Tribunal Federal, assumirá o palácio do Planalto o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Discute-se apenas se caberá a ele cumprir o mandato até 2018 ou se convocará novas eleições imediatas para o término do período.
As duas possibilidades favorecerão o deputado fluminense, ainda que na teoria a Câmara possa escolher quem quiser. Michel Temer já se pronunciou acentuando estar disposto a cumprir aquilo que o Judiciário estabelecer. Mas lutará pela preservação de seu mandato até a última instância, recorrendo ao Supremo e esgotando todos os prazos.
A confusão será geral, atropelando as instituições e fazendo naufragar qualquer perspectiva de recuperação da economia. Melhor seria, caso o TSE decidisse a partir de hoje contra Dilma e contra Temer, que o Congresso mandasse realizar eleições gerais, não apenas para presidente da República, no mais breve prazo possível. Tudo seria passado a limpo, a começar pelos mandatos parlamentares, mas como reagiriam deputados e senadores capazes de não se reeleger? Pelo menos defenderiam seus mandatos até o último dia de 2018, imaginando recuperar o tempo perdido.
A conclusão é de que melhor faria a Justiça Eleitoral se deixasse tudo como está, ou seja, com Temer no exercício de suas prerrogativas. O diabo está em que parece provável o voto dos sete ministros do TSE, em maioria inclinados a rejeitar a divisão da malfada chapa vitoriosa em 2014. Quer dizer, pela cassação do atual presidente Michel Temer. Para cada lado que se olhe, mais confusão.