Fundação de Saúde orienta quem vai viajar no feriado sobre cuidados com febre amarela

A orientação é que a vacina seja tomada apenas por pessoas que pretendem viajar para as áreas consideradas de risco

1483
O trabalho está sendo feita pelas equipes do Centro de Controle de Zoonoses, que na quarta-feira (22) realizou ação similar na região central do município

Do contrário, não há necessidade, já que a vacina pode ter efeitos colaterais graves. Regiões de matas e rios são as que oferecem mais riscos.
A Fundação Municipal de Saúde de Rio Claro realiza das 9 às 11 horas desta sexta-feira (24) ação preventiva contra a febre amarela na rodoviária municipal. O objetivo é orientar as pessoas que vão aproveitar o feriado prolongado fora da cidade para que fiquem atentas às regiões onde há perigo de se contrair a doença.
Não há casos de febre amarela em Rio Claro. A orientação é que a vacina seja tomada apenas por pessoas que pretendem viajar para as áreas consideradas de risco. Do contrário, não há necessidade, já que a vacina pode ter efeitos colaterais graves.
De acordo com o Ministério da Saúde, os locais de risco no Brasil são as regiões de matas e rios de todos os estados das regiões norte e centro-oeste. No nordeste, há ricos no Maranhão, sudoeste do Piauí, oeste e extremo-sul da Bahia. Na região sudeste deve ficar alerta quem viajar para Minas Gerais, região oeste de São Paulo e norte do Espírito Santo. Na região sul as áreas de risco são o oeste do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Outra orientação da Fundação Municipal de Saúde é que as pessoas procurarem a unidade de saúde mais próxima caso apresentem sintomas da doença, que são febre alta, dores de cabeça e musculares, calafrios, náuseas, vômitos e fraqueza.
O trabalho está sendo feita pelas equipes do Centro de Controle de Zoonoses, que na quarta-feira (22) realizou ação similar na região central do município. Os agentes de saúde distribuíram material informativo nos semáforos da Avenida 2 com rua 3 e avenida 3 com rua 4.

FUNDAÇÃO DE SAÚDE ORIENTA QUEM VAI VIAJAR (2)
A febre amarela é uma doença febril aguda causada por vírus e transmitida pela picada de mosquitos. Tem ciclo silvestre, no qual os transmissores adquirem o vírus após picarem principalmente macacos infectados, e ciclo urbano, em que o principal transmissor é o Aedes aegypti, que adquire o vírus ao picar pessoas infectadas.
Rio Claro não é área com a recomendação rotineira da vacina, pois nunca houve casos de febre amarela adquiridos nesta região. Mesmo assim a Vigilância Epidemiológica do município segue atenta e trabalha com o Centro de Controle de Zoonoses desenvolvendo ações preventivas para reduzir ainda mais eventuais riscos à população.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA